TRANSLATE/TRADUTOR

segunda-feira, março 31, 2014

ELEIÇÕES MUNICIPAIS NA FRANÇA: ELEITORES CHAMAM A DIREITA PARA POR FIM AO DESCALABRO DO GOVERNO SOCIALISTA. FRENTE NACIONAL DÁ DE GOLEADA.

Marine Le Pen, líder da Frente Nacional, recebe o abraço de Steeve Briois, recentemente eleito prefeito de Henin-Beaumont. (Foto de O Globo)
MINHA ANÁLISE: O resultado das eleições municipais na França já eram esperadas. A Frente Nacional que a grande mídia rotula de extrema-direta, deu de goleada nos socialistas no pleito deste domingo. As coisas funcionam mais ou menos assim: quando o clima eleitoral está bom para os socialistas, os jornais são inundados com reportagens enfocando o pleito francês.
Desta feita, com os conservadores da Frente Nacional correndo soltos conforme apontavam as pesquisas, o noticiário murchou. Apenas na descolada Paris os socialistas levaram a melhor e em algumas outras cidades.
Mas o resultado total do pleito indica um forte guinada à direita na França e, de certo modo, pode também sinalizar que a farra liberticida politicamente correta que escancarou os países europeus abrindo a porteira às hordas de retirantes do terceiro mundo, como destaque para os islâmicos (na Franca há pelo menos 100 mesquitas com direito a minarete, madraças e demais equipamentos), pode estar se esgotando. Sem falar nos guetos que se formaram pelas levas de imigrantes que, por questões culturais, religiosas e políticas! negam-se a se incorporar aos costumes dos países que lhes acolheram e respeitar as leis. 
Isto não acontece apenas na França, mas em todos os países desenvolvidos da Europa. Claro, porque os imigrantes jamais migram para Cuba, Egito, China, Coréia do Norte ou para repúblicas islâmicas. Todos querem o conforto e o bem-estar das democracias capitalistas européias. Ocorre que o aumento indiscriminado da população decorrente da imigração em massa, tem um custo. Os europeus já sentiram o cheiro de carne queimada. Pressentiram em boa hora que a conversa de comunistas e socialistas é furada e não estão mais a fim de financiar mesquitas, minaretes e homens de turbante reivindicando direitos aos quais não têm qualquer direito. Nunca contribuiram com um tostão para a previdência social; nunca pagaram os impostos que sustentam os serviços de saúde e querem ser titulares desses direitos. É aí que o caldo entorna.
A grande mídia e seus jornalistas militantes da causa esquerdista, simplesmente escamoteiam esta realidade. Brasileiros que estiveram recentemente em Paris ficaram apavorados quando tiveram que tomar o metrô. Um amigo meu teve o seu iPhone surrupiado dentro do metrô parisiense. A Cidade Luz, depois da farra do multiculturalismo politicamente correto não é mais aquela. O ambiente foi contaminado por uma espécie de laissez-faire terceiro-mundista em todos os sentidos.
Nesses momentos os cidadãos resolvem sempre chamar os líderes conservadores para governar e legislar com finalidade salvacionista, já que além da debacle econômica os valores morais e éticos foram para o brejo. 
A minha intuição não costuma falhar. Na próxima década veremos uma grande guinada à direita em toda a Europa desenvolvida, nos Estados Unidos e na América Latina. Ainda bem. Antes tarde do que nunca. E isto se deve, antes de mais nada, a uma questão de sobrevivência. Comunismo, socialismo à francesaa, bolivarianismo, petismo e congêneres não dão certo de jeito nenhum e em lugar nenhum. Que o digam os franceses que, aliás já disseram tudo neste domingo nas eleições municipais francesas, conforme relata esta reportagem do site do jornal O Globo. Leiam:
A NOTÍCIA - O presidente François Hollande deverá considerar uma possível reforma ministerial nesta segunda-feira, depois da "goleada" sofrida pelos socialistas nas eleições municipais deste domingo, nas quais o partido de extrema-direita Frente Nacional (FN) obteve vitória em um número recorde de cidades. Resultados iniciais mostram que o partido protecionista e anti-União Europeia, liderado por Marine Le Pen, vai assumir o controle de pelo menos 11 cidades do país, ultrapassado com folga o recorde dos anos 1990, quando conquistou quatro.
Pelo menos outras 140 cidades seguiram uma mudança de direção política, indo da esquerda para a oposição conservadora, em um movimento que pode ser traduzido como um golpe a Hollande, por causa de sua tentativa considerada fracassada de alavancar a segunda maior economia da Zona do Euro e, sobretudo, de enfrentar a alta taxa de desemprego, que se mantém em 10%. Embora Hollande, que, segundo pesquisas, é um dos líderes menos populares da França das últimas décadas, vá permanecer no poder, a questão é se ele irá substituir o primeiro-ministro Jean-Marc Ayrault, cujo governo foi acusado de amadorismo e de ficar paralisado por causa de divisões políticas.
— Éssa noite é um momento da verdade. Não há como voltar atrás: essa votação foi uma derrota do nosso governo, e eu vou assumir a minha parte da culpa — disse Ayrault disse neste domingo, na televisão. — O presidente vai tirar lições dessa votação, e ele fará isso tendo em vista os interesses da França — acrescentou, sem comentar sobre o o próprio destino.
Pesquisas de boca de urna indicam que as 11 vitórias da Frente Nacional foram principalmente no sul do país, que tem uma tradição anti-imigração, mas também em distritos do norte e nordeste, que sofrem com o declínio industrial. As vitórias da FN incluem as cidades de Beziers, Le Pontet, Frejus, Beaucaire, Le Luc, Camaret-sur-Aigues e Cogolin no sul, e Villers-Cotteret e Hayange no norte.
O partido dirigido por Marine Le Pen já tinha feito um avanço na semana passada, na primeira rodada de votação, por ganhar no norte, na cidade de Henin-Beaumont.
— É evidente que estamos entrando em uma nova fase, o duopólio da política francesa foi quebrado e temos de contar com uma terceira força — disse Le Pen. Leia MAIS

12 comentários:

Anônimo disse...

54% DOS BRASILEIROS QUER PUNIR OS TERRORISTAS.

EU ACHO QUE ESSA PESQUISA DA FOLHA FOI MANIPULADA...

ESSE NUMERO DEVE SER MUITO MAIOR...

Glauco disse...

Amorim,gostaria de entender e seria muito grato[muita gente tambem], se fizesse uma materia sobre qual o motivo que leva esse pessoal,pricipalmente a imprensa,professores,artistas a terem essa paixao pelo socio comunismo.E e' a nivel mundial e o mais interessante e' que sempre estao almejando maiores salarios,caches,se esquecendo que o povo sob esse regime vive de migalhas.Acrescento ainda que nunva vi milionarios socialistas fazer filantropia com o proprio dinheiro,ao contrario dos americanos odiados pelos petistas/comunistas que sempre disponibilizam grande parte da fortuna para fins filantropicos inclusive em outros paises, alem de trabalho voluntario, ja tradicional entre eles;li no correio da manha de portugal que 100 americanos convidaram 50 chineses milionarios pra se juntarem com propositos do bem,mas declinaram o convite; onde esta' a solidariedade desses hipocritas comunistas que estao infiltrados em todos os paises e que ainda assombram o mundo? Um dos motivos seria INVEJA que eles tem dos bem sucedidos,dos que tem talentos em gerenciar, criar e ser premiado por isso?Obrigado, glauco.

Jurandir D'almeida disse...

Entenda os erros existentes no debate sobre o Golpe Militar de 64

http://jovempan.uol.com.br/opiniao-jovem-pan/comentaristas/reinaldo-azevedo/entenda-os-erros-existentes-no-debate-sobre-o-golpe-militar-de-64.html

Anônimo disse...

Caro Aluízio
Ótimo o que está acontecendo na França. Que os anjos digam amém a sua previsão.
E a Venezuela? Faz uns dias que vc não fala nada. Por favor, nos atualize.
Esther

Anônimo disse...

PARABÉNS MILITARES, OBRIGADO MILITARES! VIVA OS MILITARES DO BRASIL......VERDADEIROS PATRIOTAS QUE SALVARAM A NAÇÃO DO PIOR PESADELO QUE POSSA EXISTIR

Anônimo disse...

A esquerda ganha eleições e, depois, gasta o que não tem. Após um ou dois governos de esquerda a direita ganha e impõe a austeridade e as coisas melhoram um pouco. Após passar o sufoco a esquerda promete mais maravilhas e ganha de novo. A esquerda estraga tudo e quase chama a direita para consertar as coisas,como ferramenta. A direita conservadoraé sempre usada pela esquerda. É quase um moto perpétuo. Basta analisar a França, a Espanha, o Chile.

fabrice disse...

Os franceses estão, finalmente, tomando consciência da Casa da Mãe Joana em que o país se transformou, há anos, sob os governos socialistas. Sarkosy conseguiu controlar um pouco a imigração das ex-colônias, já Hollande é cette merde... Há dez, quinze anos já era um perigo andar por Paris e nos seus trens nos horários noturnos pelo perigo de assalto e/ou de estupro nos vagões vazios. As pessoas têm medo de marroquinos, maleses, haitianos e outros que formam guetos na cidade ou banlieues onde impõem seu modus vivendi com grosseria e até alguma violência, como no caso do véu islâmico e coisas menores, mas impositivas da cultura destes povos. O partido de Hollande perdeu 155 das 500 prefeituras, um número bem expressivo de opositores. E nós aqui, vamos seguir esta onda e desalojar a camarilha petista do mesmo naipe!

Anônimo disse...

Notícias sobre a Cubenezuela, atualizadas várias vezes ao dia:
https://dolartoday.com/

E

VIVA 31/03/1964!!!

Jurandir D'almeida disse...

QUE LOUCURA!!!
Usuários de drogas podem ter 10% de vagas em concurso...

http://www.otempo.com.br/cidades/usu%C3%A1rios-de-drogas-podem-ter-10-de-vagas-em-concurso-1.670509

Anônimo disse...

Agora falta os brasileiros criarem vergonha na cara e tirarem os inconPeTentes das tetas da Nação. Mas com essas urnas eletrônicas sei não.

Anônimo disse...

O governo de direita arruma as cagadas da esquerda daí q esquerda retorna novamente para que a direita arrume, ad infinitum...

Uma das soluções seriam criar uma consciência moral e sóbria nesses países diminuindo a influência da esquerda na esfera cultural, que pela estão muito fortes ainda

Adilson Minossi disse...

Parei de assistir nos canais de TV desde ontem um bando de bobalhões falando em regime de exceção, golpe, anos de chumbo, etc e entrevistado vagabundos que foram cassados. Incluindo o Maneco Dias, do PDT que foi cassado na época. Adiantou alguma coisa? Continua se locupletando, aparecendo falcatruas da exma esposa no noticiário. Vai acabar sendo mandado embora do ministério por um mar de denúncias. Moro aqui em Florianópolis há 40 anos e nunca vi esse cara trabalhando, sempre pendurado no saco do Brizola. Vá se catar !!!!