TRANSLATE/TRADUTOR

quinta-feira, dezembro 18, 2014

ESBIRROS DO LULA NA GRANDE MÍDIA FALSEIAM A VERDADE E QUEREM QUEIMAR BOLSONARO NA FOGUEIRA COMUNISTA ARMADA PELO PT

Fotograma de vídeo que mostra o momento em que o deputado Jair Bolsonaro foi acusado de estuprador pela deputada petista Maria do Rosário.
Muito se tem  falado e comentado a respeito da celeuma que surgiu em torno da discussão havida entre o deputado Jair Bolsonaro (PP) e a deputada petista Maria do Rosário. O fato, já de amplo conhecimento, serviu para que a malta esquerdista do PT e seus satélites arranjassem um motivo para levar o parlamentar carioca a ser julgado por suposta ‘falta de decoro parlamentar’, o que lhe pode custar a cassação do mandato.
Por ser conservador e crítico permanente do PT e seus sequazes, o deputado Jair Bolsonaro quando não é ignorado pelos esbirros do PT que dominam a grande imprensa brasileira, é alvo de crítica e deboche gratuitos, por parte da maioria dos jornalistas penas alugadas de Lula e seus acólitos. 
Creio que uma análise formulada pelo filósofo, jornalista e escritor Olavo de Carvalho coloca a verdade no seu devido lugar. Olavo enviou o texto que transcrevo abaixo para o jornalista Reinaldo Azevedo da revista Veja.
Concordo com o argumento de Olavo de Carvalho. Embora não seja um ‘seguidor’ do deputado Jair Bolsonaro, se morasse no Rio de Janeiro não tenho nenhuma dúvida que nele votaria! Portanto, Bolsonaro tem o meu apoio total e irrestrito e o que estão fazendo com ele é uma tremenda sacanagem, própria do esquema comunista do PT de assassinar reputações e tratorar todos aqueles, que como Bolsonaro, dizem a verdade sobre a escumalha petista.
O texto de Olavo de Carvalho é merecedor de toda a atenção, mormente quando o deputado Jair Bolsonaro está sim sendo vítima da malta comunista especializada em petrolões e mensalões.  Leiam:
“Não sou um "seguidor do deputado Bolsonaro" e, é óbvio, jamais assinaria qualquer petição para tirar você da Veja, mas peço que você preste atenção a estas explicações:

(1) Ao chamar o seu colega de "estuprador", sem a menor provocação, a deputada Maria do Rosário lhe imputou caluniosamente uma conduta criminosa;

(2) Ela não o fez no calor de uma discussão, mas por iniciativa unilateral;

(3) Ela repetiu a acusação calma e friamente, ao responder "É sim" quando o deputado lhe perguntou "Agora sou eu o estuprador?". Isso denota conduta deliberada. 

Em resposta, tudo o que o ofendido fez foi uma piada de mau gosto. 

Interpretar a coisa como apologia do estupro é logicamente inviável. Não creio ser necessário lembrar que ele não disse que a colega MERECIA ser estuprada, o que seria, sim, apologia do crime (aliás cometida pelo sr. Paulo Ghiraldelli impunemente contra a apresentadora Raquel Scheherazade), mas disse que ela NÃO O MERECIA, o que é uma observação sarcástica de ordem estética e nada mais -- injusta, no meu entender, já que a sra. Maria do Rosário não é tão feia assim. 


O ato do sr. Bolsonaro inclui-se claramente nos dois tipos de atenuantes que a lei brasileira admite para o crime de injúria (a) se a ofensa é emitida EM REVIDE a uma ofensa anterior; (b) se é emitida IMEDIATAMENTE após a ofensa. A conduta da sra. Maria do Rosário não tem atenuante nenhum, tem os agravantes de deliberação e da ausência de provocação.


Não há o menor senso das proporções em nivelar a conduta dos dois, muito menos em enxergar maior gravidade nas palavras do sr. Bolsonaro que nas da sra. Maria do Rosário.


A inversão da escala de julgamento torna-se ainda mais intolerável quando se conhece o contexto da discussão. O sr. Bolsonaro estava apresentando um projeto de lei que pedia punições mais graves para os estupradores e reduzia o prazo de maioridade penal de modo a que a punição pudesse atingir tipos como o Champinha, um dos estupradores e assassinos mais cruéis que este país já conheceu. A sra. Maria do Rosário, em contraposição, defendia privilégios legais para os Champinhas da vida. As palavras que ela disse ao sr. Bolsonaro revelam um esforço perverso de INVERTER o sentido dos acontecimentos, fazendo do sr. Bolsonaro um apologista daquilo que ele combatia e ela protegia. 


Sob qualquer ângulo que se examine, a investida geral da mídia contra o sr. Bolsonaro está acobertando a conduta criminosa da sra. Maria do Rosário e falsificando a realidade do que se passou.


P. S. - Dar às palavras do deputado Bolsonaro o sentido de que "estupro é matéria de merecimento" é trasmutar um sarcasmo em afirmação literal e expressão formal de um juízo de valor. Se aceitamos esse tipo de manipulação da linguagem e ainda queremos fazer dele a base para uma condenação judicial, então fica difícil criticar o mesmo expediente quando usado pelos petistas.” Do site Mídia Sem Máscara

49 comentários:

Anônimo disse...

Cuidado com as palavras!!!!

Só agora ficamos sabendo que se dissermos a alguém “você não merece uma bala” estaremos, em sentido contrário, a dizer que todos os demais mereceriam, e, portanto, cometendo o delito de incitação ao crime de homicídio (ou seria de lesão corporal?? kkkkkkk).

É uma piada!!! kkkkkkkk

E o “homem da lógica” da Veja endossa isso!!! Outra piada!!! kkkkkkkkkkkkkk

Gina Iuris disse...

Querido Aluízio
Preciso dizer, novamente, que te adoro!!! rsrs
Te admiro muito, sigo teu blog e estou junto contigo na luta pela salvação do Brasil e contra a corja comunista.
Parabéns, e conte comigo sempre.

Mario Castilho disse...

Simplesmente brilhante! Como advogado, endosso. Caso fosse juiz, absolveria sem tergiversar. Mas num país onde o errado virou o certo, fica difícil esperar que quem julga tenta dicernimento. Se tivessem, o cenário seria outro.... Um abraço

Anônimo disse...

Seu blog é o melhor blog de oposição. É um dos poucos que têm a coragem de dizer o que os petralhas realmente são e o que de fato está acontecendo no país. Nem o Reinaldo Azevedo, que é, enquanto oposição, uma especie de Celso de Melo dos "embargos infringentes", faz isso.

Anônimo disse...

Enquanto isso TSE libera mandato para Maluf. Tchau ficha limpa.
Imaginem o que nao fazem pelo PT! (Ja fizeram ate' o inimaginavel, nao e' mesmo?). Ah, mas tem ingenuos que dizem: as instituicoes estao funcionando bem!

Anônimo disse...

Parabens Aluizio, admiro voce tambem. O homem da logica da veja,por de antemão ter antipatia a Bolsonaro nivelou as coisas....

Anônimo disse...

Alguém lembra do petista Eduardo Gaievski? O elemento fazia parte da curriola da Gleisi Hoffmann e hoje responde a nada mais nada menos do que 18 acusações de estupro contra menores. Já foi condenado por duas das acusações. O sujeito está preso Paraná. A Maria do Ossário esqueceu disso?

Pikana disse...

Esta senhora tem tanto valor como uma nota de R$ 3...

E, as construções atuais tentam "em manada" desfocar e mudar os comentários sobre o ptrolão e o FATO de ela estar sendo questionada quanto a uma comissão de que participava ter "aliviado" o foco sobre um parente seu pego por pedofilia e isso estar sendo muito mal visto...

A jogada da cortina de fumaça midiática está sendo jogada solertemente pelos ptralhas como nunca...

Anônimo disse...

Jô Soares assumiu a defesa da Maria do Rosário, atacando o Bolsonaro e criticando um rapaz da platéia que defendeu o Bolsonaro. Jô também defendeu Dilma, manifestando-se contra o impeachment. Infelizmente, de tanto fazer piada, o próprio Jô se transformou em uma piada triste, um velhinho gagá que perdeu o trem da história, mostrando-se incapaz de perceber a situação, as palavras e a lógica elementar com clareza. Uma triste piada... E o povo brasileiro vai continuar batendo palmas para o Jô??

Anônimo disse...

Amorim,
O relatório da CNV despertou um monstro adormecido e o PT deflagrou o movimento de revanche: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/12/1563628-prefeitura-derruba-monumento-a-costa-e-silva-no-interior-do-rs.shtml
Pena. Vai começar tudo de novo.

Anônimo disse...

e o RA ficou caladinho...

tomou uma sova de conceitos do professor Olavo...

Anônimo disse...

Aluizio, ainda bem que as pessoas de bem, equilibradas e honestas podem contar com você e com o Olavo de Carvalho que mesmo no exterior contribui para o bem dos Brasileiros decentes e o Brasil. É uma sacanagem o que a MALTA faz com o Bolsonaro.

Anônimo disse...

e vamos ser sinceros...

um comentário do professor Olavo vale por vaaaaaarios textos do jornalista independentista que anda muito esquisito...

o ego do individuo praticamente fez com que ele tomasse para si os holofotes da briga Bolsonaro X Rosario ao acusar uma especie de complô de um grupo de bolsonaristas dispostos a tira-lo da VEJA e posando assim de vitima de toda a situação...

depois escreve que os petistas é que ficam gritando "fogo na floresta"...

só rindo...

ele precisa mostrar onde esta esse exercito impressionante de seguidores do deputado Bolsonaro com poder suficiente para tal...

tanto a esquerda como a direita renaldista adora usar o deputado Bolsonaro como escada para criar fama de intelectuais, ja que é sabido que o deputado não tem a retórica necessária para "vencer" o debate de discursos bonitos, mas vence no mérito...

Bolsonaro é espontâneo e direto e seus discursos não vem carregado daquelas sentenças esquisitas que nada dizem, muito característico de figuras como Marina Silva e alguns artistas da tal Tropicália...

esses, discursando, fazem ate parecer que entendem de tudo o que ha no mundo...

a mesma retorica enrolada e decorada com expressões ininteligíveis vale para "explicar" assuntos que vão dos problemas sociais à física quântica...

ao final, os bobalhões da plateia aplaudem tudo o que foi dito, mesmo que claramente não tenham entendido porra nenhuma...

TERMINATOR disse...

Quando alguém (idiota de esquerda ou decente de direita) me pergunta sobre o que eu acho dessa história toda do Bolsonaro eu respondo na lata: Bolsonaro presidente 2018!!!!!!

Anônimo disse...

Tudo depende de que lado o sujeito está. Maluf apregoou: "estupra, mas não mata" e onde estava essa Maria do Rosário para se levantar contra Maluf?
Ah, sim, Maluf agora está do lado petralha (será que houve algum momento em que não estava?).
Quanto ao Bolsonaro, já deveria estar mais tarimbado para não pôr o pé na peia dessa gente que não merece ser estrupada como, aliás, ninguém merece!

Anônimo disse...

Muito boa, a observação do leitor acima sobre o "homem da veja". Esse cidadão me parece ser um jornalista culto e bem informado, mas tem momentos que fala cada m..., além é claro, de se julgar o dono da verdade como esta sua crítica, a respeito do episódio envolvendo o Deputado Jair Bolsonado X Deputadazinha do PT. Olha, meu caro jornalista da Veja, o Deputado Jair Bolsonaro é um dos poucos parlamentares que fazem oposição de verdade a esse desgoverno petista; o resto joga dos dois lados. O povo brasileiro, neste momento, tenho certeza, está do lado do Deputado Jair Bolsonaro.

Anônimo disse...

O único erro do Olavo, no texto anterior (Histeria...) foi ter entendido que Maria do Rosário cometera o crime de calúnia ao chamar Bolsonaro de "estuprador". Foi crime de injúria, segundo nossa lei penal. Seria calúnia se ela imputasse falsamente ao deputado um fato criminoso (se dissesse que sabia ou que vira o deputado cometer um estupro). A simples rotulação caracteriza injúria, não calúnia.

Anônimo disse...

O evento em que Maria do Rosário chamou Boçalnaro de estuprador aconteceu há 10 anos. O evento em que o brucutu voltou a comparar um crime - o estupro - a um presente que se dá a mulheres conforme seu merecimento (se for bonita merece ser estuprada) é de AGORA. E ele repetiu a canalhice para a imprensa quando entrevistado sobre a polêmica. Bolsonaro é um escroto de tendências fascistóides. Ninguém precisa ser nada disso para combater o PT. Pelo contrário, gente como ele é o inimigo que os petistas pediram a Deus. Seria bom que o cassassem para que os trogloditas que o defendem passassem a ter noção de limite e entendessem que crime não é presente que se dê a ninguém.

Anônimo disse...

Sobre Jair Bolsonaro: Olavo de Carvalho envia mensagem a Reinaldo Azevedo
ESCRITO POR OLAVO DE CARVALHO | 17 DEZEMBRO 2014
ARTIGOS - DIREITO

Enviei novamente ao Reinaldo Azevedo, agora completa e com algumas correções:

Prezado Reinaldo:

Não sou um "seguidor do deputado Bolsonaro" e, é óbvio, jamais assinaria qualquer petição para tirar você da Veja, mas peço que você preste atenção a estas explicações:

(1) Ao chamar o seu colega de "estuprador", sem a menor provocação, a deputada Maria do Rosário lhe imputou caluniosamente uma conduta criminosa;

(2) Ela não o fez no calor de uma discussão, mas por iniciativa unilateral;

(3) Ela repetiu a acusação calma e friamente, ao responder "É sim" quando o deputado lhe perguntou "Agora sou eu o estuprador?". Isso denota conduta deliberada.

Em resposta, tudo o que o ofendido fez foi uma piada de mau gosto.

Interpretar a coisa como apologia do estupro é logicamente inviável. Não creio ser necessário lembrar que ele não disse que a colega MERECIA ser estuprada, o que seria, sim, apologia do crime (aliás cometida pelo sr. Paulo Ghiraldelli impunemente contra a apresentadora Raquel Scheherazade), mas disse que ela NÃO O MERECIA, o que é uma observação sarcástica de ordem estética e nada mais -- injusta, no meu entender, já que a sra. Maria do Rosário não é tão feia assim.

O ato do sr. Bolsonaro inclui-se claramente nos dois tipos de atenuantes que a lei brasileira admite para o crime de injúria (a) se a ofensa é emitida EM REVIDE a uma ofensa anterior; (b) se é emitida IMEDIATAMENTE após a ofensa. A conduta da sra. Maria do Rosário não tem atenuante nenhum, tem os agravantes de deliberação e da ausência de provocação.

Não há o menor senso das proporções em nivelar a conduta dos dois, muito menos em enxergar maior gravidade nas palavras do sr. Bolsonaro que nas da sra. Maria do Rosário.

A inversão da escala de julgamento torna-se ainda mais intolerável quando se conhece o contexto da discussão. O sr. Bolsonaro estava apresentando um projeto de lei que pedia punições mais graves para os estupradores e reduzia o prazo de maioridade penal de modo a que a punição pudesse atingir tipos como o Champinha, um dos estupradores e assassinos mais cruéis que este país já conheceu. A sra. Maria do Rosário, em contraposição, defendia privilégios legais para os Champinhas da vida. As palavras que ela disse ao sr. Bolsonaro revelam um esforço perverso de INVERTER o sentido dos acontecimentos, fazendo do sr. Bolsonaro um apologista daquilo que ele combatia e ela protegia.

Sob qualquer ângulo que se examine, a investida geral da mídia contra o sr. Bolsonaro está acobertando a conduta criminosa da sra. Maria do Rosário e falsificando a realidade do que se passou.

P. S. - Dar às palavras do deputado Bolsonaro o sentido de que "estupro é matéria de merecimento" é trasmutar um sarcasmo em afirmação literal e expressão formal de um juízo de valor. Se aceitamos esse tipo de manipulação da linguagem e ainda queremos fazer dele a base para uma condenação judicial, então fica difícil criticar o mesmo expediente quando usado pelos petistas.



Da fanpage de Olavo de Carvalho no Facebook

Anônimo disse...

Já no desgoverno do pt, estuprar a pátria pode. O novo lema agora é: "idiotas unidos jamais serão vencidos"

Anônimo disse...

Nao sou CHEGUEVARA, devia ter respondido;fechava com chave de ouro! Por ser explosivo, acaba se comprometendo pra alegria da petezada.

Anônimo disse...

Bem, para o caso de minha dica ter sido mal interpretada como como sendo petralha, a reitero.

OC, no texto por você transcrito, Aluízio, entende que SE Bolsonaro tivesse dito que Maria do Rosário "MERECE SER ESTUPRADA (que não é o caso, é óbvio), teria cometido o crime de "apologia ao crime".

Estou esclarecendo que, fosse esse o caso, o crime do Bolsonaro não seria o de apologia mas o de "incitação ao crime", pois o crime de apologia consiste em elogiar um crime já praticado por alguém ou o seu autor.

Anônimo disse...

Esses canalhas petistas sempre arrumam uma maneira para desviar a atenção das maracutaias e das roubalheiras que sempre estão fazendo.
A oposição deveria estar mais atenta, e fazer igual, tudo na justiça!
Inclusive pedir a prisão do vagabundo do Lula da Silva e seus familiares.
O maior lesa-pátria da história brasileira. Podem procurar, nenhum outro roubou tanta quando a ratazana Lula e seus capachos.

Anônimo disse...

Houve um tempo em que não perdia um debate no blog do Reinaldo Azevedo, participava e comentava em quase todas suas matérias, mas, quando eu fazia qualquer crítica ao PSDB o RA não publicava, comecei a me decepcionar com o cabra porque sempre tive o cuidado de jamais fazer comentários ofensivos, mas, precisamente pelo fato dele sentir ciúmes e despeitos que ele nutre por qualquer pessoa que tenha a coragem de enfrentar o PT e a farsa da tal "COMISSÃO DA VERDADE", para o RA, somente ele tem o direito de criticar essas duas terríveis manchas que assola o país, como o deputado Bolsonaro tem crescido bastante no conceito dos brasileiros nos últimos anos, não só o RA mas também muitos outros satélites da mídia tentam desqualificar o deputado e se passarem pelos verdadeiros donos da verdade. O RA gosta mesmo é de ser paparicado pelos seus leitores, aquele que fizer um comentário ofensivo, que não seja contra o PSDB mas comece elogiado o dono do blog, com certeza seu comentário será publicado.

Eduardo Araújo disse...

Aluizio, acompanho seu blog há um bom tempo e concordo que o Reinado Azevedo escreve muitas boas postagens, úteis e informativas.

Por outro lado, ele chega a ser irreconhecível de tão útil que chega a ser ... para a causa extremo-esquerdista.

Um dos pontos de discordância do Reinaldo em relação a você - e a mim, também - é a leitura dele segundo a qual não há projeto pró-comunismo em andamento no país, capitaneado pelo PT. Fiquei bastante decepcionado com uma visão tão medíocre do jornalista da Veja, parecendo como se ele esperasse que os petistas declarassem estar implantando, "à unha", o comunismo no Brasil. Como eles não declaram isso, logo não haveria ameaça comunista pairando sobre nosso país!

Nesse episódio Bolsonaro X Maria do Rosário, o raciocínio do Reinaldo é de uma tosquice cavalar. Numa defesa apaixonada da democracia e das instituições ele faz uma oposição tão severa ao deputado que não dá para não notar um certo fanatismo, a ponto de nessa pureza institucional só enxergar a resposta que ele deu à petista, uma das mulheres mais estúpidas com que esse maldito partido nos brindou.

Para Reinaldo, Bolsonaro merece ser punido pela Comissão de Ética da Câmara, algo que ele defenderá mesmo se não der certo por conta da legislatura que se finda. Por sua vez, a brandura em relação à deputada fica clara na mera menção à acusação imbecil que ela fez, cabendo ao Bolsonaro processá-la, se quiser. Impossível não ver, nesse ponto de vista do Reinaldo, claros dois pesos e duas medidas e, sendo assim, uma ajuda providencial ao inimigo.

Anônimo disse...

Olavo de Carvalho põe os pingos nos is

Anônimo disse...

reinaldo promete fazer vermelho/azul com Olavo de Carvalho. rsrs

Antonio disse...

TEXTO SIMPLESMENTE IMPECÁVEL! SÓ ESPERO QUE O RA TIRE BOM PROVEITO DA LIÇÃO.

Anônimo disse...

ah, não...

não me diga que o RA vai começar com aquela lenga-lenga de "vermelho com azul"?

haja saco!!!!

Anônimo disse...

entre tantas tosquices e ignorâncias, sem contar o passado esquerdista que deve ter vindo à tona, o sujeito disse que chegou a hora de dar um "basta" às falas de Bolsonaro!!

quem esse jornalista pensa que é?????

Anônimo disse...

logo ele devera saber que estamos falando dele aqui...

algum reinaldista fanático vai caguetar...

primeiro vai dar aquela tradicional esnobada por que o blog dele tem zilhões de views...

depois vai sair gritando "fogo na floresta", como ele mesmo diz em relação aos petistas histéricos, dizendo ser vitima de algum complô bolsonarista para tira-lo da VEJA...

é dose...

Anônimo disse...

PARA QUEM NÃO SE LEMBRA:

EPISÓDIO - RACHEL SHEHERAZADE x PAULO GHIRALDELLI

Por Maurício F. Bento · 12/12/2014

Tudo começou quando Rachel fez uma declaração sobre o Carnaval, criticando o populismo, a demagogia e o desperdício de recursos públicos que se tornara a festa, antes popular. Foi chamada para ser âncora do principal Jornal do SBT e para comentar as notícias. Certo dia, ao comentar um caso de justiça com as próprias mãos, Rachel disse ser “compreensível” a atitude dos populares, cansados da impunidade. Com isso, novamente, muitos se indignaram afirmando que ela estava incitando a barbárie. Após o ocorrido, Rachel respondeu que não defendia a justiça com as próprias mãos e que, pelo contrário, defendia o Estado de Direito. Ignorando seu pronunciamento, a Cruzada contra ela continuou, acionaram o Ministério Público e ela ficou na geladeira até a poeira baixar.
Após o ocorrido, o professor universitário Paulo Ghiraldelli disse (mais de uma vez) nas redes sociais, que desejava que Rachel fosse estuprada.
O caso repercutiu no grupo dos indignados? Deixo que o leitor tente adivinhar.
Diferentemente de Rachel ou Bolsonaro, o professor Ghiraldelli se identifica como de esquerda, marxista e feminista.
Sem dúvida, muitos dos que se indignaram com Bolsonaro também ficaram indignados com este caso, a diferença, porém, é que diferente do caso Bolsonaro, não houve um mínimo protesto e, diferentemente do caso Bolsonaro, o que Ghiraldelli disse é passível de punição e até de demissão de seu cargo como professor.
Alguns podem pensar que se trata de uma questão influência: Bolsonaro é Deputado, Ghiraldelli é professor, logo, o primeiro atrairia mais atenção, tem maior público, deve estar sempre atento para dar o exemplo. Imaginaríamos, então, que com um Presidente da República as exigências seriam até maiores. Não é?

http://liberzone.com.br/indignacao-seletiva-bolsonaro-sheherazade-e-lula/

----------------------------------

AGORA EU:

MEUS CAROS E MINHAS CARAS, A GRANDE MÁGOA DO RA COM O DEPUTADO BOLSONARO É ANTIGA, QUANDO O FHC PRIVATIZOU A VALE O DEPUTADO PEDIU SEU FUZILAMENTO E DESDE AQUELA ÉPOCA RA VEM PERSEGUINDO-O.

Anônimo disse...

Anonimo 18 dezembro, 2014

Ele falou para humilhar mesmo se o negócio foi dito a 10 anos ISSO É IRRELEVANTE

O FATO É QUE ELA O CHAMOU DE ESTUPRADOR A 10 ANOS E AINDA NÃO PEDIU DESCULPAS.

Anônimo disse...

"Ex-assessor especial de Gleisi Hoffmann (PT) na Casa Civil do governo de Dilma Rousseff, o pedófilo Eduardo Gaievski foi condenado, na quarta-feira (17), por dois dos muitos estupros de menores que cometeu. As duas condenações foram decretadas pelo juiz Christian Reny Gonçalves. A primeira é de 7 anos e 6 meses, a segunda, de 12 anos. Gaievski, que comandava, por determinação de Gleisi, as políticas do governo federal para crianças e adolescentes, foi preso em agosto de 2013 pela prática de dezenas de estupros contra menores e vulneráveis (menores de 14 anos) e recebeu sua primeira condenação em setembro último".

Mais um petista preso. Mesmo preso eles produzem crimes. Pelo menos esse vagabundo fica por algum tempo na jaula,por que petista bom é petista vendo o sol nascer quadrado!
Meus votos natalinos é que ele fique para sempre na cadeia.
Ainda faltam muitos, mas já é um começo.
PS em breve estarão juntos com ele o casal bernardo(boni) & gleissi(claed).

Anônimo disse...

Segue abaixo as duas primeiras condenações de uma série de outros crimes que ainda vão a julgamento.




Diário da Justiça do Paraná

VEICULAÇÃO : 17/12/2014 00:00:00
BOLETIM : 16/12/2014
ÓRGÃO : COMARCAS DO INTERIOR
VARA : CARTÓRIO DA VARA CRIMINAL
CIDADE : Comarca de Realeza
JORNAL : DIÁRIO DA JUSTIÇA ELETRÔNICO DO PARANÁ
PÁGINA : 1575
EDIÇÃO : 1479
001 2013.0000525-4 Ação Penal – Procedimento Ordinário: A. P. G.
Advogado: Natalicio Farias OAB PR047355 Advogado: Samir Mattar Assad OAB PR039461
Réu: Eduardo Andre Gaievski
Réu: Eduardo Andre Gaievski
Objeto: Proferida sentença “Condenatória” Dispositivo: “Por todo o exposto e considerando o que mais dos autos consta, JULGO PROCEDENTE o pedido formulado na denúncia para condenar o réu E. A. G., como incurso nas sanções previstas no artigo 213, caput, do Código Penal com vigência anterior à Lei 12.015/2009.” Penas Privativa de liberdade: 7 anos e 6 meses em regime inicial Semiaberto.
Magistrado: Christian Reny Gonçalves.

-------------------------------------

VEICULAÇÃO : 17/12/2014 00:00:00
BOLETIM : 16/12/2014
ÓRGÃO : COMARCAS DO INTERIOR
VARA : CARTÓRIO DA VARA CRIMINAL
CIDADE : Comarca de Realeza
JORNAL : DIÁRIO DA JUSTIÇA ELETRÔNICO DO PARANÁ
PÁGINA : 1575
EDIÇÃO : 1479
003 2013.0000432-0 Ação Penal – Procedimento Ordinário: A. J. A. F.
Advogado: Lawrence Diogo Diniz OAB PR044740
Advogado: Natalicio Farias OAB PR047355
Advogado: Samir Mattar Assad OAB PR039461
Réu: Eduardo Andre Gaievski
Réu: Eduardo Andre Gaievski
Objeto: Proferida sentença “Condenatória” Dispositivo: “Por todo o exposto e considerando o que mais dos autos consta, JULGO PROCEDENTE o pedido formulado na denúncia para condenar o réu E. A. G., como incurso nas sanções previstas no artigo art. 213, §1º, observada a causa de aumento do art. 226, II, todos do Código Penal.” Penas Privativa de liberdade: 12 anos em regime inicial Fechado.
Magistrado: Christian Reny Gonçalves.

Anônimo disse...

Existe um imenso potencial para a "direita" no Brasil: capitalismo, meritocracia, respeito aos direitos do cidadão, punição exemplar às transgressões, culto à família e à moral conservadora, e por aí vai.
Impossível caracterizar como direita, na acepção contraponto à esquerda.
Entretanto, este potencial ainda não foi explorado por lideranças genuínas. Quem o fizer, ou o grupo que encarnar estes princípios, ganha as eleições majoritárias, e enterra , aí sim, as esquerdas corruptas e sovietizadas que dominam a inteligenzia nacional, desde a metade dos anos de militarismo.

Anônimo disse...

A petezada,a imprensa canalha(com raras exceções)e demais partidos de esquerda,linhas auxiliares do PT aproveitaram esta situação para desviar a atenção dos focos principais das bandalheiras petistas:Acordão dos governistas para não indiciar políticos e partidos na CPMI da PTBRAS, aprovação da PLN 36, a corrupção na ELETROBRAS e BNDES,o aumento da inflação,desemprego, violência e hospitais no CTI,os quase sete milhões de brasileiros que não tinham o que comer que só foi divulgado agora,há mais de dois meses depois da eleição.Esta situação Bolsonaro X Mª do Rosário pode e deve ser resolvida na Câmara. Basta um pedido de desculpas de ambos os lados.Agora a falta de crescimento do país e as coisas que relacionei acima, nem se o PT ajoelhar e nos pedir perdão o estrago não será resolvido nem em cem anos.PT é um partido de destruição.

Anônimo disse...

Luizio temos que insistir na questão das urnas. Até agora ficou o dito pelo não dito. Ninguém mais fala nada. Daquí a 2 anos teremos as eleições municipais com o mesmo sistema fraudulento.

Anônimo disse...

É bastente comum vermos reportagens onde parentes de vitimas assassinadas em sua dor comentam:

"ELE NÃO MERECIA SER ASSASSINADO"
e até
"ELE NÃO MERECIA MORRER DESTA MANEIRA"


- Então pelo entendimento de esbirros do PSDB e do PT esses familiares e amigos das vitimas estariam incitando e fazendo apologia oa crime. Pois estariam mesmo que dizendo:
"todos os demais merecem ser assassinados" ou que "ele merecia morrer"

- Esses militantes de partidos são uns desavergonhados, destorcem o que foi dito e COLOCAM NA BOACA ALHEIA PALAVRAS QUE NÃO FORAM DITAS APENAS PARA TEREM O QUE ATACAR.

É a FALACIA do ESPANTALHO, comumente usada por marxistas, sejam bolchevistas ou trotskistas.

Aliás Trotsky é aquele que defendeu:

"A NOSSA MORAL e a DELES"

...a "nossa" é aquela que nos apoia. CUISP!!!!

Anônimo disse...

RA provou na Folha de hoje que é um mau-caráter incapaz de humildade para reconhecer seu erro. Prefere ser injusto a "dar o braço a torcer".

Passei a sentir nojo dele.

Anônimo disse...

Caro Aluízio,

Sou conservador, admirador do seu trabalho e leitor do Olavo e do Reinaldo desde 2008.

Uma coisa que tem me incomodado na defesa que alguns têm feito do Dep. Bolsonaro é a ocultação (em alguns casos por desinformação e em outros por desonestidade intelectual mesmo) do fato de a acusação absurda da então Deputada Maria do Rosário ster sido feita em 2003, portanto 11 anos atrás! Repetir essa resposta ridícula agora, 11 anos depois, sem ter sido provocado, me faz pensar em uma das três hipóteses abaixo:
1) A capacidade intelectual dele é realmente muito baixa, a ponto de não perceber o volume de munição que estava entregando de bandeja para os adversários; ou
2) Ele, como membro do PP, está apenas colaborando com a base alugada (ao desviar o foco de tantos assuntos importantíssimos que estão em pauta na atualidade), como sarcasticamente sugeriu Diogo Mainardi no último programa "Manhattan Connection"; ou
3) Ele realmente só está interessado nos holofotes e em aumentar seu eleitorado, se lixando para a defesa, de forma inteligente e estratégica, das causas da direita.

Admito que ele tem a virtude da coragem, mas infelizmente contribui muito para a caricatura do direitista como um “brucutu” sem inteligência.

Abraços e obrigado.

Joel.

Anônimo disse...

Uma coisa é certa, o Bolsonaro é mal assessorado pra caramba. Onde estavam os ditos que deixaram ele cair nesta arapuca armada pela Rosário?????

Anônimo disse...

Parte do último artigo do Olavo, hoje:


Está aberta a temporada de caça ao deputado Jair Bolsonaro. Na verdade, sempre esteve, não sendo essa portanto a razão pela qual volto ao assunto. A razão é que agora os tiros vêm da mais inesperada das direções: a coluna do Reinaldo Azevedo. E vêm com aquela persistência inflexível do atirador que não aceita como troféu senão a completa destruição do alvo ou, na mais branda das hipóteses, a sua definitiva humilhação pública.

Numa de suas últimas postagens, o colunista da Veja firmou sua posição: ou o sr. Bolsonaro pede desculpas à sua colega Maria do Rosário, ou merece ter seu mandato cassado. Cassar o mandato de Maria do Rosário? Nem pensar.


Já disse, e reafirmo, que sou amigo do Reinaldo Azevedo e não deixarei de sê-lo por causa de uma opinião errada, depois de tantas certas e valiosas que ele já publicou. Mas esta de agora é tão errada, tão absurda, tão indefensável, que eu falharia ao meu dever de amizade se não alertasse o colunista para a injustiça que comete e o vexame a que se expõe.


Que a resposta do sr. Bolsonaro à sra. Maria do Rosário foi "uma boçalidade", como a qualifica Reinaldo Azevedo, é certo e ninguém duvida. Mas o sr. Bolsonaro a pronunciou em resposta, não a "outra boçalidade", como pretende Azevedo, e sim a uma falsa imputação de crime, que é por sua vez um crime. Reinaldo Azevedo exige que a boçalidade seja punida e o crime fique impune.


Como todo debatedor teimoso que se empenha na defesa do indefensável, Reinaldo se vê forçado a apelar a expedientes argumentativos notavelmente capciosos que, em situações normais, ele desprezaria.


Um deles é proclamar que a resposta do sr. Bolsonaro a Maria do Rosário transforma o estupro em uma “questão de mérito”. Quer dizer, pergunta Reinaldo, que, se Maria do Rosário merecesse, Bolsonaro a estupraria? Isso é deformar as palavras do acusado para lhe imputar uma intenção criminosa. Na verdade, Bolsonaro disse: “Se eu fosse um estuprador...” O restante da frase, portanto, baseia-se na premissa de que ele não o é, e só pode ser compreendido assim. Reinaldo parte da premissa inversa para dar a impressão de que o deputado fez a apologia do estupro. Com isso, ele endossa o insulto lançado pela deputada Maria do Rosário e usa essa premissa caluniosa como prova de si mesma. Raciocinar tão mal não é hábito de Reinaldo Azevedo, mas, como se sabe, o ódio político move montanhas: montanhas de neurônios para o lixo.


Pior ainda: tendo recebido centenas de objeções sensatas e racionais na área de comentários do seu artigo – inclusive as minhas --, ele não responde a nenhuma, mas tenta dar a impressão de que toda a oposição à sua versão dos fatos vem de “seguidores de Bolsonaro”, exemplificados tipicamente nos signatários de uma petição raivosa que exige a demissão do colunista de Veja. Fui ver a petição, e sabem quantos signatários tinha? Sete e não mais de sete (talvez agora tenha oito ou nove). Ao fazer desses sete os representantes da maioria que não pedia cabeça nenhuma, Reinaldo procedeu exatamente como os repórteres pró-petistas que, na massa de dezenas de milhares de manifestantes anti-Dilma, pinçaram cinco ou seis gatos pingados adeptos da “intervenção militar” para criar a impressão de que a manifestação era essencialmente golpista.




Publicado no Diário do Comércio.


Fernandez disse...

Eu fiquei intrigado com o fato de Reinaldo escrever três artigos contra Bolsonaro em seu blog.
Hoje ele escreveu mais um na folha, mas só lí o título. Chega.
Nunca ví alguém que se diz contra o PT , auxiliá-lo tanto.
É preciso muita má vontade para interpretar de maneira tão deturpada o que Bolsonaro falou.
Como disse Olavo: é fazer o mesmo jogo que o PT costuma fazer.

Ferreira Pena disse...

Leio o Reinaldo há muitos anos, creio que ele está se tornando vítima "do nenhum lado que diz exercitar", ora, o deputado Bolsonaro reagiu prontamente a uma acusação e provocação feita por uma vermelha que não perde tempo em provocá-lo. Mas o Reinaldo não se retrata, não aceita que errou, na linha dos velhos esquerdistas que muraram de lado. Aliás, quem dos antigos jornalistas não era de esquerda?

Antônio Júnior disse...

Prezado Aluizio Amorim,

confesso que lia Reinaldo Azevedo com mais frequência - desde o Primeira Leitura. Entretanto, de um tempo pra cá passei a perceber uma mudança paulatina, mas incessante, em sua atitude. Então pergunto à todos os nobres leitores deste blog:

É IMPRESSÃO MINHA OU AS OPINIÕES DE REINALDO AZEVEDO ESTÃO CADA VEZ MAIS ALINHADAS ÀS DA GLOBO?

Será que a ambição do jornalista de chegar à Toda Poderosa está pervertendo sua índole?

O Reinaldo Azevedo original, aquele que outrora atraiu a atenção dos leitores ávidos por um jornalismo mais "independente" e "autônomo", jamais seria aprovado pela linha editorial da Toda Poderosa. Apostaria que seu nome já fora aventado e vetado de pronto.

Como remediar isso? Aquiescer progressivamente ao jornalismo "progressista". E se for algo que não possa anuir? Olvide! Ou será que alguém viu alguma coluna do jornalista tão contundente quanto a dirigida ao Bolsonaro em relação ao "estupro" moral contra Sheherazade, por exemplo?

Não posso deixar de apontar mais um indício. Alguém tem alguma dúvida que a coluna em que Azevedo aplaude a iniciativa espúria de Obama em relação à Cuba não seria candidamente lida por Willian Bonner no Jornal Nacional?

Posso estar errado? É claro que posso! Ao menos esse episódio está servindo para saber que não podemos confiar tanto em jornalista algum!

Tenho a impressão que pra ir pra Globo o Rottweiler toparia se passar até por Poodle.

Grande abraço,
Antônio Pereira Júnior.

Anônimo disse...

Há muitos anos, deixei de ler o RA.
Cláudia

Anônimo disse...

Parabens Aluizio que comunga seus brilhantes artigos com os comentaristas que a olhos vistos estao migrando de outros blogueiros e colunistas para este blog. Personalidade, sua marca, a busca de assuntos que vao de encontro aos nossos interesses e a maneira que embora tenha algumas opinioes que as vezes ate' divergem do seu pensamento, mas voce democraticamente entende e o comentarista, que feliz, tem onde desabafar! Seu blog tende so' a crescer com essa postura de um jornalista, cujos artigos devem ser espalhados por nos comentaristas pelas redes sociais. Voce, com humildade, ja disse ter aprendido com Olavo e no's temos aprendido muito com voce. Tenha um otimo ano e boas festas! Glauco

Leivinho Nascimento Sousa disse...

Viva à brava gente brasileira verde-amarelo-azul-e-branco! Unamo-mos pela defesa não somente do nosso porta-voz Jair Bolsonaro (chamado por Rodrigo Constantino de "O Exército de Um Homem Só), mas também pelo ainda nosso país e pelo futuro da nossa descendência. Não podemos admitir, muito menos permitir, que pintem a bandeira do Brasil de vermelho-sangue! BOLSONARO PRESIDENTE 2018! Quem está comigo?