TRANSLATE/TRADUTOR

segunda-feira, maio 18, 2015

MBL CONFIRMA MEGA CONCENTRAÇÃO "OCUPA BRASÍLIA" DIA 27/MAIO E RECEPÇÃO À "MARCHA DA LIBERDADE" COM ENCAMINHAMENTO DO IMPEACHMENT DA DILMA

O Movimento Brasil Livre já criou no Facebook a página Ocupa Brasília, convidando todos a participarem a recepção à Marcha da Liberdade que segue a pé de São Paulo a Brasília. A chegada da marcha está prevista para o dia 27 deste mês de maio, quando haverá uma mega concentração em Brasília com o encaminhamento do pedido de impeachment da Dilma. O ato terá início a partir das 13 horas em frente ao Museu Nacional.

O texto-convite do MBL no Facebook diz o seguinte:

Dias 15 de março e 12 de abril fizemos história. Milhões de brasileiros indignados com os rumos políticos de seu país tomaram as ruas do Brasil para demandar o IMPEACHMENT da Presidente Dilma Rousseff.

Agora é hora de fazermos com que nossas vozes sejam ouvidas em Brasília, sem intermediários. Ocuparemos a capital federal em um grande ato público em defesa da democracia e das instituições republicanas.

Na Esplanada dos Ministérios, recepcionaremos os HERÓIS da Marcha pela Liberdade que terão caminhado mais de mil km desde São Paulo para demandar o IMPEACHMENT de Dilma.

Venha conosco, traga seus amigos e família. Ajude a escrever a história do Brasil!

Concentração a partir das 13h em frente ao Museu Nacional.

7 comentários:

Anônimo disse...

porra, tomara que seja mega mesmo...

nao da mais para errar...

Anônimo disse...

E o povo que se junter a estes meninos e deixem de ser ativistas de sofá/teclado, criticar é fácil. Eles estão fazendo oq muitos covardes, alienados e omissos não tiveram coragem de fazer. Ao menos se juntem a eles, e quem não possa ir mande seus filhos, mas vá e façam a diferença, a chance está ai, dps não reclamem.

Anônimo disse...

A Época está fazendo uma pesquisa sobre aprovar ou não Fachin

http://epoca.globo.com/tempo/noticia/2015/05/o-senado-deve-aprovar-luiz-fachin-nao.html

Anônimo disse...

Os brasileiros não têm vocação de serem pisados pelos impostores do PT, fazendo o Brasil de refém desse partido; uma meia dúzia querendo mandar em dezenas de milhões?
Só se o povo estiver morto!

Anônimo disse...

Eu vou para o IMPEACHEMNT de Dilma
Estarei lá eu e meu marido e filha

joseph almeida disse...

ALUIZIO,


COMENTE ARTIGO DE PERCIVAL PUGINA.... SENSACIONAL!!!!


"Sobre a infiltração comunista nos colégios militares

Escrito por Percival Puggina | 18 Maio 2015


O fenômeno, nos cursos de História, faz-se especialmente surpreendente porque nada é mais demolidor para a propaganda comunista que a narrativa histórica.

Recebi, outro dia carta de uma senhora cuja filha estuda no Colégio Militar do Rio de Janeiro. Publiquei no meu site sua mensagem e, em dois dias, o carta teve mais de 20 mil acessos, seguidos, no Facebook, de longas listas de discussões. E calorosos desmentidos que, inclusive, estariam disponíveis no site do CMRJ. Não os encontrei.

Eis a carta que recebi da referida senhora:

"Olá Percival,
Queria lhe comunicar algo, ou mesmo pedir ajuda pois sei que muitos o escutam. Bom, minha filha estuda no CMRJ que hoje inclusive faz aniversário - o famoso 6 de Maio do Colégio Militar - e até Jacques Wagner, o Ministro da Defesa, veio para festa. No entanto o exército enfrenta uma verdadeira guerra silenciosa contra suas escolas, e os CMs são os primeiros a sentir seus efeitos. Há anos, os colégios adotam livro de História e Geografia escritos por historiadores militares e publicados pela BibliEx. Os livros eram ótimos e atendiam perfeitamente a crença da grande maioria dos famílias cujos filhos frequentam o Colégio Militar.

Pois bem, uma professora concursada e com forte tendência marxista veio a público em 2014 reclamar sobre o termo contra-revolução de 64 ao invés de golpe militar usado nos livros adotados até então nos CMs. O governo, que já vinha pressionando, aproveita a oportunidade, faz uso da força que tem e impõe aos colégios a adoção de material bem diferente para 2015. O fato é que minha filha está sendo educada no Colégio Militar, desde fevereiro do corrente ano, a acreditar que o capitalismo é a mal do mundo e o socialismo só caiu por força da pressão americana. Esse é o conteúdo do livro de geografia, mas já o de história é muito pior, é nauseante! O autor consegue a proeza de transformar todo e qualquer conteúdo em luta de classes.

Estou muito triste e não sei o que fazer. Já passei mensagens para vários amigos cujos filhos estudam lá pedindo que na sexta dia 8/5, reunião de pais e mestres, discutam com os professores, avisem aos mesmos que não aceitaremos gramscismo na sala de aula de nossos filhos. Sei que muitos profissionais não compactuam com essas ideias; há alguns professores que inclusive não estão usando o material imposto pelo governo. Mas infelizmente há profissionais que abraçam o marxismo e que devem estar usando e abusando dos livros esquerdistas impostos a todos nós, alunos e seus familiares. Esses professores marxistas são nada mais nada menos que capitalistas vulgares que se vendem ao contra-cheque e permanecem atuando em uma instituição centenária a qual repudiam. São hipócritas vendidos. O que fazer? Será que o Exército está perdendo essa guerra? Estou muito preocupada. Claro que gostaria muito que você escrevesse sobre isso alertando a todos. Posso lhe mandar o nome dos livros adotados. Mas preferia que não mencionasse meu nome. Tenho receio que minha filha fique estigmatizada no colégio. Muito obrigada."

Imaginar desinteresse comunista em relação à formação dos nossos militares seria puerilidade. A propósito, recebi do valoroso Jorge B. Ribeiro este depoimento:


Finalizando. A carta-denúncia da senhora mãe de uma aluna do CMRJ recebeu desmentidos e eu não tenho como averiguar a veracidade do relato que me foi feito. Retirei o texto original, em forma de denúncia e o converto neste artigo, em modo de pergunta. Há enorme interesse por parte da opinião pública. Que se manifestem os que tiverem informações. Essa extraordinária e histórica instituição merece nosso zelo e respeito".

ABRAÇOS

Romaindandan disse...

NÃO VAI ADIANTAR, O GOVERNO DILMA APARELHOU O ESTADO. COMPROU OS DEPUTADOS E SENADORES. O POVO TEM QUE MUDAR O PEDIDO PARA INTERVENÇÃO MILITAR CONSTITUCIONAL. VAI SER OUTRO FRACASSO E DESMORALIZAÇÃO DESSA GENTE QUE VAI ESTAR LÁ. NO EXÉRCITO TEM MUITOS COMANDANTES PATRIOTAS QUE NÃO PERMITIR QUE O PAÍS VIRE UM PAÍS COMUNISTA . VAMOS TODOS É PRA FRENTE DOS QUARTÉIS PEDIR E CLAMAR POR INTERVENÇÃO MILITAR. TIRAR ESSES CORRUPTOS DO PODER DISSOLVER O CONGRESSO E AS INSTITUIÇÕES E REFORMULAR NOVAS LEIS. O POVO JÁ NÃO AGUENTA DE TANTO ARROCHO E SUPRESSÃO DE SEUS DIREITOS. VAMOS FAZER A REVOLUÇÃO POPULAR.