TRANSLATE/TRADUTOR

sábado, agosto 01, 2015

EDUARDO CUNHA PARTE PRA CIMA DE CATTA PRETA. ANUNCIA QUE IRÁ INTERPELAR JUDICIALMENTE A ADVOGADA DOS PETROLÕES.

O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha e a advogada Catta Preta: tensão de alta voltagem.
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) anunciou neste sábado por meio de sua conta no Twitter que vai acionar a Procuradoria Parlamentar da Câmara para interpelar judicialmente, e "independentemente da CPI", a advogada Beatriz Catta Preta. Na quinta-feira, em entrevista ao Jornal Nacional, Catta Preta, responsável por nove acordos de delação premiada na operação Lava Jato, acusou "integrantes da CPI" da Petrobras de ameaçá-la. A advogada afirmou que, diante de "tudo isso que está acontecendo" e "para preservar a segurança" de sua família, decidiu abandonar a advocacia.
"A acusação atinge a CPI como um todo e a Câmara como um todo, devendo ela esclarecer ou ser responsabilizada por isso", escreveu o deputado. "Determinarei a Procuradoria Parlamentar da Câmara que ingresse com a interpelação judicial semana que vem, independente da CPI. A mesa diretora da Câmara tem a obrigação de interpelá-la judicialmente para que diga quais ameaças sofreu e de quem sofreu as ameaças", completou Cunha em sua conta na rede social.
Esta é a primeira vez que Cunha se manifesta sobre as declarações da advogada. Nesta sexta-feira, o presidente da CPI da Petrobras, Hugo Motta (PMDB-PB), criticou as acusações de Catta Preta, que foi convocada a falar à comissão e depois desobrigada pelo Supremo Tribunal Federal. "A CPI não ameaça ninguém. A CPI investiga. O que é mais estranho é uma advogada criminalista que tem prestado serviços no país há muito tempo alegar de uma hora para outra que está sendo ameaçada sem trazer nenhuma pessoa que a ameaçou, sem trazer nenhum fato concreto", disse o deputado.
Entre os ex-clientes da advogada, está o lobista Julio Camargo, da Toyo Setal, que, em sua delação, citou o presidente da Câmara como destinatário de 5 milhões de dólares do propinoduto que sangrou a Petrobras. Na entrevista ao Jornal Nacional, Catta Preta não citou nomes de políticos, mas afirmou que a pressão aumentou depois que o delator envolveu Cunha no esquema.
Pauta-bomba - Na rede social, Eduardo Cunha também rebateu as afirmações do governo de que ele esteja preparando a aprovação de um conjunto de medidas que aumentam os gastos da União, Estados e Municípios, a chamada "pauta-bomba", na volta do recesso parlamentar. "A tentativa de colocar nas minhas costas uma chamada pauta bomba para prejudicar as contas públicas não tem o menor sentido. Tenho absoluta consciência do momento de crise econômica e sempre me pautei por posições contrárias ao aumento dos gastos públicos", escreveu o deputado no Twitter.
Cunha também ressaltou que a "paralisia da economia" não é culpa do Congresso e criticou o governo federal, frisando que não houve corte de gastos, mas apenas redução dos investimentos. Segundo ele, o governo poderia ter reduzido o número de ministérios e cargos de confiança. "Mesmo que para a economia isso não fosse tao significativo, o exemplo seria um importante sinal para a sociedade", disse o presidente da Câmara. Do site da revista Veja

19 comentários:

Anônimo disse...

Cunha esta corretíssimo...

nao da pra aceitar que uma advogada de renome e bem experiente faça uma denuncia vazia como essa sem nominar quem a ameaçou e de que maneira isso aconteceu...

o repórter "tralha" curiosamente não se interessou em perguntar como foram essas ameaças...

alguém telefonou, deixou bilhete, mandou recado, a seguiu na rua?

foi uma entrevista que acabou complicando bastante o lado dela...

ademais, se uma advogada de renome e que tem a OAB para defende-la tem medo de exercer a profissão no Brasil, o que dirão os cidadãos comuns que não tem ninguém para dar suporte?

se ela sabe que foram "membros da CPI" que fizeram as ameaças, ela tem de nomina-los...

se não soubesse quem a ameaçou, não saberia que seriam "membros da CPI", certo?

Anônimo disse...

Como um ladrão na noite: conheça a Lava Jato que chega no Corinthians.
CLAUDIO TOGNOLLI
Vamos colocar alguns números: o estádio do Corinthians custou R$ 1.150 bilhão. O estádio do Palmeiras R$ 550 milhões.
Custo por assento: estádio do Corinthians R$ 23.958,33. Estádio do Palmeiras R$ 12.613,81.
Por quê tão mais barata a arena palmeirense? Porque era grana privada.
Por que o do Curingão custou o dobro?
Porque era a grana da viúva e porque tínhamos as mãos de Lula e Odebrecht no negócio.
Lembrem-se: a Caixa só financiou o Curingão a pedido pessoal de Lula.
Lembrem-se: havia uma tubulação da Petrobras sob a Arena Corinthians. Quem retirou os tubos, a pedido do Lula, foi a empresa Sacs, com intermediação do doleiro Alberto Yousseff. Este disse aos investigadores da Lava Jato que levou R$ 1,3 milhão para intermediar esse negócio
Para a construção do estádio, o Corinthians conseguiu um financiamento público de R$ 400 milhões do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) por meio de repasses da Caixa Econômica Federal. Tudo por lobby de Lula.
Vou te lembrar alguns dados.
Em 2011 o executivo Alexandrino Alencar, diretor da Odebrecht, acompanhou o ex-presidente Lula numa viagem à África., quando Lula foi designado representante oficial do Brasil numa missão à Guiné Equatorial e incluiu Alencar em sua comitiva.
Na era Lula, a Odebrecht foi a empresa que mais cresceu e assumiu operações importantes, como a base para o submarino nuclear, no Rio, uma usina do Rio Madeira, e também passou a construir plataformas de petróleo para a Petrobras.
Em fevereiro de 2013, 3 construtoras com histórico de doações para campanhas petistas e de execução de obras do governo federal custearam a viagem de seis dias do ex-presidente Lula para a África, encerradas a 9 de março daquele ano Durante a visita ao continente, o político fez duas palestras. A primeira foi paga em conjunto pela Odebrecht e pela Queiroz Galvão, além de uma empresa de seguros local. A segunda foi bancada pela construtora Andrade Gutierrez, que doou mais de R$ 2 milhões à campanha de reeleição do ex-presidente, em 2006, quando a Odebrecht injetou cerca de R$ 200 mil
Em abril de 2014 Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians e responsável pelas obras do Itaquerão, feito pela Odebrecht, falou algo seminal ao canal ESPN. Sanchez disse que Lula agilizou pessoalmente junto a Odebrecht as burocracias envolvendo as obras. Lula também ajudou em algumas negociações, como no caso dos dutos da Petrobras, encontrados no solo de Itaquera, e que atrapalhariam as obras do Itaquerão, relatou Sanchez.
“O Lula foi importante, é óbvio que um presidente da República, conselheiro do Corinthians, amigo meu, em muitas coisas que eu demoraria um mês para ser atendido, eu fui atendido no dia seguinte. Os próprios dutos da Petrobras, eu fui duas vezes lá e não me atendiam. Eu disse ‘chefe’, e virou o que virou, é o que a gente estava falando. Então, um dia, essa história toda vai ser contada e eu espero que não esteja nem eu nem ele aqui para que se fale a dificuldade que há nesse pais para se fazer as coisas bem feita”, afirmou Andrés.
Segundo o ex-presidente do Corinthians, o estádio “se livrou de preços absurdos por causa de boas negociações”.
Entendeu por que logo mais a casa de Lula no Itaquerão vai cair?

Carlo Germani disse...

Questionamentos oportunos:

1)A advogada (cancelou o registro na OAB?)Beatriz Catta Preta ao se casar com o seu cliente (atual marido),o qual foi processado por dólares falsos,já revela que gosta de uma encrenca.

2)É portadora de um charme inquestionável e de uma "aura" indecifrável?
Sem dúvida.

E agrande imprensa e mídia em geral,adora estes personagens enigmáticos.

3)Catta Preta,desmistifica a competência da mulher no poder (vide Graça Foster,Dilma,...,por exemplo).

4)É evidente que a atitude megaradical de encerrar a carreira,indica que há verdades ocultas que virão à tona.

PS:Catta Preta deve ter,no máximo,42 anos de idade.
Encerrar a carreira precocemente é atitude sensata? Evidentemente que não.

5)Eduardo Cunha,está correto ao processá-la.

PS2:Tem coisa cabeluda nesta história toda.
Aguardemos os próximos atos.

Anônimo disse...

Eduardo Cunha está sofrendo o mesmo processo de linchamento midiático que sofreu Aécio nas eleições fraudadas do ano passado.

Basta o PT estralar os dedos e aparecem especialistas de todos os lados,
basta vermos a armação deles no Prostituto Lula para transformar na pior bomba já lançada no mundo depois de Hiroshima e Nagasaki.

Rodrigo

Anônimo disse...

Ótimo artigo de RA sobre delação premiada:

A delação premiada tem de ser regulamentada para não pôr em risco o combate ao crime. Ou: Advogado de porta de cadeia e de porta de MP

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-delacao-premiada-tem-de-ser-regulamentada-para-nao-por-em-risco-o-combate-ao-crime-ou-advogado-de-porta-de-cadeia-e-de-porta-de-mp/



Chris/SP

Anônimo disse...

Conheça 102 deputados que estão em cima do muro quanto ao impeachment

by lucianohenrique


No momento em que o PT resolve amplificar seu discurso vitimista, lançando acusações sem provas contra oponentes (uma delas é a de que seus opositores teriam lançado uma bomba no Instituto Lula, quando os culpados poderiam muito bem serem eles próprios), e Lula lança um vídeo de apoio à edição 21 do Foro de São Paulo, o sinal é claro: o partido fará de tudo para se manter no poder e levar seu projeto de devastação e totalitarismo adiante.

Porém uma das formas de se interromper este processo é com um impeachment, especialmente porque nunca na história deste país tantos motivos surgiram para que este ocorresse. Logo, ficar contra um impeachment, neste momento, é apoiar um projeto totalitário, que irá atingir de forma terrível a praticamente todos nós (a não ser os que conseguirem sair do país a tempo). É se comprometer com um projeto de país devastado, seja por ação ou omissão.

É claro que petistas, psolistas e pcdobistas tem mais é que apoiar o totalitarismo petista, pois é parte fulcral do projeto socialista ter uma nação inteira subjugada pela economia devastada, pela censura de mídia e pelo racionamento de alimentos, dentre outros fatores. O que para a população será um inferno, para esses governistas será um paraíso. Sempre foi assim com as implementações socialistas, por que agora seria diferente?

Por isso, não contamos com deputados bolivarianos, pois eles estão comprometidos com este projeto. Mas temos que cobrar os deputados cujos partidos não se comprometeram com essas metas. E, para pessoas destes partidos, é extremamente imoral que eles não apoiem o impeachment.

Abaixo está uma lista de 102 deputados que ainda conseguem a proeza moral de ficar em cima do muro quanto ao impeachment:

ADAIL CARNEIRO PHS CE
ADALBERTO CAVALCANTI PTB PE
ADELSON BARRETO PTB SE
AELTON FREITAS PR MG
AFONSO HAMM PP RS
AGUINALDO RIBEIRO PP PB
ALAN RICK PRB AC
ALEX CANZIANI PTB PR
ALEXANDRE VALLE PRP RJ
ALFREDO NASCIMENTO PR AM
ANDERSON FERREIRA PR PE
ANDRÉ ABDON PRB AP
ANTONIO BRITO PTB BA
ANTONIO BULHÕES PRB SP
ARNON BEZERRA PTB CE
ÁTILA LIRA PSB PI
BENITO GAMA PTB BA
continua no blog Ceticismo Político

Anônimo disse...

Para todos aqueles que estão acessando de Setubal - Portugal

um post do poeta Alvaro Alves de Faria:

MAS A TUA VIDA NÃO.

Em uma destas madrugadas intermináveis, eu percorri os canais de televisão e parei na RTP, a televisão de Portugal, que transmitia uma apresentação da fadista Cristina Nóbrega. Uma hora de programa. Uma hora de fado. Uma hora inteira de poesia. A poesia às vezes dói. Uma dor que nem todos sentem, nem todos podem sentir. Um fado dizia: “Foi a maré que te trouxe/ foi o mar que te levou”. Ao ouvir os fados deixei-me levar no meu pequeno barco de papel no oceano Atlântico. Muitos são os naufrágios, mas eu sou um navegador que ainda se guia pelas estrelas do céu. A poesia dói. Dói muito. Mas essa dor tem de ser aquela que o coração não sabe mais suportar. Aliás, os gênios da poesia produzida no Brasil atualmente proíbem que se use em um poema a palavra “coração”. São as regras da mediocridade reinante. As regras insuportáveis de um cenário cada vez mais melancólico. Aqui, um certo “poeta”, louvado pela crítica medíocre, inútil e amiga, posa nu na Folha de S. Paulo para aparecer. A ordem é aparecer. Tem de aparecer de qualquer jeito. De qualquer jeito, menos por sua poesia. Tudo orquestrado. Esses são os “poetas” que vivem por aqui, sem generalizar. O país está enterrado numa mediocridade que dá medo. Pensei nesses infortúnios enquanto ouvia a fadista com os olhos fechados, pensei na poesia, no poema, na estupidez de cada dia, nessa coisa lastimável que quase tudo se transformou, com valores nulos. É preciso fugir mesmo. Os meus 19 leitores sabem deste meu desencanto. Mas vou remando para atravessar o mar para sempre. Meu barco de papel haverá de resistir. Mas eu só queria falar na madrugada de fado e acabei entrando nesse assunto que provoca náuseas. O último fado cantado por Cristina Nóbrega foi “Povo que lavas no rio”. Fiquei imóvel, como sempre fico quando ouço esse fado, originalmente gravado por Amália Rodrigues. Com os anos, muitas fadistas gravaram esse fado que fala da vida do homem, da poesia do homem, da terra do homem, do silêncio do homem, da angústia do homem, do grito ainda possível do homem. A música é de Joaquim Campos, a letra é do poeta Pedro Homem de Mello. Pedro Homem de Mello. Só isso: Pedro Homem de Mello. Mais uma vez eu senti o tamanho de minha pequenez e senti também onde a poesia é capaz de chegar nesse corte fundo de quem leva a poesia a sério, com a responsabilidade dos poetas verdadeiros, não aqueles que fazem festinhas regadas a elogios mútuos que chegam à estupidez declarada. Não é raiva não. É indignação mesmo. Vendo a fadista Cristina Nóbrega cantando esse fado lembrei-me de Amália, a voz de Amália e o fado de Portugal, a terra de meus pais, a terra onde caminham meus pés à procura de mim mesmo. Acho que depois adormeci, mas não tenho certeza. Estava com as mãos molhadas e tinha um gosto de sal na boca. Havia um mar no meu quarto. Um mar a atravessar.

Anônimo disse...

ah, e cortaram as partes onde ela aparenta chorar...

nas fotos e por alguns segundos do vídeo da pra perceber os olhos marejados...

Paulo Robson Ferreira disse...

Acho que tem gente que está exagerando nas ilações relativas ao esse episódio. Não creio que alguém tire seus filhos do colégio, feche seu escritório, abandone sua clientela, despeça seus funcionários só para fazer jogo de cena. Quando os analistas resolvem inferir ao invés de avaliar apenas os fatos, é porque estão dispostos a reescrever o ocorrido segundo seus desejos. Dentre os personagens participantes dessa história, Dna. Catta Preta me parece a menos suspeita num ambiente onde há mais bandidos do que cidadãos de bem. Quando ela diz que se sente ameaçada e não tem como nominar ninguém, é preciso entender que existe um mundo psicológico, absolutamente real, onde podem agir aqueles que que se dispõem a intimidar sem cometer crime juridicamente caracterizado. Ignorar essa realidade é má fé ou obtusidade.

Anônimo disse...

O bom é que o EC recebe apoio da maior parte do CN.

Anônimo disse...

Hangout O Extermínio de Uma Nação
Rede Brasil de Ativismo
https://www.youtube.com/watch?v=g-Eq7kklo2w

Jurandir disse...

SEI NÃO!!!
Da para desconfiar dessa advogada e ate dessas tais “delações premiada”. Para mim e pura armação PTralha, como também a bomba no instituto Lula...
Essa advogada e responsável por NOVE acordos de delação premiada; ta mais para DELAÇÃO COMBINADA.

A meu ver essa “delação” Premiada ate o momento só esta servindo para livrar o PT da responsabilidade, acusando os adversários e convenientemente aliviando as penas dos empresários “delatores” associados a esse DESgoverno corruPTo e com isso ENGANAR O POVO...

Penas de QUINZE anos de prisão, e os “condenados” vão cumprir as “penas” nas suas mansões (prisão domiciliar)... E após UM ano, a tão esperada liberdade... E mesmo que forem condenadas em outros processos as “penas” não podem ser alteradas. (Sergio Moro assinou e concedeu uma verdadeira carta de alforria para os “condenados”).
Por essas amostras, acho que os políticos se culpados e condenados forem, vão é ser indenizados...

Outra ciosa e o REPATRIAMENTO do dinheiro desviado.
Os caras estão fazendo festa do retorno de trezentos milhões quando só na Petrobras o desvio foi de mais de seis BI... TEM ALGO DE MUITO PODRE NESSE MEIO.

Anônimo disse...

VAI FUNDO NESSA, CUNHA!
Na net, até agora ninguém acreditou nessa da Cata Preta que não teria sido armação do PT para prejudicar o Cunha, assim como a bomba lançada no Instituto Brahma não teria sido por gente do próprio PT que entende de fraudes, chantagens e cenas de teatro para sair do foco da mídia com invencionices!
Ela verá o que não imaginou: o arrocho que o Cunha vai dar nela!
Aliás, o destemido Cunha não engole armação do sapo da máfia PT!

Jaci Capistrano disse...

Hangout sobre dois dos principais fatos da semana: a advogada Catta Preta que está sendo coagida no processo da Lava Jato e a bomba soltada no Instituto Lula.
Com Eder Borges, Italo Lorenzon, Advogadas Beatriz Kicis e Cláudia Castro.

https://www.youtube.com/watch?v=r5InZioaJrs

Anônimo disse...

Aposto todas as minhas fichas: Catta Preta, muito em breve, irá posar para a Playboy. E tem mais: a revista vai vender pra caramba. Eu juro que também vou comprar a minha!

Anônimo disse...

um repórter que não pergunta e uma entrevistada que não responde...

vou dizer o que mais?

Anônimo disse...

Com referencia ao 'lava jato chega ao corinthians' e' impressionante a interferencia do lula em TUDO! Dilma e' incompetente, mas lula e' de uma competencia sem igual em todas as falcatruas. Ele age como dono do Brasil, mas tudo no sentido destrutivo. De nada adiantara' o FORA DILMA e LULA DENTRO!

Anônimo disse...

Ninguém com um mínimo de inteligência está acreditando nessa armação. Se fosse uma reportagem séria e uma denuncia também séria, no mínimo , seriam listadas os deputados da CPI que estão ameaçando a advogada. Como ela sabe se são deputados? Então ela sabe os nomes deles. Fazer uma denúncia dessa e sair do Brasil é muito suspeito Quem faz denúncias vazias não merece credibilidade.Destruir reputações desse jeito é muito perigoso e poderá custar uma fortuna de indenização por danos morais .Faz muito bem o Eduardo Cunha em questionar judicialmente essa advogada - ela vai ter que falar!!.

samuel disse...

AOS COMENTARISTAS DA PÁGINA: "4)É evidente que a atitude megaradical de encerrar a carreira,indica que há verdades ocultas que virão à tona."
É QUE ELA VIROU CATTA VERDE, kkkk deve estar sendo bem paga. O que mais Dilma, LULA, PT quer é fritar o Cunha. VALE TUDO. Show de TV por advogada chorona, ações aparentemente megaradical, etc.. Já estou com o saco cheiro desse teatro PRA RUA DIA 16, Impeachment nesse desgoverno. Contamos com Vc Cunha, kkkk