TRANSLATE/TRADUTOR

quinta-feira, setembro 24, 2015

ESCASSEZ FAZ SUMIR ABSORVENTES FEMININOS NA VENEZUELA. MULHERES SÃO OBRIGADAS A USAR "TOALHAS HIGIÊNICAS SOCIALISTAS".

Rompendo "o ciclo do capitalismo selvagem": mulheres venezuelanas aprendem como fazer seus próprios absorventes femininos de pano laváveis, que por lá são denominados "toalhas femininas socialistas". Se o impeachmenta da Dilma demorar muito as mulheres brasileiras devem fazer um providencial estoque de absorventes. (Foto: El Nacional e fotograma do Twitter) - Clique sobre as imagens para vê-las ampliadas
Decidida a romper o “ciclo do capitalismo selvagem”, a ‘presidenta’ do Instituto Nacional de Mulheres da Venezuela bolivariana, Yekauna Martinez, iniciou a realização de oficinas especiais para ensinar as mulheres a confeccionar absorventes femininos de pano, segundo informa o jornal El Nacional.
A própria Ministra se encarregou de lançar o novo produto pelo Twitter, argumentando que   esta iniciativa pretende combater os males da denominada “guerra econômica”, que nada mais é que a escassez brutal que castiga os venezuelanos que há uns 15 anos embarcaram na aventura bolivariana.
Os absorventes femininos sumiram do mercado e as mulheres venezuelanas estão sendo obrigadas a lançar mão dos superados e anti-higiênicos absorventes de pano laváveis utilizados pelas suas bisavós.
Como a inflação é galopante nesse país comunista uma caixa de absorventes femininos custa uma verdadeira fortuna. O regime do tiranete Nicolás Maduro aproveita a situação para praguejar contra o capitalismo que reputa como o culpado pela escassez de alimentos, medicamentos, peças de reposição de veículos, enfim, todos os bens de uso contínuo e necessário que são comuns em qualquer país que não esteja sob um regime comunista.
Esta informação não ganharia notoriedade no Brasil. No máximo seria uma nota de curiosidade digna de gargalhadas. Sequer mereceria neste blog um post exclusivo se não fosse o fato de Lula e seus sequazes postularem a implantação do mesmo regime bolivariano no Brasil.
Como tenho enfatizado de forma recorrente aqui neste blog, a crise econômica que já se tornou crônica na Venezuela com a escassez de alimentos e a fome, começou com o descontrole da economia, como ocorre agora no Brasil.
Aliás, esse é o esquema comunista. Foi assim também em Cuba e lá já dura 53 anos! Com o dólar chegando a R$ 4,14 reais nesta quarta-feira, as mulheres brasileiras poderão de repente ver sumirem das prateleiras dos supermercados os tão comuns absorventes higiênicos femininos tendo que adotar as famigeradas “toalhas higiênicas socialistas”.
Agradeço a leitora venezuelana deste blog, cujo pseudônimo é "Lucecita", por ter reportado nos comentários mais essa faceta da escassez que castiga a população da Venezuela. Parece mentira, mas é verdade.

14 comentários:

Anônimo disse...

Caro Aluízio, o cinismo dos bolivarianos é tão bandido que a foto (totalmente falsa) publicada por eles, mostra as mulheres numa felicidade suprema. Enquanto isso, Leopoldo López continua injustamente encarcerado e nossa Madame Satã finge, de maneira cínica e criminosa, não saber de nada! Justo ela que faz chantagem emocional da mais safada, sobre o período em que esteve na prisão.

Anônimo disse...

Parece que elas estão felizes!!! Veja só, caro Jornalista Aluízio Amorim: nós brasileiros, das classes média, média alta e rica do Brasil, assim como ocorreu na Venezuela, CAÍMOS NA ARAPUCA BOLIVARIANA!!! Não tem mais como sair do país, pois nosso dinheiro não vale mais nada no exterior!! Mesmo que puséssemos à venda nossos bens, dificilmente acharíamos comprador, e se conseguir vender, será por preço de banana!!! Ficamos presos aqui!! A saída pelo aeroporto, não é mais opção para fugir do inferno que isso aqui vai se transformar nos próximos meses/anos!!!!

Paolo Hemmerich

Anônimo disse...

solução para a Venezuelanas :arranca os ovarios e utero solucinado o problema...rs

Anônimo disse...

Maduro pode oferecer toalhinhas com a cara de Chaves. Pelo menos fica tudo no vermelho.

Anônimo disse...

Comenta-se muito que na Venezuela outrora uma das maiores preocupações das famílias era de preparar suas filhas para serem futuras misses, "esporte" que atraía mais que futebol ou qualquer desporto, além de ser um país de muitas superstições.
Realmente, a Venezuela sempre foi campeã mundial nisso, quase imbatível.
E caiu nas patas dos comunistas; castigo para o povo?
Uma é certa, como diz a bíblia: “Quem semeia vento colhe tempestade; talo sem espiga não pode dar farinha, mesmo que desse, os estrangeiros é que a iriam comer!” Os 8,7.
É o que a profecia de Oséias diria à Venezuela materialista que caiu sob as patas dos marxistas, cujos governantes estão semeando o terrorismo de Estado, a arma do grande terror combatendo os que na sua demencia classificam como reacionários, os opositores da "democracia" comunista!

Anônimo disse...

Olha na foto como elas estão felizes! Tomar no ** é uma delicia!

Dólar 4,21, vão se preparando, daqui a pouco começa a sumir mercadoria das prateleiras.

Anônimo disse...

Um retrocesso sem precedentes. Se for por esse caminho, daqui a alguns anos os venezuelanos vão regredir à idade média, com transporte em mulas , cavalos e carroças e cultivo no campo com arado movido a bois. Se não abrirmos os olhos e reagirmos enquanto é tempo, podemos ir pelo mesmo caminho.

Anônimo disse...

___________________________________________________________________________
Acredito piamente, que seria prudente que as brasileiras deveriam
começar a confeccionar as suas "Toalhas femininas socialistas."
Nosso "futuro" está chegando com celeridade.
.
Aparecido

Anônimo disse...

É esse o modelo que os capimunistas do Foro de SP querem para o Brasil.

Wanderley Camy disse...

Já ouço dizer que em dezembro estará a R$ 7,0 por dólar! Isso será o fim! ...ou não?

Anônimo disse...

Não Wanderley, o dólar entrou num estado de descredibilidade sem precedentes, ninguém mais segura, é como uma faca caindo no chão, ninguém tenta segura-la, só escapar... Somente o impeachment da anta rusef e o afastamento de toda a cambada comunista do poder poderia acalmar e reverter o cenário. Vamos sim virar algo parecido com a venezuela.

Dea Einsfeld disse...

O comuna petista como na Venezuela não basta destruir eles precisam humilhar....mulheres usem coletor interno, e mais higiênico e um copo descartável, na vagina e tem a vantagem de apos jogar na cara dos políticos.

Anônimo disse...

Na Venezuela existe escancaradamente a ditadura assassina de Maduro, lá diariamente ocorrem assassinatos de quem tem um pouco de coragem de encarar esses criminosos, e nem é preciso usar os militares comandados pelos cubanos para isso, eles usam milícias a paisana contra pessoas desarmadas. A pergunta que não quer calar é, por que a ONU é tão conivente com os assassinatos naquele país, assim como os praticados pelos talibãs do capeta? Vejam a covardia na Venezuela: https://www.facebook.com/estrella.renaciente.7/videos/1490672764589262/?hc_location=ufi

Dea Einsfeld disse...

Toalha higiênica socialista e a anta do planalto que vai jogar...quando for pras cordas, de cara na lona!