TRANSLATE/TRADUTOR

sábado, novembro 28, 2015

A REPORTAGEM DE CAPA DE 'VEJA' , O PASSARALHO E O ENIGMA QUE FAZ PODEROSOS AMARGAREM CALADOS A PRIVAÇÃO DA LIBERDADE.

O texto que segue está dividido em duas partes. A primeira contém considerações sobre a revista Veja, cuja capa da edição que chega às bancas neste sábado está estampada acima. Na segunda parte faço algumas considerações sobre a chamada de capa e transcrevo um aperitivo da reportagem principal. Vamos lá:

A revista Veja, até agora a mais importante publicação da grande mídia brasileira recentemente permitiu que passaralho a serviço do conluio PT-mega empresários, a versão nacional dos boliburgueses da Venezuela bolivariana, desse um voo rasante sobre a redação. O passaralho vermelho derrubou a TVeja detonando a Joice Hasselmann que era a alma do projeto, aliás um belo projeto que integrava uma plataforma de vídeos com excelentes entrevistas e opinião, algo que foi banido da imprensa brasileira depois que Lula e seus sequazes chegaram ao poder. A partir daí foi inaugurado um tempo em que a opinião só pode ser emitida em favor do lulismo. Ao que tudo indica Veja se curvou.

Antes de Joice foi mandado embora o colunista Rodrigo Constantino enquanto o colunista Lauro Jardim, ao que parece, teve seu passe adquirido por O Globo. Por enquanto ainda tem as colunas do Augusto Nunes, do Reinaldo Azevedo e do Felipe Moura Brasil. Só.

De resto, sobraram aqueles chatos eternos com as quatro patas fincadas no terreiro do pensamento politicamente correto. Como não entendem nada de televisão cometem diariamente o exercício daquilo que defino como "burrice dinâmica". Decididamente não dá mais para ver a outrora influente e dinâmica TVeja que em inúmeras oportunidades destaquei aqui no blog. Já o site da revista também piorou muito.

Velho de guerra do jornalismo eu sei o que é o ambiente corporativo. Já fui testemunha de coisas mais ou menos parecidas como essa que rola na Veja. Já vi burros dinâmicos guindados à diretoria de organizações bem como psicopatas. Aliás, esses últimos, os psicopatas, são os que obtêm o maior sucesso nos ambientes corporativos. Normalmente porque são mestres em lamber os pés dos chefões, porque são capachos. Esses tipos ao longo da história têm sido os responsáveis pela destruição de muitos empreendimentos e bons projetos. Eles estão em todos os lugares. Menos aqui neste espaço que é só meu e, por extensão, dos meus estimados leitores. Aliás, esses andróides são incapazes de formular um parágrafo de cinco linhas que tenha algum sentido, quanto mais manter um blog com conteúdo exclusivo. E quando se metem a fazer televisão aí o troço desanda. E fica pior ainda quando o caras mentem. 

Essa digressão que acabo de fazer creio ser necessária. Não dá para dourar a pílula, isto é, não dá para enrolar. Opinião para adular alguém ou uma organização é trololó.

QUEM CALA, CONSENTE.
No que se refere à principal reportagem de Veja, outrora a "reportagem-bomba", o assunto é a prisão do senador Delcídio Amaral. Não poderia ser diferente. Todavia o aperitivo da matéria postado no site de Veja, nos leva a concluir de antemão que esta matéria não está calcada num furo de reportagem. Como a publicação é semanal, se não furar patina na resenha da semana. Ainda mais com a internet.

Louvando-me no resumo da reportagem de capa de Veja, concluo que todo o aparato criminoso que esfacela a Nação segue incólume. Em inúmeras oportunidades tenho reiterado que a permanência do PT no poder, desde o primeiro dia que Lula subiu a rampa, se deve exclusivamente por aquilo que denomino de "núcleo duro da economia", ou seja, uma plêiade de mega empresários e banqueiros que não conseguem sobreviver além do deletério patrimonialismo e encontraram no estatismo totalitário bolivariano um oásis. O ícone desse grupo é o Marcelo Odebrecht, que está em cana há mais de quatro meses acreditando piamente que será libertado. 

Deve ter suas razões para esse comportamento. É justamente aí que reside o fulcro da questão, ou o "busílis', como diria o meu colega Reinaldo Azevedo. O resto é marola, é cascata, é empulhação. Além disso é de se questionar se as tais colaborações premiadas até agora resultaram em verdades ou meias verdades. 

Em decorrência de tudo o que está acontecendo arrisco a segunda hipótese. A prova de que faço a escolha mais objetiva se encontra nesta reportagem da capa de Veja quando informa que a família de Delcídio Amaral está "avaliando" a possibilidade de ele colaborar com os investigadores, fato que lhe proporcionaria o relaxamento da prisão e atenuação da pena.

É de se indagar, portanto, quais seriam esses critérios a nortear tal avaliação? Pelo exposto intui-se que algo forte, grandioso e inaudito garante uma alternativa ao senador que permanece na carceragem da Polícia Federal e cuja maior regalia por enquanto é encomendar um Big-Mac com Coca-Cola para o jantar. Sem falar no fato de que Lula já lhe chamou de "imbecil" entre outros prováveis impropérios que são expelidos pela boca do Apedeuta quando fica enfezado. 

A família de Delcídio está 'analisando'? Tá bom.

Transcrevo um aperitivo da reportagem de Veja, publicação que ainda dispõe de um fio tênue de confiabilidade. Leiam:
Pelas redes sociais já está bombando esta campanha destinada a estimular Delcídio Amaral a quebrar o enigma que vem mantendo figurões na cadeia enquanto Lula e seus sequazes continuam livres, leves e soltos. Aliás Lula ao saber da fatídica gravação que gerou a prisão de Delcídio não deixou por menos e disparou: "imbecil".
DELCÍDIO AMARAL: 'A' TESTEMUNHA
Para entender a magnitude da prisão, na semana passada, de Delcídio do Amaral, senador petista e líder do governo, é preciso até um pouco de imaginação. Pois imaginemos que nenhum empresário preso na Operação Lava-Jato tivesse até hoje quebrado o silêncio nas delações premiadas - ou que nenhum político estivesse na lista que a Procuradoria-Geral da República mandou para o Supremo Tribunal Federal (STF). Mesmo no cenário irreal acima, a prisão de Delcídio e a possibilidade de ele recorrer à delação premiada - uma vez que foi abandonado pelo PT, ignorado por Dilma e ofendido por Lula - terão consequências devastadoras para a estabilidade do já cambaleante regime lulopetista. Delcídio do Amaral testemunhou os momentos mais dramáticos dos escândalos do governo do ex-­presidente. Viveu e participou desses mesmos momentos no governo Dilma. Delcídio não é uma testemunha. Ele é "a" testemunha - e a melhor oportunidade oferecida à Justiça até agora de elucidar cada ação da entidade criminosa que, nas palavras do ministro Celso de Mello, decano do STF, "se instalou no coração da administração pública".
Terminada uma reunião no gabinete de Dilma Rousseff, em junho passado, Delcídio chamou-a de lado e disse a seguinte frase: "Presidente, a prisão (de Marcelo Odebrecht) também é um problema seu, porque a Odebrecht pagou no exterior pelos serviços prestados por João Santana à sua campanha". Delcídio contrariou o diagnóstico de Aloizio Mercadante, que ainda chefiava a Casa Civil, segundo quem a prisão de Marcelo Odebrecht "era problema do Lula". Ao deixar o Palácio do Planalto, Delcídio definiu Dilma a um colega de partido como "autista", espantado que ficou com o aparente desconhecimento da presidente sobre o umbilical envolvimento financeiro do PT com as empreiteiras implicadas na Lava-Jato. Na reunião, Dilma dissera aos presentes que as repercussões da operação nada mais eram do que uma campanha para "criminalizar" as empreiteiras e inviabilizar seu pacote de investimento e concessões na área de infraestrutura. "A Dilma não sabe o que é passar o chapéu porque passaram o chapéu por ela", concluiu Delcídio.
Passar o chapéu é bater na porta das empreiteiras e pedir dinheiro para campanhas políticas. Quando feitas dentro da lei, as doações não deixam manchas no chapéu. Mas, quando fruto de propinas como as obtidas nos bilionários negócios com a Petrobras, a encrenca, mesmo que seja ignorada por sua beneficiária, não vai embora facilmente. Menos de um mês após a reunião no Planalto, a Polícia Federal divulgou as explosivas anotações com que Marcelo Odebrecht incentivava seus advogados a encontrar uma maneira de fazer chegar a Dilma a informação de que as investigações sobre as contas da empreiteira na Suíça bateriam nela.
Poucos políticos tiveram mais acesso do que Delcídio aos bastidores do mensalão e do petrolão. Poucos políticos conhecem tão bem como ele as entranhas da Petrobras, onde trabalhou e fez amigos. Poucos políticos têm tanto trânsito como ele nos gabinetes mais poderosos da política e da iniciativa privada. Até ser preso, Delcídio atuava como bombeiro, tentando reduzir os focos de tensão existentes para Lula, Dilma e o PT. Na condição de encarcerado, é uma testemunha decisiva. A possibilidade de ele colaborar com os investigadores está sob avaliação de sua família.

21 comentários:

Anônimo disse...

A familia esta' "avaliando", nao importando se o Brasil e mesmo Delcidio continuarao afundando. Que esperanca de presente de natal tem a familia para que num passe de magica um milagre tire-o da cadeia?!
Que burrada delcidio! Lula no seu lugar verificaria antes se alguem estava ''armado'' com gravador....Que amadorismo!!!

Anônimo disse...

SOLTE OS CACHORROS em cima do PT, Delcidio, pois trabalhando para o partido e caindo numa armadilha, em vez de defenderem v, abandonaram e querem que se foda sozinho!
Aliás, já te mandou às favas por uma "imbecilidade" sua: o PT quer fazer só tramoias mas não aceita um da bandidagem ser flagrado, e o partido não aceita ser questionado!
Esses caras são uns desequilibrados, tarados, uma quadrilha de meliantes no poder, e o povo brasileiro precisa tomar fõlego de novo para descer rampa abaixo a desgraça desse país!
A chance é essa Cunha, com o impeach, pois o PT não esperaria jamais essa "surpresa" com essa borrada a mais do partido - e logo de super líder no Senado.
Essa daí foi de desmontar o partido, pois minou suas bases que já eram construídas na areia!

Anônimo disse...

Artistas marcham domingo em s.p `a favor do clima! `A favor de um pais decente, ficou pra "31" de novembro!

Anônimo disse...

Sr.Aluizo, desde ontem o site do Coronel Leaks está fora do ar!
Será os MAVs em ação?

Anônimo disse...

O Delcidio jamais abrir à boca e tem ministro do STF, na jogada tanto que eles cuidaram de mandar prendê-lo para se fazerem de vítimas.

JURANDIR disse...

JUNTOS
https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfa1/v/t1.0-9/12316288_1002194669803314_6419502072059338103_n.jpg?oh=1cbeaa0ab83414ae7bb08cc4e3c24c5e&oe=56E9EF05&__gda__=1458200206_66d45772b34e06a4d3792a1220bb941e

Rogerio disse...

caríssimo Sr Aluizio,
visitar seu blog já costuma ser mil vezes superior à circular pelos outros dois mais importantes da grande mídia (Veja e Época), que até que não tão ruins, se o leitor souber separar informação de opinião nas entrelinhas das reportagens.

uma das qualidades mais incríveis que admiro num jornalista de opinião, é exatamente velar a própria opinião nos textos que publica, mas no entanto, organizar as informações disponíveis de uma forma que leva o leitor mais atento a refletir com o próprio bom senso, que diga-se de passagem, acaba convergindo para o velho e bom axioma: CONTRA FATOS, NÃO HÁ ARGUMENTOS. (Fatos = Informações, no caso)

É engraçado porque exatamente "não havendo mais argumentos", a opinião se faz desnecessária diante do bom senso, poupando tempo, energia e fosfato de muita gente, e esse respeito pelos leitores, principalmente nos dias atuais pelos quais todos estamos inexoravelmente passando, revela uma Arte de altíssima qualidade, que poucos Artífices são capazes de exercer no dia a dia.

O que mais tem por aí é Opinião "formada" por meias informações cujo objetivo é exatamente "obliterar" a liberdade de pensamento dos outros, induzindo-os muitas vezes, inadvertidamente ao erro de não pensar direito por si mesmo, e acostumar-se a viver com base em opiniões de jornalistas "consagrados", me levando a crer que opinião demais até atrapalha a vida da gente, porque viver de palpites é uma temeridade.

Face a isso, gostaria de registrar minha gratidão pelo seu trabalho, e pelo seu esforço diário em publicar "OPINIÕES NA MEDIDA CERTA", e esse post, em especial, "na minha opinião", deu de CEM nos mil habituais do seu dia a dia, de forma que ele vale CEM MIL.

abraço, bom fim de semana e tudo de bom.


Salvemos o Brasil disse...

Existe uma única chance de nos livramos da barbárie: pegar o molusco.
Vamos chegar lá?

Anônimo disse...

Caro Aluízio
"Belo" furo de reportagem este da Veja. Que reportagem bomba mais mixuruca! Desde ontem o Antagonista fala na delação do Delcídio, bem como o facebook, dos apelos de sua mulher junto aos senadores e, por fim, junto a ele para que faça delação. Quanto a TVeja endosso o que disse. Não dá mais para ver. Imagine uma TV de internet que antes era totalmente política se meter agora a entrevistar cantor sertanejo, Erasmo Carlos, falar sobre futebol, dieta, chefs de cozinha, etc. RIDÍCULO!!!!! Quem quiser ver estes tipos de programa, que eu detesto, vê na televisão, pois não, até porque a tela é bem maior e mais confortável. Para mim sobrou na Veja o Augusto Nunes e o Felipe Moura Brasil que é uma graça, pois jovem, talentoso e sem papas na língua, além de ser um belo rapaz. O vaidoso, pernóstico e dono da verdade RA acabou pra mim, como sabe, desde que promoveu a defesa do Marcolinha Odebrecht e começou a falar mal do Sérgio Moro. O infeliz quer ser melhor que esse Competente Juiz. Daí não dá. O infeliz jamais perdeu oportunidade para malhá-lo, bem como torceu para que a operação fosse anulada, veladamente, é claro, mas, só mentecapto não percebeu. Não houve um só leitor que concordou com ele. Daí o elemento parou de falar do Marcolinha e de malhar o Moro. O AN continua o mesmo, com aquela maneira sarcástica e adorável de falar sobre política com raríssima competência. Adoro ele.
E assim caminha este País literalmente falido em todos os sentidos.
Esther

Anônimo disse...

O USO E ABUSO DE TÁTICAS DIVERSIONISTAS, “EMBROMATION” OU CONVERSA MOLE PRA BOI DORMIR: Lula, que ainda tem a petulância de aparecer mesmo que para plateias restritas e amestradas, disse nalgum desses mocós que o aceitam, que o Brasil é uma criança de que todos temos de cuidar e, mais, que é preciso incentivar o consumo. O cara não passa mesmo de um tremendo FDP: cuidar, melhorar o Brasil agora para que mais e mais os petistas e afins se locupletem das instituições do Estado? Como aumentar a demanda quando não há oferta, quando a indústria e o comércio estão paralisados e só desenvolvem com êxito a taxa de desemprego? Outra coisa, fica todo mundo no oba, oba sobre aquela frase de literatura de botequim da Min. Carmen Lúcia do STF: patati, patatá, afinal “...o escárnio venceu o cinismo”. Ora, ora, não me engane que eu não gosto! Toda a movimentação do dia pós-escândalo da gravação delcídica tanto no STF, com os ministros cupinchas citados, quanto no Senado com aquele discurso “injuriado” de Renan Calheiros (juro que ele NÃO queria e SABIA que não teria o voto secreto) era para dar o bode em sacrifício, jogar o boi às piranhas para agradar aos deuses e salvar a boiada. A mídia só se ocupa disso! Mas, é certo também que todos esses “ilustres” senhores e senhoras estão pê da vida (e temerosos...) com a falta de expertise do “cumpanhero” Delcídio Amaral, um “imbecil e burro” acabado, como sentenciou o capo Lulladrão.(lídia)


Irmão do Eremildo disse...

Belo post Aluízio, gostaria de dizer que concordo com os comentadores Rogério e Esther acima, em gênero, número e grau, mas observe: sem "ideologia de gênero."
Parabéns por seu profissionalismo, é um trabalho que ainda nos permite acalentar que a verdade prevaleça e nos faz ir adiante no dia-a-dia.
Há um dito gauchesco que diz: "Quando se está montado na verdade, não se usa as esporas." É dessa forma que vejo teu trabalho.

Anônimo disse...

Acho que o senador não irá delatar, muito provavelmente irá fazer um acordo mas não contará o principal, só perfumaria, afinal é tão comunista quanto o mestre. Dará um nó na PF isso sim, já que são treinados a vida inteira para o caso. Comunistas jamais dão o braço a torcer, nem nos estertores de sua morte, ao contrário aproveitam para dar um último golpe no inimigo.

Anônimo disse...

Na Veja o Leandro Narloch é bom também, o único liberal que restou com a saída do Constantino.

Anônimo disse...

esse é o verdeiro IDIOTA útil...

Paolo Hemmerich disse...

O que será que The Vovó vai falar? Aguardemos!

Anônimo disse...

Não acredito em nada disso!Afinal nada anda pra frente!Estou cansada de esperar por esses homens... BOMBAS!Ninguém fala nada com nada!A impressão que temos é que não teremos mais nenhuma revelação BOMBA!Afinal são tantas delações,que acredito,as coisas não iriam bater!Não seria mais possível as mentiras!É como um quebra cabeça,tudo tem que estar certinho,no lugar certo!Me parece que as coisas não estão encaixando!Já era pra sabermos de muito mais informações!A não ser que o PF esteja escondendo os fatos,querem pegar alguns com a boca na botija!Que certos fatos só serão revelados na hora certa!Essa é a minha esperança!E o STF?Não tiveram saída,né?Tiveram que mandar enjaular o homem!Tem hora que não adianta tentar remar contra a maré!!!Ainda bem!!

Jayme Guedes disse...

Aluizio, pelo visto você não aprendeu nada no ambiente corporativo. Quer dizer que a Joice, com a mesma "audiência" do RAzevedo, foi dispensada por exigência do PT? Ora, com muito mais razão o PT exigiria a cabeça do RAzevedo. Por que não nos explica a razão do "passaralho" não ter levado o RAzevedo? Cuidado para não tratar o seu leitor como idiota. Isso é coisa do PT. Sua defesa da Joice é feita muito mais com o fígado do que com o cérebro. Por que não nos informa sobre a "audiência" da Joice? É óbvio que a dispensa não teve a ver com exigências do Lula.

Chapa Fria disse...

Delcidio abra logo sua boca antes que vc seja o novo Celso Daniel da história...

Fabiano Santos disse...

Tem petralha aí nos comentários advogando em favor do pixuleco mor? As vezes fica dificil acreditar que ainda exista tonto desse tamanho? Duvidar da audiência da Joice chega a ser ironia! Petralha é masoquista por nascimento, ou o lulismo contaminou o cerebro?
Por falar em lulismo, se assistiu um idiota chamando outro idiota de idiota. Ou será que o idiota mor não sabia que o idiotinha ia vingar-se das idiotices ditas pelo idiotão?

Anônimo disse...

Delcidio, sem duvidas eh o " homem-bomba " do momento . Sabe tudo do mensalao, de pasadena, do petrolao e de outros casos de menor importancia. Por sua importancia ateh a pouco no governo e em face das manifestacoes de raiva do PT , apos sua prisao, nao deve estar dormindo, com receio de tornar-se uma reedicao do caso Celso Daniel.
Talvez seja melhor fazer o acordo de delacao premiada, como deseja sua esposa , julgo que seja sua unica saida !!!

Carlo Germani disse...

A psicanalista e escritora Ana Beatriz Barbosa Silva,no livro "Psicopata mora ao lado",fez severa crítica as capas de Veja,revistas e
jornais,que estampam criminosos.Sustenta ela que isso é um estímulo a
psicopatas como Champinha a Delcídio.

Está coberta de razão!

PS:Psicopata:tem "defeito de fábrica (DNA)".

São 100% razão e zero de emoção.Nunca se põem no lugar de suas vítimas.

Psicopatas não são apenas assassinos cruéis (serial killer,por exemplo),mas personalidades ligadas ao poder (vide Lula,Dilma,Delcídio,Cunha,Collor,
Dirceu,...),as altas finanças (vide Eike Batista,André Esteves,...),ao megaempresariado (vide Marcelo Odebrecht,Andrade Guitierrez,...),grandes meios de comunicação (vide família Marinho,Silvio Santos,Edir Macedo,Frias,...),e por aí vai...