TRANSLATE/TRADUTOR

sexta-feira, dezembro 11, 2015

JORNALISMO MILITANTE E A MULTIDÃO INVISÍVEL

Recomendo muito que leiam este artigo e compartilhem:
Por Renan Santos
Transcrito do site do MBL - Movimento Brasil Livre
Imagine o seguinte cenário: Aécio Neves, acusado de ter “pedalado” dezenas de bilhões de reais do orçamento público em fraudes fiscais causadas pelo seu descontrole financeiro, somado a terríveis denúncias relativas ao tráfico de influência de FHC junto a empreiteiras e bancos de investimento, tem seu mandato posto à prova diante de um pedido de impeachment protocolado na câmara dos deputados por juristas de renome, com amplo apoio popular.
Pressionado pelas maiores manifestações populares da história do país, não existe saída para o mineiro. Ele assiste com temor a chegada do dia 13 de Dezembro, data em que o Movimento Passe Livre convoca mais uma rodada de manifestações ao redor do país.
Como seria a cobertura dos jornais neste caso? Quantas vezes as lideranças da UNE, do “Juntos!” e do Passe Livre teriam ido à GloboNews? Quantas inserções ao vivo no Jornal Nacional mereceriam? Como iria se comportar Jô Soares sobre o caso? Seriam eles vítimas de acusações espúrias, como a de que recebem dinheiro de grandes fundações americanas como a Ford e a Open Society? Como seria a cobertura dos dias que “antecedem essa grande festa da democracia”?. Estaria Ana Maria Braga ansiosa? E Elio Gaspari? Faria ele comparações heróicas com a resistência democrática durante os anos de chumbo? Caetano vestir-se-ia de manifestante? Chico escreveria uns versinhos? Teríamos especiais da Folha de SP, com infográficos maneiros e entrevistas sobre a visão de mundo desses jovens iconoclastas?
A resposta todos sabem. O ano de 2015, além de ser marcado pelo surgimento de uma oposição civil difusa e organizada, livre das amarras de velhas instituições ultrapassadas, como UNE, OAB e CUT, será lembrado também pela derrocada moral da imprensa brasileira. Folha, Estado, O Globo, Zero Hora, O Povo, e congêneres escancararam ao longo do ano a triste realidade de suas redações, tomadas por militantes travestidos de jornalistas que executam uma cobertura de má fé dos fatos políticos novos e excitantes que estão mudando a cara do país.
Sua ação varia do mais absoluto escárnio até o silêncio total. Durante a Marcha que o MBL fez até Brasília tivemos mais cobertura de veículos de imprensa internacionais do que da imprensa local.
Quando ficamos um mês acampados em frente ao Congresso nacional, Folha de São Paulo e Estadão foram para lá única e exclusivamente para filmar uma peça de costela sendo assada num braseiro. O Globo publicou, mentirosamente, que um policial armado com vasto arsenal estava acampado junto a nosso grupo.
Para coroar, na semana em que organizamos o primeiro dos protestos após o início do processo de impeachment, recebemos apenas 4 ligações: todas para saber quantos pixulecos vendemos, se o dia 13/12 é uma referência ao AI-5 e outros detalhes menores (e bizarros) que não condizem nem um pouco com o momento político do país.
Não estamos aqui para fritar a imprensa, exigir sua “democratização” ou jogar lixo na porta das suas redações. Não estamos aqui para levantar ilações sobre seus proprietários. Queremos apenas que cumpram seu papel fundamental junto à nossa geração, como fizeram nas gerações de nossos pais e avós. Onde estão os editoriais indignados das Diretas Já, do Fora Collor? Onde está o compromisso com o leitor, que estará conosco nas ruas dia 13/12 pedindo a saída do governo mais corrupto de nossa história? Não vimos nada disso até agora. Aguardamos que a sensatez e o espírito do tempo voltem a circular dentro das já desgastadas redações de nossos jornais. E que a história lá contada seja de fato História, e não caprichos de militantes da pena. 

11 comentários:

ary disse...

vejam só http://www.cacp.org.br/justica-de-portugal-quer-prisao-de-lula/

Anônimo disse...

Tudo que eu e minha familia perguntantamos esta ai' respondido de forma brilhante e logica. E' extremamente revoltante. Acrescento que ambos correriam risco de agressoes e possivelmente ate' de morte. Cheguei a comentar varias vezes Aluizio, que o estrago que 100 militantes/paus mandados do PT fazem um estrago tremendo, conseguindo ate' recuo de governador enquanto um milhao sai `as ruas democraticamente, tudo na paz e nada acontece. Recentemente um editorial de um jornal do interior comentava encantado com o recuo de Alckmin por conta da ''pressao de mobilizacao'' contra a reorganizacao escolar. Mas nao teceu uma palavra sobre as barbaries que esses mesmos pau mandados fizeram em s.p, apesar do recuo do governador.
Imaginem o que essa gentalha faria se realmente fosse o inverso tendo Aecio e FHC como protagonistas; INCENDIAVAM O BRASIL! Infelizmente vence a violencia. Que paiz e' esse?!
Nunca essa frase foi tao atual! Parabens ao Renan Santos pela materia bem apropriada.

Anônimo disse...

...e o lula diz que a imprensa quer derrubar o pt.

Anônimo disse...

Este texto traduz com exatidão a grande midia de hoje. Vejo neste silêncio, a certeza de que sabe que as manifestações produzirão uma mudança neste país. Ficará para a História registrar esses tempos. Sigamos confiantes. O Brasil decente vencerá. Paula

O Libertário disse...

Isso mesmo! Batam nesses cretinos. Peçam dinheiro a pequenos e micro empresários simpatizantes, vendam camisetas e brindes ligados ao movimento, peçam dinheiro na rua se for preciso, mas sigam em frente e batam muito nessa gente deformada moralmente da chamada grande imprensa brasileira, mas não esperem mudanças significativas de comportamento porque essa é uma doença incurável. Os embates que travo com esses doentes me confirmam que poucos se salvam do vício marxista. É uma tragédia! E esses imbecis não percebem que essa ideologia só serve aos mega-capitalistas detentores do poder mundial e aos políticos carismáticos que deles se acercam e por eles são manipulados.

WALID SAFRADO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
WALID SAFRADO disse...

Por favor!! Publique meu desabafo!! Estou de saco cheio!!!

TERMINATOR disse...

¨Como seriam?¨ As indagações e como seriam as prováveis ¨reações¨ mostram como o bananeiro tem uma vida patética baseada nas opiniões de formadores de opiniões tão patéticos quanto eles. Levam uma vida desgraçada de trabalhar, por filho(s) no mundo, torcer para times de futebol, assistir novelas e ver o que a Ana Maria Braga, Jõ Soares, Bonner, Faustão, etc acham das coisas. São Marias vão com as outras mesmo, sem personalidade, sem opinião própria ou capacidade de discernimento. É por isso que deitam e rolam nas costas destes coitados.

TERMINATOR disse...

Walid Safrado disse. Uai, cheio de blogs esquerdistas progressistas politicamente corretos que dão o maior apoio para isto aí e vc quer ¨desabafar¨ em um Blog conservador? Realmente não entendi mas eu como conservador acho isto sim uma aberração que merece tratamento e a não ser que queiram me empurrar ¨a coisa¨ goela abaixo para que eu aceite como normal eu deixo vcs todos em paz e que sejam felizes ... se puderem.

WALID SAFRADO disse...

Aluizio!!! Esfregue algum argumento na cara do TERMINATOR...

fred oliveira disse...

Uma nova era se aproxima para o Brasil. Era de progresso, sem o esquerdismo doentio, com modernidade, integracao com o mundo, educacao melhor...vamos acreditar. A era pt acabou. Lula esta' em estado terminal politicamente. E a esquerda so' tem ele com algum voto. Fim.