TRANSLATE/TRADUTOR

quarta-feira, janeiro 20, 2016

CONEXÃO ANGOLA: PSDB FORMULA DENÚNCIA À JUSTIÇA ELEITORAL QUE PODERÁ DETERMINAR A EXTINÇÃO DO PT.

Deputado Carlos Sampaio 
O PSDB ingressou na tarde desta quarta-feira com um pedido de investigação na Procuradoria-Geral Eleitoral contra o Partido dos Trabalhadores por suspeita de uso de recursos provenientes do exterior em campanha, o que é proibido pela Constituição Federal e pela Lei dos Partidos Políticos sob pena de cancelamento do registro e do estatuto partidários. Em uma decisão que seria inédita no país, se a denúncia for acolhida, o PT poderia ser extinto.
As declarações feitas pelo ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró sustentam o pedido a ser feito à PGE. Conforme revelou VEJA em agosto do ano passado, Cerveró afirmou que o PT recorreu a contratos da diretoria Internacional para pagar dívida da campanha à reeleição do ex-presidente Lula em 2006. Na ocasião, o ex-dirigente ainda negociava seu acordo de delação premiada.
Nos primeiros relatos em busca do acordo, conforme reportagem de VEJA, Cerveró contou que o PT terminou 2006 com uma dívida de campanha de 60 milhões de reais com o Banco Schahin, pertencente ao mesmo grupo que administrava a construtora. Sem condições de quitar o débito pelas vias tradicionais, o partido usou os contratos da diretoria internacional para pagar a dívida da campanha. Nesta segunda-feira, o jornal Valor Econômico informou que o ex-dirigente afirmou em depoimento prestado após acordo de delação que a campanha petista recebeu 50 milhões de reais em propina. O recurso representa parte dos 300 milhões de dólares pagos pela Petrobras a uma companhia angolana, que repassou o valor para o partido.
Artigo 17 da Constituição Federal determina que é proibido "recebimento de recursos financeiros de entidade ou governo estrangeiros ou de subordinação a estes". Já o artigo 31 da Lei dos Partidos Políticos dispõe que "é vedado ao partido receber, direta ou indiretamente, sob qualquer forma ou pretexto, contribuição ou auxílio pecuniário ou estimável em dinheiro (...) procedente de entidade ou governo estrangeiro".
DELENDA PT
"O caso é gravíssimo. Nós estamos falando de um ex-integrante da quadrilha que está preso e que afirma textualmente que teve ciência que em uma transação de 300 milhões, 50 milhões foram utilizados para abastecer a reeleição do Lula", afirma o deputado Carlos Sampaio, vice-presidente jurídico do PSDB. "O que está em jogo não é o ex-presidente Lula, mas sim o recebimento por parte do PT de recursos no exterior, o que é uma ofensa à soberania nacional", continuou o tucano.
Sampaio ressaltou ainda que o conteúdo da delação feita por Nestor Cerveró é "confiável", já que o Supremo Tribunal Federal o acolheu. "Tudo que ele disse é possível de ser aferível e investigado. É evidente que a procuradoria eleitoral tem elementos para instaurar a investigação", disse. Caso a procuradoria acolha a denúncia, essa seria a primeira vez que o Tribunal Superior Eleitoral se debruçaria sobre um pedido de extinção partidária. Nessa situação, o PT deixaria de existir e aqueles que foram eleitos poderiam se alocar em outra legenda. A intenção do PSDB é que haja uma definição ainda antes das eleições municipais deste ano. Do site de Veja

12 comentários:

Augusto disse...

OLHA A FARSA!
Tudo combinado com a mídia para denegrir a polícia.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10153408450155875&set=a.10150192473500875.308649.623885874&type=3&theater

Anônimo disse...

O Aécio Neves deve ter ficado muito desapontado com o companheiro. Não vai demorar para o presidente do PSDB enquadrar o Carlos Sampaio.

Anônimo disse...

Sinceramente, sou muito mais o Carlos Sampaio para presidente, pois na pior das hipóteses apresenta muito mais uma pessoa resoluta que Aecio, tipo M Temer, vacilante adoidado, que aqui no Brasil deveria estar tomando medidas de ações contra o PT como alguns opositores de verdade, quer estilo da Venezuela ou Argentina, tipo Cunha, que enfrenta e não está nem aí, pro que der e vier!
Apesar dessas dificuldades atuais, Dilma dá 83 milhões para futebol(para distrair o povo das falcatruas do PT) e continua mantendo a ditadura dos Castro em Cuba com seus médicos - serão mesmo? - alugados ao PT!
Pode uma dessa, o povo continua dormindo?

Anônimo disse...

no PSDB o unico que gosto Sampaio.

Anônimo disse...

Imagino que seria melhor manter o PT. Extinto, seus integrantes se misturariam em outros partidos, dificultando sua identificação. Seria interessante algum chargista criar um selo para rotular esse pessoal em fotos e, principalmente, para campanha eleitoral nesse ano e nos demais.

Anônimo disse...

Carlos Sampaio sim , representa uma oposição séria ao pt. Aécio Neves não se impõe, quase não parece ser da oposição.

samuel disse...

Isso. Cancela a ORCRIM (PT). Assim fica somente a REDE, PSOL, PSTU, PCB, PCDOB, ...
Louvável a iniciativa do dep Sampaio. Espero que prospere principalmente se tiver consequências jurídicas (anula alguma nomeações...kkk). Mas inócua no panorama político brasileiro.

Paulo Mendonca disse...

Depois que vi fotos de Lula e Aécio conversando ao pé do ouvido, como amigos íntimos, resolvi apoiar Bolsonaro.

Anônimo disse...

Carlos Sampaio deveria ir para o DEM, assim como Bolsonaro, Fernando Holiday e outros, está mais que na hora de colocar um partido realmente democrático nesse pais. Chega dessa gente esquerdista que só pensa no seu bolso e ficar no poder.

Anônimo disse...

O comentarista acima acredita que misturando os petralhas podem se esconder, acho o contrário. Se o PT for extinto e os seus integrantes forem para outros partidos saberemos que partido realmente é sério.

Anônimo disse...

O Aécio Neves só está interessado na cassação do mandato da chapa Dilma-Temer por que isso levaria a novas eleições. Mas sabe-se que a cassação de mandato não vai acontecer. O impechment é mais provavel. O Aécio é contra o impechment porque não teria vantagens políticas, então quer levar a disputa para 2018, daqui a três longos anos. Se o PSDB fosse favorável ao impechment já teria acontecido. O Carlos Sampaio já tentou mas levou um pito do Aécio.

Anônimo disse...

O pt só acaba quando acabar o Luladrão.