TRANSLATE/TRADUTOR

terça-feira, janeiro 05, 2016

É BOMBA! EMAILS APREENDIDOS PELA PF REVELAM QUE MARCELO ODEBRECHT E SEUS CAPATAZES ARTICULAVAM COM LULA ESQUEMAS DE NEGÓCIOS NA ARGENTINA, BOLÍVIA E PERU.

O site O Antagonista anota a seguinte informação: O juiz Sérgio Moro retorna do recesso judiciário para reassumir o comando da Lava Jato na quinta-feira 7, com toda a equipe da força-tarefa. O título da pequena nota não pode ser mais eloquente: "Lula, acerte do despertador". Faz sentido porque as operações da Lava Jato costumam ocorrer nas primeiras horas do amanhecer.

Por outro lado, o site do jornal O Estado de S. Paulo postou uma extensa reportagem exclusiva revelando diversos emails cujos conteúdos são trocas de mensagens entre o presidente afastado do Grupo Odebrecht,  Marcelo Odebrecht, que está na cadeia desde junto do ano passado e de executivos dessa empresa versando sobre o interesse de maior empreiteira do País que ex-presidente Lula ajudasse em negócios na Argentina, Bolívia e Peru.

Transcrevo parte da reportagem com link para leitura completa. Vale a pena dar uma olhada nesse material que é nitroglicerina pura. Afinal, Odebrecht e seus capatazes mencionam diretamente Lula. Leiam:
Fotomontagem que circula sem parar pelas redes sociais
Uma série de e-mails trocados entre Marcelo Bahia Odebrecht e executivos afastados do grupo mostra como a maior empreiteiro do País usava de sua proximidade com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ex-diretores da Petrobrás para tentar influenciar governos de outros países para obter contratos bilionários. Anexados aos autos da Operação Lava Jato em dezembro, as mensagens tratam de negócios da Odebrecht na Argentina, Bolívia e Peru.
Em uma das trocas de e-mails destacadas pela Polícia Federal, o dono da Odebrecht – afastado da presidência do grupo em novembro, após ser preso pela Lava Jato em 19 de junho – conversa com executivos do grupo. São eles, Carlos Brenner, Roberto Prisco Ramos, Márcio Faria e Rogério Araújo. O assunto tratado, negócios da Braskem – petroquímica da empresa em sociedade com a Petrobrás – no Peru e a visita do ex-presidente Lula.
Para a PF, o documento indica a tentativa de Odebrecht e executivos de uso da influência do ex-presidente para fechar o negócio. Quem também participa da troca de mensagens é o ex-diretor de Internacional da Petrobrás Nestor Cerveró e o ex-gerente da estatal Luis Moreira.
No dia 25 de janeiro de 2008, Brenner escreve para Roberto Ramos. “Vi no jornal que o Lula estará e Lima (capital do Peru) em 05/03 para encontrar-se com Alain Garcia. O foco é a discussão de das relações bilaterais. Já pensou se conseguirmos incluir na agenda a assinatura do MoU???”, inicia a conversa.
O negócio buscado pelo grupo, “MoU”, era um acordo para a implantação de um polo petroquímico no Peru, que envolvia a parceria entre Petrobrás e Petroperu. O projeto, segundo a Braskem, previa a industrialização de etano, encontrado no gás natural local.
Cinco dias depois, em 30 de janeiro, Ramos envia a outro executivo, Rogério Araújo – preso na Lava Jato e suposto operador de propinas do grupo – mensagem sobre o tema. “Só para sua informação. O ideal era voltar ao assunto depois do carnaval e ver se conseguimos combinar com nosso amigo Nestor (Cerveró) estar em condições de assinar o protocolo durante a visita de Lula!.”
No mesmo dia, Araújo repassa o e-mail de Ramos intitulado “Lula no Peru” para Cerveró – ex-diretor de Internacional, preso pela Lava Jato e novo delator – com a seguinte mensagem: “O que você acha desta estratégia?”.
Um dia depois, dia 31, o ex-diretor de Internacional responde o executivo da Odebrecht e copia o ex-gerente da Petrobrás em seu e-mail funcional: “Este assunto já foi acertado com o Cesar Gutierrez (presidente da Petroperu) na minha reunião da ultima semana, quando estive em Lima. Acho boa ideia e vamos andar rápido com o assunto”. A troca de mensagens é copiada para Marcelo Odebrecht. “Apenas para inf. Assunto em evolução.”
No dia 7 de fevereiro, é o próprio dono da Odebrecht que responde aos executivos. “Ótimo. Estes eventos com Lula são bons pois criam um deadline.”
O acordo buscado pela Braskem foi assinado durante a visita do então presidente Lula.
Argentina. Os e-mails anexados há 15 dias em um dos inquéritos que executivos da Odebrecht são investigados pela Lava Jato, há também a atuação do presidente afastado do grupo em visita feita em fevereiro de 2008 por Lula à Argentina.
No relatório da PF, foi destacado trecho de mensagem enviada por Odebrecht para Henrique Valladares no dia 4 de fevereiro. “Preciso uma nota sobre Garabi para preparar a ajuda memoria final que quero enviar para Lula até amanhã, referente a visita a dele a Argentina.”
“Pela dimensão e importância dos projetos atualmente em execução e em estudo pela Odebrecht na Argentina, havendo oportunidade, seria importante que o presidente Lula pudesse reforçar, junto à presidente Cristina, a confiança que tem na Odebrecht”. Leia MAIS e veja documentos

13 comentários:

Anônimo disse...

Amorim, só acredito que há democracia neste país se Lula for preso, se a policia colocar a mão nele .

Anônimo disse...

O que mais está faltando pra justiça tratar esse cretino como réu e não mais como testemunha?

Túlio Xavier

Anônimo disse...

http://www.dieselonveins.blogspot.com.br/2016/01/outro-possivel-golpe-na-loteria.html

Taí uma curiosidade:
Tão logo o Pe3trolão começou a dar em cadeia e apertou-se o cerco nas roubalheiras, ao ponto de Delcidio Amaral comentar, na gravação do Bernardo, que deveriam partir para a area de TI da Petrobras, onde ninguém se importava muito em investiogar, e com verba era de 1 bilhão, curiosamente o valor das apostas na MegaSena pulou de R$2,50 para R$3,50 visando arrecadar mais. ...Afinal, o Petrolão estava sendo muito monitorado e meio arriscado.

Curiosamente a Caixa erra na divulgação de resultado de uma Mega de 200 milhões, corrigindo em seguida com a afirmação de que "houve sim ganhador" qdo tinha publicado não haver. A caixa alegou um erro na divulgação do resultado.

Agora essa OUTRA falha com um grande atraso na divulgação do resultado.

Os erros seriam medo do possível monitoramento???

Anônimo disse...

Eles já estão resolvendo o problema. Cada vez mais que eles chegam perto do Brahma mais eles cortam a verba da PF! Depois vão na TV negando tudo como fizeram ontem no Jornal da Bobo!
Alias a gente percebe que tudo está tomado por ideologia depois que vê a Bobo puxando o saco do Irã dizendo que é um país mais democrático do Oriente Médio.

Anônimo disse...

Infelizmente deixei de acreditar no Brasil... um país em que a impunidade e a bandidagem é recompensada... um país onde - apesar de todos os indícios - os criminosos ficam livres e ainda recorrem às decisões feitas pelo STF (que significa SUPREMO tribunal federal) demonstrando que esta instituição na prática não vale para eles e somente para o "cidadão comum"... infelizmente... não dá para acreditar mais neste país... é deixar este bando dominar e procurar fugir daqui o quanto antes...

Diesel on Veins disse...

A $atani$t and a ‘jew’



The Odebrecht family is the owner
of the capitalism of state in Brazil.

Their youngest member Marcelo Odebrecht is in prison.
Already revealed by the Federal Police as a dangerous psychopath.

Lula as to become a president got
drunk from robbery for him allowed
to do if he carried out all the plans of
the Odebrechts to make poorer the nation
and lead everyone into bankruptcy thus
owning through the Lula’s political party
all the control of Brazil.

The jews and orthodox jews are interfering
in the Brazilian natural way of life
to use the Christians to, without noticing it, serve
the worldwide communist power takeover,
and still are campaigning publicly and via
Youtube and Facebook to coopt the
people to not believe neither in Jesus Christ,
in Virgin Mary, nor in the New Testament.

For a ‘jew’ to own the world he doesn’t need
to create a nation as big as Russia, he just takes
their local power and mess with it publicly
WITHOUT BEING POINTED AS THE RESPONSIBLE FOR.

Cristiano Arruda
Campo Grande, MS, Brazil
Jan 5, 2016



Anônimo disse...

Eu continuo repetindo a frase do Reinaldo Azevedo: "Não será fácil despetizar o país".
Há interesses pesadíssimos em jogo. Inclusive com a participação de capital estrangeiro.
Bilhões e bilhões roubados são para garantir o pão e manteiga ou que mais financiam?
É lógico que algo tem de ser feito, não importando aonde isso tudo vá parar, mas que há muito mais em jogo, e pesado!, há.
Vejam aí, o caso do Oriente Médio. Uma leve distensão entre países que, no fundo rezam juntos, com algumas variantes radicias, e o preço do petróleo já subiu! A distensão é verdadeira? ou é para mexer no preço do precioso líquido que vinha depreciando as contas de quem depende dessa matriz energética?
Lotemos as ruas no dia 13 de março!!! Ajuda, e muito!

Cavalaria Ligeira

Anônimo disse...

Belíssimo artigo!
Crime de Omissão Supremo: Quem pune?
- Laércio Laurelli, Jurista, é apresentador do programa Direito e Justiça em Foco. Professor da Escola Paulista de Magistratura. Desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Aqui:
http://www.alertatotal.net/2016/01/crime-de-omissao-supremo-quem-pune.html

Anônimo disse...

E...Para não ficarmos ao sabor da mídia marrom , chapa branca e outros quetais; eis as empreitadas do Irã:

O Irã está se apoderando da América Latina
AQUI:
http://www.midiasemmascara.org/

Anônimo disse...

Não vejo a hora de um certo japonês desembarcar em certa cidade do estado de São Paulo!

Anônimo disse...

Lula vomitando asneiras nas tv e cachorro cagando, esse merece + respeito, pois é um fato incontestável, enquanto o outro é como v com diarreia e no vaso sanitario - descarregando...

Pampeano disse...

Esse Marcelo Odebrech é um verdadeiro metido, arrogante, filhinho de papai, se tornou criminoso, bandido. Queria e quer ferrar o povo brasileiro. Diga-me com quem andas que te direi quem és.

Techmec Mecatronica disse...

Graças a Deus já saí daí. Não me arrependo nem um dia. Sai quando o Brahma era candidato em 2001. Não me arrependo e tirei toda minha família do país. Só falta buscar minha mãe e com certeza esse ano de 2016 vou conseguir.