TRANSLATE/TRADUTOR

quinta-feira, janeiro 07, 2016

PRESIDENTE MAURÍCIO MACRI ORDENA SAÍDA DO CANAL DE PROPAGANDA COMUNISTA TELESUR DA ARGENTINA

O presidente da Argentina Maurício Macri: restituindo a liberdade, a paz e a informação verdadeira para o povo argentino.
O novo presidente da Argentina, Maurício Macri, está fazendo barba e bigode, conforme prometeu, ou seja, detonando todos os mecanismos liberticidas criados pelo Foro de São Paulo e aplicadaos com desvêlo pela bruxólica Cristina Kirchner, afinal alijada para sempre do poder.

Entretanto, as notícias sobre o desmonte do aparelhamento comunista na Argentina quando não é escamoteado pela grande mídia brasileira é noticiado nos rodapés, ou então os acontecimentos são relativizados. Trata-se de  um estratagema que é utilizado pelo movimento comunista internacional e que se utiliza de seus agentes travestidos de jornalistas dentro das redações de todos os veículos de comunicação, incluindo com destaque as agências internacionais de notícias. 

Assim, os estimados leitores não verão jamais o destaque merecido às primeiras ações do presidente Maurício Macri nos veículos da grande mídia brasileira, todos eles manipulados pelos esbirros do Foro de São Paulo, a organização transnacional comunista fundada por Lula e Fidel Castro em 1990 e que dá as diretrizes de ação política aos ditos governos bolivarianos, eufemismo para suavizar um modelo de regime comunista dos mais ferozes já colocados em prática no mundo. Essa ferocidade, caríssimos leitores, inclui não só a repressão física e a tortura dos dissidentes, mas a lavagem cerebral que começa nos jardins de infância e chega à universidade e aos cursos de mestrado e doutorado, principalmente nas áreas de ciências humanas e coisas como "engenharia ambiental" e similares em áreas vinculadas às ciências exatas.

Portanto, iniciativas como as que estão sendo levadas a efeito pelo presidente Maurício Macri na Argentina, que rompem o garrote comunista sobre os meios de comunicação são noticiadas com proposital parcimônia pelos jornalistas vagabundos e mentirosos a serviço de Lula e seus sequazes dentro das redações de todos - TODOS - os veículos da grande mídia nacional.

Feito este prólogo, transcrevo do site Epoch Time matéria super importante dando conta de que o presidente Macri ordenou a saída da Argentina da famigerada rede de televisão comunista Telesur, ao mesmo tempo em  que tem determinado o fechamento de diversos órgãos de controle dos meios de comunicação criados pela famigerada "Lei de Medios", ou seja, a Lei dos Meios de Comunicação, editada pelo governo de Cristina Kirchner destinada a calar a imprensa. Um dos primeiros atos do presidente Maurício Macri foi derrubar essa lei espúria.

E lembrem: o PT deseja também aprovar uma lei de "controle da mídia". Permitir a permanência da Dilma no poder será o fim da liberdade de imprensa no Brasil e o começo da perseguição, prisão e tortura dos dissidentes. Leiam:
FAXINA DEMOCRÁTICA
O recém-eleito presidente da Argentina, Maurício Macri, está revendo a presença do país sul-americano no canal de propaganda multiestatal Telesur. O novo ministro de Comunicações e Conteúdos Públicos da Argentina, Hernán Lombardi, disse que está realizando “auditorias de choque” em todas as áreas com “resultados no prazo de 15 dias”, e assegurou que serão denunciados os programas de comunicação onde supostamente se cometeram delitos.
A informação foi divulgada no domingo (27/12) pelo ministro, conforme o site da Radio del Sur.
Há 10 anos transmitindo seu sinal sob o slogan Nosso Norte é o Sul, a Telesur é um projeto de propaganda política criado pelo líder da Revolução Bolivariana, Hugo Chávez, e pelo comandante da Revolução Cubana, Fidel Castro, e recebe apoio financeiro da Argentina, Bolívia, Cuba, Equador e Nicarágua. Seu objetivo é promover o socialismo do século XXI através de um meio que exalta as atividades dos governos socialistas. A representante do país no canal, cuja transmissão é feita na Venezuela, é Carolina Silvestre, esposa do dirigente kirchnerista Juan Carlos Dante Gullo.
Lombardi também anunciou a criação de um novo manual de estilo da mídia pública para “restaurar o objetivo dos meios de comunicação públicos que estava adormecido por trás da propaganda socialista”.
Mauricio Macri também mandou suspender imediatamente o canal de TV Senado, meio de comunicação que transmitia as sessões do Senado e algumas reuniões de comissões, que incluía entrevistas com senadores aliados de Cristina Fernández de Kirchner, um programa de notícias e um programa semanal sobre culinária.
Na quinta-feira (24/12), a polícia argentina invadiu a sede do Serviço de Comunicação Audiovisual (AFSCA), entidade encarregada de silenciar toda e qualquer mídia crítica ao regime, equivalente à Supercom do Equador. Macri ordenou o desalojamento do organismo e, por decreto, a saída de Martín Sabbatella, presidente da Afsca, cujo mandato se encerraria em 2017. Do site Epoch Time by Mônica Stephitch

21 comentários:

Anônimo disse...

Essa ferocidade, caríssimos leitores, além de não querer o bem estar dos povos, só quer dinheiro, poder se apropriar das matrizes geradoras do capital. O trabalho duro e de longa data é a manipulação e abobalhamento das mentes enquanto se locupletam dos bens alheios através da criatividade sobre a legalidade. Enfim, estelionato, artigo 171.

Anônimo disse...

Cada vez mais me surpreendo com esse presidente da Argentina! Ele simplesmente está fazendo uma limpa no país e com o apoio do povo. Será que teremos sorte de ter um dia um presidente assim?

Anônimo disse...

Não deixa de ser uma cacetada a mais na "oreia" dos comunistas da A Latina e appio aos movimentos anticomunistas!!
Evo Morales tá caladiiiiinho...
Ameace invadir a Argentina, seu valentão!
O PT de Lula e Dilma estão sileciooooosos...
Em compensação e para melhorar, os deputados e seus auxiliares na Venezuela estão fazendo faxina onde se darão as novas sessões, retirando os FOCINHOS de Chavez das dependencias - tirem essa desgraça daqui, estão berrando!

Anônimo disse...

As escavações na base do FORO DE SÃO PAULO já começaram; não deixa de ser inicio de erosão no terreno onde foi assentado: na areia, pois comunismo é um fracasso total em todos os pontos, menos para os donos da Mafia!
Em breve a coisa vai ferver, pois o exorcismo desses diabos começou na Venezuela, contaminou a Argentina e breve Brasil, livre da praga PT.

Anônimo disse...

Quando o Brasil terá um governo ético e moral para fazer o mesmo por aqui? Quando sepultaremos de vez o petismo, seus companheiros e o Foro de São Paulo?
Viva a Argentina,
viva Maurício Macri!!!!!

O MESMO de SEMPRE disse...

É preciso APROVEITAR o que estes PULHAS FALAM e usar CONTRA ELES MESMOS!!!

Se Lula afirma que a redução de impostos foi para dar empregos e melhorar a vida dos trabalhadores ...POR QUE AGORA QUEREM AUMENTAR E CRIAR IMPOSTOS para sair da crise???

Menos impostos = mais investimento + empregos + produção e menores preços.

Mais impostos = menos investimento - empregos - produção e maiores preços.

AS CRISES SÃO dos GOVERNOS e NÃO do SISTEMA!!!

As crises que dizem ser do tal de "Capitalismo", seja lá o que isso possa ser, não são inerenrtes ao sistema de livre comércio e direito natural à propriedade dos frutos do trabalho honesto, mas sim INERENTES aos GOVERNOS.

São os governos que CONSOMEM sem DAR NADA EM TROCA os causadores das "crises do capitalismo".
O ciclo das crises decorre do consumo estatal sem a devida compensação aos pagadores de impostos que consomem menos do que aquilo que produziram (essa é a verdadeira "mais valia" expropriada dos que produzem - empresários e trabalhadores)

Anônimo disse...

Aluizio,é uma pena que o Brasil,um país continental,tenha ficado para trás.O PT representa tudo o que é atraso e retrógrado neste país. Parabéns ao povo argentino, merece esse momento maravilhoso que está vivendo. E nós aqui só Deus sabe o que vai acontecer.

Anônimo disse...

Parabéns a Mauricio Macri!!!!

Ele é hoje protagonista da América Latina!

Vergonha para o Brasil!!!!


Chris/SP

Augusto disse...

É bom saber que ainda temos brasileiros indignados com a situação de nosso país...Vamos espalhar o máximo esta luta para dar o exemplo!

https://youtu.be/uysRYBtB4aQ?list=PL4fQwwgA67zJXDhrCZQ361d1ebnILJAu5

Anônimo disse...

GRANDE MACRI!!! Graças a Deus foi eleito na Argentina um homem de fibra que está desmantelando todo o aparato bolivariano , a começar pela libertação dos meios de comunicação das garras comunistas!

Guilherme Diniz disse...

Que inveja! E aqui nessa terra comunista minha impressão é que não viverei para ver algo assim. Única e exclusivamente porque somos um povo ignorante e imbecilizado, do qual será praticamente impossível elegermos alguém com tal perfil e caráter.

Anônimo disse...

Caro Aluízio
O Maurício Macri está salvando a Argentina do comunismo. Dera nós ter um igual por aqui. A bruxa beiçuda é que vá viver o seu ostracismo em outra freguesia, quem sabe com o ocaso do Maduro. E nós aqui, hein Aluízio? Será que teremos alguém para acabar com o Foro de S. paulo, PT e Cia? O Aécio com a doença do populismo querendo institucionalizar o bolsa-vagabundo? Será que teremos alguém que não vá agir pensando nas próximas eleições?
Esther

Anônimo disse...

Vai morar lá seu petista escroto, larga de ser merdão e vai trabalhar, seu merda.

samuel disse...

Um polo de investimento está sendo criado ao sul do Brasil. Se o Brasil não se livrar do PT é para lá que irá TODO o nosso investimento.
Vamos comprar as empresas argentinas, é lá que o $$ vai render....
Afinal aqui somos herdeiros dos portugueses, não conhecidos pela inteligência....

Anônimo disse...

Única esperança para nós é Bolsonaro... O resto é comunista disfarçado.

Anônimo disse...

Seria bom se o novo Presidente da Argentina acionasse a Polícia Federal de lá, e criasse uma Operación Lava Rápido dos pampas!

filhodopeixe disse...

Não é ferrocidade; é a luta legal e expressa contra o retrocesso de dois séculos no tempo promovido pelo socialismo bolivariano; digo, o comunismo do Séc. XXI.

Pampeano disse...

Por enquanto um Presidente com P maiúsculo na Argentina.

Rose disse...

Ferocidade é querer fincar os caninos no poder a qualquer preço, nem que para isso se destrua toda uma nação. Ferocidade é montar uma associação criminosa no lugar de um governo. Ferozes são os petistas e sua ideologia selvagem, atrasada, gananciosa, doente.

Rose disse...

Quanto à ferocidade, é a mesma conversa fiada de sempre...agindo com ódio e atribuindo esse mesmo ódio aos outros. Estratégia, já manjada, usando os chamados idiotas úteis, para justificar a implantação da ditadura comunista...É o filme que está rolando na Venezuela, após aquele personagem sair enfraquecido das últimas eleições.

JOÃO ELEODORO GIMENES VALDES disse...

Estamos com a oportunidade de dar seguimento de liquidar mais uma vez com esse socialismo utópico, decaído, falso, seguindo o exemplo de los hermanos argentinos(de parabens) quando em outubro2016 votarmos contra o PT, PC do B, etc e escolhermos candidatos notadamente posicionado contra esses vampiros. Precisamos aprender a odiar esses políticos inescrupulosos do PT, não para violência, mas inteligentemente estudá-los, enfrentá-los,desmascará-los e vencê-los.