TRANSLATE/TRADUTOR

segunda-feira, abril 18, 2016

SAIBA QUAIS SÃO OS PRÓXIMOS PASSOS DO IMPEACHMENT NO SENADO. CUIDADO COM A DESINFORMAÇÃO CRIMINOSA DA GRANDE MÍDIA.

O site da revista Veja postou uma matéria que explica quais serão agora os próximos passos do impeachment no Senado. Vale a pena ler. Faço a transcrição abaixo após este prólogo. São informações preciosas para que as pessoas possam acompanhar e ficar cientes daquilo que acontecerá de acordo com a lei. Os comunistas tentarão turbar o processo. A deletéria Globo News abriu espaço para a falação do derrotado José Eduardo Cardoso, o Advogado Geral do PT, que já está ensaiando o discurso e as chicanas que virão.

Os jornalões continuam na sua insana missão de desinformar em favor das artimanhas do PT. Dou um exemplo clássico de como se promove a desqualificação de um fato grave para beneficiar um comunista. Todos estão sabendo que o tal de Jean Willys cuspiu no deputado Jair Bolsonaro emm plenário, o que configura falta de decoro parlamentar sendo fato suscetível de abertura de processo de cassação do mandato de Jean Willys.

Na chamada desta matéria o editor comunista do Estadão já tentou aliviar a barra de Willys. Reproduzo abaixo a chamada da matéria. O editor do Estadão qualifica o fato de Fla X Flu. Eis aí uma forma sutil de levar pelo caminho da galhofa um fato grave que pode custar - a pravelecer a lei - a cassação do mandato de Jean Willys.

Este é um exemplo apenas de como a mídia pode contribuir para desinformar as pessoas em proveito dos comunistas. Fosse o contrário, que um oposicionista tivesse dado uma cusparada num petista o mundo viria abaixo. Portanto, temos que ficar muito atentos a essas artimanhas dos paus mandados do PT dentro das redações. Eles são a maioria. Alguns por idiotice ideológica enquanto outros devem ter seus interesses muito particulares quando mentem e distorcem os fatos em favor da bandalha do PT.

Abaixo desta ilustração passo à transcrição do texto de Veja que descreve os próxios passos do impeachment no Senado.
PRÓXIMOS PASSOS NO SENADO
Com a aprovação da admissibilidade do processo de impeachment na Câmara dos Deputados, o procedimento que pode resultar no afastamento da presidente Dilma Rousseff deve chegar ao Senado Federal nesta segunda-feira, dia 18. A partir daí, a cúpula da Casa dará seguimento ao caso, com a formação de uma comissão especial de senadores para a elaboração de um parecer prévio sobre o impedimento. É na fase de tramitação no Senado que a presidente Dilma pode ser afastada de suas funções por até 180 dias e condenada no mérito por crime de responsabilidade.
ELEIÇÃO DA COMISSÃO
Pelos cálculos da Secretaria Geral da Mesa do Senado, a partir do dia 19 de abril, depois da ordem do dia no Plenário, é eleita a comissão especial formada por 21 titulares e 21 suplentes. O colegiado tem 48 horas para se reunir e começar os trabalhos, mas como no dia 21 de abril é feriado de Tiradentes, o grupo deve se reunir ainda na quarta-feira, dia 20. A comissão tem prazo de até dez dias úteis para elaborar e votar um parecer sobre o prosseguimento ou não do processo de impeachment contra a presidente Dilma. Embora o prazo estabelecido seja de dez dias, no caso do ex-presidente Fernando Collor, por exemplo, o parecer foi elaborado e votado em apenas duas horas.
Caso o prazo de dez dias seja utilizado em sua integralidade, no dia 5 de maio completa-se o período para a votação do parecer na comissão especial. No mesmo dia, está prevista a leitura do parecer da comissão em plenário e aberto o prazo de outras 48 horas para a votação dos senadores. Por ora, não há previsão, como ocorreu na Câmara dos Deputados, de convocação de reunião para o fim de semana e, por isso, as 48 horas seriam estendidas até a terça-feira, 10 de maio.
AFASTAMENTO DA PRESIDENTE
Entre os dias 10 e 11 de maio, o plenário deve votar o parecer a comissão especial do impeachment no Senado. Se o texto for aprovado em plenário - é necessária metade mais um dos presentes -, é reconhecida a admissibilidade do processo de impeachment e a presidente Dilma Rousseff é afastada por até 180 dias. Ao final dos 180 dias, se o caso não estiver concluído, a presidente Dilma reassume o cargo. Aliado do Palácio do Planalto e um dos principais caciques pemedebistas que ainda mantém apoio ao Palácio do Planalto, o presidente do Senado Renan Calheiros não vota nesta fase do processo.
Caso o afastamento da presidente seja confirmado pelo plenário, passa-se a uma nova etapa do processo de impeachment, com nova convocação da comissão especial para a fase de instrução de provas a fim de embasar o mérito do pedido de deposição de Dilma Rousseff. Este parecer, que precisa ser aprovado dentro do colegiado e no plenário da Casa, é conhecido como juízo de pronúncia e é a partir dele que se marca a data do julgamento do impeachment.
Agendada a data do julgamento do impeachment, para a consolidação do processo de deposição são necessários dois terços dos votos do plenário do Senado, ou seja, 54 apoios. Neste caso, o senador Renan Calheiros participa da votação. A sessão plenária é presidida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski. Em 1992, quando o impeachment de Fernando Collor foi votado, o então presidente foi afastado em 2 de outubro e julgado em 29 de dezembro. 

21 comentários:

Anônimo disse...

AMIGO, QUERO AQUI DEIXAR MEU REPUDIO AO AUTOR DA CUSPARADA NO NOSSO SEMPRE ELEGANTE E FINO DEPUTADO BOLSONARO, NADA DE LEVAR NA GOZAÇÃO , ISSO NÃO É JOGO DE FUTEBOL É NO PLENÁRIO EM DIA DE VOTAÇÃO , É FALTA SIM DE DECORO PARLAMENTAR E PEÇO A QUEM ACOMPANHA MEU QUERIDO AMIGO JORNALISTA ALUIZIO AMORIM VAMOS PRESSIONAR PARA QUE MAIS ESSE DESCONTROLE DESSA "(SENHOURA"), NÃO FIQUE IMPUNE COMO TUDO QUE ELE FAZ , AGRADEÇO E CONCLAMO A TODOS ELIMINEM ESSE VERME DO MEIO POLÍTICO !!! GRATA IVONE VIGATTO

Anônimo disse...

O Brasil tem pressa, muita pressa. Renan tem que acelerar esse processo sob pena de enterrar o Brasil em uma crise muito maior. Precisamos pensar nas milhões de famílias de desempregados e endividados, reduzir os gastos do governo e começar as reformas. O inimigo não pode ter muito tempo para se reorganizar ou os cofres públicos serão raspados até o último centavo.

Anônimo disse...

A SITUAÇÃO É MAIS GRAVE DO QUE IMAGINAMOS:

DENTRO DO GOVERNO, HÁ RELATÓRIOS MOSTRANDO QUE, SEM IMPEACHMENT DE DILMA, PAÍS MERGULHARÁ NA DEPRESSÃO

http://www.defesanet.com.br/crise/noticia/22134/Relatorios-do-Governo-mostram-que-sem-Impeachment-pais-mergulhara-em-depressao/

Anônimo disse...

Um sujeito desses que se comporta como se fosse um Fla x Flu não merece estar entre a elite... é ralé, baixo nível intelectual e cultural e precisa ter o mandato cassado urgentemente para não envergonhar mais seus eleitores.

Anônimo disse...

nem os Antagonistas noticiaram isso naquelas suas dezenas de micro-posts ao longo do dia...

acho que estavam muito ocupados bajulando o Gabeira, do qual disseram ser fãs...

o responsável pelo dia de gloria de ontem não foi o "limpinho" do Gabeira, mas o "sujinho" do Cunha, que é quem fez todo o trabalho pratico de convencimento de uma maioria parlamentar pró-impeachment...

Gabeira, o esquerdista camarada, apareceu por la no dia D pra faturar com o trabalho alheio...

Anônimo disse...

retificando meu comentario anterior, agora vi que os Antagonistas publicaram um post sobre a cusparada...

mas nao sem dar uma porretada no Bolsonaro, que foi a vitima de toda a historia e passou como uma "flor que nao se cheira"...

o homem nao cuspiu em ninguém, nao bateu em ninguem, nao roubou, nao comprou parlamentar, levou uma cusparada e mesmo assim recebeu um comentário jocoso do site...

anotem ai, depois do impeachment terminado, acho que veremos coisas que nao gostaríamos de ver la por aquele blog...

a turma é so contra o PT, mas me parece ser à favor de toda a agenda progressista vigente...

Anônimo disse...

JEAN WYLLYS VEIO DO ESGOTO, ORGIA QUE É O BBB, ALÉM DE COMUNISTA!
Só tem predicados ruins e está enfiando no meio da bandidagem comunista, escorias da humanidade, imundicies, não valem o alimento que comem!
Não sei se o aterro sanitario aceitaria ele lá, pois até federia a mais o lixo no local!
Vá para Cuba, Venezuela e lá queira promover uma parada gay e terá aquele tratamento...
Pra fazer sabão!
Fora com ele da Câmara por indecoro!

TERMINATOR disse...

A aberração sexual cuspiu em Bolsonaro por desespero. Sabe que os dias dele e de outros esquerdistas bandidos politicamente corretos estão contados. Demorou para isso acontecer até.

shadow_X disse...

Vamos logo cassar este deputado. Cuspir com desprezo em outra pessoa publicamente e um dos mais torpes e incidiosos crimes de preconceito.

Anônimo disse...

Cuspir em outra pessoa publicamente e em pleno ato civico em que esta pessoa representa centenas de milhares de outras e cuspir em centenas de milhares de eleitores crime de odio e preconceito gravissimo previsto inclusive no cod penal e passivel das maiores punicoes. Nos, eleitores gravemente ofendidos em nossa honra na pessoa do Dep Bolsonaro exigimos a imediata punicao legal do meliante. Cometeu crime publico e comprovou nao ter dignidade nem decoro para ocupar o cargo que ocupa presentemente o qual e pago pelos contribuintes eleitores.

Anônimo disse...

Que falta de compostura, muito feio esse Jean Willys.

Eduardo Ramos disse...

Sim eu quero saber se a cusparada de Jean Willis em Bolsonaro, não é falta de decoro ?

JURANDIR disse...

Esse VIADÃO deveria levar um murro no meio da cara; e ser mandado para dar o C.... em Cuba.

Anônimo disse...

Esse mal-educado está é fazendo uma propaganda antecipada de Bolsonaro para presidente em 2018.Há males que vêm para o bem.

Alexandre Sampaio disse...

São Paulo, 18 de abril de 2.016

Prezado Sr. Amorim,

Concordo plenamente com seu comentário à respeito dessa vagabundada comunista que infestam a imprensa. Entretanto, ouvindo a programação da RádioVOX (www.radiovox.org)na madrugada de hoje, Alex Pereira e Dante Mantovani comentaram que Jair Bolsonaro não irá entrar com representação contra esse pederasta comunista pela agressão que recebeu. Se eu fosse Bolsonaro, além de entrar com a representação, QUEBRARIA A CARA DESSA FANCHONA PSOLISTA!Se Bolsonaro, que foi agredido de forma covarde, não se importa, por que o Conselho de Ética se importaria?

Anônimo disse...

Gente,como esses deputados do PT com algumas exceções, são mal-educados!Só sabem gritar como uns loucos, acusar como se fossem uns santos e acima de tudo, ainda apareceu um que cuspiu na cara do Bolsonaro, sem o menor respeito!Esse deputado Jean Wyllys está precisando de ser internado! Ele não pode representar o povo que votou nele! Mas,apesar de tudo, surgiu um deputado que me emocionou:Irmão Lázaro.Esse homem falou sobre um texto bíblico que fala sobre a soberba um defeito que derruba mesmo.Chegou a vez da soberba do Lula e da Dilma cair.

Anônimo disse...

Nesta segunda feira, 18/04/2016 a atleta Dilma não há de ir praticar o seu esporte matinal; pois o pedal de sua bicicleta apresentou uma seria pane..... Quem sabe ela venha dar uma longa caminhada ao desconhecido portando a sua mala.

Anônimo disse...

Como é que tem eleitores que elegem uma aberração sexual dessas? A corridinha dele depois da cusparada, então, é emblemática.

Anônimo disse...

Aluizio, bom dia!

Queira por favor colocar em destaque no seu blog o post abaixo:


APLICATIVO PARA CELULAR VAI DETONAR OS DEPUTADOS QUE VOTAREM CONTRA O IMPEACHMENT

http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2016/04/aplicativo-para-celular-vai-detonar-os.html


Os traíras que votaram a favor do governo não serão reeleitos NUNCA MAIS!!!! Vamos fazer pressão total contra eles.



Chris/SP

Anônimo disse...

Caro Aluízio
Como os petralhas vivem fora da realidade. Impressionante, negando o tempo todo a realidade, dizendo que o Povo "trabalhador" está gritando nas ruas x o impeachment. O veado do Jean Wyllis merece ser cassado. Seria uma limpeza. Chamou a atenção o histerismo das mulheres do PT. Pensei que fossem ter um infarte. kkkkkkkkkkkkkk. E aquele baiano Sívio Costa que quase teve uma síncope. kkkkkkkkkkkkkkk. Pareciam almas penadas. Recolham-se! Eles não sabem perder.
Esther

Anônimo disse...

Um cuspiu no parlamentar, mas Picciani, líder do PMDB, foi bem mais longe cuspiu no seu partido o PMDB, e em todos brasileiros. Se ao menos tivesse tido a decência de renunciar a liderança do partido como fez Alfredo Nascimento (PR-AM)da base do governo, que votou a favor do impeachment.
O povo carioca nem os brasileiros honestos mereceram esta bofetada.
Cai fora malandro, lugar de moleque não é no Parlamento.
Nojo!