TRANSLATE/TRADUTOR

quarta-feira, maio 25, 2016

TCU SUSPENDE REPASSE DE DINHEIRO DO BRASIL PARA CONSTRUÇÃO DE USINA HIDRELÉTRICA NA NICARÁGUA AUTORIZADO PELA DILMA

Em vez de fazer as obras necessárias para o setor elétrico no Brasil, o governo de Lula e Dilma transferiam recursos para ditadores comunistas. É que nas ditaduras a transparência é zero o que facilita todos os tipos de negociatas.
Isto é só o comecinho. Há, pelo menos, dezenas de obras com recursos públicos brasileiros beneficiando ditaduras comunistas como a da Nicarágua. O povo brasileiro ainda não viu nada. E quando constatar por inteiro tudo o que o PT fez com o Brasil a reação poderá ser terrível. Por estas e outras que estão para ser reveladas é que a Dilma não tem mais a mínima chance de voltar. E mais: o povo brasileiro retornará às ruas para exigir a proscrição não apenas do PT, mas de todos os partidos de viés comunista, como Rede, PSOL, PCdoB e demais ajuntamentos de jagunços ideológicos e ladrões do erário.

Transcrevo matéria do site da revista Exame, noticiando ação do TCU, cortando a sangria dos cofres públicos que vinha sendo executada por Lula, Dilma e seus sequazes para beneficiar um dos tiranetes mais odiosos da América Latina e, pelo jeito o butim, via lavagem, cevava a turma do Foro de São Paulo e seus amiguinhos 'burgueses' empresários. Leiam:

O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou hoje (25) uma medida cautelar para suspender repasses de recursos para a construção da Usina Hidrelétrica de Tumarín, na Nicarágua.
O empreendimento foi concedido para a Eletrobras, em parceria com a construtora Queiroz Galvão, que é investigada na Operação Lava Jato da Polícia Federal.
O ministro Bruno Dantas defendeu a medida cautelar para que não fossem mais aportados recursos no empreendimento, orçado em US$ 1,2 bilhão, e a maioria dos ministros do TCU acompanhou esse entendimento. Segundo Dantas, existem irregularidades no projeto, que já tem autorizado um aporte de US$ 100 milhões.
“Os recursos já alocados estão parados, não foram pagos porque não tem dinheiro. Mas, se por uma razão qualquer, a Eletrobras quiser pagar, o tribunal, tomando conhecimento de todas essas irregularidades, vamos ter considerado que não há risco”, disse ele.
O relator da matéria, ministro José Múcio, determinou que a Eletrobras e a Queiroz Galvão prestem esclarecimentos sobre o empreendimento em um prazo de 15 dias.
Para o ministro Benjamin Zymler, o investimento da Eletrobras em um empreendimento no exterior não se justifica, especialmente na situação financeira atual da empresa.
“A Eletrobras está diante de uma crise de recursos extraordinária", afirmou Zymler. Para o ministro, em tais circunstâncias, pensar que possa haver investimentos da Eletrobras no exterior é algo inimaginável.
"Além de inconstitucional, é quase politicamente injustificável.” A Queiroz Galvão informou que não irá comentar a decisão do TCU. Procurada pela Agência Brasil, a Eletrobras não se manifestou até a publicação da reportagem. Do site da revista Exame
AGORA REPAREM BEM:
Vejam como os alegres redatores de Exame se referem ao tiranente comunista Daniel Ortega, como “presidente da Nicarágua”, quando se sabe que é mais um ditador cucaracha cevado pelo Foro de São Paulo.
É aquilo que eu venho repetindo há anos aqui no blog: a grande mídia brasileira está completamente dominada pelos esbirros do PT - Foro de São Paulo. São esses orelhudos vermelhos os principais responsáveis pela profusão da desinformação e manipulação do noticiário, mormente depois que a escumalha do PT chegou ao poder no Brasil.
É por estas e outras que esse tipo de imprensa desaparecerá muito antes do que se imaginava. Esses jagunços ideológicos travestidos de jornalistas estarão todos desempregados porque esses jornalões e revistas fecharão suas portas por falta de leitores. E veículo de mídia que não tem leitor não tem anunciantes. Simples assim.

11 comentários:

Anônimo disse...

Aluizio... redadores => redaTores... no 2º tópico em azul, 2º parágrafo, primeira linha.

Aluizio Amorim disse...

Valeu, meu caro.
Isso sempre me ajuda muito, a revisão dos leitores. Quem escreve o texto só vê o erro depois e, às vezes, continua passando por cima batido.
Abraço.

Anônimo disse...

QUEBRAR A NAÇÃO E ESCRAVIZAR O POVO ERA O OBJETIVO DO PT-FORO DE S PAULO, pois nesse tempo, fazia com que os milionarios dda mafia ficassem cada vez mais ricos, as camadas mais pobres cada vez miseraveis e dependentes da migalhas do governo para sobreviverem, e aí manipular os que chamam por trás de idiotas-uteis ficava fácil.
Seria o mesmo que os animais encabrestados e poderem ser direcionandos para onde o condutor da carroça quiser.
6º mandamento do DECÁLOGO DE LÊNIN, os 10 mandamentos dos comunistas: "Colabore para o esbanjamento do dinheiro público e ponha a imagem do país em descrédito, especialmente no exterior, ainda provocando pânico e desassossego na população pela inflação"!
A praga Dilma voltar?
Voltará para onde estava: nos quintos dos infernos com seu histérico PT chuva de fogo e enxofre!

Anônimo disse...

sem falar dos jornalistas que se mordem de raiva e de inveja pelo reconhecimento das pessoas da importância do professor Olavo pela divulgação do Foro de SP...

no começo, os idiotas não admitiam sequer a existência desse ajuntamento de comunistas...

depois, sem poder negar o fato, passaram a não admitir a importância e influencia desse ajuntamento de estrumes bolivarianos, sempre minimizando as ações dessa bandalha comunista...

tem jornalista que ate hoje não se conforma de não ter visto nas manifestações plaquinhas dizendo "fulano tem razão"...

só deu o professor Olavo que, lá dos EUA, "desempregado e decadente", influenciou, de maneira inequívoca, o modo de pensar de hoje do brasileiro...

Anônimo disse...

Boa. Dinheiro do brasileiro não é capim! Fora foro de são Paulo prá nunca mais.

Caio Germano disse...

Muito bom Aluísio. Isso é um fato. Não dá mais para ler ou ver jornal ou revista alguma nesse País. Tirando este belo blog e mais meia dúzia. O resto é resto.

Wanja Costa disse...

Graças a Deus e algumas cabeças pensantes o Brasil não foi destruído!

Anônimo disse...

"Olavo tem razão". O projeto dos esquerdopatas era de poder e escravidão do povo.

Anônimo disse...

Presidente Temer, em Rede Nacional deve mostrar:

O BNDES e quem o banco financia.

“Financia portos, estradas e ferrovias – não exatamente no Brasil.
Desde que Guido Mantega deixou a presidência do BNDES, em 2006, e se tornou Ministro da Fazenda, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social tornou-se peça chave no modelo de desenvolvimento proposto pelo governo. Desde então, o total de empréstimos do Tesouro ao BNDES saltou de R$ 9,9 bilhões — 0,4% do PIB — para R$ 414 bilhões — 8,4% do PIB”
Outra questão polêmica são os juros abaixo do mercado que o banco (BNDES) concede às empresas. Ao subsidiar os empréstimos, o BNDES funciona como uma Bolsa Família invertida, um motor de desigualdade: tira dos pobres para dar aos ricos. Explicando, capta dinheiro emitindo títulos públicos, com base na taxa Selic (11% ao ano), e empresta a 6%. Isso significa que ele arca com 5% de todo o dinheiro emprestado. Dos R$ 414 bilhões emprestados no ano de 2014, R$ 20,7 bilhões são pagos pelo banco. É um valor similar aos R$ 25 bilhões gastos pelo governo no programa Bolsa Família que atinge 36 milhões de brasileiros.”
-
Seguem exemplos de investimentos que o banco considerou estarem aptos a receberem investimentos financiados por recursos brasileiros:
Porto de Mariel (Cuba): Valor da obra – US$ 957 milhões (US$ 682 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
-
Hidrelétrica de San Francisco (Equador): Valor da obra – US$ 243 milhões. Empresa responsável – Odebrecht. Após a conclusão da obra, o governo equatoriano questionou a empresa brasileira sobre defeitos apresentados pela planta. A Odebrecht foi expulsa do Equador e o presidente equatoriano ameaçou dar calote no BNDES.
-
Hidelétrica Manduruacu (Equador): Valor da obra – US$ 124,8 milhões (US$ 90 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht. Após 3 anos, os dois países ‘reatam relações’, e apesar da ameaça de calote, o Brasil concede novo empréstimo ao Equador.
-
Hidrelétrica de Cheglla (Peru): Valor da obra – US$ 1,2 bilhões (US$ 320 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
-
Metrô Cidade do Panamá (Panamá): Valor da obra – US$ 1 bilhão. Empresa responsável – Odebrecht.
Autopista Madden-Colón (Panamá): Valor da obra – US$ 152,8 milhões. Empresa responsável – Odebrecht.
-
Aqueduto de Chaco (Argentina): Valor da obra – US$ 180 milhões do BNDES. Empresa responsável – OAS
-
Soterramento do Ferrocarril Sarmiento (Argentina): Valor – US$ 1,5 bilhões do BNDES. Empresa responsável – Odebrecht.
-
Linhas 3 e 4 do Metrô de Caracas (Venezuela): Valor da obra – US$ 732 milhões. Empresa responsável – Odebrecht.
-
Segunda ponte sobre o Rio Orinoco (Venezuela): Valor da obra – US$ 1,2 bilhões (US$ 300 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
-
Barragem de Moamba Major (Mocambique): Valor da obra – US$ 460 milhões (US$ 350 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Andrade Gutierrez.
-
Aeroporto de Nacala (Moçambique): Valor da obra – US$ 200 milhões ($125 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
-
BRT da capita Maputo (Moçambique): Valor da obra – US$ 220 milhões (US$ 180 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
-
Hidrelétrica Tumarím (Nicarágua): Valor da obra – US$ 1,1 bilhão (US$ 343 milhões). Empresa responsável – Queiroz Galvão.
-
Projeto Hacia El Norte – Rurrenabaque-El-Chorro (Bolívia): Valor da obra – US$ 199 milhões. Empresa responsável – Queiroz Galvão
-.
Abastecimento de água da capital peruana – Projeto Bayovar (Peru): Valor não conhecido. Empresa responsável – Andrade Gutierrez.
-
Renovação da rede de gasoduto em Montevideo (Uruguai): Valor não informado. Empresa responsável – OAS.
-
Existem mais 3000 (três mil) empréstimos concedidos via BNDES apenas no período entre 2009 e 2014, porém nem o BNDES nem e o Governo Federal fornecem valores
-
Integra :
http://leonardosarmento.jusbrasil.com.br/artigos/171125726/bndes-patrocina-ideologia-partidaria-do-governo-enriquece-protagonistas-do-sistema-e-empobrece-o-brasil-descortinando-seu-veu-protetor
-

Anônimo disse...

Jornalismo investigativo poderia verificar a fundo a aliança do PT com as FARC's, principalmente quanto à facilidade no contrabando de droga, sua passagem pelo Brasil como consumidor e como entreposto distribuidor para o restante do mundo. A imprensa aliada ao Foro de São Paulo esconde esta realidade da população.
Carlos A M Lemos

Aluizio Amorim disse...

Caro Hélio Jr.
A sua observação/correção está perfeita. E o português, reconheço, não é fácil, mormente os verbos. Embora lidando com a escrita há mais de quatro décadas cometo erros. Alguns constato ao ler mais adiante o que escrevi. Outras vezes passo batido e os leitores atentos me ajudam muito.
Valeu.