TRANSLATE/TRADUTOR

sexta-feira, julho 15, 2016

O JOGO COMEÇA A VIRAR PARA O DESESPERO DO ESQUERDISMO BUNDALELÊ. DONALD TRUMP AVANÇA E PESQUISA REVELA EMPATE PAU A PAU.

A corrida presidencial dos Estados Unidos está empatada às vésperas das convenções nacionais dos dois principais partidos do país e a democrata Hillary Clinton está sendo prejudicada pela investigação do FBI, a polícia federal americana, sobre o uso de e-mails pessoais enquanto era secretária de Estado, mostrou uma nova pesquisa de opinião nesta quinta-feira, 14.
Enquanto Donald Trump se prepara para ser nomeado como candidato republicano na próxima semana, a sondagem o mostrou em um empate virtual com Hillary em um confronto na eleição geral de 8 de novembro. Cada candidato recebeu 40% de apoio - na pesquisa de junho, Hillary tinha uma vantagem de 6 pontos percentuais.
A margem de erro do levantamento New York Times/CBS News, realizada por telefone entre 8 e 12 de julho com uma amostragem aleatória de 1.600 adultos de todo o país, incluindo 1.358 eleitores registrados, é de 3 pontos.
O levantamento New York Times/CBS News revelou que 67% dos eleitores entrevistados disseram que Hillary não é honesta nem confiável, um aumento de 5 pontos percentuais em comparação com uma pesquisa da rede CBS no mês passado, antes de o FBI tornar suas conclusões públicas. A pesquisa apontou que 62 por cento do eleitorado também desconfia de Trump.
"Mas as explicações oscilantes e inexatas de Hillary a respeito do uso de seu e-mail ao Departamento de Estado parecem ter ressoado mais fundo no eleitorado", escreveu o Times.
Na semana passada, o diretor do FBI James Comey disse que Hillary foi "extremamente descuidada" no trato de informações sigilosas, mas que a investigação não encontrou indícios de que ela ou seus colegas tiveram intenção de violar as leis.
A pesquisa do New York Times/CBS News ecoa as descobertas de uma pesquisa da Universidade Quinnipiac divulgada na quarta-feira que mostrou Trump pouco à frente de Hillary nos chamados Estados pêndulos da Flórida e da Pensilvânia, onde a ex-primeira-dama perdeu terreno nos quesitos honestidade e padrões morais.
Em contraste com a pesquisa Times/CBS, uma sondagem Reuters/Ipsos divulgada na terça-feira apontou uma vantagem de 13 pontos percentuais para Hillary em nível nacional e um apoio de 46% diante dos 33% de Trump entre os eleitores prováveis - o voto é facultativo nos EUA. Do site do Estadão
TROCANDO EM MIÚDOS
MEU COMENTÁRIO: E os fatos vão se levantando como um vagalhão contra a narrativa esquerdista da grande mídia. Mas os esquerdistas não desistem facilmente. Eles são iguais aos terroristas islâmicos, embora por enquanto limitam-se a degolar os fatos.

Quem acompanha o desenrolar da campanha presidencial norte-americana guiando-se apenas pelo que informa a grande mídia verá com surpresa a pesquisa constante da matéria acima.

Isto se deve a um fato: toda a grande mídia faz campanha cerrada em favor de Hillary Clinton. Essa mulher é uma esquerdista que os comunistas norte-americanos tipificam de liberal. Sim, liberal no jargão político dos americanos significa esquerdista e nada de tem a ver com o conceito de liberalismo consagrado pela filosofia política. Foi uma forma de escamotear o termo 'comunista'. Historicamente os americanos repudiam o comunismo.

O que acabo de afirmar de forma absolutamente correta e consentânea com a verdade é escamoteado pela grande mídia em nível internacional.

Esta matéria do Estadão que reproduzo acima, além de tentar brigar com fatos recorrendo a pesquisas pregressas, trata, mais uma vez de pintar o candidato republicano Donald Trump com se fosse um esbirro de satanás.

Clicando aqui vocês poderão conferir no site do Estadão as fotos postadas relativas à candidata Hillary Clinton e ao candidato Donald Trump. As de Hillary são todas positivas relacionando artistas famosos que apoiam a candidata esquerdista. Não é supresa, afinal Hollywood se transformou num viveiro de rematados esquerdistas bundalelês.

Em contrapartida, as fotos relativas a Donald Trump são todas negativas à figura do candidato. Conseguem arranjar até mesmo um monstro para comparar com o candidato republicano.

Entretanto, a ficha começou a cair para os eleitores norte-americanos, principalmente depois que Hillary Clinton foi intimada a depor perante o FBI, a Polícia Federal americana, por causa do escândalo dos emails. Quando foi secretária de Estado Hillary utilizou um servidor particular para emails oficiais, o que configura um delito sério. Mesmo assim, o FBI não ofereceu a denúncia à Justiça.

Em que pese essa jogada que se parece com as coisas que têm acontecido no Brasil e seus vizinhos latino-americanos do Foro de São Paulo, o eleitorado americano, segundo essa última pesquisa, não engoliu o caroço. A sondagem mostra que 67% dos eleitores disseram que Hillary Clinton não é honesta e nem confiável.

O jogo portanto continua aberto e Donald Trump tem muito fôlego para avançar e vencer esta parada.

Esta eleição presidencial dos Estados Unidos é fundamental para a sobrevivência da civilização ocidental. Em outras palavras, isto quer dizer que o pleito norte-americano extrapola as fronteiras do país. O futuro da liberdade, da segurança, do progresso e do avanço tecnológico estão em jogo. Donald Trump emerge como o fiador e comandante dessa empreitada em defesa intransigente do Ocidente. Esta é a questão fundamental. Quem já entendeu isto matou a charada. Quem não entendeu já teve seu cérebro abduzido pela lavagem cerebral levada a efeito pela grande mídia. Entretanto, nunca é tarde para se livrar dessa teia diabólica tecida pelos ditames do pensamento politicamente correto.

Se você gostou deste post pode compartilhar com seus amigos, principalmente aqueles que estão enfeitiçados pela cantilena dos jornalistas bundalelês a serviço da canalha que postula um governo mundial cuja lei maior será a 'sharia'.

11 comentários:

Anônimo disse...

Sabemos que o partido "DEMOCRATA" dos EUA são o PT americano; Obama é um Lulampião muito melhorado e Hillary uma Dilmundicie sofisticada, ambos dois vermelhos barra-pesada!
No entanto, sempre se apresentam falsamente dizendo serem democratas; também são 2 excelentes atores de palco, 2 comunistões do martelo e foice bem disfarçados!
O resultado é que só vivem em trapaças, as mais variadas, como aqui; nada assumem de erros e as culpas de suas safadezas recorrentes - aliás, são estúpidos ao extremo - são sempre dos outros!
Nunca os EUA foram internamente tão violentos entre si pela instigação dos odios entre grupos e pessoas para gerar o caos, pois comunismo só desenvolve no meio da anarquia, caso das infernais LUTAS DE CLASSES!
Dessa forma, savorecidas pelo marxiislamita Obamerda, do negros x brancos, como se cor de pele fosse o caráter da pessoa; os comunistas querem ver é o circo pegar fogo e jogam gasolina para apagar!

TERMINATOR disse...

E Trump eleito (junto com a economia, recursos, armas, mentes, influência dos americanos) e se Deus quiser ele virar seus olhos para cá será também a única chance real de alguém de fora para dentro consertar o Brasil porque se formos esperar pelos políticos eleitos e paridos de um povinho de merda como o brasileiro vamos continuar para sempre como um dos povos mais fracassados da história do planeta.

Anônimo disse...

A mídia esquerdista orquestrada pode destruir a imagem criando falsas premissas, mas não consegue suplantar a lógica.

Rinaldo Alves disse...

Compartilhando 1,2,3...!

Anônimo disse...

Não teve empate, Trump desde o começo venceria, mas a grande mídia desinformativa, tentando ludibriar, mais uma vez, indicava aquela senhora louca comunista como favorita, mas o engodo não deu certo, e agora tem que admitir a vitória de Trump.

samuel disse...

http://www.breitbart.com/2016-presidential-race/2016/07/14/2016-poll-donald-trump-leads-hillary-clinton/
Existem pesquisas divergentes... Esta me parece mais coerente com o desgaste moral da Hillary...

Anônimo disse...

E depois do atentado em Paris a vantagem vai aumentar ainda mais.

Unknown disse...

Trump na cabeça e q ele cumpra as promessas de campanha e expulse os mohaneds dos USA servindo de exemplo para os europeus e para o Brasil.

Anônimo disse...

Caro Aluízio
O Trump ganhará. Uh, uh, uh. Torço por um mundo melhor. Afinal, como boa egoista, quero um USA melhor, já que minha filha mora e constituiu família lá.
Esther

Anônimo disse...

Aluízio,

Se a mídia americana mostra 'empate técnico', é porquê Trump está, no mínimo, uns 10 pontos percentuais à frente de Hillary.

Eu não moro lá, mas conheço muita gente que mora, e as informações passadas são de que a mídia americana, 90% apoiadora dos democratas, está mentindo descaradamente.

Anônimo disse...

Aqui esse Povinho só vem para explorar no comércio, plantar batata o bicho não quer,só golpe bancário e político é o que eles sabem fazer, fim...