TRANSLATE/TRADUTOR

terça-feira, setembro 27, 2016

GLEISI HOFFMANN E PAULO BERNARDO AGORA SÃO RÉUS NA LAVA JATO

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada
A senadora Gleisi Hoffmann e o marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, se tornaram réus nesta terça-feira no Supremo Tribunal Federal pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A Segunda Turma da corte decidiu por unanimidade, 5 votos a 0, aceitar a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República. Notabilizada pelas defesas acaloradas que fez da ex-presidente Dilma Rousseff no julgamento do impeachment, a petista Gleisi se torna a primeira senadora ré pela Lava Jato no STF.
Gleisi e Bernardo são investigados por suposto recebimento de 1 milhão de reais de propina de contratos firmados entre empreiteiras e a Petrobras. O dinheiro teria sido usado para abastecer a campanha eleitoral dela em 2010.
Ministro do Planejamento no governo Lula e ministro das Comunicações no governo Dilma, Paulo Bernardo é acusado de ter orquestrado um esquema milionário de desvio de dinheiro no Ministério do Planejamento quando ocupava a pasta. A Consist, uma empresa de São Paulo, foi escolhida para administrar a lista de funcionários públicos, pensionistas e aposentados endividados que recorriam aos empréstimos consignados, cujas parcelas vêm descontadas automaticamente na folha de pagamento. Quem recorria aos créditos pagava uma taxa de administração — o lucro da empresa. A taxa cobrada dos funcionários e aposentados, claro, era superfaturada. O excedente era dividido, e o PT ficava com 70% de tudo. De acordo com a Polícia Federal, o partido arrecadou mais de 100 milhões de reais em cinco anos com base nesse método.
ROUBALHEIRA ESCANDALOSA
A senadora Gleisi Hoffmann foi fisgada pela Lava Jato logo nos primeiros meses da investigação. Os policiais descobriram que ela recebera 1 milhão de reais em propinas desviadas da Petrobras. Dinheiro repassado por doleiros. Era o fio da meada de um escândalo muito maior para o casal mais poderoso da Esplanada. O escritório de advocacia de Curitiba para o qual o dinheiro era desviado gozava da confiança absoluta de Paulo Bernardo e Gleisi — um de seus sócios, Guilherme Gonçalves, era encarregado de defender a senadora em processos na Justiça. Era o álibi perfeito. A Consist fazia de conta que pagava pelos serviços de advocacia e os advogados pagavam as despesas do casal sem deixar rastros. Descobertos, todos entoaram o mesmo mantra. Paulo Bernardo não sabia de nada. Gleisi não sabia de nada. O advogado Guilherme Gonçalves, que também defendeu a ex-presidente Dilma em processos no Tribunal Superior Eleitoral, não sabia de nada.
Mas havia gente que não sabia e tentou descobrir. Acusado de envolvimento no escândalo, um dos sócios da banca, o advogado Sacha Reck, resolveu agir. Pediu a uma empresa independente que fizesse uma auditoria nas contas e nos arquivos do escritório. O resultado surpreendeu. Foi então que ele descobriu aquilo que a Polícia Federal não demoraria a desbaratar: o contrato de serviços jurídicos com a Consist não passava de fachada. Mensagens e planilhas guardadas em pastas secretas registravam o destino final do dinheiro: “Eleitoral — Gleisi”.
A defesa do ex-ministro afirmou que provará a inocência de Paulo Bernardo ao longo do processo. “O Supremo Tribunal Federal limitou-se a discutir os aspectos formais da denúncia, sem se aprofundar na análise de provas. Ao longo da instrução restará demonstrada a não participação de Paulo Bernardo nesses fatos”. Do site da revista Veja

15 comentários:

Anônimo disse...

MAIS UMA DUPLA DE SANGUESSUGAS DO POVO ENQUADRADA!
Os membros do Partido das Trevas, conhecido como PT estão amargurados, pois nem de longe sonhavam que um dia seria tratorados, pois em geral os cafagestes nunca acham que a casa deles um belo dia cairá!
Os farsantes comunistas fingiam governar o Brasil, mas à realidade pilhavam a nação, desviando recursos no exterior para si e para outros aliados das gangs de ditadores comunistas!
A verdadeira democracia agradece por mais esses 2 aperitivos; os 2 brevemente enjaulados e lá a atriz Gleisi bem que poderia montar um curso de teatro!

Anônimo disse...

Enquanto isso, que as esquerdas rosnem, urrem - ou relinchem - esse o mais adequado a esses muares! !
Mula sempre foi muito velhaco: apreciou sempre andar no braseiro sem queimar os pés, usando os outros como burros-de-carga e ele sempre nas costas!
Mas vai que todos os seus lacaios estão sendo condenados, um a um, sem exceção, foi pois uma bem organizada quadrilha e ele o chefão, como fica?
Acabará por ter de se juntar aos que o conduziram, fizeram as tramoias em nome dele para o agradarem, mas nem por isso ele ficará impune!
Questão de momento – sangria aos poucos no véio!

Ferreira Pena disse...

Mais dois vagabundos sacanas que deverão pagar caro a ousadia.

Alexandre, The Great disse...

A empáfia desse casal de criminosos é absurda. Vamos ver agora no banco dos réus (ou réis, como sugere a charge) se manterão o nariz empinado.

Anônimo disse...

demoroooo

Anônimo disse...

É a dupla de bonecos comunistas: Barbie Paraguaia e Ken Roubou!!!

Anônimo disse...

Mas pq ele ta no STF se ele não tem foro privilegiado?

Anônimo disse...

Os caras estúpidos, desordeiros e maconheiros do PT para acuarem os outros numa discussão, em geral tomam boas doses de drogas para perderem a cabeça, têm a mania de chamarem os outros de fascistas, não é?
Nesses caso se surgirem, chamem eles de comunistas, pois na verdade tanto o nazismo, comunismo e fascismo têm as mesmas bases e pequenas diferenças que não comprometem o básico dos 3 - como escreveu alguém: 3 irmãos gemeos, filhotes dos mesmos pais e mães!
Se essa cachorrada rosnar, berrem, gritem mais alto que eles, pois gostam muito de se impor no berro e na histeria!
Seus comunistas, vadios, populistas e cínicos!

TERMINATOR disse...

E aí, eleitores da Gleise Roubóffmann? Pretendem votar nela de novo ou vão escolher outro vagabundo travestido de ¨defençor dás minuria, dás mulhé, dus póbri, dus trabalhadô, dus viádu, dus sapatão i dus bândidu¨? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Ferreira Pena disse...

Ah, então está no STF? Em que década serão condenados? Aquilo ali é só embromação e literatura barata.

Marcelo Amaral Rezende disse...

Com isto o Paulo Bernardes ganho foro privilegiado...vai ser julgado em 50 anos

Anônimo disse...

'Gleise comparece em discurso de Dilma em São Paulo'
(01/05/20160

'Gleise Hoffmann viaja a Portugal'
(16/05/2016)

'Gleise viaja ao Uruguai'
(21/06/2016)

'Gleise Hoffmann, de cabelos escuros, surge em discurso de Lula'
(15/09/2016)

Já repararam?! Essa Narizinho Vermelho foge mais do velho e corrupto maridão do que o Diabo da Cruz e o Lula do torno mecânico.

Anônimo disse...

Esse salafrario do Paulo Bernardo quando desempenhou a Função de Ministro das Comunicações no (des)governo Dilma conseguiu colocar o Correios na rabeira, seja em termos financeiros como operacionais. No Paraná, Estado desses dois delinquentes travestidos de Políticos, ele colocou como Diretor Regional um Carteiro Sindicalista e que depois foi para o Postalis (Fundo de Pensão) como recompensa pelo seu desserviço aos empregados da empresa. Cambada de vagabundos.

Anônimo disse...

ladrao de idosos o maridao dela o petralha maldito

Anônimo disse...

como assim o stf deu a este crapula foro privilegiado, ele nao é politico