TRANSLATE/TRADUTOR

domingo, outubro 02, 2016

BARRACO EM PORTO ALEGRE: DILMA QUERIA CENA PARA O FILMINHO DO IMPEACHMENT, MAS A JUSTIÇA ELEITORAL NÃO DEIXOU.

O voto da ex-presidente Dilma Rousseff na capital gaúcha foi marcado por um intenso tumulto na tarde deste domingo. Antes de ela chegar, os jornalistas que estavam na Escola Santos Dumont à sua espera foram informados que não poderiam acompanhar o voto da petista.
Representantes do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) responsáveis pelo local de votação afirmaram que o juiz Niwton Carpes da Silva, da 160º zona eleitoral, havia proibido que a imprensa acompanhasse a ex-presidente. O motivo alegado é que, "por ser uma cidadã comum", ela teria que entrar sozinha na sala de votação, sem a presença nem de fotógrafos nem de repórteres.
Na ocasião, o escrivão Luiz Carlos Braga disse que tinha recebido uma "ordem verbal" do juiz, que ainda não estava presente. A orientação era para impedir a entrada de quem quisesse acompanhar Dilma. O juiz também determinou que fosse contida qualquer mobilização de simpatizantes do PT na frente da escola, já que em local de votação só são permitidas manifestações "individuais e silenciosas". Depois, quando chegou ao local, o juiz repetiu os argumentos à imprensa.
Dilma chegou na companhia do ex-ministro Miguel Rossetto e do candidato do PT à prefeitura de Porto Alegre, Raul Pont. Foi recebida com festa por dezenas de apoiadores que estavam na frente da escola. Os jornalistas passaram pelo primeiro portão de acesso, mas foram barrados numa segunda porta de vidro que dá entrada à escola.
Na confusão, os próprios aliados de Dilma, como Rossetto e o deputado federal Henrique Fontana (PT), também foram impedidos de acessar o local de votação. Isso resultou em confronto com a Brigada Militar. Tanto os jornalistas como os políticos argumentaram com os policiais, que mantiveram a ordem do juiz e não permitiram a passagem.
O único que conseguiu passar, porque é candidato, foi Pont. Somente ele presenciou o voto de Dilma. No tumulto, a porta de vidro que separava a multidão das salas onde a ex-presidente e outros eleitores votavam foi quebrada. Algumas pessoas saíram feridas, entre elas Silvana Conti (PC do B), a candidata a vice de Raul Pont. Do site Diário do Poder

10 comentários:

Anônimo disse...

Quem tem a idiotice de aclamar uma baranga como Dilma, que não sabe nem se expressar, com a cabeça recheada com esterco marxista, como ela se parece é com peão de trecho!
Só mesmo outro obtuso como ela, o rato Lula especialista em fraudes e trapaças para ter escolhido essa maloqueira para ser presidente do Brasil!
Bem verdade, para os dirigentes do comunismo internacional de quem eram paus-mandados, quando piores os maus elementos e anárquicos no poder melhor para eles, pois se enriquecem ás custas da crises e miserias alheias!
Mas que dava nauseas e nervosismo quando a carniça Dilma rosnava nas tvs, pior quando se via o focinho dela, era um fato!

Anônimo disse...

descobrimos o grau mais baixo do vassalismo com essa gente ainda se dando a humilhação de seguir uma completa destrambelhada como essa senhora...

essa ai nao vai nem pro lixo da Historia...

Anônimo disse...

EXTRA!

Os colombianos REJEITARAM aquele acordo espurio e sem-vergonha com os terroristas das FARC!

aos poucos esses vagabundos da esquerda estao sendo varridos em todos os lugares!

Rosauro Bernardo disse...

Vida longa a Álvaro Uribe, de Colômbia! Fora PT, fora FARCs! Fora diuma, the nutty professor!

Maria José Borges disse...

É isto aí povo ... Vamos sentar o casete na esquerda .

Anônimo disse...

Estamos assistindo as últimas baixarias promovida por esta facção de criminosos PT.

Anônimo disse...

Gostei desta "maloqueira para ser presidente do Brasil!" de um comentarista do blog. hahahahahah

Chatolina disse...

Kkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Parabéns ao Meritíssimo Sr. Juiz, a lei deve ser a mesma para todos. Vagabundos, ladrões e assassinos e ainda acham otários para apoiá-los,

Anônimo disse...

Essa Silvana Conti,na confusão,acertou um vaso na cabeça de um policial.https://www.youtube.com/watch?v=81tGk4KAdZ8