TRANSLATE/TRADUTOR

segunda-feira, novembro 14, 2016

Sponholz: Os lulo-brazucas.


4 comentários:

Anônimo disse...

Apesar disso, no voto popular a cria do Obamerda e ambos dos globalistas, Hillary venceu por 60.376.000, enquanto Trump 60 017 049, por 80% dos negros associados aos esquerdistas preferirem a vaca brava; esses cairam no conto dos vermelhos de os "proteger" dos brancos ricos, servindo de escada para subirem e depois lhes dar uma banana, como fez em Cubamerda o burguesão promotor da ADIDAS, Fidel Castro!...

samuel disse...

FINAL ELECTION 2016 NUMBERS:
TRUMP WON BOTH POPULAR ( 62.9 M X 62.2 M )
AND ELECTORAL COLLEGE VOTES ( 306 X 232)

Anônimo disse...

Exatamente o teor da conversa que tive na sexta-feira p.p. com uma pessoa que chamou o Trump de maluco. Começa que pouquíssima gente aqui entende o processo eleitoral americano. Passa pelo fato de não estarmos lá, não conhecermos(por lá não morarmos), a realidade deles, e pior, não conhecemos nem a nossa própria realidade, pois não sabemos nem sequer escolher vereadores, quanto mais presidentes.
A minha mensagem para a mencionada pessoa foi: respeitemos o resultado e paremos de ser macacos, ecoando o que os vendidos da midia querem que achemos.
J. Antonio

João Luiz disse...

¿Ciro Gomes, hein?

Ciro está desbocado.
Xinga Michel Temer. Xinga Lula; mas imediatamente, em seguida, puxa-saco.
Ele esquece (ou por ser velho, desconhece) que agora temos a internet; YouTube para checar e LEMBRAR do passado. Checar o presente etc. E comparar momentos. Dá "tiro" pra todo lado. Ruim político. Tudo para ele É GOLPE (clichês & clichezaços). Utiliza apenas disso.

Bom... Eis:

OS INTELIGENTINHOS do PE-TIS-MO, DA SOCIEDADE CIVIL -- estudantes, professores universitários, jornalistas, cineastas, artistas, blogueiros, cantorzinhos tipo Chico BUARQUE etc.

Faça o favor! Num JANTAR DE INTELIGENTINHOS faça o seguinte:

«Chegue num jantar de inteligentinhos e, por exemplo, defenda a LAVA-JATO. Haha. Você vai VER o que vai acontecer com você, né? Vão olhar TORTO pra você achando que, de repente, você é dono de um banco, alguém assim! E não alguém que trabalha duro para sobreviver e, por isso, SEMPRE SEMPRE desconfia de quem não o faz.»


Ciro é inteligentinho.