TRANSLATE/TRADUTOR

segunda-feira, dezembro 26, 2016

'CONGRESSO BRASIL PARALELO' FAZ EMERGIR A VERDADE SUFOCADA PELA FANTASIA IDEOLÓGICA

O Congresso Brasil Paralelo é sem dúvida o maior projeto de mídia independente na era da internet do Brasil. Trata-se de uma iniciativa pioneira e, mais do que isso, auspiciosa pelo fato de que se tornou realidade pelas mãos de gente jovem. Afinal, os jovens são o futuro do país. No caso brasileiro é um alento verificar que toda a lavagem cerebral esquerdista levada a efeito pela grande mídia, escolas, universidades ainda não conseguiu abater completamente o direito de pensar e refletir sobre a realidade brasileira que não seja por meio das categorias e conceitos da ideologia marxista.

De certa forma o Congresso Brasil Paralelo organiza e expõe numa série de episódios em vídeos o que há alguns anos fermenta nos cérebros de um estrato da sociedade brasileira inconformado com a destruição do país. Inconformismo esse que explodiu nas ruas de todo o Brasil principalmente nos últimos dois anos e que detonou o projeto comunista do PT.

Vendo os episódios do Congresso Brasil Paralelo dá para ter uma ideia do quanto o Brasil e os brasileiros perderam nas últimas décadas. Nenhuma ação política, social ou econômica acontece sem que antes seja mentalizada, isto é, pensada. Se os elementos que nutrem o pensar que antecede uma ação têm vertente ideológica o resultado será sempre desastroso. Neste aspecto, o Congresso Brasil Paralelo traz à tona a verdade dos fatos, ou seja, um olhar sobre os problemas brasileiros sem a fantasia ideológica. Ao mesmo tempo revela aos brasileiros o quanto a grande mídia nacional e internacional promove a lavagem cerebral das massas por meio da desinformação ou pela ocultação deliberada de determinados fatos. A rigor, já estamos vivendo sob o tacão da censura. Não mais a censura clássica levada a efeito pelo Estado. A censura, neste caso, é operada pelos próprios jornalistas que se transformaram em militantes da causa esquerdista.

Por tudo isso o Congresso Brasil Paralelo é o maior projeto de mídia independente que já vi ao longo dos meus mais de 45 anos de jornalismo. Para começar a entender todo esse turbilhão de iniquidades que levou o Brasil ao fundo do poço é imperioso ir às raizes dos problemas. Aliás, este é o mote do vídeo acima: "As raízes do problema".

E para saber tudo sobre o Congresso Brasil Paralelo clique AQUI. Você irá se surpreender. E também entenderá por que esse projeto é ignorado pela grande mídia enquanto está bombando na internet, principalmente nas redes sociais, blogs e sites independentes. Cada vez mais a mídia tradicional deixa de ser um referencial para saber a verdade.

20 comentários:

Anônimo disse...

"No caso brasileiro é um alento verificar que toda a lavagem cerebral esquerdista levada a efeito pela grande mídia, escolas, universidades ainda não conseguiu abater completamente..."

é, mas o foco para os proximos anos tem de ser o combate ao sequestro do ensino publico superior pelo esquerdismo cafona marxista...

sem tirar essa parte das maos dessa gente, nao havera democracia duradoura para o país...

o nascedouro e criadouro dos insetos que, por exemplo, infestam a grande imprensa, estao la...

e o mais alarmante, eles partiram para dominar tambem o ensino medio com a inclusao de sociologia e filosofia no curriculo escolar...

ninguem que cursa o ensino medio esta na idade de estudar filosofia, que é uma disciplina complexa e que necessita de um amadurecimento da personalidade para começar a se entender os seus principios mais basicos...

foi só o jeito que eles acharam de colocar os professores cavalos-de-troia pra dentro da sala de aula e sequestrar as mentes desavisadas que ainda estao tenras e permeaveis...

Cavallier Bus disse...

Onde há Joice Hasselmann e Lobão, não posso confiar. O holandês do Rio Grande do Sul é outro. Tudo o que eles defendem é a continuação desse sistema que é de propriedade desses carbonários e alveneiros.

Cavallier Bus disse...

Anônimo aqui tem voz. Mas quem se anuncia tem o comentário bloqueado.

Vamos ver aquí o próximo "conservador": Kim.

Cristiano

Anônimo disse...

AS BACANAIS DOS ESQUERDISTAS TIVERAM SUAS ORGIAS EXPOSTAS!
Esses canalhas contavam com tudo, de menos que suas tramas e patifarias seriam um dias exibidos e expostos seus planos escravagistas por meio da subversão mental, A PARTIR DAS ESCOLAS INFANTIS ATÉ ÀS UNIVERSIDADES e que, bem feita, transforma rapidamente as pessoas em zumbis!
No entanto, surgiu um imprevisto fatal: as redes sociais independentes mostrando que, na frente das tv são uns anjos e nas ações uns demonios sob formas humanas, embora nada assumam e culpam os outros de seus erros esses chantagistas!
O CBP acima é mais uma das frentes muito benvinda para ajudar no desmascaramento desses atrevidos e sanguessugas da humanidade, embora travestidos de "anjos do bem" e "na defesa dos pobres" como a Odebrecht, banqueiros e globalistas!
Se o caudilho PT estivesse no poder, porque nas eleições de 2018 não tivéssemos candidataços como Lula, Marcola, Beiramar, Zé Dirceu, Palocci, o coerentíssimo Ciro Gomes, Marina da Selva, a atora Greizi Boffa?
Ciro, o que fala de manhã garante até à tarde; Marina Melancia, essa então, ki mouyeh ceria e cãopetente!
Difícil seria: "iscuiê quau u maiz mió"

Anônimo disse...

Aluizio, isso aqui pode te interessar...

https://www.youtube.com/watch?v=uV2w5HcOom4

é preciso ter estomago forte para aturar os urros e mugidos da psicopatia fascista do politicamente correto em ação...

eis a descriçã do video:

"Jordan Peterson, psicólogo e professor acadêmico na Universidade de Toronto, trava uma batalha diária contra o politicamente correto. Com décadas de estudo dos regimes totalitários, ele conhece a mentalidade das pessoas que fazem parte e os sustentam, e percebe a similaridade chocante entre a mentalidade dos justiceiros sociais e a que existia em fases que precederam estes regimes. Então, Peterson resolveu se levantar contra a onda totalitária que representa o politicamente correto, arriscando seu emprego e sua reputação enfrentando o agigantamento do Estado e o apequenamento das pessoas. Se viu por uns momentos em uma batalha solitária no mundo acadêmico, mas aos poucos outras pessoas se juntam a ele e logo haverá de ter um exército de pessoas para defender a liberdade de expressão e de pensamento.

Este vídeo mostra um dos primeiros momentos que Peterson resolveu partir para a briga com o politicamente correto, a cultura que precede o totalitarismo."

Carlos Marques disse...

Carlos

A verdade sobre o Brasil paralelo.

http://radiovox.org/2016/11/05/a-oposicao-establishment-do-brasil-para-lenin/

Anônimo disse...

Aluizio,

Cuidado com o Brasil Paralelo. Assim como Joice Hasselman, Bia Kicis, Carla Zambelli e muitos outros nos enganaram. Recentemente, Kim Kataguiri. Mais antigamente, acreditamos em Reinaldo Azevedo, e assim por diante.

O pessoal da Radio Vox alertou que muitos ouvintes da Rádio Vox que se envolveram com o Brasil Paralelo disseram que foram conduzidos a acreditar que o Brasil precisa de uma nova Assembléia Constituinte, uma Nova Constituição... o resto vc já sabe...

Enquanto as musas do impeachment estão adormecidas e nao fazem mais videos nem bonecos, veja o que está acontecendo, a genda comunista está avançando mais rápida do que nos tempos da Dilma:

PL3734/12- SISTEMA ÚNICO DE SEGURANÇA PÚBLICA

https://www.youtube.com/watch?v=wbxto2yqzKQ

Anônimo disse...

Joice Hasselman ameaçada novamente. Nando Moura lancou campanha: Somos todos Joice. Bia Kicis apoiou a campanha.

Nando Moura questionou em outros videos os movimentos inócuos contra o terrorismo. E agora, o próprio Nando cai em contradição lançando um movimento inócuo. Como diria o próprio Nando: qual bandido será sensivel ao "Somos todos Joice"?

A lista dos assassinatos do PT é bastante grande, até entre os próprios companheiros, como Celso Daniel, Toninho de Campinas, etc.

A agenda do comunismo está avançando mais rapidamente do que antes do impeachment:

"O Brasil caminha a passos mais do que largos para a implementação de toda a agenda do caderno de teses do PT"

Conselheiro Acácio- PL3734/12- SISTEMA ÚNICO DE SEGURANÇA PÚBLICA
https://www.youtube.com/watch?v=wbxto2yqzKQ

Joice quer arriscar a vida de sua família? Os vídeos de Nando Moura e Bia Kicis vão intimidar bandidos?

Veja a análise muito sensata do canal Universo:

https://www.youtube.com/watch?v=3LlZT9OvZ_M

Anônimo disse...

Se é paralelo, é safado.

Cactus disse...

.
A idiotia continua a todo vapor:
.
Quem puder dê uma olhada naquela porcaria de encarte “Vejinha”, há uma pequena reportagem de uma exposição chamada “O Pão Nosso de Cada Dia” onde existe uma tela com pães de forma pendurados, a maioria queimados ou torrados, outras com caras de pessoas (um tanto satânico) e números. Um lixo, porém a reportagem diz que a vontade de comer uma delas é quase incontrolável (?!).
Isto só confirma o que venho comentando sobre alimentos queimados, que estão sendo servidos em restaurantes e bares, de modo estranhamente simultânea.
Em outra página desta revista, número 48 há também uma foto de uns bolinhos queimados como se fossem “deliciosos”.
.
Devem acreditar que somos idiotas iguais a eles.
.

Anônimo disse...

É gozada esta esquerda mequetrefe. Não tendo como se justificar, elles tentam invariavelmente confundir os outros. Aqui mesmo, pelos comentários se nota que alguns agentes do esquerdismo tentam desqualificar e destruir quem se opõe a elles.

A verdade é que as teses expostas pelo Brasil Paralelo estão incomodando o pessoal adepto do politicamente correto. São cinco episódios muito bem feitos e explicam em linguagem simples e objetiva os métodos usados pela escumalha de esquerda. As entrevistas não se restringem a Lobão e Joice Hasselmaem. Tem muito mais gente "de direita" pra cutucar os progressistas que não perceberam que o sonho (delles) acabou. Game over para quem não pensa. Dias contados para os stalinistas de botequim.

Boa sorte para a rapaziada valente que fez o Brasil Paralelo.

Acessem o site brasilparalelo.com.br e vejam os cinco episódios completos. É banho de creolina na bandalha revolucionária.

O MESMO de SEMPRE disse...

O politicamente correto tem certa pertinência com uma pseudo lógica, ou falácia, efetiva de que "nada vem de graça" e com isso, para se obter algo, há que se dar algo. Assim, quem não tem nada que possa oferecer em troca do ambicionado, OFERECE até a PRÓPRIA DOR como se tal fosse a remuneração ao doador.

Assim, a DOR, a HUMILHAÇÃO e o sofrimento em geral se tornaram MOEDA de TROCA pelos favores ambicionados.

Não há uma real lógica nisso, pois somente alguém com uma mente doentia, acometido de sadismo pode satisfazer-se com o sofrimento de inocentes e exigir-lhes o sofrimento em troca da realização de suas ambições.

Essa é a idéia do homem primitivo que, sem conhecimento ou ciência, inventa os "MEIOS" sobrenaturais de alcançar seus objetivos: IMPOR-SE CONTRARIEDADES ao valorizar MORALMENTE o sofrimento ou QUALQUER TIPO de ANTI NATUREZA, diga-se CONTRARIEDADES em GERAL.

Essa valorização do MAL VIVER como ostentação de mérito moral empurrou os exageradamente VAIDOSOS (Narcisos) para a aceitação da estupidez como ostentação de "VALOR PESSOAL".
Assim tornam-se presas fáceis de qualquer PROPAGANDA MORAL potencializada pela ESPIRAL do SILÊNCIO, que é uma velha conhecida dos doutrinadores há milênios: impedir a crítica, ou o JULGAMENTO, é algo do milenar conhecimento para se doutrinar a massa sempre vaidosa. Pois que quanto menor a autoestima, maior a vaidade, ou a BUSCA DESESPERADA PELA ESTIMA ALHEIA.

A moral é exatamente um meio de estabelecer uma ESCALA de VALOR para os indivíduos no meio em que esta se faz a regra de conduta propagandeada como valorizadora do indivíduo no meio em que vive.
As morais são ARBITRÁRIAS e se formam pela PROPAGANDA e não pela reflexão sobre o comportamkento justo. Tanto é assim que as leis com pretensão de justiça desprezam muitos postulados morais onde a razão ainda se faça presente. Somente onde a demência assumiu a realeza através das PROMESSAS IDEOLÓGICAS de USUFRUTOS FANTÁSTICOS, além da valorização moral no meio em que o seguidor se inserere, é capaz de aniquilar a razão e estabelecer o reino da propaganda, que paradoxalmente condena a saudável atividade de JULGAR.

Assim, sem JULGAR, resta ao envaidecido sectário apenas a tarefa de SEGUIR SEM QUESTIONAR. Seja para obter a aceitação e mesmo a valorização pessoal perante os demais e/ou em busca de Paraisos ou Utopias prometidos para um futuro SEM DATA e INCERTO, apenas para os fiéis que se curvarem a MORAL ARBITRADA segundo os CAPRICHOS daqueles que elaboram o, sempre, FUNESTO CONJUNTO de IDÉIAS que PROMETEM CONDUZIR aos Paraísos, ou Utopias, concebidos como expressão objetiva do tal "BEM COMUM" que decorre da concepção SUBJETIVA dos líderes ideológicos que elaboram as receitas para seus Paraísos mal explicados para permitir que cada um conceba subjetivamente o Paraíso objetivo.

Claro que o POLITICAMENTE CORRETO É APENAS UMA NOVA MORAL propagandeada como a "moral vigente no Paraíso" e assim propagandeada como a "MORAL CERTA" e por tal não se admite julga-la racionalmente, por mais anti natural e estúpida que seja. Logo, a defesa de tal "moral certa" não se realiza através de argumentos racionais, mas sim através de um comportamento HISTÉRICO que de antemão atribui nocividade ao contestador, um BLASFEMO, provando-se isso com CARETAS de INDIGNAÇÃO e GRITOS de HORROR ante o crítico ou contestador. Como se o comportamento TEATRAL fosse um argumento em contrário a possíveis críticas ou meras questões levantadas. Deste modo tanto as questões não são JULGADAS quanto axiomas não são aceitos por mera indução de que tal impediria o USUFRUTO das maravilhas apregoadas para o futuro. Ou seja, assim surgem os TABUS e espanta-se questionamentos com CARETAS de INDIGANAÇÃO e GRITOS de HORROR ante qualquer racionalidade que ponha em dúvida a MORAL IDEOLÓGICA (que surge como receita de comportamento nos Paraísos prometidos para futuros).

O MESMO de SEMPRE disse...

Continuando:

O culto a tal democracia como TABU é só mais um quesito do POLITICAMENTE CORRETO e diante disso a tal Democracia se tornou uma FONTE MORAL, onde os governantes e postulantes a TUDO se permitem propor desde que em nome da democracia ou eleições de ditadores AQUADRILHADOS. Desta forma, questionar a Democracia demonstrando que esta EM TUDO DIFERE e SE OPÕE à LIBERDADE produz como "debate", a HISTERIA, para acusar de má índole o questionador, em meio a CARETAS de INDIGNAÇÃO e GRITOS de HORROR para osatentar o "BOM MOCISMO" MORALÓIDE.

Assim, as acusações de racismo, sexismo, xenofobia, islamofobia, ganância, arrogância e etc. tornam-se os ÚNICOS "argumentos" dos POLITICAMENTE MORALISTAS, que provam a "verdade" de suas alegadas convicções com uma TEATRAL HISTERIA moralóide.

O MESMO de SEMPRE disse...

Essa estupidez foi capaz de fazer os totos confundirem Democracia com Liberdade e, deste modo, NÃO MAIS QUEREM LIBERDADE, mas apenas Democracia.

E AI DAQUELE QUE OUSA CRITICAR A DEMOCRACIA, é imediatamente xingado de fascista, racista, nazista e um ditador autoruitário.

Afinal, os arrebanhados ideológicos não querem argumentar mas apenas OSTENTAREM-SE maravilhoso DEMOCRATAS e assim "COÇAREM UNS AOS OUTROS" (asinus asinum fricat) em grande histeria para embotarem em si a razão. Afinal, segundo a envaidecedora propaganda os democratas são a elite humana, mesmo que a democracia não garanta a liberdade e tão pouco a eleição de bons administradores de serviços estatais. Até mesmo a tirânia democrática é louvada, desde que os descontentes se possam manifestar e exibir sua inconformidade numa MANADA semi uniformizada e portando símbolos cultuados que, desta forma, atribuem valor moralóide aos ostensivos participantes arrebanhados democraticamente para manifestações ou PROCISSÕES que os exibem à contemplação dos não tão engajados na defesa da pureza democrática.

Sergio Soares disse...

Assino embaixo : é fundamental acabar com a desinformação.No Brasil o mehor caminho é resgatar os valores perdidos há mais de um século.Rever a história atual que só desinforma desde Tiradentes e da república golpista de 1889.

Anônimo disse...

Muito interessante e pertinente o comentário sobre bolinhos queimados.

Em linguagem técnica, isto quer dizer - Desinformação.

Anônimo disse...

Resumindo: Você foi, é e será enganado. Enquanto não houver um projeto de nação, todos ficam ao sabor das ondas. Tudo é muito sutil. O livro DESINFORMAÇÃO de Mihai Pacepa descreve muito bem as manipulações da antiga KGB hoje FSB.

Índio/SP

Anônimo disse...

Só um idiota é "conduzido" a acreditar em alguma coisa. Quem assimila (sem raciocinar) tudo o que ouve ou lê acaba acusando os outros das idiotices que enfia na cabeça.

João Luiz Pereira Tavares disse...

Em 2016 houve fato fabuloso sim, apesar de Vanessa Grazziotin falar que não, dessa forma assim:

"O ano de 2016 é, sem dúvida, daqueles que dificilmente será esquecido. Ficará marcado na história pelos acontecimentos negativos ocorridos no Brasil e no mundo. Esse é o sentimento das pessoas", diz Grazziotin.

Mas, por outro lado, nem que seja apenas 1 fato positivo houve sim! É claro! Mesmo que seja, somente e só, um ato notável, de êxito. Extraordinário. Onde a sociedade se mostrou. Divino. Que ficará na história para sempre, para o início de um horizonte progressista do Brasil, na vida cultural, na artística, na esfera política, e na econômica. 
Que jamais será esquecido tal nascer dos anos a partir de  2016, apontando para frente. Ano em orientação à alta-cultura. Acontecimento esse verdadeiramente um marco histórico prodigioso. Incrementando sim o Brasil em direção a modernidade, a reformas e mudanças positivas e progressistas. Enfim: admirável. 

Tal fato luminoso e sui-generis foi o:

-- «Tchau querida!»

Eis aí um momento progressista, no ano de 2016. Sem PT.

BOTAFOGO disse...

Parabenizamo-lo pelo excelente e permanente esclarecimento político, necessário ao combate sem trégua da lavagem cultural a que a população vem sendo submetida,desconstruindo a narrativa comunista travestida de socialismo, desde que seja alcançado o segmento desprovido de acesso à verdade escamoteada com a pérfida cumplicidade da mídia nacional, até então, salvo exceções, ainda impune ante o mal que causa à Nação.