TRANSLATE/TRADUTOR

domingo, junho 04, 2017

'WHY NOT?' POR QUE NÃO?

Por Maria Lucia Victor Barbosa (*)
Why not? Porque não? Se um jovem estudante dissesse: “quero progredir na vida, me esforçar, me tornar competente e, assim, (why not) por que não estudar fora em busca de excelência?” Quem não admiraria esse moço exemplar? Ele seria um marco em sua geração e acalentaria em quem o conhecesse sonhos de um futuro Brasil melhor.
Entretanto, quando um sócio em iniquidades do anterior governo conduzido por Lula da Silva, como Joesley Batista, batiza seu iate de dez milhões de dólares com o nome de Why Not tudo muda de significado. Pode ser entendido como: “por que não roubar o povo brasileiro levando grosso dinheiro das instituições públicas?” “Por que não, se assim me foi facilitado como no caso do BNDES quando o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, me abriu as portas do poder e das facilidades, inclusive, liberando para mim e para meu irmão Wesley 8,1 bilhões de reais? ”  “Por que não mostrar que contas no exterior irrigavam as campanhas do PT se eu sabia muito bem disto e agora resolvi contar tudo porque estou certo de que vou ficar livre, leve e solto?”  “Porque não, [i]durante uma década, alimentei não só com carne, mas com um riquíssimo propinoduto os cofres do PT, enquanto nossas empresas se agigantavam maravilhosamente? “Por que não usufruir de “negócios” com o amigo presidente Lula e a presidente Rousseff, que lhes renderam para gastos em campanha 150 milhões de reais?”  “Por que não comprar, se posso, juízes, promotores e os mais vendáveis, os numerosos políticos, se tenho todos aos meus pés?”
Joesley disse isso e muito mais em depoimentos e vídeos que foram comentados em alguns órgãos da imprensa. Porém, em uma gravação que não havia sido autorizada pela Justiça e cheia de lacunas, o ex-modesto dono de um frigorífico se tornou o rei dos delatores e um mestre em armadilhas políticas, pois atingiu o presidente da República, Michel Temer, o qual cometeu o erro de receber no palácio o influente magnata do crime em conluio com altas autoridades.
Toda delação, a meu ver, tem que ser corroborada por provas materiais e não só pelo que é dito, para que não se torne uma caça às bruxas. Se Temer está sendo acusado com base na gravação de Joesley, que tenha o direito de defesa.
Dilma Rousseff foi julgada durante meses com amplo direito de defesa. Porque a pressa em afastar Temer? Por que a coincidência da gravação ter sido feita antes de Lula ser condenado ou não pelo juiz Moro e eventualmente isso ser confirmado pelo Tribunal Federal Regional da 4ª Região, de segunda instância? O Supremo havia decidido que condenados em segunda instância podem ser presos, perigo para Lula que podia também cair na ficha limpa e se tornar inelegível.  Por que, então, será que o ministro Gilmar Mendes resolveu voltar atrás e dizer que nem em segunda instância um criminoso pode ser preso? E se Temer ainda não foi julgado, por que o PT se empenha tanto nas eleições diretas ou diretas do Lula, uma jogada desesperada para eleger seu líder? Não importa que se para isso se tenha que rasgar de novo a Constituição.
Evidentemente, Joesley e Wesley não foram os únicos corruptos na fase em que o governo petista institucionalizou a corrupção. Mas o que choca também nessa história é o tratamento diferenciado dado aos irmãos Batista se comparado com o de outros envolvidos que colaboraram com a Justiça e foram julgados pelo juiz Sérgio Moro. De um modo ou de outro eles estão cumprindo suas penas.
Os donos da J&F tiveram os termos de sua delação defendidos pelo procurador-geral, Rodrigo Janot, e homologados pelo ministro Fachin. Sob as bênçãos da Justiça foram continuar a gozar a vida nos Estados Unidos completamente livres.
Nenhuma filigrana jurídica fará a sociedade entender a absolvição sem nenhuma penitência dos irmãos Joesley e Wesley, que nem tornozeleiras eletrônicas precisarão usar. Desse modo, ficou a sensação de uma tremenda incerteza jurídica, a certeza de que o crime compensa, com exceção da Lava jato do juiz Moro e de que no Brasil o why not escrito no luxuosíssimo iate corresponde a outras frases famosas, como: “levar vantagem em tudo”. Pagando bem, que mal tem”.  “Aos amigos tudo, aos inimigos a lei”.         
Isso faz parte de um caldo de cultura que dificilmente vai mudar no país e que permeia todas as classes sociais. Afinal, não é o povo que elege os que intercambiam lucros com espertos e mafiosos gangsteres? Sem nenhum pudor todos continuarão a perguntar de modo cínico e imoral: “why not? Por que não?"

(*) Maria Lucia Victor Barbosa é socióloga.

19 comentários:

Anônimo disse...

Mas o valor do que eles delataram não tem preço. Abaixo ao estamento burocrático. Que se mantém todos uns aos outros.

Anônimo disse...

A impressão que se tem é que a delação do Batista foi combinada com o amigo Lula. Sim caro Joesley, pode até falar na grana que havia no Julius bar, não estava em meu nome e já foi transferida para Nova York. Esta conta não era minha. Eu não assinei nada. Vá meu caro Joesley, vá gravar o golpista Temer.

Anônimo disse...

curioso mesmo é os EUA, país que combate a corrupção internacional, receber e abrigar dois elementos como esse enrolados na Justiça de outro pais...

ok, com a delação, eles se livraram "tecnicamente" de serem consideraos enrolados com a Justiça brasileira...

mas onde ficam os principios da America?

nao é de hoje que a gente nota que ha um pouco de lenda na tao propalada igualdade com que a Justiça americana trata os seus...

nao pensem que a influencia do dinheiro, do sobrenome e do poder para se livrar das penas que comumente sao aplicadas a cidadaos sem "pedigree" é coisa apenas nossa...

ha varios casos de artistas famosos enrolados na Justiça americane que nem de longe recebem as mesmas punições dispensadas aos cidadaos comuns...

de resto, o nome do iate é cafona de dar dó...

Anônimo disse...

M'ENGANA...
QU'EU GOSTO...
Os donos do acima são os mesmos que foram enquadrados na OPÇÃO PREFERENCIAL PELOS POBRES pelos chacais da ORCRIM PT, que tanto "ama" os empobrecidos das periferias e quer tirá-los das mãos dos exploradores do povo, dos burgueses, dazelites e duzamerikanu!
Why not? Porém, com os desafetos do PT, os rigores da lei, com o velho esquerdista Janot, chamado por Dilma!
Assim, junto com a vermelha TL, marretaram na cabeça dos incautos que o Ditadura Militar era repressiva e absurdos mais, enquanto eles, a DITADURA COMUNISTA, (PSDB)PT preferiam socorrer as vítimas deles e dos capitalistas sanguessugas!
Tadinhos dos irmãos Joesley Batista, tão pobrezinhos, vendendo mexirikka nos semáforos, gente, até que mereceram!
E com muitas fraudes midiáticas, os bandidos do PT chegaram ao poder e fizeram a maior pilhagem conhecida numa nação!
Enquanto isso, nos aparece o onestýcimu Mantega com uma continha mixurukka na Suíça - teria apenas U$600,000,00!
Eis aí acima a "OPISSAUM PREFERENCIAU PELUS POBRIS" prá quem não sabe dos intentos da velhaca, golpista e quadrilha organizada PT!

Anônimo disse...

Maria Lucia é fantastica. Excelente texto,Amorim.

Cactus disse...


.
É hoje o protesto, domingo, dia 4/6/17, todos diante dos principais quarteis de sua cidade, em São Paulo é no Mário Kozel Filho, no Ibirapuera, atrás da Assembéia Legislativa.
.

https://www.youtube.com/watch?v=E10Aw_Oj9rQ
.
Buzinem:
.
https://www.youtube.com/watch?v=g4N6Vlu72qw
.

Cactus disse...

.
O José Marcio arrasa com o lixo Jornal Nacional, veja por favor:
.
https://www.youtube.com/watch?v=jQFQh9DUQpM
.

Orleans Farias disse...

É por isto que esta merda de paiseco (nome correto: pocilga) não tem futuro...
Aqui na pocilga, impera o "jeitinho", "levar vantagem em tudo" e este povinho lixo que brota por aqui, é a pior da raça humana.

Ontem mesmo (sábado, 3 de junho) ia de bicicleta para dá aulas de computação em uma favela de Fortaleza, parando no semáforo (mesmo de bicicleta obedeço corretamente o Código de Trânsito), para um carro ao meu lado, cheio de petistas vagabundos (desculpem o pleonasmo) e ficaram relinchando para mim, que não havia provas contra o bandido novededos (tenho na bicicleta, uma bandeirinha com a frase "prendam o chefão e toda a quadrilha" com o desenho do vagabundo de novededos).

Se depois de tudo o que passa nesta merda de país, esta escória aainda defende os vagabundos, que futuro isto pode ter?

90% deste povinho lixo (estou sendo otimista, desconfio que é 99,99%) não presta: é preguiçoso, indolente, vagabundo, bandido mesmo e que adora um bolsa capim, principalmente o nordestino, um povo jegue, vagabundo mesmo. E eu sei o que estou falando, pois sou nordestino e não tenho nenhum orgulho disto. E foda-se os filhos da puta do politicamente correto.

Quem tiver chance e oportunidade, se mude para um País de verdade. Esta fossa moral nunca vai ter futuro.

Anônimo disse...

O MPF foi COVARDE, tanto com Lula como com o Temer. Precisou armar um conluio contra o Temer para justificar o pedido de prisão de Lula. E não sou contra o rastreamento e investigação de crimes. O que espantoso foi o MPF ter ficado calado durante os 13 anos de governo do PT. Há uma orquestração pelo poder político com viés justiceiro e de "justiça".

Anônimo disse...

A maior punição não tem que ser prisão mas o confisco de todos os bens dos estelionatários e seus laranjas desde que os ganhos patrimoniais não confiram com suas rendas. Comparar o patrimônio com o Imposto de Renda e confiscar o excesso. Isso deveria servir também e principalmente para membros da Justiça, não só do Legislativo e Executivo. A RECEITA FEDERAL TEM MUITO MAIS PODER!

Anônimo disse...

Prezado, muito sóbrio artigo e simples de se entender essa postagem. A CULTURA é formada por um conjunto de fatores. Vejo muita gente jogando seus lixos em vias públicas e córregos e reclamando da limpeza pública. Milhões não votam e outros milhões vendem seu voto e depois reclamam da política. Outros tantos furtam internet, energia elétrica e água e reclamam da política. Obrigado pelo post!

Anônimo disse...

Vou aproveitar a expressão do iate do açougueiro "Why not" (que em inglês significa "por que não?", e perguntar: por que o Janot sentou sobre os inquéritos do Renan? Por que o Janot sentou sobre os inquéritos do Collor (que inclusive chamou o Janot de "fdp")?

Anônimo disse...

Não só no Brasil, mas em todo o mundo ocidental, e por definição cristão, há um substrato de cultura religiosa que atende perfeitamente às ideologias de esquerda, aquelas em que os dirigentes de qualquer naipe - dos sindicatos à presidência da República e ao Congresso - se valem do apelo à salvação dos pobres, coitadinhos, miseráveis, despossuídos, descamisados, etc., para se manterem no topo da pirâmide social, e que me desculpem os católicos, se espelhando no estado do Vaticano. O discurso do PT e assemelhados incentiva a luta de classes (conjugada à inveja e ao ódio) pregada pelo vagabundo Marx que, enquanto gerava filhos e comia a própria empregada doméstica, era sustentado pelo ricaço Engels. Tem moral um cara desses para pregar qualquer doutrina? Mas tudo quanto é desocupado gosta e acha o marxismo o máximo, até criando partido político baseado nessa arenga do Estado pai-patrão de todos. Decorre dessa visão oportunista a situação que estamos vivendo: a Justiça protege Lula, o pau-de-arara (tornando as provas mais concretas e evidentes em indícios ou “convicções”) e os Esley açougueiros, mas o PGR cerca, acusa, “prende e arrebenta” os com diploma, bens e dentes, como Temer, Aécio e outros. Concluindo, a JUSTIÇA brasileira tem bandidos de estimação e é fã de duplas caipiras. Definitivamente, o Brasil NÃO É um país sério. (lídia)

samuel disse...

mas onde ficam os princípios da America? RESPOSTA: In the Clinton Foundation. In tne MAINSTREAMEDIA, CNN, ABC, MSBC, ...

Anônimo disse...

Vamos boicotar

EMPRESAS DO GRUPO: JBS, FLORA, VIGOR, ALPARGATAS, ELDORADO BRASIL, BANCO ORIGINAL E ÂMBAR ENERGIA.


PRINCIPAIS MARCAS DO GRUPO JBS -

ALIMENTOS: Friboi , Seara, Doriana, Swift,Pilgrim's, Maturatta, Big Frango, Bordon, Cabanã Las Lilas, Confinaça, Delicata, Do Chef, Frangosul, Hans, La Herencia, LeBon, Massa leve, Rezende, Rigamonti.

COSMÉTICOS E LIMPEZA: O, Neutrox, Albany, Francis, Hydrata, Protege, Karina, Phytoderm, Kolene, Minuano, Assim, Mat Inset, No Inset, Fluss, Brisa, Lavarte, Boa Noite.

LÁCTEOS: Faixa Azul, Amélia, Vigor, Danubio, Serrabella, Leco, Jong, Itambé (50% de participação).

CALÇADOS E ROUPAS: Havaianas, Osklen, Topper, Mizuno, Dupé, Maggashop Outlet, Sete Léguas.

Anônimo disse...

Vamos boicotar
EMPRESAS DO GRUPO: JBS, FLORA, VIGOR, ALPARGATAS, ELDORADO BRASIL, BANCO ORIGINAL E ÂMBAR ENERGIA.


PRINCIPAIS MARCAS DO GRUPO JBS -

ALIMENTOS: Friboi , Seara, Doriana, Swift,Pilgrim's, Maturatta, Big Frango, Bordon, Cabanã Las Lilas, Confinaça, Delicata, Do Chef, Frangosul, Hans, La Herencia, LeBon, Massa leve, Rezende, Rigamonti.

COSMÉTICOS E LIMPEZA: O, Neutrox, Albany, Francis, Hydrata, Protege, Karina, Phytoderm, Kolene, Minuano, Assim, Mat Inset, No Inset, Fluss, Brisa, Lavarte, Boa Noite.

LÁCTEOS: Faixa Azul, Amélia, Vigor, Danubio, Serrabella, Leco, Jong, Itambé (50% de participação).

CALÇADOS E ROUPAS: Havaianas, Osklen, Topper, Mizuno, Dupé, Maggashop Outlet, Sete Léguas.

Anônimo disse...

Ahhh essa justiça brasileira....
mais uma vez se comprova que crimes dos colarinho branco sempre passam impunes, e os ladrões pé-de-chinelo é que sempre são pegos para pagar sentença exemplar.

"Ahhh mas tem corrupto preso...."

Bem... se comparar com o que os irmãos bandidos fizeram... todos os outros viraram ladrões de galinha, de margarina de mercadinho, ladrões de meias de varal....

A mensagem que passaram é muito clara: Se for pra corromper, tem que corromper no atacado, se for para roubar, tem roubar muito... Essa é logica, se corromper meia duzia de parlamentar pega pena razoavel, porque ainda pode delatar um ou outro... agora aquele que corrompeu somente um parlamentar, esse sim vai amargar pena maxima....

Acredito que os irmãos bandidos negociaram esse acordo sem advogados, porque nesses termos os advogados teriam receio de serem pegos e virar cumplices tamanha a cara de pau dos termos, ou vendo por lado, poderia atrapalhar a jogada de mestre. (advogado entende de lei e iria conseguir uma prisao de uns 3 a 4 anos e uma progressão para prisão domiciliar).

Ou foram muito ingenuos, ou tem gente grauda envolvida e muito interessada. Está tudo muito nebuloso ainda...

Ferreira Pena disse...

Que texto maravilhoso! mas ao mesmo tempo mostra o quanto esse infeliz Brasil, tem de vagabundos instalados nos três poderes. Todos fazem parte de uma imensa quadrilha a lesar o povo. Cães danados!

Anônimo disse...

"Fachin em jantar com Joesley, o Folgadão, e Renan, que varou a madrugada? Pode isso? Não!

"Ministro tem de abrir mão da relatoria nesse caso, que nem petrolão é; sua proximidade com pessoas da J&F o desabilitam a ser um árbitro tão generoso, não é mesmo?
O Brasil já vive hoje sob uma virtual ditadura do Ministério Público Federal. Parte considerável de seus integrantes, capitaneados por Rodrigo Janot, resolveu privatizar a democracia. Parlamentar, ministro ou magistrado grampeados que expressarem uma opinião favorável ao projeto que muda a lei que pune abuso de autoridade, por exemplo, podem ser acusados pelo digníssimo Rodrigo Janot de “obstrução da investigação”. E, por favor!, não ousem nem mesmo fazer perguntas a Edson Fachin, o relator do petrolão, que homologou a delação que deu salvo-conduto para um bandido como nunca houve no país. Pois é… Ocorre que terei de fazer as perguntas:
– ministro Edson Fachin, quando apenas candidato ao STF, o senhor esteve num jantar com Joesley Batista, em Brasília, que começou por volta de 21h e só terminou às 6h do dia seguinte?;
– a esse jantar, na casa que o empresário mantém na capital, não estava presente o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que resistia à sua candidatura?;
– o senhor, por acaso, não saiu dali, de manhã, e foi direto para o aeroporto?;
– o sr. lembra o que serviram no jantar?;
– e qual foi o cardápio de conversa tão demorada?;
– ao fim do encontro, Renan já estava convencido?
Além do ridículo
Olhem, essa questão está indo além do limite do ridículo. Todo mundo sabe em Brasília que Fachin visitou o gabinete de alguns senadores, quando ainda candidato ao posto, escoltado por ninguém menos do que Ricardo Saud, que vinha a ser justamente o homem da mala da J&F. Era ele que pagava boa parte dos “benefícios” a quase 2 mil políticos, na contabilidade admitida pelo próprio Joesley.
“Está insinuando que Fachin também recebeu propina, Reinaldo?” Eu nunca insinuou nada. Quando quero, afirmo. Não tenho informação de que tenha recebido grana. Mas tenho a clareza de que a proximidade do ministro com um dos comandantes da organização criminosa o torna suspeito para seguir relator desse caso.
Mais do que isso: se Saud o acompanhou, o empresário e lobista o fez na certeza de que sua presença poderia mover a vontade dos senadores. Assim, Fachin foi obviamente beneficiado pela, digamos, inserção que a J&F mantinha no Parlamento. E foi Fachin a dar sinal verde para uma operação do Ministério Público obviamente ilegal? E foi ele a decidir, em última instância, a liberdade, sem amarras de qualquer natureza, a Joesley, o conviva da mais longa das noites?
Informação
Um grupo de deputados decidiu ingressar com um pedido na Comissão de Constituição e Justiça para que o ministro explique as suas relações com Saud. Ora, o que há de estranho nisso, considerando que este também foi um dos beneficiados por Janot e pelo ministro? É preciso, sim, cobrar detalhes dessa relação...."

Integra:
http://www2.redetv.uol.com.br/blog/reinaldo/post/fachin-num-jantar-com-joesley-o-folgadao-que-varou-a-madrugada-pode-isso-resposta-nao/