TRANSLATE/TRADUTOR

quarta-feira, setembro 13, 2017

ACUSADOS DE MANIPULAR O MERCADO FINANCEIRO OS IRMÃOS AÇOUGUEIROS AGORA ESTÃO JUNTOS NA CADEIA

Os irmãos Wesley e Joesley Batista agora dividem a cela na cadeia.
À medida em que o tempo passa os fatos vão se impondo e implodindo as narrativas construídas pela picaretagem esquerdista que infesta as redações da grande mídia. Mas não se espantem se Heródoto Barbeiro convocar tipos como Ricardo Kotcho e Nirlando Beirão para formular análises políticas na televisão. 

Ou ainda a Folha de S. Paulo publicar com ares de verdade absoluta toda aquela empulhação mentirosa e a Globo News exibir os seus comentaristas políticos com cara contrita, olhos arregalados e trejeitos variados manifestando surpresa com a operação da Polícia Federal que prendeu nesta quarta-feira mais uma penca de ladrões e corruptos que são os frutos podres que proliferaram de forma acelerada a partir do momento em que a vagabundagem esquerdista subiu a rampa do Planalto junto com Lula e seus asseclas.

Será uma quarta-feira movimentada. Segundo consta, Lula viajou a Curitiba para ser inquirido pelo Juiz Sergio Moro de automóvel. Quem sabe o jatinho de seu amigo e rei do sistema de ensino privado Walfrido dos Mares Guia está em manutenção... A opção de Lula em viajar de carro é mais um indicativo de que não tem mais condições de encarar um aeroporto e um avião de carreira. Algo que não bate com as pesquisas eleitorais.

Aliás, os ditos institutos de pesquisa deram um parada nas sondagens sobre os presidenciáveis, coincidindo com o vertiginoso crescimento da candidatura do presidenciável Jair Bolsonaro.

O noticiário político-policial está em todos os sites noticiosos. Mas transcrevo um resumo da ação da Polícia Federal do site Diário do Poder, até para ficar registrado aqui no blog:

A Polícia Federal prendeu o empresário Wesley Batista, um dos donos da J&F, na manhã desta quarta-feira (13). O executivo, irmão de Joesley Batista, é investigado em inquérito sobre manipulação do mercado financeiro, referente ao suposto lucro obtido com a venda de dólares às vésperas da divulgação da delação premiada dos executivos da J&F. A ordem de prisão preventiva, sem prazo para acabar, é da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, numa operação batizada de Tendão de Aquiles.
Ao pedir a prisão, os investigadores sustentam haver fartas provas de que Joesley e Wesley, sabendo do potencial explosivo do acordo de delação e de seus efeitos no mercado, agiram pessoalmente negociando ações do grupo e contratos futuros de dólares.
Também há outro mandado de prisão contra o próprio Joesley, que já está preso temporariamente, em outro processo, junto ao lobista Ricardo Saud, por ordem do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal.
Estão entre os investigados na operação deflagrada nesta manhã estão o diretor jurídico da JBS, Francisco de Assis e Silva, a advogada Fernanda Tórtima, contratada pela empresa, e o ex-procurador da República Marcello Miller, que integrou o grupo de trabalho montado para auxiliar o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na Lava-Jato.
A JBS, seus controladores e outras empresas do grupo são investigadas por uso de informação privilegiada. A JBS confirmou que comprou dólar no mercado futuro horas antes da divulgação de que seus executivos fizeram delação premiada. O dólar disparou no dia seguinte, subindo mais de 8%, o que trouxe ganhos a empresa.
Na investigação sobre uso de informação privilegiada pelos donos da JBS, os policiais colheram indícios de que os irmãos Batista cooptaram Marcello Miller quando ele ainda integrava o Ministério Público Federal. Pela parceria, Miller e os irmãos Joesley e Wesley Batista são investigados pelo crime de corrupção. 

4 comentários:

Anônimo disse...

Depois dos casos do Eduardo Campos e do Teori Zawaski, automóvel é mais seguro. Pelo menos tem airbag.
Vá que o Chefe resolva entregar tudo de vez e melar todo o projeto comunista pata o país!

Cavalaria Ligeira

Anônimo disse...

Nóis IJIJE que Girmar sorta nóis, ô nóis dilata ele!

Anônimo disse...

E a Globo? Ninguém da Globo vai ser preso?

José Maria Reis disse...

Vamos prender todos os criminosos!
Te cuida boi!