TRANSLATE/TRADUTOR

terça-feira, dezembro 12, 2017

A NOVIDADE DE JAIR BOLSONARO É REAFIRMAR AQUILO QUE É ESSENCIAL


O presidenciável deputado Jair Messias Bolsonaro tem razão em citar de forma insistente a importância das escolas administradas pelas Polícias Militares em diversos cidades brasileiras. Neste vídeo acima postado em sua página no Facebook as cenas e depoimentos durante a solenidade de formatura dos alunos de escola mantida pela PM em Anápolis, no Estado de Goiás, da qual o presidenciável participou na semana passada.

Quando se sabe da esculhambação em que foram transformadas as escolas e universidades brasileiras sobretudo depois dos governos de FHC, Lula et caterva, vale a pena ver este vídeo com  depoimentos de pais de alunos e o ambiente da formatura.

Ordem e disciplina não fazem mal a ninguém. Muito pelo contrário, formam cidadãos mais responsáveis, mais educados e preparados para enfrentar as vicissitudes da vida.

Entretanto, eventos como este jamais são pautados pelo jornalismo da grande mídia. Jamais serão assuntos para o dito "show da vida", da famigerada Rede Globo.

O gosto pela ordem, a organização e a disciplina é vilipendiado para dar lugar à imoralidades de toda ordem preconizadas pela ditadura "do pensamento politicamente correto" e emolduradas pela "diversidade bundalelê".

E o mérito de trazer ao conhecimento público esta realidade cabe exclusivamente ao deputado Jair Bolsonaro. E não é a primeira vez que em sua página do Facebook, onde dialoga diretamente com os brasileiros, que o presidenciável traz ao debate a questão educacional e se refere com razão às escolas mantidas pelas Policias Militares. Tanto é que Lula e seus sequazes tinham em pauta acabar com a Polícia Militar.

É a primeira vez na história política do Brasil que este assunto é exultado por um político na condição de pré-candidato presidencial, fato que comprova o estado de anarquia que tomou conta do Brasil depois que os militares entregaram o poder à turma chefiada pelo famigerado FHC. Sim, porque ele é o chefe geral da camorra esquerdista que fincou suas garras no coração do Brasil.

Não é à toa que a página do Facebook de Jair Bolsonaro deve totalizar nos próximos dias 5 milhões de seguidores. Um número e tanto se levarmos em conta os analfabetos políticos e oportunistas de todos os matizes que integram o eleitorado brasileiro, lamentavelmente.

Mas enquanto a turma comandada por FHC chafurda no lodaçal da mentira, da corrupção e da roubalheira desbragada dos cofres da Nação, a grande mídia se dedica a escarafunchar a vida pregressa de Jair Bolsonaro para tentar execrá-lo de alguma forma.

Ora, Jair Bolsonaro não é nenhum semideus, mas um mortal de carne e osso como todos nós. Sua performance incontestável ocorre justamente pelas suas propostas que mais não são que coisas tão simples, triviais e imutáveis como o dia e a noite. Que no mundo dos seres humanos existem homens, mulheres, família, filhos, estudo, trabalho e a necessidade suprema de paz e segurança.

A rigor, as propostas de Bolsonaro são compostas de pregações e reivindicações simples e normais, mas que se transformam em excentricidades pelo avanço do dito "pensamento politicamente correto" e a dita "diversidade", a filosofia bundalelê evocada pelos esbirros esquerdistas que dominam a grande mídia com a complacência dos grupos econômicos que a controlam. A esses grupos interessa muito um regime estatizante que anule a linha que divide o que é público e o que é privado.

Um bom começo para o alcance de tal desiderato é justamente o que denominam "diversidade", um conceito "camaleão", de aplicabilidade infinita de acordo com as circunstâncias. Ao lado da grande mídia está o sistema educacional como responsável pela lavagem cerebral do alunado. Menos, é claro, dentro das escolas militares.

Por tudo isso Bolsonaro se transforma em novidade, embora pregue a conservação dos principais pilares da cultura ocidental. Mas por meio da grande mídia é transfigurado e apresentado como pessoa excêntrica, de extrema direita, um maluco e coisas do gênero, embora grosso modo, uma das teses do conservadorismo é manter o que é bom e salutar e mudar o que é nefasto, desagradável e que ameaça a vida.

Em síntese, destacar a performance das escolas militares é uma forma de demonstrar que é possível mudar o Brasil e que mudança nos rumos do país passa obrigatoriamente pela educação. E não será em escolas anárquicas com salas de aula com pichações em suas paredes exultando a "diversidade" bundalelê ou em formaturas marcadas por protestos e coisas do gênero que se construirá uma Nação com paz e segurança. Os alunos de hoje serão os cidadãos de amanhã, os profissionais nas diversas áreas, os pais de família, os políticos etc.

Simples assim. Bolsonaro não inova. Reafirma e resgata o essencial.

12 comentários:

Anônimo disse...

Avante BOLSONARO! Precisamos endireitar esse país .

Antipetista disse...

A Fake News está desesperada. Estão atrás de qualquer fato que possa denegrir a imagem do Bolsonaro. Estão publicando entrevistas do deputado de 10 ou 20 anos atrás. Daqui a pouco, publicarão histórias da conduta dele durante seu curso no jardim de infância.

Anônimo disse...

Eu não gostaria de ver meu filho tendo tratamento militar, quero ensino básico de qualidade não militarizada! Homeschooling é a solução.

Anônimo disse...

Muito boa sua abordagem aluizio. Fundamental que haja espaço para se tratar dessas coisas essenciais à vida humana e que a mídia não oportuniza. Pelo menos já se fala um pouco mais bestas questões.

Anônimo disse...

A MÁQUINA QUE ELEGEU TRUMP ESTÁ CHEGANDO AO BRASIL - AGUENTEM OS TRANCOS, O CHUMBO GROSSO, ESQUERDAS!...
Trata-se da conservadora Cambridge Analytica, que ajudou Trump a ser vencedor e o Brexit se concretizar!
Doutro lado está George Soros, muito feroz, quer derrubar de todo jeito Trump pois sua empresa já perdeu mais de 1 bi de dólares após sua entrada, embora ele também esteja caçando esse vilão, quebrar seus negocios e o desbancar!
Aliás, quanto mais fuder o Soros globalista, Globostas, Globomerdas e mais imundicies contendo a bacteria virulenta "Globo" infectando a terra, melhor, evidente!

Semprte Mais do MESMO disse...

Há prazeres que fazem a "perda de tempo" valer a pena. Não que a perda de tempo os produza, mas sim o prazer de ter tentado, mesmo sem conseguir e depois saber que alguém ainda pode fazer do tempo perdido um ganho.
INFORMAÇÃO e DISCUSSÃO são o que há de mais revolucionário (no bom sentido) para se prosperar em oposição à concentração de Poder nas mãos de PULHAS. Exatamente por isso estes pulhas investem pesadamente em seu negócio: O PODER. São mestres em sua atividade e não poupam investimentos maciços em PROPAGANDA e formação de GRUPOS de AÇÃO e AGITPOPs (termo antigo p/ os "soldados" do Komitern).

ENFIM, cada vez mais vejo citações á ESPIRAL do SILÊNCIO e saber do que se trata é fundamental para entender o marketing e a política.

Lá do epoch Times:

"“A reportagem unilateral da mídia é uma característica marcante do debate sobre o clima e a energia”, escreveu ele. Isso cria o que é conhecido como uma “espiral de silêncio”. Este termo descreve a situação em que as pessoas não estão dispostas a expressar suas opiniões se os outros ao seu redor provavelmente discordam.

Darwall cita uma pesquisa do Centro de Pesquisa Pew de 2014, entre outras fontes, que mostrou que as pessoas são menos propensas a compartilhar suas opiniões quando sentem que sua visão não é amplamente compartilhada. O Pew explicou: “Uma população informada requer que as pessoas sejam expostas à informação sobre questões políticas importantes e tenham uma postura aberta para discutir essas questões com as pessoas ao seu redor.”"

Entender a manipulação de consciências seria mortal para a politicagem, seria a cremação da esquerda e suas reivindicações de poder totalitário para uma casta ou uma quadrilha de facínoras (socialistas).
É a vaidade ou desejo de honra (opinião alheia favorável sem muito a ver com a qualidade do indivíduo) a grande responsável pela manipulação dos inseguros e frustrados. Quanto mais inseguro sobre o próprio valor, mais será MOLDÁVEL pela propaganda e por alegações tanto quanto mais sentirá necessidade de PERTENCER A UM GRUPO em seu velho ASINUN ASINUS FRICAT.

Anônimo disse...

Bom dia, Aluízio Amorim. Encontrei o vídeo em que os juízes do STF aceitam a denúncia feita pela deputada Maria do Rosário contra Bolsonaro. No vídeo, o ministro Marco Aurélio não aceita a denúncia e diz que a tal deputada chamou Bolsonaro de estuprador, primeiro. É interessante. Você pode colocar este vídeo no blog.
https://youtu.be/KwxqI5h7GQM

Marcelo Rodrigues Cunha disse...

O pronunciamento covarde e ilegal do pilantra gilmar mendes ficará gravado nos anais vergonhosos das cortes supremas da República. O beiçola golpista, pau mandando que é,trabalha pra livrar lula da 2 instância mas tenta cassar desesperadamente a candidatura do Mito. O TSE já se pronunciou, não é campanha antecipada! Mas os golpistas encapados do STF e TSE tramam contra a vontade do Povo que dará a vitória no 1 turno pra Jair Bolsonaro!

Anônimo disse...

gostaria de lembrar aos leitores que gilmar mendes esta na surdina montando uma força tarefa para sensurar a internet com a desculpa de combater a fake news..fake news saõ as midias atuais..se puder compartilhar e invesdigar essas informaçoes eu agradedeço

Anônimo disse...

A esculhambação alcançou tal nível que, sim serão necessárias escolas publicas geridas por militares para disciplinar quem quer estudar. Eu estudei em escola publica ao tempo que os professores eram respeitados, época que toda a classe se levantava e saudava a entrada do professor na sala.....Notem que não era uma escola militarizada.E preciso que o Brasil sofra um freio de arrumação para que voltemos ao tempo em que sim, tinham "escolas militares" e escolas publicas não militares funcionando a contento.

Gasparzinho disse...

Aluízio,

"Simples assim. Bolsonaro não inova. Reafirma e resgata o essencial."

O que nunca devia ter deixado de ser!

Gasparzinho disse...

Homeschooling é a solução.
Aluízio, se o pai é drogado, a mãe prostituta, o irmão pederasta a criança assistirá a tudo ficando dentro de casa.
Já temos petistas que chega. O que temos de comunistas está de bom tamanho.
Ou Escolas Militares ou vá pra Cuba ...