TRANSLATE/TRADUTOR

domingo, dezembro 17, 2017

GLOBALISMO, O CABULOSO PROJETO DE DESTRUIÇÃO DA CULTURA OCIDENTAL QUE A GRANDE MÍDIA OCULTA.

Já me referi inúmeras vezes em meus textos sobre a importância daquilo que denominamos “conceito”,  ou seja, a representação mental de um objeto abstrato ou concreto, que se mostra como um instrumento fundamental do pensamento em sua tarefa de identificar, descrever e classificar os diferentes elementos e aspectos da realidade. 
Grosso modo essa possibilidade de raciocínio intelectual nos é proporcionada em primeiro lugar pela escola por meio da alfabetização. Nem todos, no entanto têm vocação para filosofar. Neste aspecto, a denominada "grande mídia", o conjunto dos meios de comunicação podem cumprir - eu disse podem - uma função complementar que é revelar o que certas palavras querem dizer. 
Portanto, os meios de comunicação têm uma função pedagógica poderosa capaz de alcançar inclusive os analfabetos, como no caso da televisão. 
Mas os meios de comunicação sempre foram uma faca de dois gumes. Tanto podem operar com base nos “fatos” como também podem resvalar para a nefasta pregação “ideológica”. Lamentavelmente esta última opção tem prevalecido. É o que se denomina de “aparelhamento da mídia”.
E em decorrência desse aparelhamento a grande mídia se tornou uma máquina de lavagem cerebral, principalmente por sonegar as informações mais relevantes ou seja, aquelas que podem mudar o curso da história e que têm impacto direto sobre a vida de todos nós.
Por exemplo, fora alguns veículos de mídia dos Estados Unidos, o termo “globalismo” não é jamais aventado e/ou debatido pela mainstream media, embora seja um conceito crucial para entender certas coisas que estão acontecendo, dentre elas a mais brutal: o desmanche da civilização ocidental.
O único intelectual brasileiro que trouxe para o debate o conceito de globalismo foi o jornalista, escritor e filósofo Olavo de Carvalho, que atualmente vive nos Estados Unidos. E foi através de seus escritos que tive a oportunidade de descobrir e começar a entender o que vem a ser “globalismo”.
A  propósito, neste domingo, Olavo citou em sua página no Facebook uma matéria do site norte-americano WND sobre o globalismo a partir de uma entrevista com um dos notáveis experts nos assunto, o professor Ted Malloch (Theodore Roosevelt Malloch).

Fiz uma tradução do texto original em inglês auxiliado por ferramenta de tradução e meu modesto conhecimento do idioma. Leiam:
A LIBERTINAGEM OPRESSIVA NO LUGAR DA LIBERDADE, DA SEGURANÇA E DA PAZ.
Ted Malloch explica como os globalistas operam. 
Ted Malloch atuou no conselho executivo do Fórum Econômico Mundial. Ele desempenhou um cargo de nível de embaixador nas Nações Unidas. Trabalhou em mercados de capitais internacionais em Wall Street e ocupou cargos de alto nível no Departamento de Estado dos EUA.
Então ele entende o globalismo porque ele costumava viver e trabalhar entre os globalistas. E durante uma aparição recente no The Alex Jones Show, ele explicou a forma como os globalistas operam.
"Até certo ponto, eu diria que se você quer entender o globalismo, você precisa obter os rumos espirituais, as correntes subjacentes espirituais no globalismo, que não é apenas relativista, mas é um divórcio, um grande divórcio, da religião e de qualquer noção de que existe um Deus que existe ou que você pode conhecê-lo pessoalmente", explicou Malloch, autor de" Davos, Aspen e Yale: My Life Behind the Elite Curtain as global sherpa".
Observando a baixa porcentagem de europeus ocidentais que seguem mais alguma tradição religiosa, ele acrescentou: "Eles gostariam de mover o resto do mundo para longe de seu leito tradicional, de suas culturas tradicionais, de suas escrituras tradicionais".
O objetivo é substituir essas tradições por tudo o que os globalistas querem que as pessoas acreditem.
"Quem será responsável então? Burocratas não eleitos que chamamos de "especialistas" - na verdade não são especialistas - que defendem o resto da população o que querem fazer ", disse Malloch. "E não há democracia deixada no final, não há fé no final. Há apenas um estado monolítico cinza".
As pessoas estão enganadas se acreditam que os globalistas querem mais diversidade, de acordo com Malloch. Afinal, se gostassem da diversidade, adotariam as diferenças entre os países europeus. Mas eles só querem homogeneizar a Europa e torná-la de "uma cor de cinza", nas palavras de Malloch.
Quer saber por que Trump ganhou, o que ele representa e onde ele vai levar o país a partir daqui? Obtenha as respostas de um conselheiro de campanha Trump em Theodore Roosevelt Malloch's "Hired: An Insider's Look at the Trump Victory", disponível no WND Superstore.
O antigo insider globalista acredita que é importante ensinar aos alunos sobre a civilização ocidental, para que sua memória não seja submersa.
"No caso da Europa, eles realmente perderam o contato com seu ethos fundamental, seu ethos cultural inteiro, os fundamentos da civilização ocidental, que na verdade é grego-romana, judaica-cristã", lamentou. "Eles perderam ...
"É o lugar onde toda a inovação foi centrada, onde a tecnologia começou, onde tínhamos a base da economia, o fundamento da lei - todas essas coisas estavam enraizadas na cultura ocidental."
Não só os globalistas querem atacar os pilares da civilização ocidental, mas eles são "radicalmente contra a família", de acordo com Malloch.
"Atualmente, existem 17 líderes de países europeus e da União Europeia que não têm filhos", revelou. "O que isso lhe diz?"
No entanto, Malloch vê a esperança no horizonte à medida que os movimentos nacionalistas brotam em toda a Europa.
"Eu acho que vemos esse movimento na Europa agora", disse ele. "É muito forte na Europa Oriental, obviamente, é muito forte na Grã-Bretanha. Existem elementos em todos os países europeus. Penso que as eleições europeias estão provando isso, o provarão no próximo ano na Itália. Todos esses países estão voltando para a própria nação ... O mundo está se afastando desta Nova Ordem Mundial de volta a uma ordem que tem mais a ver com os Estados e tem a ver com as localidades nacionais ".
É claro que a eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos indicou que muitos americanos também estavam cansados ​​do globalismo e estavam prontos para retornar ao primeiro nacionalismo da América. Malloch explicou o significado e as implicações da vitória histórica de Trump em seu livro "Contratado: um olhar de um insider sobre a vitória Trump".
Malloch acredita que o mundo mudará ainda mais radicalmente para o nacionalismo nos oito anos do mandato de Trump - e sim, ele acredita firmemente que Trump será reeleito.
"O mundo inteiro está mudando para realinhar-se com a presidência de Donald Trump ...". Acho que estamos numa nova manhã para a América, mas vai ser uma viagem acidentada, e o resto do mundo vai ter que aprender a viver com o presidente Trump".
No entanto, os globalistas não sairão sem uma briga, alertou Malloch. Eles ainda são grandes atores no cenário mundial, com vastos recursos à sua disposição. Malloch espera que eles tentem trabalhar por meio de organizações internacionais para alcançar seus objetivos, mas dado que Trump tirou os EUA de muitas dessas instituições, Malloch espera que as organizações sejam descompactadas e deslegitimadas.
No entanto, a batalha entre o globalismo e a soberania nacional se enfurecerá, sem um fim real à vista.
"Esta é uma batalha em curso; Isso é algo que vai durar ao longo de nossas vidas ", disse ele. "Não é um episódio de curto prazo, então precisamos estar preparados para fazer isso". Do site World Net Daily - WND - Click Here to read in English

16 comentários:

Anônimo disse...

e conta com a ajuda de filosofos de araque, que nada mais sao do que pessimos escritores de livro de auto-ajuda para gente de cabeça vazia...

um desses ai, muito famoso, chegou a comparar os guerreiros de Sparta, que lutaram contra um exercito islamico inteiro, com aqueles safados terroristas que destruiram as torres gemeas matando centenas de inocentes...

o filosofo de araque queria que considerassemos aqueles facinoras terroristas como herois, assim como a "cultura ocidental" retrata seus guerreiros...

o pensamento do sujeito é de uma vagabundice digna de dar pena, afinal, todos estariam apenas defendendo seus "pontos de vista"...

e isso passa na tv sem nenhuma contestação...

Anônimo disse...

aqui na Europa, igrejas cristãs, tanto catolicas como protestantes, só servem pra atração turistica, ou sao transformadas em cafés, livrarias e bibliotecas...

enquanto as mesquitas se proliferam e atraem uma multidao.....para rezar e cultivar sua fé!!!

a Europa ja era...

é uma questao de tempo...de pouco tempo...

os islamicos vao fazer os europeus espertos engolirem aquela tal "particula de Deus" que eles tanto procuram atraves da ciencia...

Anônimo disse...

GLOBALISMO-ANARQUISMO-RELATIVISMO-ESCRAVAGISMO-CASTRISMO-KIMJONGUISMO-COMUNONAZIFASCISMO- SATANISMO = IDEM!
PARA COMEÇAR, OS ESQUERDISTAS DEFENSORES DE CUBA E MAIS CURRAIS COMUNISTAS NEM A FÉRIAS VÃO LÁ, ASSIM COMO À COREIA DO NORTE E A MAIS "PARAÍSOS" MARXISTAS! ETC!
"Sprica" a gente o porque de idolatrarem tantos esses calabouços e eles mesmos chacais vermelhoas nem um mero passeiozinho lá, nem aqui, pertinho, na vizinha e pogrecysta Venezuefavela?
Né Xico Bruaco, Caitano, Jiuberto Jiu, Lula e bando de quadrilheiros e outros vermelhos?
Contem prá gente qual país deu certo até hoje, a não ser para os donos da mafia comunista!
Votou em partidos de esquerdas = deu asas pra esses vadios e vampiros nos sequestrarem!

augusto disse...

Quando começar a ser ventilado que não se trata de política, irão surgir vários especialistas no assunto.
"Pois não é a homens que enfrentamos, mas as autoridades, os poderes, as dominações deste mundo de trevas, os espíritos do mal que estão nos céus.
Revesti, portanto, a armadura de Deus, a fim de que no dia mau possais resistir e permanecer firmes em tudo. De pé, portanto! Cingi os vossos rins com a verdade, revesti-vos com a couraça da justiça e calçai os vossos pés com a prontidão em anunciar o Evangelho da paz.

Tomai o escudo da fé, o qual vos permitirá apagar todas as flechas ardentes do Maligno. Tomai, enfim, o capacete da salvação e o gládio do espírito, isto é, a Palavra de Deus. Com preces e súplicas de vária ordem, orai em todas as circunstâncias, no Espírito, e vigiai com toda a perseverança, intercedendo por todos os santos." (Carta de São Paulo aos Efésios (Ef 6,12-18)

Alexandre, The Great disse...

Além disso caminhamos a passos largos para mais uma mega crise econômica mundial. E dessa vez os Bancos Centrais não irão socorrer, o dinheiro como o conhecemos perderá o valor e o FMI irá impor uma "nova ordem econômica". Acontece a cada 10 anos aproximadamente e a última foi em 2008 com a crise sub prime dos EUA.

Antipetista disse...

Tenho para mim que, cedo ou tarde, todo o mundo se curvará ao globalismo, incluindo os EUA. Todavia, precisamos lutar para atrasar ao máximo tal processo, elegendo pessoas-chave contrárias a esse ideal. Aqui no Brasil, um desses nomes chama-se Jair Bolsonaro. Por isso, terá o meu voto.

Anônimo disse...

Muito bom Aluísio. Grata.
Penso que, na logística desta batalha, os globalistas tendo perdido a maldita hegemonia da narrativa de verdade e o comando nos Usa ,as neo mentiras, seu campo de atuação está sendo a América do Sul, mais ativamente. Aliás não de hoje,vieram cercando o terreno desde há umas três décadas, infiltrando políticos, fakejornalistas, comentaristas pagos e enaltecidos por premiações fajutas como se validando suas tão importantes opiniões culturais, intelectuais; estes que escrevem em jornais como Globo, Folha, e outros que fazem parte do projeto Syndicate, mídias compradas para o fomento de propaganda.

Direcionam afirmações de agendas para um público conduzido a decidir sobre questões e fazer um consenso baseado em pilares fabricados com falsas noticias e interpretações. Acho que isso é claro para todos nós.
Sinto diferentemente quanto ao conceito de nacionalismo.Não percebo seja o nacionalismo o levante original da rejeição ao globalismo e sim o discurso que o ornamenta. Sabemos como a agenda globalista quer destruir o núcleo de amor, a família. Quer destruir o elo que o anima mesmo a amar, a sentir, quer destruir a ânima individual.

Ao voraz ataque que sofremos e a divulgação destas agendas, feitas por nós, demonstrando como os fatos são explicativos deste intento destrutivo que se espalhou entre quase todo os setores, inclusive o religioso, no seio mesmo das famílias e seus costumes dignos,de modo geral, outra denominação demos ao conceito da grande família sendo atacada e este é o termo nacionalismo. Pode ser que para uma União Européia isso faça mais sentido. Aqui a tradução mais aproximada é auto defesa, quando nosso Brasil se transforma em um chiqueirinho de Cuba, com seus agentes infiltrados aqui.Se pesquisamos por imagem no Google, vemos grandes ditadores amiguinhos da esquerda democrata americana e até de alguns republicanos, sorridentes ao lado de Fidel , em tempos idos.Jimmy Carter, e investigando a historia brasileira , as garrinhas de Rockfeller nos negócio naiconais. Não querem que sejamos uma nação, por que uma nação ama, está junta, se protege junta e perfaz um conteúdo que domina um país que é um território no qual já tem seus grandes feudos minerais, bancários, politicos, empresariais e claro, midiáticos.Quando cada vez mais pessoas se inteiram deste conteúdo, evidentemente a tramóia salta aos olhos e indigna o coração, e o que nos querem é sem ânima/o, sem coração.Nos querem a morte psicológica.Por tal a massiva campanha de calar nossas legitimas auto expressões com fake news para sermos papagaio de piratas. Delegarmos ainda mais nosso pensar e decidir aos tais "guias" para a câmara de gás metafórica mas não menos mortal. Globalismo é sim um 4.Reich. Soros e seus iluminattis estiveram por detrás do nazismo e seu 3.reich. O Globalismo e a NOva Ordem é um 4 Reich. Até quando poderão continuar a agir com a humanidade, ceifando seu grande e amorável potencial de criação e maravilhosa expressão, sem a sabotagem intencional destrutiva, só O divino pode saber e permitir.Até quando está sendo a palavra do dia, destes tempos.
Tudo tem um começo meio e fim e este é um fim de ciclo.
Tenho maravilhosas esperanças de que a humanidade se livre destes feitores insensíveis.Que ela possa aprender o seu próprio valor, pois que sem ele,torna-se mais ainda vulnerável àqueles que se acham acima dos demais.Que possa ouvir-se coletiva e individualmente, pois assim estes senhores serão relegados ao que são de fato: nada

Marcelo Rodrigues Cunha disse...

Lutaremos pra que o nosso Brasil também acorde desse profundo pesadelo comuno-globalista e que reate firmemente sua ligação com a cultura Cristã Judaico-Greco-Romana deixando de vez o veneno do africanismo e indigenismo. Quanto mais nos afastarmos da nossa matriz Ocidental mais vamos chafurdar na miséria e barbárie.

Anônimo disse...

as pessoas cansaram de ver os burocratas barrigudos da ONU imporem medidas que no fundo arrasavam com a sua cultural local...

a ONU é uma das maquinas mais malévolas que ja foram inventadas...

uma verdadeira fabrica de aberrações onde ditadores e facinoras de toda ordem discursam livremente como se ilustres democratas fossem...

Anônimo disse...

“No entanto, os globalistas não sairão sem uma briga, alertou Malloch. Eles ainda são grandes atores no cenário mundial, com vastos recursos à sua disposição”.
O maior de todos os recursos desses seres bestiais tem vários nomes e são os seguintes:
Gado, idiotas úteis, massa de manobra, inteligência de rebanho e etc.
É graças aos idiotas úteis que os psicopatas e suas ideologias sempre tiveram grande influência na Raça Humana.
A mente da massa de manobra é um terreno fértil para tudo que é anti humano.
Quando a semente (ideologia maligna) cai em boa terra (a mente dos idiotas úteis), dá uma colheita de cem, sessenta e trinta por um.
Eis as raízes de todos os males da Raça Humana, a idiotia e a afinidade com a maldade.
Jr

Anônimo disse...

bye, bye esquerda no Chile!!!!

a esquerda chorosa que ainda vive resmungando os tempos da ditadura (essa gente so consegue viver no passado) levou uma sova de urna...

vamos fazer a nossa parte: é Bolsonaro!

Ultra 8 disse...

O COMUNISMO,TEM SUA ORIGEM NO TALMUD BABILÔNICO...

SÃO OS JUDEUS OS PAIS DO COMUNISMO...

GEORGE SOROS É UM JUDEU QUE COLABORA COM MILHÕES DE DÓLARES,ONGS CHEIAS DE CRISTÃOS IDIOTAS ÚTEIS PARA QUE DESTRUAM A CULTURA O POVO E A TECNOLOGIA OCIDENTAL.

O OCIDENTE CRISTÂO É MUITO BURRO PARA RECONHECER ESTA REALIDADE,E OS SIONISTAS,USAM ALEX JONES,PARA ESCONDER O ÓBVIO.

ALGUÉM JÁ VIU ALGUMA MATÉRIA DE ALEX JONES FALANDO DOS CRIMES PRATICADOS PELOS JUDEUS NA PALESTINA???

A SABER,TODOS OS PRIMEIROS MINISTROS DO "DEMOCRÁTICO" ESTADO DE ISRAEL,FORAM E SÀO,EX TERRORISTAS...

ESTÁ DADA A PISTA,AGORA,É SÓ BOTÁ-LOS NA CADEIA!

A GLOBO,PROPRIEDADE DE JUDEUS,COLABORA PARA DESTRUIR A FAMÍLIA CRISTÃ.ALGUMA DÚVIDA????!!!!!


Rogério disse...

E quando ficarem em dúvida sobre algum assunto polêmico não se esqueçam de escutar ou assistir o "especialista da Globo" de plantão.

Anônimo disse...

Você parece ser um esquerdista infiltrado!
Não existe um povo chamado de palestino, esse nome é uma criação esquerdista que só apareceu depois de 1948.
Israel é a única democracia naquela região é bastante desenvolvido, tecnologia avançada, medicina, agricultura e etc.
A base do desenvolvimento ocidental é a cultura Judaica Cristã.
Leia a Bíblia é você conhecerá . Deus e Israel

Anônimo disse...

Um dia existirá o governo mundial, isso é uma profecia bíblica mas vamos resistir para que isso não aconteça nos nossos dias e nem nos dias de nossos netos.

Veja o que a Bíblia fala sobre o governo mundial que virá nos fins dos tempos:

Apocalipse 13:08,16 e 17

8 Todos os habitantes da terra adorarão a besta, a saber, todos aqueles que não tiveram seus nomes escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a criação do mundo.

16 - Também obrigou todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, a receberem certa marca na mão direita ou na testa,

17 - para que ninguém pudesse comprar nem vender, a não ser quem tivesse a marca, que é o nome da besta ou o número do seu nome.

Anônimo disse...

Os planos da Nova Ordem Mundial é colapsar o sistema financeiro mundial, e criar uma moeda única para todo o planeta.A fraude do Bitcon e outras que estão a surgir, fazem parte deste plano nefasto. Vejam o filme, o Sr. Aaron Russo foi convenientemente suicidado.

https://www.youtube.com/watch?v=DOIRMZeAEXs