TRANSLATE/TRADUTOR

quinta-feira, dezembro 07, 2017

ISRAEL, CAPITAL JERUSALÉM. MAIS UMA DECISÃO FUNDAMENTAL DO PRESIDENTE DONALD TRUMP EM DEFESA DO OCIDENTE.



Como não poderia deixar de ser a grande mídia nacional e internacional voltou a endoidar. Está inconformada com o desempenho do governo do Presidente Donald Trump, que inclui suas recentes vitórias no Congresso como o corte nos impostos, além da decisão da Suprema Corte ter validado a decisão do governo Trump de colocar um fim na invasão de imigrantes ilegais. 
E, para coroar essa torrente de bonança que leva ao pé da letra seu slogan de campanha "Make America Great Again", o Presidente Donald Trump anunciou uma medida que estava na gaveta desde 1995, o reconhecimento da Jerusalém como a capital de Israel.
Tanto é que o português socialista secretário-Geral da ONU, António Guterrez, endoidou, como endoidaram seus asseclas dessa mega ONG esquerdista, embora tenha sido a própria ONU que oficializou a criação do Estado judeu na memorável Assembléia em 14 de maio de 1948.
O site Tradutores de Direita, em cima do lance, traduziu com legendas em português o momento em que o Presidente Donald Trump anunciou a boa nova, para júbilo do povo judeu e o desespero da esquerdalha comandada pelo chefete da ONU, o capataz-mor dos globalistas decididos a destruir a cultura ocidental.
Transcrevo a anotação dos Tradutores de Direita:
"No dia 23 de outubro de 1995, o Congresso americano aprovou o Jerusalem Embassy Act que determina a mudança da embaixada americana de Tel Aviv para Jerusalém. Nenhum presidente, desde então, teve coragem para cumprir essa lei. Isso mudou hoje.
Em decisão histórica, nesta quarta-feira (6), o presidente Donald Trump cumpriu uma de suas grandes promessas de campanha e reconheceu, oficialmente, Jerusalém como a capital do Estado de Israel. Trump orientou o Departamento de Estado a iniciar o processo de mudança da embaixada americana de Tel Aviv para Jerusalém. O deslocamento de mil funcionários do corpo diplomático em Tel Aviv não será imediato, pois requer a construção de novas instalações para a nova embaixada. Jerusalém já é a sede do Legislativo e do Judiciário israelense."
Note-se, como se diz na gíria que o "buraco e mais embaixo", vindo a calhar um artigo super especial do site Gatestone, assinado pelo jornalista Jean Patrick Gumberg que passa a limpo a história fajuta da dita "palestina". Recomendo muito que leiam o artigo completo que transcrevo logo abaixo. Noto, todavia, que postagem com este conteúdo os estimados leitores não encontrarão em nenhum veículo da grande mídia.
Como podem notar tenho me dedicado a oferecer aos estimados leitores justamente essas informações que por incrível que pareça jamais são pautas da grande mídia. Este é o viés editorial deste blog. O objetivo é conceder aos leitores o sagrado direito de obter informação em vez de proselitismo esquerdista barato. Esta, aliás, é a principal tarefa do jornalismo verdadeiro onde a acurácia ocupa o lugar de destaque supremo. A postagem é meio longa, porém essencial para avançar no conhecimento da realidade dos fatos que são sonegados por uma imprensa dedicada a promover a deletéria doutrinação em massa por meio do velho esquema do "marxismo cultural". Leiam:
QUANDO FOI CRIADO O “POVO PALESTINO”?
O GOOGLE TEM A RESPOSTA.
Por Jean Patrick Gumberg (*)
Tradução: Joseph Skilnik
Em um editorial do Guardian de 1º de novembro de 2017, antecedendo o 100ºaniversário da Declaração Balfour, o presidente da Autoridade Palestina (AP), Mahmoud Abbas, pediu à Grã-Bretanha que "peça desculpas" pelo século de "sofrimento" que o documento, segundo ele, trouxe ao "povo palestino". Abbas reiterou as reivindicações que vem fazendo desde 2016, para justificar uma surreal ação judicial que ele ameaça ingressar contra a Grã-Bretanha por ela apoiar a "criação de uma pátria para um povo (judeu), afirma ele, "resultando na desapropriação e perseguição contínua de outro".
"Palestinos" eram os judeus que viviam juntamente com muçulmanos e cristãos em uma terra chamada Palestina, que estava sob administração britânica de 1917 a 1948.
Todos aqueles que nasceram naquele território durante o período do mandato britânico tinham o termo "Palestina" carimbado nos passaportes. Acontece que os árabes ficavam ofendidos quando eram chamados de palestinos. Eles reclamavam: "não somos palestinos, somos árabes. Os palestinos são os judeus".
Bernard Lewis explica:
"Com o surgimento e disseminação de ideologias pan-árabes, os palestinos começaram a fazer questão em afirmar que eles eram árabes, não sírios do sul. Ao longo do período remanescente do mandato britânico e por muitos anos depois disso, as organizações palestinas se autodenominavam árabes e manifestavam sua identidade nacional em termos árabes, não em termos palestinos, nem em termos sírios".
Quando Israel declarou a independência em 14 de maio de 1948, os exércitos de cinco países árabes se uniram para destruir no berço a incipiente nação judaica. Após serem derrotados, uma parcela de árabes locais que haviam fugido da guerra queriam voltar, mas eram considerados quinta coluna não sendo portanto permitida a sua volta. Os árabes leais permaneceram em Israel durante a guerra e seus descendentes ainda estão em Israel, representando hoje um quinto da população do país. Eles são conhecidos como árabes israelenses. Eles têm os mesmíssimos direitos dos judeus, com a exceção de que não são legalmente obrigados a servirem o exército. Eles podem se voluntariar a servir se assim o desejarem.
Os árabes israelenses têm seus próprios partidos políticos. Eles são membros do Knesset (Parlamento de Israel) e trabalham em todas as profissões. A moral da história é ou deveria ser: não comece uma guerra a menos que esteja preparado para a derrota, como aconteceu recorrentemente com os árabes de Israel e com seus vizinhos em 1947/1948, 1967 e 1973.
A propósito, o território mantido pelo Mandato Britânico da Palestina como fiel depositário para os judeus, inicialmente incluía todas as terras que hoje pertencem ao Reino da Jordânia, que teve sua independência concedida em 1946 como Reino da Transjordânia.
Menos de uma semana após a publicação do artigo no GuardianOmar Barghouti, incitador das investidas de hoje de destruir Israel por meio do sufocamento da economia, ecoou Abbas em um artigo publicado na revista Newsweek, dizendo que a Declaração Balfour é "uma tragédia para o povo palestino".
O mesmo sentimento foi manifestado no final de setembro em uma palestraproferida por Rashid Khalidi − Edward Said Professor of Modern Arab Studies at Columbia University − no Centro Hagop Kevorkian de Estudos do Oriente Médio na cidade de Nova York: a Declaração Balfour "lançou um agressão que já dura um século contra os palestinos visando implantar e promover esta pátria nacional, mais tarde Estado de Israel, às suas custas..."
As alegações de Khalidi assim como as de Abbas e Barghouti são falsas. Antes da criação do Estado de Israel em 1948 não havia "palestinos". Conforme declaração do proeminente historiador e especialista libanês/americano sobre o Oriente Médio, Philip Hitti, em seu depoimento perante a Comissão de Inquérito Anglo-Americana de 1946: não existe essa coisa de Palestina na história, de jeito algum".
Os autores Guy Millière e David Horowitz analisaram detalhadamente a matéria no livro de 2015 Comment le peuple palestinien fut inventé ("Como o povo palestino foi inventado"), ilustrando que o propósito do embuste é o de "transformar uma população em uma arma de destruição em massa contra Israel e o povo judeu, para demonizar Israel e para fornecer ao totalitarismo e ao antissemitismo formas de agir".
A manobra deu certo, por um tempo funcionou bem acima das expectativas. O termo "palestinos" foi usado no mundo inteiro, inclusive em Israel, para se referir aos árabes que vivem na Cisjordânia e em Gaza. Muitas vezes o termo é empregado também para se referir aos árabes com cidadania israelense. A narrativa segundo a qual os judeus expulsaram os árabes ao estabelecerem um estado contradiz integralmente os fatos.
Quais são esses fatos? Quando foi, na realidade, criado o "povo palestino"? Usando simplesmente o Google Ngram Viewer se tem a resposta.
Ngram é um banco de dados que mostra a frequência que uma expressão aparece em livros publicados entre os anos 1500 a 2008. Quando um usuário insere o termo "povo palestino" e "estado palestino" na barra de pesquisa Ngram, ele percebe que o termo começa a aparecer somente em 1960.
Na carta datada de 2 de novembro de 1917 enviada a Walter Rothschild, líder da comunidade judaica da Grã-Bretanha, o Ministro das Relações Exteriores, Lord Balfour, salienta:
"O governo de Sua Majestade encara favoravelmente o estabelecimento na Palestina de um lar nacional para o povo judeu e empregará todos os seus esforços no sentido de facilitar a realização desse objetivo, entendendo-se claramente que nada será feito que possa atentar contra os direitos civis e religiosos das coletividades não judaicas existentes na Palestina (itálico adicionado), nem contra os direitos e o estatuto político de que gozam os judeus em qualquer outro país".
Para completar, além do Ngram, também há as palavras do líder da OLP, Zuheir Mohsen, que em entrevista concedida em março de 1977 ao jornal holandês Trouwc ressaltou:
"O povo palestino não existe. A criação de um estado palestino é apenas um meio para continuar a nossa luta contra o Estado de Israel em nome da unidade árabe. Na realidade, hoje não há nenhuma diferença entre jordanianos, palestinos, sírios ou libaneses. Somente por razões políticas e táticas falamos hoje sobre a existência de um povo palestino, uma vez que os interesses nacionais árabes exigem que postulemos a existência de um povo palestino distinto para se opor ao sionismo.
"Por razões táticas, a Jordânia, que é um estado soberano com fronteiras definidas, não pode reivindicar Haifa e Jaffa, ao passo que como palestino, posso indubitavelmente exigir Haifa, Jaffa, Beer-Sheva e Jerusalém. No entanto, no momento em que resgatarmos o nosso direito sobre toda a Palestina, não demoraremos sequer um minuto para unirmos a Palestina e a Jordânia". 
(*) Jean Patrick Grumberg é jornalista do site de notícias de língua francesa Dreuz.

32 comentários:

Anônimo disse...

a esquerdinha esta tendo ataques apopleticos...

reunioezinhas de emergencia pra ca, reunioezinhas de emergencia pra la, e estao todos feito barata tonta com a chapuletada desferida por Trump na dita "comunidade internacional", que é so um ajuntamento de gente que quer mandar no mundo...

o argumento ridiculo dessa gente é que a medida ira provocar a ira dos palestinos e islamicos em geral...

ok, palestinos e islamicos nao poderiam entao conviver com um reves, tudo teria de ser feito sempre para agrada-los para obtermos essa "paz" maravilhosa da qual o mundo desfruta...

nos longos 8 anos de desgoverno Bobama, os palestinos foram adulados como nunca...

e nao foi suficiente para que esse pessoal sequer aceitasse Israel como nação, que dirá deixa-los em paz...

Antipetista disse...

E vem mais por aí, globalistas. O cara está só no primeiro ano de mandato e ainda restam sete anos à frente da White House. Próximo passo: eleger mais alguns senadores para poder dominar também o Senado e, aí sim, botar abaixo todas as pautas esquerdistas do partido Democrata, como o Obamacare. Make America Great Again!

Anônimo disse...

QUANTA DIFERENÇA DE TRUMP COM OBAMABUNDÃO!
São 2 extremos: enquanto aquele prestigia a ordem e a harmonia, esse traste Obamerda marxista e islamita contempla é a anarquia e o inferno!
Doravante, com Trump reeducando as mentes para a real democracia, proibindo malucos do Islã entrando nos EUA, não mais a DITADURA COMUNISTA, dificilmente um do PT americano, um do PARTIDO DEMOCRATArado voltará à Casa Branca, antes, CASA VERMELHA, dos lá chamados de LIBERALS!
Botem banca com Trump e Israel, árabes, vamos lá, encarem!
Até os atentados diminuiram e Trump está duro também contra as drogas!

Anônimo disse...

Fundo de George Soros sai de Santander e compra Itaú-Unibanco
Fonte:https://exame.abril.com.br/mercados/fundo-de-george-soros-sai-de-santander-e-compra-itau-unibanco/
Posição em AmBev, Net e Vale também foram vendidas; Petrobras, excluída em julho, não voltou à carteira do fundo americano
Por Mirela Portugal
access_time 16 nov 2010, 17h20
more_horiz

George Soros, milionário administrador do Soros Fund Management (Getty Images/ David McNew/EXAME.com)
São Paulo – O mega investidor americano George Soros, lenda do mercado financeiro e administrador do Soros Fund Manegement LLC, parece ter adotado a cautela como sua principal estratégia para o Brasil: AmBev (AMBV3), Santander Brasil (SANB11) e Net (NETC4) tiveram sua posição diminuída no fundo durante o terceiro trimestre deste ano, informa comunicado ao mercado submetido ontem (16) à SEC (Securities and Exchange Comission), reguladora do mercado de ações americano.
No caso da Net, a fatia administrada pelo Soros Fund foi diminuída de 26.600 papéis para 12.700. Já os ADRs da AmBev e do Santander foram excluídos da carteira. O otimismo de Soros ficou reservado para o Itaú-Unibanco (ITUB3) e (ITUB4), único avanço do megainvestidor em companhias brasileiras, com a compra de 8.800 papéis no período.
O fundo também diminuiu em 1,4 milhão de dólares suas apostas em ações da Vale. A posição foi reduzida de 121 mil para 75 mil papéis da mineradora. Segundo o documento oficial, o Soros Fund vendeu 46 mil ADRs da Vale durante o terceiro trimestre deste, cada ADR era negociado ontem a 32,38 dólares.

Petrobras continua fora
O recuo do megainvestidor no Brasil se faz sentir numa outra ausência significativa do portfólio: as ADRs da Petrobras, excluídas do fundo no segundo trimestre, não voltaram a fazer parte dos investimentos. A Petrobras era a empresa com a maior fatia em sua carteira antes da venda, operada em meio ao clima de instabilidade gerado pela megacapitalização recente da petrolífera, a maior já realizada pelo mercado de ações no mundo.
À época, as ações da estatal sofriam o impacto da chuva de recomendações negativas e incertezas geradas pelas condições da capitalização, que incluíram o temor pelo preço salgado da cessão onerosa (direito de exploração de 5 bilhões de barris de petróleo dos poços da área do pré-sal).

Quem trocou a TV Colosso pela Fátima Bernardes?
Por Alexandre Borges*
Fonte:https://www.tercalivre.com.br/colosso-fatima-bernandes/
Se você não sabe quem trocou a TV Colosso pela Fátima Bernardes, aqui vai uma dica.

vejahttps://www.tercalivre.com.br/colosso-fatima-bernandes/

Conheça os bilionários mais jovens da América Latina
http://www.newsamericasnow.com/meet-latin-americas-youngest-billionaires/
https://www.forbes.com/profile/ana-lucia-de-mattos-barretto-villela/


3: Alfredo Egydio Arruda Villela Filho

Alfredo Egydio Arruda Villela Filho pertence a uma das famílias bancárias mais antigas do Brasil.
Alfredo Egydio Arruda Villela Filho, 47, é o irmão de Ana Lucia de Mattos Barretto Villela. Ele também pertence a uma das famílias bancárias mais antigas do Brasil e é o maior acionista individual da Itausa, holding do banco. Alfredo é formado em engenharia mecânica. Ele está no conselho de Itausa, Itaú-Unibanco, Itautec, Elekeiroz e Duratex. Com sua irmã, Ana Lucia, Alfredo apoia o Instituto Alana, uma organização sem fins lucrativos que cofundaram em São Paulo em 1994 para promover educação e cultura para crianças. Seu valor líquido é colocado em US $ 1,78 B, tornando-se a # 1.098 pessoa mais rica do mundo.

Ana Lucia de Mattos Barretto Villela, 43, é o bilionário feminino mais jovem do Brasil.
4: Ana Lucia de Mattos Barretto Villela
Ana Lucia de Mattos Barretto Villela, 43, está entre os membros de baixo perfil de uma das famílias bancárias mais antigas do Brasil e o bilionário feminino mais jovem do Brasil.
Seu bisavô fundou o Itaú, um dos maiores bancos do Brasil, que se fundiu com o Unibanco em 2008 para formar o Itau-Unibanco, o maior banco não estatal da América Latina.

Anônimo disse...

os Gagágonistas estao enlouquecidos...

estao la dizendo que foi uma burrada de Trump transferir a embaixada porque despertou os animos dos bandoleiros do Hamas...

era so o que faltava os EUA medirem suas politicas pelo nivel de reação desses terroristas...

entao ficamos assim: moldemos o mundo ao gosto da terroristada para que eles nao nos explodam nos metrôs, nos trens, nao nos atropelem nas ruas...

os Gagágonistas pregam a covardia e submissao ao terrorismo islamico em troca da uma vidinha mediocre e subalterna...

desde que o gagágonista frances possa ir na padaria da esquina em Paris comprar a sua baguete de 30cm sem ser atropelado por um terrorista islamico, ele acha o mundo uma maravilha...

Trump deveria ter mantido a embaixada em Tel Aviv para que o gagágonista italiano possa comer a sua pasta a "alla puttanesca" sossegado...

Anônimo disse...


Off topic
QUALQUER FACULDADE PÚBLICA QUE A PF FOR INVESTIGAR VAI ACHAR A MESMA COISA. SE FOR NAS DO RJ O NÍVEL DE DESVIOS DEVE ESTAR IGUAL AO DOS GOVERNOS CARIOCAS. A UFRJ e UFF devem estar do mesmo jeito.
É isso que "professores e intelectuais" fazem além de militar para o PT e reclamar que as verbas são poucas


Operação Torre de Marfim
Mirando contratos de R$ 300 milhões, PF volta à UFSC
Operação apura aplicação irregular de verbas públicas destinadas a pesquisas
http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=92936854874

PF faz operação contra desvio de dinheiro em obra do Ministério da Justiça e da UFMG
Desvios teriam ocorrido por meio de pagamentos a fornecedores sem relação com o objetivo do projeto e de bolsas de estágio e de extensão, diz Polícia Federal
https://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2017/12/06/interna_gerais,922419/pf-faz-operacao-contra-desvio-de-dinheiro-em-obra-da-ufmg.shtml

Anônimo disse...

Partido NOVO e João Amoedo: o banqueiro que criou um partido para chamar de seu
João Amoedo, criador do Partido Novo, enxerga a política como um mercado, seu partido como uma empresa e os filiados do Novo como seus funcionários.

Cansado de ganhar milhões no mercado financeiro (é um dos banqueiros donos do Grupo Itaú), resolveu investir na política.
(...)
João Amoedo, criador do Partido Novo, enxerga a política como um mercado, seu partido como uma empresa e os filiados do Novo como seus funcionários.

Cansado de ganhar milhões no mercado financeiro (é um dos banqueiros donos do Grupo Itaú), resolveu investir na política.
https://www.areuniao.com/single-post/2017/06/13/Partido-NOVO-Liberal-si-pero-no-tanto-e-seu-criador-Jo%C3%A3o-Amoedo-o-banqueiro-que-criou-um-partido-para-chamar-de-seu-parte-01

Fonte:https://exame.abril.com.br/mercados/fundo-de-george-soros-sai-de-santander-e-compra-itau-unibanco/





Conheça os membros do Conselho de Administração do Itaú BBA:

Presidente
Roberto Egydio Setubal

Vice-presidentes
Alfredo Egydio Setubal
Candido Botelho Bracher

Conselheiros
Antonio Carlos Barbosa de Oliveira
Caio Ibrahim David
Eduardo Mazzilli de Vassimon
Henri Penchas
João Dionísio Filgueira Barreto Amoêdo
https://www.itau.com.br/itaubba-pt/sobre-o-itau-bba/quem-somos/estrutura-organizacional

Anônimo disse...


PMDB, o verdadeiro partido comunista raiz

(...)

A esquerda na época era dividida em duas. A que lutava com armas e a que não lutava. Esse último grupo era composto por aqueles que foram exilados e os que ficaram no Brasil e fundaram o MDB em 65.
(...)
https://www.areuniao.com/single-post/2017/06/02/PMDB-o-verdadeiro-partido-comunista-raiz

CRIAS DO MDB
O sociólogo e professor da USP Fernando Henrique Cardoso (à esq.) ingressou na carreira política pelo MDB (Movimento Democrático Brasileiro), partido de oposição ao governo militar. Em 1978, foi candidato ao Senado pelo partido, mas perdeu as eleições e se tornou suplente do senador Franco Montoro (MDB). Em 1988, FHC participa da fundação de um novo partido, o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira). Por ele se torna presidente da República em 1994, reeleito em 1998.

José Sarney foi presidente do Diretório Nacional da Arena, partido que apoiava o governo militar. Na foto tirada em 1979, Sarney ocupava o cargo de senador pelo Maranhão. Quando o Brasil volta a ter um sistema multipartidário, Sarney se filia ao PDS (Partido Democrático Social). Em uma aliança com o PMDB, aparece como vice na chapa que tem Tancredo Neves como candidato à Presidência do país. Com a morte de Tancredo, torna-se presidente em 1985

Em 1978, Renan Calheiros, que atualmente é senador e presidente do Senado, foi eleito deputado estadual de Alagoas pelo MDB, partido de oposição ao regime militar. Após a aprovação do multipartidarismo, Calheiros será filiado do PMDB. Na foto tirada em 1990, o deputado era líder do governo no Congresso Nacional

Durante a ditadura, Jader Barbalho foi eleito vereador, deputado estadual e deputado federal pelo MDB, partido de oposição ao governo militar. Com o início do multipartidarismo, Barbalho migra para o PMDB.

Durante a ditadura, Pedro Simon foi deputado estadual do Rio Grande do Sul pelo MDB (partido de oposição ao governo militar). Na foto tirada em 1987, Simon (à direita) era governador do Rio Grande do Sul. Na imagem está também o então governador do Estado de São Paulo, Orestes Quércia
https://educacao.uol.com.br/album/2014/02/14/conheca-os-politicos-que-fizeram-oposicao-e-os-que-apoiaram-a-ditadura.htm#fotoNav=10

Anônimo disse...

Os Palestinos têm todo o direito sobre suas terras, a Philistia, ou seja a faixa de Gaza: a cidades Khan Yunes, Gaza, Askelon e Asdode. Os Judeus têm todo o direito sobre a Cidade de Jerusalém.

Anônimo disse...

Yasser Arafat, extremista, Nobel da Paz e líder da OLP não passava de um lacaio da KGB da antiga União Soviética segundo consta do livro "Desinformação" do Cel. Ion Mihai Pacepa. A história tem sempre três lados a saber: o meu, o seu e o verdadeiro. Portanto, o mantra "Você foi, é e será enganado" continua valendo.

Índio/SP

Anônimo disse...


O NOVO JÁ NASCEU VELHO

Rogério Chequer, do Vem Pra Rua, vai se candidatar a deputado federal pelo Partido Novo, diz a Folha de S. Paulo.

No Brasil os mecanismos usados para manipular a sociedade e levar milhões de pessoas para as ruas são denominados como "movimentos de rua". Funcionam quase como uma organização recebendo verbas de partidos, de políticos e principalmente dinheiro da Open Society de George Soros. Um dos lideres destas organizações se chama Rogério Chequer do movimento "Vem Pra Rua". Tratado como “referência nacional” pela mídia brasileira, Rogério Chequer enfrenta processo nos EUA – país onde vivia até poucos anos atrás. O jovem foi sócio de um bilionário listado pela Forbes e teve seu nome revelado em arquivo secreto do Wikileaks. Chequer é apresentado como líder da moralidade e está acostumado a posar ao lado de políticos como José Serra e FHC.

Chequer vivia, até poucos anos atrás, nos Estados Unidos. Lá era sócio de uma empresa chamada Atlas Capital Manegement, que geria fundos de investimentos junto com David Chon e Harry Kretsky. Apenas um dos fundos, o Discovery Atlas Fund (do qual Chequer também era sócio), tinha US$ 115 milhões (R$ 360 milhões) em ativos”, conta Brito. As informações são do site Institutional Investitor.

Chequer consta na lista da empresa de inteligência global Stratfor (também chamada de CIA of Shadow) – o arquivo foi vazado pelo Wikileaks, que teve acesso a mais de 5 milhões de e-mails confidenciais da empresa. Rogério Chequer aparece no arquivo identificado com a companhia “cyranony”. Seu nome está na 13ª linha do arquivo, que pode ser baixado diretamente do site do Wikileaks. São ainda misteriosas as razões que fizeram Chequer abandonar uma aparente vida empresarial de sucesso nos Estados Unidos para regressar ao Brasil. É sabido, porém, que ele foi o líder dos atos anti-Dilma é continua réu em um processo na Corte Distrital do estado americano de Connecticut, aberto em 2012 pelo seu ex-sócio Robert Citrone (dono da Discovery Atlas), um bilionário que integra, inclusive, a lista dos homens mais ricos do mundo da Forbes.

Olavo de Carvalho, uma espécie de cardeal conservador chamou Chequer às falas. Pelo Twitter, Carvalho ironizou o líder do Vem Pra Rua, referindo-se a ele como “Chequer Semfunds”, “Talão de Chequer” e como alguém adepto à “paumolice tucana” (referência ao fato de o grupo ser ligado ao PSDB). O astrólogo estava insatisfeito porque Chequer e o Vem Pra Rua não haviam ainda assumido posições mais incisivas em defesa do impeachment da atual presidente. O pupilo de FHC procurou então o jornal O Estado de S.Paulo para anunciar publicamente que ele e o Vem Pra Rua dariam sustentação oficial aos pedidos de impeachment.

Outro movimento bancado por Soros e pelo PSDB é o MBL de kim kataguiri visto em uma foto segurando uma arma, usando um boné da CUT e vestido com uma camisa da União da Juventude Socialista. Kim trabalha junto com Chequer nas redes sociais com Posts contra o PT e levam milhões de incautos para as ruas com mensagens persuasivas de movimentação. Kim trabalha para FHC e para os tucanos, recebe dinheiro do PSDB e da Open Society de Soros. O MBL é uma farsa, assim como o Vem Pra Rua. São instrumentos da esquerda socialista fabiana para manipular e controlar a sociedade civil. Ambos levaram milhões de enganados para as ruas para defender o sistema (impeachment) e não ataca-lo como deveria. A doutrinação é tanta que se percebe a euforia desenfreada estampada nas caras da ignorância.
https://pt-br.facebook.com/1397388943838943/photos/a.1397392750505229.1073741828.1397388943838943/1873653452879154/?type=3

Anônimo disse...

DOSSIÊ COMPLETO: A FARSA POR TRÁS DOS MOVIMENTOS DE ESQUERDA E DA “NOVA DIREITA” FINANCIADOS POR GEORGE SOROS
http://www.libertar.in/2015/07/dossie-completo-farsa-por-tras-dos.html

Leitor do blog disse...

Palestino no oriente médio= Yanomami na América do Sul.

Anônimo disse...

Off topic
LEMBRAM DISSO? DIZEM QUE O HELICÓPTERO MUDOU DE DONO. MAS, COINCIDENTEMENTE A ATIVIDADE CONTINUA A MESMA. A PF continua trabalhando, mas sempre encontram algum "erro" em sua atuação para manter os responsáveis soltos. Cliquem no link e vejam a matéria completa e os vídeos.

https://www.gazetaonline.com.br/noticias/policia/2017/12/dono-de-sitio-onde-helicoca-pousou-no-es-e-preso-com-presidente-da-tiva-1014110263.html


Dono de sítio onde "helicoca" pousou no ES é preso com presidente da Tiva

O destino da droga apreendida nesta quarta - avaliada em 17 milhões de dólares - era a Espanha


HELICÓPTERO DE COCAÍNA

Em novembro de 2013, a Polícia federal apreendeu um helicóptero com 445 kg de cocaína em um sítio de Brejetuba. O helicóptero pertencia à empresa Limeira Agropecuária, cujo dono é o ex-deputado estadual e atual secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Gustavo Perrella, cargo atrelado ao Ministério do Esporte. Perrella alegou à Justiça que o piloto Rogério utilizou o helicóptero sem sua autorização. O secretário foi inocentado. As quatro pessoas presas em flagrante ao pousar um helicóptero, incluindo Elio, respondem pelo crime em liberdade.

O piloto da aeronave, Rogério Almeida Antunes, o copiloto Alexandre José de Oliveira Júnior e outras duas pessoas acusadas de serem os interceptadores da droga, Everaldo Lopes Souza e Robson Ferreira Dias, cumpriram cinco meses de prisão em regime fechado.

Anônimo disse...

UM INTEGRANTE DO MP CONFIRMA AQUILO QUE TODO MUNDO SABIA. AQUI OS PALHAÇOS SOMOS NÓS.

Manoel Pastana: “O Ministério Público Federal foi aparelhado para proteger o PT”
http://www.defesanet.com.br/ghbr/noticia/27880/Manoel-Pastana--%E2%80%9CO-Ministerio-Publico-Federal-foi-aparelhado-para-proteger-o-PT%E2%80%9D-/

Manoel do Socorro Tavares Pastana é Procurador Regional da República da 4ª Região. Com 55 anos, o paraense nascido em uma família pobre da Ilha do Marajó é autor do livro autobiográfico “De Faxineiro a Procurador da República”, que, além de narrar sua vida, também expõe bastidores da cúpula do poder no Brasil. Pastana deve lançar um novo livro em breve, sobre o mandato de Rodrigo Janot na Procuradoria Geral da República. Nesta entrevista, Pastana fala sobre sua vida, o Judiciário e detalha o aparelhamento do Ministério Público pelos procuradores “tuiuiús”, protagonistas nos últimos 15 anos na instituição.
(...)
Está dizendo que, durante 15 anos, o Ministério Público foi aparelhado?

Para proteger o PT. Claro. Veja só: o Gurgel foi o primeiro colocado da lista. Teve menos votos do que na eleição anterior, mas continuou sendo o primeiro por conta desse pagamento aí. Bom, só que a Dilma não estava a fim de reconduzi-lo, não. Tanto que ficou quase um mês sem Procurador-Geral. Sabe o que ele fez? Arquivou aquele inquérito do Antonio Palocci (ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil) quando descobriram o patrimônio dele?. O Gurgel deu uma canetada, arquivou e mandou cópia para Dilma no mesmo dia que ele promoveu o arquivamento. No outro dia, a Dilma reconduziu ele. Isso é um exemplo típico de como funcionava essa nomeação.
(...)
E o processo 2474, do Mensalão?
Está no Supremo, sob segredo de Justiça. Nisso aconteceu o seguinte: o Antonio Fernando, procurador que fez a denúncia do mensalão, foi o segundo que veio depois do Fonteles. O Fonteles aparelhou o MPF para proteger o PT. Nós temos independência. Ninguém manda o que a gente tem que fazer. Só que, no caso criminal, só o Procurador-Geral da República pode processar o presidente da República. Então, o inquérito criminal está com ele.
(...)
No que isso resultou?

Sabe o que o Fonteles fez para evitar esse tipo de coisa? Criou um serviço de inteligência dentro do Ministério Público Federal. Sabe quem era o chefe? O Rodrigo Janot. Naquela época, as denúncias que apareciam do governo petista eram pequenas ainda, eram poucas. Por isso eles usavam a corregedoria para pegar a gente que era independente para intimidar. Só que quando apareceu o Mensalão, divulgado pela imprensa, então eles pararam com essa história de perseguir procurador. Aí usaram a estratégia da atuação de faz-de-conta. Por exemplo, como eu tenho independência para atuar, mas quero proteger alguém, mando instalar um inquérito mas não faço diligências que sei que vão atingir o cara. Você controla a investigação. Por exemplo: você sabe que o cara tem dinheiro no banco, você jamais vai pedir a quebra do sigilo bancário dele.. Vai pedir todas as outras diligências, menos aquela que sabe que vai atingir o cara. Foi assim que o Antonio Fernando fez. Antes do Mensalão, a primeira atuação de faz-de-conta protegeu o hoje ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Ele era acusado de ter mandado não sei quanto bilhões para o exterior, entre outras coisas...
Acesse o link acima e leia tudo.

Anônimo disse...

e a imprensa brazuquinha, como esperado, ja começou os seus serviços de desinformação...

Trump so mudou uma embaixada de lugar...

a palestinada esta botando pra quebrar e, como de costume, seu lider ja berrou por intifada e violencia, cujo gosto por uma algazarra geral impressiona...

mas a culpa é do Trump, claro...

a palestinada é contemporanea dos judeus, estao todos la ha mais de 3000 anos...

os judeus construiram uma democracia e um país desenvolvido tecnologicamente e militarmente...

ja o outro lado...well, ha gente que vive como ha 3 mil anos atras...

nem sequer conseguiram estabelecer um processo de paz entre eles proprios, ja que, como mostrou o atentado no Egito, os islamicos explodem os proprios islamicos...

é como aconteceu nos abrigos de refugiados da Alemanha...

alem de abrigar esse pessoal, ainda era preciso separa-los por vertentes do islamismo, porque os conflitos ja tinham começado entre eles mesmos...

apostar no paquidérmico "processo de paz" exaltado pelo chatérrimo Guga Chato, da Bobonews, era simplesmente apostar no nada, porque efetivamente nao se avançou um milimetro sequer nas ditas negociações...

era so enxugar gelo mesmo, que foi o que Bobama e Killary, com a sua politica idiota de "Smart Power", conseguiram durante os longos 8 anos em que trabalharam para deixar o mundo mais inseguro...

foi debaixo das barbas desses dois que o terrorismo islamico passou a ser urbano e a atacar cidadaos comuns indefesos...

antes, era praticamente coisa de filme, como no caso do WTC...

agora ele te pega na rua, na calçada, na escola do teu filho...

Anônimo disse...




...durante 15 anos, o Ministério Público foi aparelhado para proteger o PT. http://www.defesanet.com.br/ghbr/noticia/27880/Manoel-Pastana--%E2%80%9CO-Ministerio-Publico-Federal-foi-aparelhado-para-proteger-o-PT%E2%80%9D-/


Biografia - Cláudio Fonteles ( O PROTETOR GERAL DA REPÚBLICA BOLIVARIANA DO PT)

Tomou posse no cargo de Procurador-Geral da República, em 30 de junho de 2003, para um mandato de dois anos. Foi indicado para o cargo pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em 5 de junho. No dia 18 de junho, foi sabatinado pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, que aprovou seu nome por unanimidade. No dia 24 de junho, a indicação foi aprovada pelo plenário do Senado. Fonteles, também, foi o mais votado na lista tríplice informal composta pela Associação Nacional dos Procuradores da República, tendo sido escolhido por 68% dos votantes. Exerceu o cargo de procurador-geral da República até 29 de Junho de 2005.
http://www.mpf.mp.br/pgr/institucional/procurador-geral-da-republica/galeria-dos-ex-pgrs/galeria/biografia-de-claudio-fonteles

DEFINIÇÃO DO MP NA CRFF/88
O artigo 127, caput, da Constituição Federal de 1988 conceitua:

O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbido-lhe a defesa da ordem jurídica, do Regime Democrático De Direito e dos interesses sociais e individuais indisponíveis (BRASIL, Constituição Federal, 05 de outubro de 1988).

BONITO, POMPOSO, MAS É SÓ. NÃO PASSA DE LETRA MORTA.

Anônimo disse...

Por ser evangélico entendo que Jerusalém pertence de fato a Israel. Também reconheço que o Trump tinha mesmo que pagar uma promessa de campanha, mas que mexeu em um vespeiro, isto ninguém pode negar. O meu medo é que o Bolsonaro resolva fazer a mesma coisa, aí correremos o risco de termos explosões aqui no Brasil.

Sebastião

Anônimo disse...

LIBERTÁRIOS?!!! EM QUE SENTIDO? NÃO SE DEIXE ENGANAR.AS ESQUERDAS TEM VÁRIAS "PELES" PARA TE ENGANAR. CUIDADO!

Todo marxista floreia seu discurso com palavras como “liberdade”, “igualdade” e “democracia”. Mas, como já dizia o saudoso (e ex-comunista) Paulo Francis, a melhor propaganda anti-comunista é deixar um comunista falar. Neste vídeo, alguém que se identifica como um “socialista-libertário”* toma uma invertida épica e é forçado a admitir aquilo do que se trata o socialismo: a institucionalização do roubo e a legitimação da inveja. [*A tempo, o emprego do termo “libertário” aqui nos EUA é confuso. “Libertário” é comumente associado ao que, no Brasil, descreveríamos como um liberal minarquista (pessoas que defendem a existência de umA Estado mínimo). Entretanto, o termo também pode ser usado para se referir a anarco-capitalistas. Nos EUA, é incomum o uso do termo “libertário” para descrever um anarquista de esquerda (um comunista, em sua essência), mas o fato é que, nos dois lados do espectro econômico – tanto entre capitalistas como socialistas –, há pessoas que se identificam como libertários.
https://www.youtube.com/watch?v=8XO2P-vjCGk

A Esquerda Libertária: Livre mercado & anti-capitalismo, um ideal desconhecido

Por Sheldon Richman [*]

http://tradutoresdedireita.org/a-esquerda-libertaria-livre-mercado-anti-capitalismo-um-ideal-desconhecido/

Anônimo disse...

Uffa. Os coluios e conspirações são tantos que não imagino como ainda nao viramosuma Cuba. Isso pq o Brasil é realmente rico. Anônimo que acrescentou tão preciosas informações. Isto é um estudo, até para podermos denunciar em materias que possamos inserir estas informações. O antagonista, é uma maneira de jogar no ventilador estas falcatruas bananeiras.O blog deste caríssimo á nós todos, Aluísio Amorim, vem se solidificando como um ninho de boas informações.Gratidão é pouco. Mas também um convite para serem ativistas cibernéticos das verdades jogadas na cara, que desanuviam as nuvens negras que pairam sobre o Brasil e drenagem do pântano por informação compartilhada.Zapeando( como gosta de dizer Aluísio, vejo como o brasileiro anda ávido de informações qualificadas e busca no youtube compartilhar , perguntar,, pesquisar, saber em suma. veiculam também suas importantíssimas atividades lá? Seria muito bom. Vejo canais de pessoas que adotam posturas e ativismos sem saberem ao certo, os bastidores do que defendem.Todos nós fizemos , fazemos e faremos se não nos informarmos milimetricamente. É uma grave conspiração da oligarquia dominante e não de ultimamente's'. Boa proteçãoe , bençãos e inspirações a nós todos que zelamos pela Verdade.Suas opiniões, caros comentaristas e dono do Blog, precisam de mais olhos nelas.

Anônimo disse...

Trump fez o que aos corações atentos é corretíssimo. No velho tabuleiro de cartas marcadas onde ninguém parecia ganhar exceto aqueles donos do tabuleiro, esta tacada fez um strike nas hipocrisias e inverdades.
O novo jogo será, de que lado alguém realmente está.Ninguém mais em cima do muro. Ótimo constatar, como desde a criação de Israel, esta decisão não era tomada e se observarmos o porque, verificamos quem eram afinal certos presidentes americanos, fazendo parte do mesmo pântano que Trump está drenando.Estes Rothchilds fedem, e fazem parte do pântano, sempre foram com outros, o sinistro governo secreto nos USa e hoje UE, que fomentaram as atrocidades que os alternativos blogs expôem com facilidade, e estarem infiltrados em Israel com seu sionismo demonstra sério comprometimento para a Paz. Eles querem a destruição de todos, não só dos judeus que parecem apoiar. São dracos e a estes Jesus se referiu como sinagoga de Satanás. Agora, por que a Jordânia não os quer?a este povo que se autonomina palestinos? Pq os árabes não os querem? os sauditas? Pq são assim um restolho rejeitado, e não fazem por menos por serem belicosos, mas pq são belicosos? Nenhum povo com o mínimo de inteligência e concertando para a paz não usufruiria das tecnologias israelenses que estão transformando desertos em campos cultiváveis e externam suas tecnologias pelo mundo colaborando, compartilhando-as, e no entanto querem destruir Israel. É só o que querem e nada nem ninguém os fará pensar diferente.A Onu coalhada de anti judeus, fazendo o diabo contra Israel, e agora o parceiro Mor americano se posicionando oficialmente, deflagará uma reorganização de posicionamentos. A maioria contra Israel, claro.Há algum tempo, postei um link :

http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/21857/40-paises-muculmanos-se-unem-para-formar-maior-alianca-militar-da-Terra-Declarou-Mohammed-bin-Salman-lider-saudita-Reuniremos-nossas-capacidades-militares-financeiras-politicas-e-de-inteligencia
40 países muçulmanos na maior aliança militar, Aluísio, considere isto se quiserem marchar contra Israel? Gog e Magog. E Israel profetizada como pedra de tropeço para nações? Serão esmagados os outros, não Israel.
Peço desculpas se minhas considerações e associações não estiverem corretas, mas estudando e pesquisando de diferentes fontes até agora é o que consegui considerar. Que a águia proteja não só Israel, mas também o Brasil, sua zona de reserva, da Otan, das garras do dragão instalado na UE.Oremos.
Eliana

Finish them! disse...

Aproveitando o embalo...

Hoje a República Checa seguiu os Estados Unidos anunciando que também reconhece Jerusalém como a capital de Israel. Mais à tarde o Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, idem...

Anônimo disse...

Quanta defesa apaixonada de Israel!

Israel é projeto dos globalistas sionistas e maçons Rothschilds, Rockfellers, et caterva para a dominação mundial. Façam uma singela pesquisa na internet e verão quem são os donos das finanças, política, armamentos, tecnologia, entretenimento; e por quem a ONU foi cooptada.

Os supremacistas judeus: http://en.metapedia.org/wiki/Jewish_supremacism

https://www.youtube.com/watch?v=Zw9EhjyU3JU&bpctr=1512684650

O sionismo Rothschild:

http://www.rense.com/general96/dicke.html

Cactus disse...

.
O Cabo Daciolo arrasa com a farsa do rombo da previdência:
.
https://www.youtube.com/watch?v=kgfjDJyyWro
.
Este é o Garotinho acabando com a farsa do rombo da previdência antes de ser preso.
.
https://www.youtube.com/watch?v=jvTePEw6eyQ
.
só errou no quesito diferença de idade para homens e mulheres, tudo tem que ser igual, ninguém deve possuir mais benefício do que outros. Não aceitamos injustiças.
.
Aliás, dizer que mulher tem jornada dupla é uma tremenda mentira.
Conheço muitos homens que moram só e limpam a casa e conheço muitas mulheres que nunca pegaram em uma vassoura. Muitas mulheres possuem empregada em casa, lavar uma louça nunca foi
jornada dupla. E não interessa o que se faz em casa, cada um com os seus problemas, aliás, ali nada se comprova.
.

Aluizio Amorim disse...

O maior problema da humanidade é a burrice. E não tem cura. Infelizmente.

CAÇADOR DE DEBILOIDE disse...

EI, CACTUS OU CELSIUS!!
VC ACREDITA EM PAPAI NOEL TAMBÉM OU SÓ EM TERRA PLANA E DISCO VOADOR ESCONDIDO NO POLO SUL??
SE VC ACREDITA MESMO NO NOEL QUEM NÃO ACREDITA TAMBÉM É ADORADOR DO CAPETA??

Anônimo disse...

Defesa apaixonada sim senhor. Por que? Porque somos judaico cristãos , seguimos nossas Escrituras, nossa fé, e confiamos nas palavras escritas no Rolo do Livro da Vida. Se há Roths' Rocks em tudo que é tramóia porque não haveria também na política de lá? No entanto os globalistas da Onu Rockfeller, espremem Israel e o humilham de todos os modos até tirando a cidade do dominio israelense. Enquanto isso, são o povo judeu, sempre perseguido, que se protege das bombas que os mesmos Roths e Rocks financiam dos dois lados da parada. Antes, porecisamos compreender que o que estes querem é acabar com a raça humana em uma guerra nuclear. Antes de qualquer coisa é isso.Por tal não dá para se olhar somente de uma perspectiva desconsiderando as inserções globalistas ou somente as considerando. Veremos o desfecho para a humanidade. Que seja o melhor para todos nós.

Anônimo disse...

manchete la do Globo agora mesmo:

"Empregos crescem mais ainda nos EUA, e salarios sobem"

nem a propria midia esquerdista jumenta esta conseguindo esconder os feitos de Trump, espantem-se, em PROL DOS EUA...

fizeram uma manchete pequena, que é bem a cara deles, mas nao conseguiram deixar de noticiar...

quando um presidente governa para o seu país, e nao fica de quatro para o que a tal "comunidade internacional" acha ou deixa de achar, o resultado é esse ai...

e se conseguisse levar de volta para os EUA a industria americana que foi levada para a China, Vietnam, entre outros, bombaria mais ainda de emprego...

e quando os americanos forem informados de quanto dinheiro economizaram nao tendo mais que financiar aquele covil de barrigudos desocupados da ONU, ficarão mais entusiasmados ainda e nao vao mais querer passar nem perto daquela joça onde seus burocratas passam dia apos dia maquinando em como controlar a vida das pessoas...

Ultra 8 disse...

O PLANO É ESTE,A MAÇONARIA JUDAICA COLABOROU PARA ISTO...

TRUMP ESTÁ DANDO UMA MÃOZINHA!O TÍTERE DOS SIONISTAS FAZENDO SEU TRABALHO...

A NOVA ORDEM MUNDIAL ESTÁ PRÓXIMA!!!

A CARTA DE ALBERT PIKE É FAKE?NÃO!

Albert Pike supostamente terá recebido uma visão, cuja qual foi descrita pelo próprio numa carta endereçada a Giuseppe Mazzini, com data de 15 de Agosto de 1871. Nesta carta estão descritos os traços gerais para a criação de três guerras mundiais cujas quais seriam necessárias para trazer a Nova Ordem Mundial.

Esta carta esteve em exposição por um breve período de tempo no British Museum Library de Londres em 1925, de acordo com o Cardeal Caro y Rodriguez de Santiago do Chile, cujo qual a transcreveu e posteriormente a publicou no seu livro “The Mistery of Freemasonry Unveiled”.

No entanto, o museu nega a existência de tal documento.

A CARTA...

"A Primeira Guerra Mundial deve decorrer de forma a permitir que os Illuminati derrubem o poder dos Czares da Rússia e garantir que esse país se torne um bastião do comunismo ateísta. As divergências causadas pelos agentes Illuminati entre a Alemanha e a Inglaterra serão usados para fomentar esta guerra. No final da guerra, o comunismo será criado e usado de forma a destruir outros governos e ainda para enfraquecer as religiões.”

“A Segunda Guerra Mundial deve ser fomentada por forma a tirar vantagem das diferenças entre os Fascistas e os Sionistas políticos. Esta guerra tem de surgir de forma a que o Nazismo seja destruído e o Sionismo político se torne forte suficiente para instituir um Estado soberano de Israel na Palestina.
Durante a Segunda Guerra Mundial, o comunismo internacional tem de se tornar forte suficiente de forma a contrabalançar a Cristandade, o qual deverá então ser refreado e contido em cheque, até ao momento em que nós voltaremos a necessitar dele para o derradeiro cataclismo social.”

“A Terceira Guerra Mundial tem de ser fomentada de forma a tirar vantagem das diferenças causadas pelos agentes Illuminati entre os Sionistas políticos e os líderes do mundo Islâmico. Esta guerra tem de ser conduzida de forma a que o Islã (Mundo Árabe Muçulmano) e o Sionismo político (Estado de Israel) se destroem mutuamente. Entretanto as outras nações, mais uma vez divididas nesta matéria serão constrangidas a lutar até ao ponto de completa exaustão física, moral, espiritual e econômica. Nós iremos então libertar os niilistas e os ateus, e então iremos provocar um formidável cataclismo social em que em todo o seu horror mostrará claramente a todas as nações as consequências do ateísmo absoluto, origem de selvajaria e agitação sangrenta.

Então por todo o lado, os cidadãos, obrigados a se defender eles próprios contra as minorias revolucionárias, irão exterminar esses destruidores da civilização, e a multidão, desiludida com o Cristianismo, cujos espíritos ficarão a partir desse momento sem compasso ou direção, ansiosos por um ideal mas sem saber para onde direcionar essa adoração, irão receber a verdadeira luz da manifestação universal da doutrina pura de Lúcifer, trazido finalmente aos olhos do público. Esta manifestação será resultado de um movimento reacionário geral no qual se seguirá a destruição da Cristandade e do ateísmo, ambos conquistados e exterminados ao mesmo tempo.”

K G disse...

Desde 2015 posto isso nas redes sociais, com posters sobre os Tuiuiús, mas o povo não estava nem aí! Se tivessem investigado, talvez tivessem agido!

Anônimo disse...

Ultra 8, sabem e esperam os cristão por um resgate.O resgate dos céus. Os que militam pela causa da guerra, do globalismo, do comunismo e outras aberrações desumanas, são os maiores equivocados e auto roubados, é, estão roubando a si mesmos do verdadeiro ser que eles próprios são. Isso é um mistério que só uma Revelação cristã pode outorgar. Nem uma judaica, nem uma islamista, nem uma de qualquer outra. Jesus quando disse_ Eu sou é o Caminho, A Verdade e a Vida, deixou uma dica/sinal/marca no caminho, importante para todos, mas só encontrariam aqueles que o seguissem verdadeiramente. Infelizmente grande parte dos cristãos delegaram aos padres, ao Papa, ao Vaticano, aos pais de santo, aos monges, aos aiatolás( no caso do Islã ) ou sei lá mais o que, a responsabilidade pessoal de encontrar a Verdade, Seguir seu Caminho e encontrar o Cristo em Si mesmos. As traduções de significado são amplas e distintas mas todas dizem que Jesus virá.Virá como se " Estarei convosco até que os séculos se completem"> Ele Não foi, Ele Está. É um modelo baseado na consciência, a verdadeira identidade de cada um de nós, nascidos humanos , habitando um corpo de biologia cujo dna é terrestre mas somos algo que temos de descobrir, antes, temos de relembrar. A diferença da Luz intelectual de Lúcifer e a de Cristo é o Amor em nossos corações. Por tal, a diferença de atitudes no mundo demonstra quem é joio e quem é trigo. O resgate é este. O resgate é uma consciência que está lá além da mente. Está no perceber, no sentir, no interior de cada um.
Agora, quem de fato irá herdar um mundo decadente , segundo a profecia que citou? senão aqueles que fizeram escolhas equivocadas?Os mundos estão já separados. Mas a ceifa vai começar. Foram mais que 2000 anos de cristianismo, e muita deturpação de significados inclusive no cristianismo. Mas aquele que buscou a Verdade a encontrou. Os cristãos o sabem, embora estejam muitos ainda na expectativa do encontro, confiam nas palavras ditas no Rolo do Livro da Vida.Lastimo por aqueles que habitarão, sem saber, um mundo horroroso que suas escolhas os levaram a ficar.
P.S, não desconsiderei seu comentário.Mas trazer uma visão pessoal amplificada para contribuir.

Ultra 8 disse...

Só tenho a agradecer sua clareza de idéias,e a luz que traz seu comentário para as pessoas que lerem seu alerta de amor universal.

Abraço.

Ultra 8