TRANSLATE/TRADUTOR

sábado, fevereiro 17, 2018

A INTERVENÇÃO DESARMADA E A CRIAÇÃO DE MAIS UMA BOQUINHA. VEM AÍ O "MINISTÉRIO DA (IN) SEGURANÇA".

Enquanto a mídia anuncia neste sábado que Michel Temer vai criar o 'Ministério da Segurança', coisa que não passa de mais uma 'boquinha' que funcionará como moeda de troca no balcão de negócios em que o MDB, PT e PSDB transformaram o ato de governar.

O essencial permanece intocável. As Forças Armadas e as polícias continuam manietadas pela lei do desarmamento da polícia que concede o armamento para os bandidos. Por tudo isso a propalada intervenção no Rio de Janeiro, como as demais incursões das FFAA na ex-cidade maravilhosa, tem tudo para não resolver nada. 

De tudo que tem sido dito pela grande mídia - useira e vezeira em produzir fake news e adaptar a narrativa dos fatos aos interesses do establishment - um artigo do jornalista J. R. Guzzo (José Roberto Guzzo) é um ponto fora da curva. Ainda mais quando está estampado no site da revista Veja justamente a principal ponta de lança dos escusos interesses do dito establishment e que exala os últimos suspiros, enquanto mendiga assinaturas para não fechar as portas. O que aliás está acontecendo com todos os ex-grandes veículos de mídia aqui no Brasil e em todos os países do mundo.

Seja como for, o fato é que o artigo de J.R. Guzzo é uma exceção e diz tudo. Faz um inventário sucinto dessa destrambelhada dita "intervenção" no Rio de Janeiro. Transcrevo:

EMPULHAÇÃO
Por J. R. Guzzo
As Forças Armadas, com o Exército à frente, são a organização mais respeitada do Brasil. Dão de 10 a 0 no Supremo Tribunal Federal, no Ministério Público, nos juízes que ganham o “auxílio-moradia”, na mídia e no Congresso Nacional. Ganham de longe de qualquer organização civil ─ sindicatos, empresas estatais ou privadas, confederações disso ou daquilo, clubes de futebol, OABs e similares. É melhor nem falar, então, da Igreja Católica e das CNBBs da vida ─ e muito menos desses lúgubres “movimentos sociais”, entidades de “minorias” e outros parasitas que vivem às custas do Tesouro Nacional. Enfim, as Forças Armadas têm mais prestigio que qualquer outra coisa organizada que exista neste país. Militar não rouba. Militar não falta ao serviço. Militar não é nomeado por político. É exatamente por essas razões ─ por ter nome limpo na praça, e valer mais aos olhos do público do que todos os três poderes juntos ─ que o Exército foi chamado para defender um Rio de Janeiro invadido, tomado e governado na prática por um exército de ocupação de criminosos. Mas é só por isso, e por nada mais: o governo chamou os militares, porque esta é a única maneira de tentar mostrar à população que está “fazendo alguma coisa” contra a derrota humilhante que lhe foi imposta pelos bandidos. O Exército não pode derrotar o crime no Rio de Janeiro. Nenhum exército foi feito para isso, em nenhum lugar do mundo. Pode haver algum alívio durante um certo tempo, mas depois a tropa tem de sair ─ e aí o crime volta a mandar, porque é o crime, e não o governo e sua polícia, quem manda no Rio de Janeiro.

O governo Michel Temer, no caso, é culpado por empulhação ─ mas só por empulhação. Pela situação do crime no Brasil, com seus 60.000 assassinatos por ano, recordes de roubos, estupros e violência em massa, e a entrega da segunda maior cidade do país à bandidagem, as responsabilidades vão muito além. A culpa pelo desastre, na verdade, é conjunta ─ o que não quer dizer, de jeito nenhum, que ela é dos cidadãos. Ela é de todos os que têm algum meio concreto de influir na questão e não fazem o seu dever. Como é possível enfrentar a sério o crime se temos leis, um sistema Judiciário e agentes do Estado que protegem ativamente os criminosos? Afinal, do jeito em que está a ordem pública no Brasil, eles têm praticamente o direito de cometer crimes.

A maior parte da mídia mantém uma postura de hostilidade aberta à polícia ─ nada parece excitar tanto o fervor do noticiário do que as denúncias contra a “violência policial”. Obedece, ao mesmo tempo, a mandamentos de simpatia e compreensão perante os criminosos, sempre tratados apenas como “suspeitos”, vítimas da situação “social” e portadores prioritários de direitos. A maior parte dos 800.000 advogados do país é contra qualquer alteração que torne menos escandalosa a proteção e garantias fornecidas ao crime pelas leis atualmente em vigor. Policiais são assassinados em meio à mais completa indiferença ─ policial bom é policial morto, parecem pensar governo, oposição e quem está no meio dos dois. Os bispos, as ONGs, as entidades de defesa dos direitos humanos, as variadas “anistias” internacionais que andam por aí, as classes intelectuais, procuradores, juízes, políticos e mais uma manada de gente boa são terminantemente contra a repressão ao crime. Punição, segundo eles, “não resolve”. Sua proposta é esperarmos até o Brasil atingir o nível educacional, cultural e social da Noruega ─ aí sim, o problema estará resolvido.

A jornalista Dora Kramer, na sua coluna da última edição de VEJA, escreveu o que está para ser dito há muito tempo e ninguém diz: a cidade do Rio de Janeiro vive, hoje em dia, como se estivesse ocupada por uma tropa de invasão nazista. Nem mais nem menos. Um invasor do país tem de ser combatido com guerra, e não com decretos, criação de “ministérios de segurança” e a intervenção de um Exército que é mandado à frente de combate com as mãos amarradas. Não tem estratégia clara. Não tem missão definida. Não tem a proteção da lei. Não tem o direito de usar suas armas dentro da finalidade para a qual elas foram projetadas e construídas. Não tem meios adequados sequer para proteger os seus próprios soldados ─ muito menos, então, para atacar o inimigo. Enquanto for assim, o Rio continuará entregue aos invasores. (Do site da revista Veja)

31 comentários:

Anônimo disse...

era hora do Exercito ter emparedado aquele vampiro e dito NAO!

o Exercito nao pode se prestar a um papel desses....

e se for um fiasco, com que moral sairão as tropas quando ficar claro que nao conseguem sequer vencer um bando de traficantes de bermudas e chinelos de dedo com uns fuzis nas mãos?

como vai enfrentar um exercito inimigo de verdade e preparado algum dia?

a Venezuela vai se animar e talvez até tente invadir o Bananão, sabe-se la...

Anônimo disse...

outra coisa, essa ação foi feita claramente para minar o discurso do Bolsonaro, que ate entao era o unico que falava em emprego militar e uma virada de mesa na politica de segurança publica...

estao tentando sequestrar o capital politico do capitão...

Heloisa disse...

J.R.Guzzo vem sendo, desde a esquerdizacao vergonhosa da Veja, o único ponto fora da curva naquela revista, em termos de jornalismo político. Sempre soube botar o dedo na ferida com uma incrível clarividência. Quanto à “intervenção” o Exército não deveria ter aceito em outros termos que não CARTA BRANCA para fazer o necessário, ou seja, intervenção nos presídios e abate sumário, por atiradores de elite, de marginais ostentando armamento visível. Caso contrário, a instituição poderá sair desmoralizada.

Anônimo disse...

Ou seja Dora Kremer quer passar por cima das leis.SE segue a constituiçao esta errado,se fizer fora da constituiçao estara certo,mas...ai Dora Kremer vai meter o malho.A impressao que tenho da intervençao e que vao organizar de modo que todos trabalhem juntos(serviço de informaçao),consta que o comando da PM nao quis compartilhar informaçoes ,qdo o exercito,força nacional etc estiveram no RJ. O sr Guzzo culpa Temer por empulhaçao?Ele pelo menos esta fazendo muito mais do que outros presidentes que saquearam o País.Acho interessante so com o anuncio ja estao criticando,sem ainda ter começado a agir.Vao agir com inteligencia,vide atuaçao da policia civil do RJ,qdo prendeu o assassino de um delegado.Muitos esquecem que tem os politicos que adoram proteger os bandidos(RJ).Tem um que so fala em milicia,mas nunca ouvir ele falar contra traficantes.Muitas cabeças aqui no RJ devem estar preocupadas,pois agora o comando e outro ,espero limpeza nos orgaos de segurançado RJ.

Antipetista disse...

Essa intervenção está com cara de ser mero jogo de cena. O decreto assinado pela Presidência da República limita a atuação do Exército. Ou seja, ele não terá poder total para agir da forma como se espera em uma situação de guerra. Ficará limitado em todas suas ações.
Querem que o Exército vá para a guerra, com postura pacifista, contra criminosos altamente armados e dispostos a tudo. Se dependesse de mim, a intervenção seria geral, ampla e irrestrita, em todos os Estados do Brasil. Aguardemos os acontecimentos...

Anônimo disse...

Acho que a intervenção deveria ser também em todos os estados do Brasil. Tolerância zero. Bala em alvos hostis. Bala em quem porta armamento. Armas para todos os cidadãos, de bem, para se protegerem. Respaldo jurídico para os policiais. Com flores e pombas brancas não vai funcionar.

leo guedes disse...

Anônimo leo guedes disse...
Temo pela reputação das Forças Armadas sob o jugo de um governo fraco, midiático, politiqueiro, que luta com todas as possibilidades de se manter e, se possível, eleger um sucessor, aquele que daria continuidade à Estrutura que manda no Brasil há muito. Para ser preciso, muito antes do PT entrar no esquema. O primeiro soldado que atirar num bandido será vítima da mídia e da esquerda festiva. Se for um soldado, vítima de uma bala assassina, então se falará que as FA não são aptas constitucionalmente para enfrentar o crime. Há muito se tenta aprovar uma lei que identifica o terrorismo, mas que é boicotada por todo Congresso Nacional, pelo próprio governo. Caso aprovada, o MST estaria proscrito e os movimentos que invadem, matam o gado, destrói plantações, queima casas e veículos, estariam sob o peso da lei. Como se combaterá o crime sem identificá-los como terroristas? As FA estariam aptas a enfrentar o terrorismo, pois se trata de defesa nacional. No entanto, como escrevi, penso que será um desapontamento para a população que espera muito de nossos soldados, mas se verão vítimas da língua afiada da mídia, dos Direitos Humanos, da esquerda, etc., etc. Para o governo, trata-se apenas do que sabe fazer, jogo de cena. Não será para valer.

Anônimo disse...

Nosso país está realmente numa situação caótica. Fora a culpa dos 3 poderes constituídos que visam unicamente, com raríssimas exceções, a proteger sua excelência o bandido e consequentemente a si mesmos. Temos leis em excesso e que nada resolvem.
Morro de raiva quando ouço que a única saída que temos é o aeroporto.
Mas, e nós estamos fazendo a nossa parte. Reclamamos muito e temos uma grande responsabilidade pela situação em que nos encontramos. Mas, se estivermos dispostos a mudar com certeza iremos melhorar como país e como pessoa.
Deus nos agraciou com um lindo e rico país. Temos metais preciosos de espécies diversificadas, muita água e uma diversidade de clima que em se plantando de tudo dá. Somos explorados e roubados de todas as formas e temos grande culpa nisso. O que fazer?
1- Ensine seu filho a ser honesto em qualquer situação. Não interessa o que todo mundo faz e as críticas que receber;
2- Jeitinho brasileiro é desculpa, muitas vezes, para prática de crimes;http://www.politize.com.br/jeitinho-brasileiro/
3- Não fure fila. Ex.: furar fila pode parecer algo inocente, mas você está desrespeitando o direito de quem chegou antes de você;
4- Respeite os mais velhos, um dia, se nada imprevisível acontecer, você será um;
5- Não compre nada roubado. Não é preciso ser nenhum expert para saber que um celular, um carro, um trator... que está sendo vendido baratinho, provavelmente custou a vida de alguém. A não ser que o vendedor tenha como comprovar a origem;
6- Não compre peças de carro na ROBAUTO agindo assim você está colaborando para que ocorra menos roubos de carros e menos mortes. Se você não tem como manter um carro é melhor ficar sem;
7- Não use drogas (maconha, cocaína, LSD, crack, ectasy... Se ninguém usar com certeza ocorrerá a diminuição da violência;
8- Fomos colonizados por ladrões e bandidos... Essa é a penas um desculpa para continuar sendo desonesto;

9-Não venda seu voto. Uma dentadura, uma botina, uma festa, um pão com mortadela, telhas, um lanche... Estamos pagando muito caro porque muitas pessoas ainda fazem isso
Dr. Rey - Não venda o seu voto
https://www.youtube.com/watch?v=MK_IlGhK8g4
Faça um exame de consciência e veja como você está agindo. Ser honesto não é vergonha é solução. Provavelmente há muitas outras coisas que precisamos mudar. Comece agora. Não ligue para as críticas.

Anônimo disse...

Acho que essa intervenção no Rio é uma tentativa do Temer e do establishment de jogar água fria numa possível intervenção constitucional militar no país mas feita por militares e não por velhas raposas políticas, desta maneira ele promete fundos para os milicos ao mesmo tempo que puxa para o seu lado o alto comando.
Há pouco tempo foi feita intervenção militar lá nos morros e não adiantou nada, porque quando as FFAA entra numa guerra dessas deveria ser para exterminar o inimigo e seus apoiadores, no caso a população local, e destruir prédios se for preciso.

Anônimo disse...

Artur Nogueira diz:
Graças a tolerância de governos corruptos/populistas, principalmente o PT, e claro, com a ajuda de instituições que deveriam cuidar da lei e justiça, graças aos intelectuais, parte da igreja e ONGs e principalmente graças a grande mídia adestrada e doutrinada pelos esquerdistas chegamos, com certo atraso, à estação Colômbia.
Há um artigo primoroso, ele é longo mas vale a pena . Não sei a data.
"Os primórdios da guerra do narcotráfico na Colômbia".-Ricardo Vélez-Rodrigues.
Em CONSIDERACÕES FINAIS, o autor traça um paralelo com nosso país.
As etapas da dominação: a) difusão da corrupção na política e na administraçao pública; b) organização da máfia na cúpula do poder e finalmente c) guerra civil, com pessoas agindo à margem da lei.
Chegamos ou não chegamos lá????

Anônimo disse...

ISTO TUDO É UMA PALHAÇADA!!! AS FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS JÁ ESTÃO COMPLETAMENTE DESMORALIZADAS DANDO TOTAL APOIO PARA ESSE GOVERNO COMUNISTA, LADRÃO E GENOCIDA!!!

Anônimo disse...

Prezado Aluizio.
Nao é de interesse dos detentores do poder dar nenhum tipo de seguranca aos demais brasileiros. O medo cala e a cultura do nao reaja transformou o brasileiro numa massa amorfa e sem alma. A grande midia e suas MADE NEWS edulcoram esse caldo de mediocridade. Infelizmente o aeroporto é a única saída. Brazil: País de tolos...

Anônimo disse...


Cabe ao Presidente da Republica Michel Temer o Alto Comando das Forças Armadas. Um Presidente que em menos de 2 anos retira o país à beira de uma guerra civil, com uma recessão de 4% e o leva a um crescimento previsto pelo mercado de 3,5% em 2018 é um governo forte.

A memória do J.R.Guzzo deve estar extremamente corrompida. Toda essa criminalidade no Rio de Janeiro e no Brasil afora teve amplitude no fim do governo militar, com a anistia e com acordos feitos com Leonel Brizola com a criminalidade na década de 80.

Em seguida, com a criação do Foro de São Paulo, a ideia de criar a Pátria Grande, os governos de esquerda começaram a tomar conta do Brasil e, em 13 anos de governo federal pelo PT, GOVERNOS ESTADUAIS E MUNICIPAIS, acordo com as FARC, APOIO DA MÍDIA, ARTISTAS E NOVELAS GLAMOURIZANDO CRIMES, SEXUALIDADE, PEDOFILIA, TRAIÇÕES E OUTRAS ABERRAÇÕES DE INTELECTUAIS, incluindo ONGs, CNBB, MST, SINDICATOS DE TRABALHADORES, toda essa excrescência, decadência, passou a ser uma forma linda de ser.

Eu gostaria que fosse uma intervenção prá valer, não só em cima dos criminosos do morro, mas também dos que vendem sentenças, moram em coberturas e dos grandes consumidores de drogas da Zona Sul.

Tataum disse...

Aqui está o tipo de ação que o governo politicamente correto quer:

https://www.youtube.com/watch?v=WqrK0AbLvrk

https://www.youtube.com/watch?v=Gca5SaBUXv4

https://www.youtube.com/watch?v=vagKRr84b1A

Anônimo disse...

"Um invasor do país tem de ser combatido com guerra, e não com decretos, criação de “ministérios de segurança” e a intervenção de um Exército que é mandado à frente de combate com as mãos amarradas. Não tem estratégia clara."
*
Olha, me perdoem copiar e colar o excerto. O pretendente quer um Estado agindo na ilegalidade?

Anônimo disse...

Caro Aluizio,

Precisamos tomar providências urgentes!

Primeiro: nos livrarmos das urnas eletrônicas e EXIGIR voto em cédulas de papel, contagem sob a supervisão dos fiscais dos partidos e do exército.

Segundo: encher a caixa de emails de deputados e senadores contra esta abominável tentativa de nos transformar na maldita Pátria Grande.

Brasileiros! Abram seus olhos! É uma ação orquestrada:
1. Voto em urnas eletrônicas
2. STF cooptado e comunista (vide Fachin que fez campanha pró-Dilma; Toffoli advogado do PT, Levandowski rasgou a constituição por Dilma, etc)
3. Lei da Migração
3. PEC 25/2012
4. População desarmada contra sua vontade expressa
5. Polícias e exército que não podem atirar em criminosos sob risco de prisão... do policial!

Precisamos de Bolsonaro no poder.

Anônimo disse...

Aluizio
Fui eu que escrevi este comentário:

Precisamos tomar providências urgentes!
Primeiro: nos livrarmos das urnas eletrônicas e EXIGIR voto em cédulas de papel, contagem sob a supervisão dos fiscais dos partidos e do exército.
Segundo: encher a caixa de emails de deputados e senadores contra esta abominável tentativa de nos transformar na maldita Pátria Grande.
Brasileiros! Abram seus olhos! É uma ação orquestrada:
1. Voto em urnas eletrônicas
2. STF cooptado e comunista (vide Fachin que fez campanha pró-Dilma; Toffoli advogado do PT, Levandowski rasgou a constituição por Dilma, etc)
3. Lei da Migração
3. PEC 25/2012
4. População desarmada contra sua vontade expressa
5. Polícias e exército que não podem atirar em criminosos sob risco de prisão... do policial!
Precisamos de Bolsonaro no poder.

Flor Lilás

Anônimo disse...

Bolsonaro precisa deixar de comer mosca e parar de falar em ser contra a intervenção...

ele tem de acusar o que eu disse no meu primeiro comentario: tem de dizer, com todas as letras, que estao tentando roubar as suas propostas, o que esta muito claro...

precisa emparedar o governo e dizer que ate ele subir nas pesquisas com o discurso de virada de mesa na segurança publica, esse governo não fazia nada...

mais importante do que propagar as proprias propostas, é vigiar os movimentos alheios e apontar o oportunismo do adversario...

Bolsonaro nao pode perder esse capital politico que construiu, basicamente sozinho no Congresso, durante anos de mandatos consecutivos...

Ultra 8 disse...

Temer,a pá de cal da Dilma,está seguindo a máxima de Gramsci: nossos companheiros,os CRIMINOSOS,serão nossos novos revolucionários".

Temer,é mais do mesmo,dos bandidos do foro de São Paulo.

Anônimo disse...

FOI UM TOC TOC GERAL, SOBRANDO ATÉ PARA O STF...
O GAL BRAGA NETO PISOU NA CABEÇA DESSES MAGISTRADOS PROTETORES DE BANDIDOS QUE DEVERIAM ESTAR É EM MEIO A ELES, PRESOS!
"Como é possível enfrentar a sério o crime se temos leis, um sistema Judiciário e agentes do Estado que protegem ativamente os criminosos?"
General Braga Neto, o interventor.
PRECISA MAIS ACRESCENTAR ALGO A ISSO?
Quanto à CNBB, de fato é extensão do PT, junto com ela a esquerdista Teologia da Libertação-TL e as esquerdas "católicas", caso dos "movimentos sociais(milicias comunistas, tipo MST, que são apoiadas até pelo papa Francisco) - mas não representam de fato a verdadeira Igreja católica de sempre, mas locais nelas super infiltrados de esquerdistas, como na CEB, CPT, CBJP e na propria CNBB, ninhos de serpentes das esquerdas, desde o vermelho D Hélder.
Mas não esqueçamos das grandes seitas protestantes, como a IURD que era com seu partido PRB da base dos comunistas e varias mais vermelhas, evangélicas de fachada, idem a AABB, Missão Integral, CIM-Conselho Mundial das Igrejas etc.

Anônimo disse...

Perfeito:
”Cabe ao Presidente da Republica Michel Temer o Alto Comando das Forças Armadas. Um Presidente que em menos de 2 anos retira o país à beira de uma guerra civil, com uma recessão de 4% e o leva a um crescimento previsto pelo mercado de 3,5% em 2018 é um governo forte”

Lembrando que 12 milhões de empregados foram parar no olho da rua, que milhares de empresas fecharam suas portas, queriam até levar o parque farmacêutico dos genéricos para Cuba.
E as estatais como a Petrobras? Lula doou 2 finarias para a Bolívia, compraram Passadena, a ruivinha, idem a Nansei, em Okinawa no Japão.a japonesinha, bilhões pelo ralo. No BNDES foi uma festa, financiamentos de bilhões, quem sabe até trilhões para países camaradas, sob comando de ditadores, simplesmente evaporaram os cofres públicos.
Fizeram o possível e o impossível para tirar Temer do pode< sem com isso dizer que seja inocente. Aliás “fizeram o diabo” como Lula prometeu durante a campanha presidencial: “Eles Não Sabem do que Somos Capazes de Fazer...vamos fazer o diabo, mas não vamos perder a presidência”
https://www.youtube.com/watch?v=VHthskOkscA

Dilma não ficou atrás “Não podemos brigar na eleição, nós podemos fazer o diabo quando é hora da eleição”. Ganharam.......mas quando veio o Impeachment, chamaram o inferno inteiro, até conseguiram rasgar a Constituição, o artigo é claro caso o Presidente seja condenado, por pelo menos dois terços, dos 81 senadores, da República, por crime de responsabilidade; cumulativamente perderá os seus direitos de exercício de cargo público por oito anos. O que não aconteceu O Senado, em uma manobra regimental, chancelada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, rasgou a Constituição ao fracionar o julgamento do impeachment, Fizeram uma meia sola do artigo, garantindo a senhora Dilma os direitos políticos.
Palavras de Heloisa Helena ex-petralha, precidenciavel em 2006:" afirmo hoje que o presidente e seu adversário Luiz Inácio Lula da Silva(PT) chefia uma quadrilha de “gangsters” capaz de “roubar, matar, caluniar e liquidar com qualquer um que ameace seu projeto de poder”. “ Eu sei o que são capazes de fazer”, afirmou a senadora. As informações são da rádio CBN.”
http://noticias.terra.com.br/eleicoes2006/interna/0,,OI1221656-EI6652,00-Contrapartida+de+apoio+de+Maggi+a+Lula+preve+cargos+federais.html]

Que Deus proteja nossas Forças Armadas e toda Nação brasileira, por que essa turma que acreditou o Brasil ser deles ainda fará estragos


Anônimo disse...

Que as Forças Armadas estão sucateadas todo mundo sabe, e isso desde a era do FHC, mas que há mentes brilhantes e a tropa é fiel ao juramento de servir ao pais e seu povo, não tenho dúvidas. Durante a era Lula e Dilma, a metamorfose ambulante e sua criatura, o bombardeio diário dos chamados “anos de chumbo” foi gritante, queriam enfiar goela abaixo que a luta, em especial da ex-guerilheira, foi contra o regime militar.
Só nos ensinam a versão daqueles que queriam a " Ditadura do Proletariado" em outras palavras um ditadura socialista/comunista.
Enaltecem aqueles que queriam a "Ditadura do Proletariado", a exceção é o ex-deputado Gabeira, ex-guerrilheiro tocou na ferida quando declarou: "todos os ex-guerrilheiros que se lançam na luta política costumam dizer que estavam lutando pela democracia eu não posso dizer isso."

https://www.youtube.com/watch?v=q3k_qEU7fyQ

O comunismo travestido de socialismo, o mesmo que eliminou mais de 100 milhões só na Rússia conforme relata um parlamentar russo na tribuna, ordem de Lênin era matar, matar, matar.

https://www.youtube.com/watch?v=_tU7O10mYAc

A falácia da igualdade já caiu por terra faz tempo. Hoje, já se fala em meio bilhão de cadáveres da igualdade social do socialismo /comunismo. Alguém tem coragem de desmentir esses relatos?

https://www.youtube.com/watch?v=UqSmVJEIL0Q

Os ucranianos sabem o que foi " A fome na Ucrânia - um dos maiores crimes do estado"
https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1046

E tem brasileiros que vão às ruas distribuindo jornalzinho em favor do comunismo, pode?

Anônimo disse...

Caro Aluízio
Perfeito o artigo do Guzzo. Sou fã dele, mas, não o leio mais porque seus artigos são publicados na Veja, que tb não leio mais.
Esther

Anônimo disse...

e os insanos AINDA estão pulando carnaval!

que país miseravel...

Anônimo disse...

Ao Anônimo que disse:
Que as Forças Armadas estão sucateadas todo mundo sabe, e isso desde a era do FHC,...
Beleza o seu comentário, gostei muito!!! Mas, pelo que tudo indica, embora haja realmente muitos militares leais a pátria e contra o comunismo, eu acredito que o Alto Comando está cooptado!!! Talvez, até o STM-SUPREMO TRIBUNAL MILITAR, como o INFAME STF-SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL!!!
Espero que os bons militares do Brasil consiga nos livrar do comunismo, pois comunismo quando se infiltra e faz doutrinação cultural marxista não está brincando, amigo, isso é REVOLUÇÃO!!! É para TOMAR mesmo o país ALVO!!! É um ato de ATAQUE e de GUERRA contra a SOBERANIA NACIONAL e CONTRA A SEGURANÇA NACIONAL do PAÍS ALVO, logo é caso de AÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS do país que seja DEMOCRÁTICO e respeita a LIBERDADE do SEU POVO E NAÇÃO!!!
Conforme o professor Olavo de Carvalho, bem disse em um de seus comentários: Combater o Comunismo com MEIAS MEDIDAS é fortalecê-lo!!!

Anônimo disse...

Essa insegurança é legado de 13,5 anos de incompetência, corrupção e ideologia.Fora disso é só conversa para boi dormir.O PMDB ou MDB Federal está tentando salvar a péssima administração do PMDB ou MDB Fluminense/Carioca.Desde quando o PMDB ou MDB estão no poder no Rio de Janeiro? O PMDB do Rio não era situação, dava apoio ao PT Federal nos 13,5 anos de desgovernos? Não foi enviada muita verba para Panamericano, Copa do Mundo, Olimpiadas e Paralimpiadas?E a dinheirama dos Royaltes do Petroleo6Bilhoes de reais anuais?

Anônimo disse...

Quem é reservista,serviu as forças armadas é proibido de ser um soldado da Pátria em tempo integral, ter direito a ter uma arma?Brasil, País de Tolos.

Veronica Ruzzi disse...

Durante os longos dias de minha vida....NUNCA EM LUGAR NENHUM DO MUNDO, AS FORÇAS ARMADAS DE UM PAÍS FORAM TRANSFORMADAS EM VERDADEIROS PALHAÇOS NAS MÃOS DE POLITICOS LADRÕES E VAGABUNDOS E UM POVO QUE COM O SEU SILÊNCIO APOIA ESTE VERDADEIRO CIRCO DE HUMILHAÇÃO, ESTE É UM PAÍS VERGONHOSO.

Anônimo disse...

Esse negócio de "USO POLÍTICO" é uma linguagem muito usada pela esquerda, uma falácia para desqualificar as ações. Ou as forças armadas têm que ficar nos quartéis engraxando canhões?

Ora, se as Forças Armadas não estão em ação, reclamam, se entram em ação, reclamam.
Contudo, as Forças Armadas entrarão em ação porque ainda tem credibilidade perante a sociedade. Fora isso, se fossem como as Forças Armadas venezuelanas, já era.

Eu não acho o Brasil VERGONHOSO. Há pessoas guerreiras, lutadoras, inteligentíssimas.

Aqui nasci, aqui quero morrer. O que não pode é sermos partes do crime, com gatonet, gatoágua, gatogás, vender o voto e querer um executivo, legislativo e judiciário, honestos.

Marcelo Rodrigues Cunha disse...

Tudo uma grande farsa. OAB, MP e CNBB, todos antros de comunistas, querem mesmo é desmoralizar as FFAA e proteger corruptos, bandidos e terroristad.

Anônimo disse...

Não acho que a intervenção militar no Rio possa minar a candidatura de Bolsonaro, nem roubar suas propostas, muito pelo contrário vai mostrar que urge colocar o Brasil nos eixos de Norte ao Sul as FFAA, neste momento, são necessárias, já que é a Instituição mais confiável do Brasil. Bolsonaro que integrou essa Instituição, tem a oportunidade de mostrar que um homem forjado na disciplina, organização, respeito pelas leis e confiabilidade, é o homem certo de conduzir essa Nação.