TRANSLATE/TRADUTOR

terça-feira, fevereiro 20, 2018

POR QUE JAIR BOLSONARO TEM RAZÃO?


O pré-candidato presidencial Jair Bolsonaro explica nesta entrevista no vídeo acima seu voto em favor do decreto da intervenção no Rio de Janeiro. E somente aqueles que pretendem continuar se locupletando, mamando de uma forma ou de outra nas tetas estatais é que discordam de Bolsonaro.

A verdade é que só e apenas com uma iniciativa militar como a ocorrida em 1964 seria capaz de por fim a esse estado de descalabro em que se encontra o Brasil e cujos principais responsáveis conforme expliquei aqui são três ajuntamentos políticos: o MDB, PSDB e PT. 

E a prova do que estou afirmando é que nenhuma dessas siglas consegue colocar de pé um nome viável eleitoralmente como candidato presidencial. E isso dá a exata medida do silencioso repúdio do povo brasileiro a qualquer nome oriundo desses três ajuntamentos políticos.
Tanto é que essa gentalha do MDB, PSDB e PT não pode mais aparecer em lugares públicos e muito menos viajar de avião e transitar em saguão de aeroporto.

E, por causa desses trastes, o Brasil está no fundo do poço e a um passo de se transformar em uma nova Venezuela. Afinal, todas as iniciativas do Governo indicam isso. A começar por uma intervenção militar no Rio de Janeiro sem que os militares possam levar a cabo sua missão, ou seja, detonar a bandidagem.

E nesse funesto mister os coveiros do Brasil contam com o apoio irrestrito dos cafajestes das redações da grande mídia e que a todo momento convocam ativistas de ONGs de direitos humanos e comunistas das áreas de ciências humanas das universidades para reforçar o discurso no qual os direitos humanos são invocados em favor de bandidos.

Estranho, muito estranho é ver as Forças Armadas obedecendo um Ministro da Defesa comunista e admitindo tudo isso.

EM CIMA DO LANCE: Logo após ter escrito o artigo acima o site O Antagonista publicou esta nota:

Exército perde mandados coletivos de busca
O governo desistiu dos mandados coletivos de busca – como aquele que permitiu prender Elias Maluco.
Lauro Jardim disse que, na reunião de hoje no Rio de Janeiro, os ministros Torquato Jardim, Grace Mendonça e Sérgio Etchegoyen concluíram “que não é possível bancar juridicamente” a medida.

19 comentários:

José Amancio disse...

Engraçado. apoia uma ditadura no Brasil, mas é contra a ditadura de Maduro. Ambas são ditaduras, uma de direita e outra de esquerda. A prova da necessidade de uma ditadura militar no Brasil é que os três partidos não conseguem emplacar um nome? Olha Aluízio, o Bolsonaro pode até chegar ao segundo turno - o que acho difícil - mas é um ótimo candidato para perder para qualquer outro que vá para o segundo turno.

Anônimo disse...

ver general quatro estrelas batendo continencia pra quem nao tem a menor ideia do que seja segurança publica é realmente a raspa do tacho...

o cidadão que hoje ocupa o posto maximo da Defesa ja foi de manda-chuva do IBAMA à conselheiro de cia de energia eletrica...

como podem ver, tudo a ver com segurança publica e defesa nacional...

fico impressionado com a polivalencia dos politicos brazucas...

nao importa a area, o que gente especializada leva decadas para aprender eles se dão como entendidos do assunto em poucos meses...

e ainda dizem que precisamos da politica...

outra coisa, Bolsonaro hoje tocou num assunto que eu comentei aqui dias atras...

é preciso agir rapidamente pois Temer esta tentando roubar o discurso que era do capitão desde sempre...

ele precisa colocar a boca no trombone rapido senao isso ai vai passar para o povão como uma ideia do Temer...

e nao é...

Anônimo disse...

acabei de ler que inventaram mais uma jabuticaba brazuquinha...

os mandados COLETIVOS serão analisados e autorizados "caso a caso"...

um portento...

é o coletivismo individual...

nós ainda vamos enlouquecer o mundo civilizado com as nossas bananices...

Antipetista disse...

Esse lixo chamado PMDB é o partido que passou mais de três décadas sustentando o PT, PSDB, o foro de São Paulo e toda a corja comunista que devastou o Brasil. Agora, de repente, descobre que um Estado do país precisa de uma ação efusiva na segurança pública. E lançam-na em pleno ano eleitoral. Haja saquinho, viu?

Rita de Cassia Campos disse...

Dedculpe, vai estudar. Desde quando Militares são ditadores? Você é vitima de lavavem cerebral. O povo americano tem orgulho das suas Forças Armadas, somente brasileiro, anti- patriota tem ódio ou então é banfido.

Anônimo disse...

Mandados coletivos foram usados no Haiti com autorização da ONU. Se informe melhor antes de falar asnices;

Anônimo disse...

Ninguém nunca se preocupou com segurança pública no Brasil, somente Bolsonaro. Qual a outra piada.

Anônimo disse...

Rita, esse tipo de gente pensa assim porque foram doutrinadas ao longo dos últimos trinta e poucos anos. Jornalistas , professores, filmes, novelas e seriados de autores brasileiros, mais uma classe artística bancada a peso de ouro são os responsáveis pelos nossos cidadãos zumbis.

Anônimo disse...

É muito engraçado... o mesmo povo brasileiro que aplaudiu e tem orgulho das forças armadas brasileiras pela atuação como polícia para salvar o povo do Haiti, agora cria dificuldades para que as mesmas forças salvem seus compatriotas. Vá entender.

Anônimo disse...

O Brasil na verdade nunca teve uma ditadura, no regime militar de 64 havia troca de presidentes, o vice era civil o Congresso funcionava e havia o direito de ir e vir.
Dr. Ives Gandra, faz um relato sobre 64.

https://www.youtube.com/watch?v=PgLFBpaLsBU

O General Augusto Heleno em 31 de março de 2014,deu uma aula de História Tema da Palestra "O Movimento de 1964".

https://www.youtube.com/watch?v=jNPGKZQcdVM

O Contragolpe 1964-A Verdade Sufocada. Um relato do outro lado da História.. As Forças Armadas fieis ao juramento impediram que o povo brasileiro tivesse o mesmo destino cruel do povo cubano. Somos um pais LIVRE. Nossa gratidão eterna.

https://www.youtube.com/watch?v=nMiELBP





Anônimo disse...

Acho que ele não consegue falar.
Essa gente precisa de ajuda.

Paulo Ricardo Rickli disse...

Não admite o maior oponente da direita que age e vai agir contra os descalabros dessa esquerda maldita que acabou com a moral, abetica, a descendência e os bons costumes do nosso Brasil.

Tales disse...

A verdade é muitos não querem ver: O Brasil chegou a esse lixão graças ao psdb, pt e pmdb (amigos do peito e do foro de sp). Bolsonaro é a escolha certa.

Anônimo disse...

Anônimo disse...
Mandados coletivos foram usados no Haiti com autorização da ONU. Se informe melhor antes de falar asnices;


aprenda a ler antes de criticar com asnices...

nao falei que sou contra os mandados coletivos...

disse que mandados COLETIVOS (voce sabe o que é coletividade?) expedidos UM POR UM (ou seja, individualmente) nao podem ser COLETIVOS...

ou é coletivo ou é individual...

tanto que o ministro esta dizendo ser contra o uso da palavra COLETIVO...

porque ele sabe a diferença entre coletivo e individual...

Sempre Mais do MESMO disse...

.
Para o José Amâncio:

Primeiramente o mundo não é binário, onde só há preto e branco como oposições absolutas.

Assim, nem a Democracia é sempre boa e nem a Ditadura é sempre ruim.

A dita dura de Pinochet permitia liberdade de expressão e liberdade na imprensa. porém não permitia invasões de terras e industrias, nem sequestros, nem assassinatos enem atentados trerroristas. Em torno de 3000 guerrilheiros morreram por estarem EM COMBATE.
Pinochet foi convocado pelo congresso com pleno e absoluto apoio da populaçao.

Pinochet transformou o Chile no MELHOR PAÍS da América Latina e o entregou espontâneamente aos CHUPINS da esquerda, eleitos pela propaganda imbecilizante e por corromperem a população com promessas ilegitimas.

A ditadura de Fidel Castro proibiu toda e qualquer liberdade de expressão. Impôs-se pelo TERROR (ameaças de tortura, prisão e assassinato) contra meros populares divergentes da tal revolução. Camponeses e trabalhadores comuns foram TORTURADOS e ASSASSINADOS mesmo sem qualquer enfrentamento.

Fidel transformou Cuba (a pérola do Caribe) numa FAVELA caindo aos pedaços, no país MAIS MISERÁVEL da América Latina. A população é LITERALMENTE ESCRAVIZADA pela cúpula governante que vive no luxo extremo (vide inúmerras mansões dos Castro).

ENFIM, a defesa não é de Ditadura ou Democracia, mas SIM da LIBERDADE.

Hitler fopi eleito e democraticamente empossado, como maduro também.
Aliás, na Venezuela vigora a Democracia. Pois que Maduro foi eleito e há eleições SOB as regras ditadas PELOS democraticamente eleitos. SE HOUVE FRAUDE OU SE AS LEIS SÃO TIRÂNICAS, isso não deixa de ser democrático.

DEMOCRACIA NÃO É O MESMO QUE LIBERDADE, ao contrário até.

DITA DURA NÃO É O MESMO QUE IMPOSIÇÃO de SERVIDÃO.

Na DITA DURA de PINOCHET no CHILE havia MAIS LIBERDADE para a POPULAÇÃO do QUE HÁ ATUALMENTE EM QQ PAÍS EUROPEU.

Na dita dura dos milicos bananeiros HAVIA MUITO MAIS LIBERDADE para a POPULAÇÃO do que HÁ ATUALMENTE na tal Democracia.

Os ditadores induzem burros a confundirem Democracia com Liberdade, mas democracia é apenas a ELEIÇÃO de DITADORES, muitos DITADORES e não apenas um.

...BEm o escreveu Etienne de La Boétie em seu "DISCURSO da SRVIDÃO VOLUTÁRIA". (se voluntária não é escravidão, mas apenas servidão)

Anônimo disse...

José Amâncio é um MAV contratado da trinca vermelha PT/PMDB/PSDB para ficar aqui defendendo seus patrões.

Anônimo disse...

José Amancio
Em pleno século XXI fazer um quadro comparativo com Maduro é desrespeitar os vivos , é faltar com a verdade de milhões que morreram por amar a liberdade
Será que você sabe o que é uma ditadura socialista/comunista como a da Venezuela??
Veja o aconteceu na Rússia, Ucrânia, Polônia e outros paises, mas olhe o vídeo até o fim . São imagens que no mínimo deveriam fazer qualquer ser humano, inclusive aqueles que tem dois neurônios, PENSAR.

https://www.youtube.com/watch?v=UqSmVJEIL0Q

Só na Ucrânia entre 1932/33 oficialmente, foram 4,5 milhões podendo chegar a 7,5 milhões e até 1939 foram mais de 14,5 milhões.

https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1046

Ouça os relatos do parlamentar russo que afirma que 100 milhões foram exterminados pelos Bolcheviques mataram a elite : os melhores cientistas, supervisores , policiais, detetives! O que havia de melhor! Enviados para o Gulag na Sibéria ou simplesmente com um tiro. Matar, matar, matar era a ordem de Lênin

https://www.youtube.com/watch?v=_tU7O10mYAc

Caso ainda não consiga diferenciar entre uma ditadura esquerdista e uma intervenção da malvada “direita”, tudo leva a crer que faz parte dos “idiotas úteis”, porque até a ingenuidade também tem limites. Yuri, um dissidente soviético ensina como funciona a lavagem cerebral

https://www.youtube.com/watch?v=d0fTJqeRXCE

Quem sabe faça as malas e se junte aos Maduros da vida, sinta o que é viver sob o jugo de um ditador esquerdista, nada melhor que a experiência.

Anônimo disse...

Kkkkkkkkkk

José Amancio disse...

Como é que é mais do mesmo? Então Há ditadura boa. Tá muito enganado. Tem que estudar melhor o que ocorreu no Chile. Em um relatório elaborado com os testemunhos das vítimas que
considerou válidos 27.255 testemunhos de um total de 35.860 recolhidos por uma comissão liderada pelo bispo católico Sergio ValechOs estupros, a zoofilia, os choques, os golpes, as humilhações e simulações de fuzilamento se repetem com regularidade no relatório, segundo o qual 94% dos detidos durante o regime de Pinochet (1973-1990) foram torturados.
Até a União Democrata Independente (UDI, direita chilena), que sustentou Pinochet politicamente e até pouco tempo negava a violação de direitos humanos, emitiu uma declaração na qual condena a tortura e afirma que "é obrigação de todos não repetir os erros do passado".

A UDI admite que não lhe será fácil assumir "a crua realidade do ocorrido", mas será possível "na medida em que este relatório servir para tirar lições para o futuro e não para reavivar rancores".

Segundo o texto, a maioria das vítimas tem atualmente mais de 51 anos. Na época, foram 1.080 menores torturados, 70,9% (766) tinham entre 16 e 18 anos, 20,9% (226) entre 13 e 15 anos e os menores de 13 anos foram 8,1% (88).Um total de 229 mulheres foram detidas durante a gravidez, sendo que onze foram estupradas, 20 abortaram por causa das torturas e 15 tiveram seus filhos no presídio. Então camarada, chega de ditaduras. A direita capenga vê comunista até debaixo da cama. A esquerda tem ojeriza de militares . Ambas defendem a sua própria ditadura. A liberdade é mais importante do que o pão dizia o velho.