TRANSLATE/TRADUTOR

sábado, abril 28, 2018

POR QUE A QUESTÃO MORAL É FUNDAMENTAL?


Neste vídeo uma entrevista bastante interessante e que jamais será apresentada pelas emissoras de televisão. O professor e articulista do site Infomoney, Alan Ghani, entrevista Flávio Morgenstern, que é escritor, palestrante e criador do site Senso Incomum.

Embora esse vídeo tenha ido ao ar há uns cinco meses, continuará atual por muitos anos, razão pela qual decidi postar aqui no blog. É fundamental para entender, como se diz na gíria, o que de fato está rolando aqui e agora, no Brasil e no mundo. O que, por exemplo, a moral tem a ver com economia e política? O que é globalismo? O que é 'socialismo fabiano'? Esta e outras indagações são respondidas de forma clara e objetiva por Morgenstern em entrevista muito bem conduzida por Alan Ghani. 

Por tudo isso vale muito a pena ver este vídeo. 

10 comentários:

Anônimo disse...

"USEM OS IDIOTAS NAS LINHAS DE FRENTE(mortadelas). INSTIGUEM OS ODIOS ENTRE AS DIVERSAS CLASSES(lutas de classes), DESTRUAM-LHES SUAS BASES MORAIS, A FAMILIA E A ESPIRITUALIDADE E COMERÃO AS MIGALHAS QUE CAEM DE NOSSAS MESAS" - Lênin.
A questão moral é fundamental porque o primeiro passo dos fanáticos e psicopatas comunistas é destruirem a religião e as familias para alienarem as pessoas, fazendo dos lares chocadeiras de escravos para o deus-Estado!
Assim, esses seres crescidos fora do ambiente familiar de amor materno serão facilmente dominados pelos governantes, tratados como animais para servirem e obedecerem a eles, como sucede em Cuba e agora na miserabilíssima Venezuela, tão incensada pelas pestes do PT e doutros PCs - todos são demonios ambulantes!
O esquema de ação acima pertence à índole maléfica da maldita ideologia marxista, a praga do século XX e se segue, que veio mediante a infiltração nas igrejas para ajudarem de lá de dentro tentarem as implodir e alienar o povo, sendo a Igreja católica o alvo preferido desses crápulas e renomados terroristas de esquerda!
Pé no rabo desses vagabundos e traidores da patria!

Anônimo disse...

A verdadeira moral nas relações econômicas orientada, no passado, pela Igreja Católica foi solapada pela maçonaria introduzindo o liberalismo econômico. O liberalismo, o americanismo, o capitalismo, o socialismo/comunismo nunca trarão a verdadeira moral nas relações econômicas, mas moralismos universais que sufocam valores locais.

Eduardo

Anônimo disse...

Off topic

OS VENDILHÕES DO TEMPLO

Flávio Rocha,candidato a Presidente, Temer e o "Bispo". O que eles têm em comum?

Se quiser ler a matéria completa acesse o link abaixo.
http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/igreja-que-defendeu-reforma-da-previdencia-recebeu-quase-r-1-milhao-em-publicidade-do-governo-temer/

Igreja que defendeu reforma da Previdência recebeu quase R$ 1 milhão em publicidade do governo Temer

Na noite de 5 de janeiro deste ano, o então ministro da Fazenda Henrique Meirelles, agora pré-candidato à Presidência, participou de um culto na sede da igreja evangélica Sara Nossa Terra, em Brasília. Meirelles foi festejado e recebido com pompa na igreja fundada pelo bispo Robson Rodovalho, que foi deputado por um mandato representando o Distrito Federal. Apresentado pelo empresário Flávio Rocha, integrante da comunidade evangélica e pré-candidato ao Planalto, o ministro orou e foi abençoado no palco por Rodovalho e sua esposa, a também bispa Lúcia Rodovalho.

Desde o ano passado, o bispo se converteu em um pregador da reforma da Previdência. Líder de uma congregação que reúne aproximadamente 1,3 milhão de fiéis em todo o país e no exterior, Rodovalho defendeu a necessidade de novas regras para pensões e aposentadorias em encontros com religiosos. Sem os 308 votos necessários para a aprovação na Câmara, a proposta de Meirelles e do Palácio do Planalto naufragou no plenário. Mas o bispo não tem do que se queixar, ao menos financeiramente.

Entre 2017 e 2018, o governo repassou R$ 862,8 mil para o CNPJ da Fundação Sara Nossa Terra. Esse foi um dos 20 maiores montantes gastos pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom) para propagandear a reforma engavetada. A instituição religiosa possui uma estrutura própria de comunicação para chegar aos fiéis. Além da TV Gênesis, o grupo inclui a rádio Rede Sara Brasil FM, presente em nove cidades, e o portal Saraonline.

Anônimo disse...

UNIVERSIDADE APARELHADA! Professora de MATEMÁTICA fala que debate 'movimentos sociais' em sala de aula e diz que há 'células' para levar a mensagem da esquerda na UTFPR.https://www.facebook.com/escolasempartidooficial/posts/1031918400292484

Anônimo disse...

ESTÃO FAZENDO TUDO PARA DESACREDITAR MORO. QUEM VOCÊ ACHA QUE ESTÁ CERTO? SEMPRE OS MESMOS. FORÇA DR. MORO ESTAMOS COM O SENHOR.

Extradição de Schmidt abre crise na Justiça: TRF-1 critica atitude de Moro
Juiz mandou o governo ignorar liminar do TRF-1, que reagiu

Sergio Moro ignorou o habeas corpus obtido por Kakay, advogado de Schmidt, e o desembargador Ney Belo reagiu duramente.
http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=99675262726

Desembargador maranhense que soltou Geddel foi indicado por Sarney, diz jornalista
Por: John Cutrim Data de publicação: 13/07/2017 - 8:41
http://jornalpequeno.blog.br/johncutrim/desembargador-que-soltou-geddel-foi-indicado-por-sarney-lembra-jornalista-da-epoca/

O desembargador maranhense Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), autorizou o ex-ministro Geddel Vieira Lima a deixar o Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para cumprir prisão domiciliar.

O jornalista da revista Época, Diego Escosteguy, lembrou que o desembargador Ney Bello foi indicado ao cargo por José Sarney. Um dos políticos mais próximos ao presidente Michel Temer, Geddel foi preso preventivamente pela Polícia Federal (PF) no início do mês, em Salvador, por suspeita de obstrução da Justiça – atrapalhar as investigações da Operação Cui Bono, que apura supostas fraudes na liberação de crédito da Caixa Econômica Federal.

Sarney é o principal aliado e conselheiro de Temer. Geddel também é amigo do presidente e articulador político de peso dentro do PMDB. Foi destacado por Temer para a Secretaria de Governo. Com status de ministro, atuou na articulação política, negociando os interesses do Planalto com os deputados e senadores. Foi obrigado a pedir demissão, desgastado pelas acusações do então ministro da Cultura Marcelo Calero.

De acordo com o jornalista, em 2013 o então senador José Sarney fez lobby em favor de Ney Bello. “A pressão de Sarney para que Dilma nomeasse Ney Bello ao TRF foi confirmada à ÉPOCA, em 2013, por 2 fontes com conhecimento direto do fato”, recordou. Sarney pediu a então presidente Dilma Rousseff – e com muita insistência – que promovesse o juiz federal Ney Bello Filho. Ele constava na lista tríplice de indicados a uma vaga de desembargador no TRF da 1ª Região.
Ainda segundo o Editor-chefe da Época, o desembargador dera decisões favoráveis ao filho de Sarney na Boi Barrica. Passou pelo gabinete de Ney Bello um dos processos da operação Boi Barrica – aquela que desvendou esquema de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo o empresário Fernando Sarney.

“Ele [Ney Bello] desbloqueou uma conta bancária descoberta pela Polícia Federal no exterior. Por influência de Sarney, foi admitido na Academia de Letras do Maranhão. Sua família é influente na política do Maranhão”, lembrou.

Desembargador que soltou dono do ICN é filho de preso na Operação Navalha
Pai de Ney Bello foi secretário de Infraestrutura no governo Zé Reinaldo, época em que o instituto começou a operar na gestão da rede de saúde pública estadual
https://atual7.com/noticias/politica/2015/11/desembargador-que-soltou-dono-do-icn-e-filho-de-preso-na-operacao-navalha/

Confira a lista de presos na Operação Navalha

Http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL38115-5601,00-CONFIRA+A+LISTA+DE+PRESOS+NA+OPERACAO+NAVALHA.html
Os presos na Operação Navalha, da Polícia Federal, são acusados de fraude de licitações, corrupção, tráfico de influência, superfaturamento de obras e desvio de dinheiro.
Ney Barros Bello
Secretário de Infra-Estrutura do Maranhão

Acusação: Teria determinado a elaboração de pareceres favoráveis às medições irregulares apresentadas pela Gautama para obras no estado. Também teria aprovado a medição, sem termo aditivo ao contrato, o que resultou no pagamento de R$ 1,6 milhão à Gautama em 2006, apesar de graves erros que impediam seu pagamento.

Leia mais: http://jornalpequeno.blog.br/johncutrim/desembargador-que-soltou-geddel-foi-indicado-por-sarney-lembra-jornalista-da-epoca/#ixzz5E0JkRgJe

Anônimo disse...


QUEM É RAUL SCHMIDT? NOSSO DINHEIRO DANDO VIDA BOA PARA BANDIDOS NO MUNDO INTEIRO. SE FOR EXTRADITADO PROVAVELMENTE VAI FICAR PRESO. SE FOR MANTIDO AQUI VAI CONTINUAR NOS ROUBANDO E "OPERANDO" PARA O PMDB.

Mont Blanc era a vista de ‘sócio’ de Zelada

De um lado, tradicionais vinhedos de uma das encostas mais valorizadas da Suíça. De outro, a vista do lago Leman. Ao fundo, o pico gelado do Mont Blanc. Nesse cenário vivia o lobista Raul Schmidt Felippe Junior. Alvo da Lava Jato, Schmidt é apontado como sócio de ex-diretores da Petrobrás e também como operador de propinas ao PMDB no esquema.

A casa, segundo imobiliárias locais, foi vendida por US$ 3,5 milhões em 2009. Atualmente, com o boom no mercado da região, a estimativa é de que ela pode valer até US$ 6 milhões (cerca de R$ 20 milhões).

De acordo com procuradores brasileiros consultados pelo Estado, a força-tarefa da Lava Jato desconhecia a existência desse endereço. Hoje, porém, ele está sob embargo da Justiça da Suíça, que investiga Schmidt e congelou também suas contas.
https://istoe.com.br/mont-blanc-era-a-vista-de-socio-de-zelada/

Anônimo disse...

O Flávio fez um podcast 60 sobre a esquerda fascista muito bom. O problema é que é muito longo mas vale a pena ouvir.

Anônimo disse...

Os comunistas são da religião material-ateísta, onde as pessoas são preparadas apenas como os animais a serem os futuros animais de carga da ideologia!
Apenas os donos da mafia se aproveitando e o resto fora dele não passando de lacaios, comendo o pão que o diabo amassou com as patas, não é isso, PTezada?

Anônimo disse...

A questão principal aí em ACREDITAR ou DESACREDITAR o Juiz Sérgio Moro é ver quem CUMPRE a LEI E QUEM NÃO CUMPRE. SE A LEI NÃO É BOA, TEM QUE SER MUDADA.

Lembrem-se que o nazismo começou assim, com a hegemonia de castas, no caso, raça.

Marcelo Rodrigues Cunha disse...

Centro esquerda = PSDB.