TRANSLATE/TRADUTOR. CLIQUE NO BANNER

domingo, junho 10, 2018

O BRASIL PRECISA QUE A VERDADE SEJA DITA! AINDA BEM QUE O CANAL DO PRESIDENCIÁVEL JAIR BOLSONARO NO YOUTUBE FOI RESTAURADO.


Há uns três ou quatros dias o canal do Youtube do presidenciável Jair Bolsonaro que conta com 595.285 inscritos simplesmente sumiu. Mas conforme o próprio Bolsonaro registrou em sua página do Facebook o canal, os vídeos e o registro do seguidores voltaram finalmente ao normal.

Lá há diversos vídeos. O que abre o canal tem por título "O Brasil precisa que verdade seja dita".

Trata-se de um pequeno documentário de apenas 12 minutos, apresentando pelo próprio Bolsonaro e que foi ao ar em 2016, mas sua validade é perene.

Em 12 minutos e alguns segundos Bolsonaro revela muito e cala a boca dos esquerdistas histéricos, useiros e vezeiros em turvarem verdades históricas com objetivos meramente políticos e para viabilizar a denominada "bolsa ditadura", uma bolada de dinheiro público que enche as burras das ditas "vítimas" da Revolução de 1964.

Neste sintético documentário o pré-candidato presidencial líder das pesquisas eleitorais revela justamente as verdades que são escamoteadas pela bandalha comunista que controla as redações da grande mídia, as universidades e o show business.

Todavia, com o advento da internet, sobretudo das redes sociais combinadas com a benéfica força do mercado capitalístico que permite a todos ter nas mãos um dispositivo móvel para acessar a grande rede, todas as manipulações vão sendo escancaradas.

E isto se transformou num inferno para o establishment, ou seja, não dá mais para continuar maquiando os fatos e manter a maioria dos cidadãos na ignorância e calados.

E a situação tornou-se tão dramática no Brasil que Supremo Tribunal Federal (STF) requisitou uma sala privada no Aeroporto de Brasília para uso exclusivo das autoridades da República que, face à evidência dos fatos, não se sentem à vontade para andar nos aeroportos, se é que me entendem.

O mais incrível de tudo isso é o fato de que o presidenciável Jair Bolsonaro surfa no topo das pesquisas eleitorais e pode andar livremente em qualquer aeroporto, viajar em aviões de carreira na classe econômica ou acompanhar uma maratona na orla de Copacabana e ser saudado pelos atletas.

Porém o inaudito, o ponto fora da curva, é o fato de que Bolsonaro prescinde de toda a grande mídia. O básico de sua comunicação com os eleitores é feita pelas redes sociais. Só no Facebook Bolsonaro tem mais de 5 milhões de seguidores e no Twitter mais de 1 milhão. A grande mídia, quando cita Bolsonaro é para tentar desqualificá-lo. Neste caso nota-se que a formação da opinião pública não se dá mais só e apenas pelo que a mainstream media noticia e/ou opina.

Tanto é que há algum tempo o establishment trouxe para o Brasil o marketeiro de campanha do presidente francês Emmanuel Macron. A grande mídia deu grande repercussão ao fato. Mas ao que parece o homem sumiu, escafedeu, retornando provavelmente à velha e catinguenta República Comunista da França para ficar lagarteando em algum daqueles cafés com cheiro de mofo. Sim, a velha Europa há muito está mofada.

Em síntese é isto aí. A Nação brasileira não é mais aquela, como se diz na gíria. Resta saber se irá se conformar se meia dúzia de integrantes do establishment/TSE presidir o ato de apuração dos votos da eleição presidencial de outubro próximo dentro de uma sala fechada, de costas para a Nação e sem que haja o voto impresso que o Congresso Nacional aprovou justamente para dirimir qualquer dúvida. O autor do projeto foi o próprio deputado Jair Bolsonaro!

16 comentários:

Anônimo disse...

Desculpa, Aluizio, mas o povo não se interessa por isso mais, não. Quando o STF decide descumprir uma lei para evitar que o voto impresso seja implantado, as urnas eletronicas são, com certeza, fraudáveis. Se vc analizar, a esquerda é minoria e eles sabem que se não for por estas urnas, não se elegem. O povo ja sacou que, estão querendo empurrar o Ciro Gomes que faz parte do Forum de São Paulo, que inclusive, falou no roda viva que precisa fazer uma nova constituição. Eu so digo o seguinte, lembrem-se da Venezuela do Forum de São Paulo. A única solução para o povo que não quer ser escravizado pela esquerda, é uma intervenção cívico militar para afastar os 3 poderes e tirar essas urnas eletrônicas, caso contrário, o povo será escravizado por muitos anos ate a chegada de uma revolução. Quando os caminhoneiros param, observa-se que a midia, inclusive aqui na internet, blogs por exemplo, so fala de bolsonaro; bolsonaro ta na frente nas pesquisas, bolsonaro isso, bolsonaro aquilo, tudo pra enganar quem vota no bolsonaro que é quase todo o povo brasileiro. Eles sabem muito bem que se não for por essas urnas eletônicas, não ganham. E o povo ja descobriu que a imprensa em peso ta comprada por eles pra enganar, o que não é o seu caso, Aluizio, e sabemos que vc é um dos poucos jornalistas que vem brilhantemente desmascarando a esquerda. Ta de parabéns. Vale lembrar que eles estão desesperados para implantar de vez o comunismo bolivariano aqui no Brasil. As leis bolivariana estão a todo vapor. Os parlamentares daqui estão ate de conchavos com o parlamento da Coréia do Norte. O que que a Coreia do Norte, um pais comunista, que escraviza seu povo e que a gente ve falar que perseguem cristãos e que o povo passa fome, tem pra oferecer ao povo brasileiro?
https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2018/04/30/senadores-se-encontram-com-lideranca-da-coreia-do-norte

Anônimo disse...

Bem, o fato é que esses bundões não incendiaram o Brasil. Hoje em dia não há força externa que os organize, treine e arme. A instabilidade política atual deve-se apenas a Lava Jato. No entanto, dado o aparelhamento da mídia, sistema educacional e instituições, pessoas isoladas, como Bolsonaro, estão sujeitas a ataques por qualquer coisa que digam.
.
Esse aparelhamento precisa ser resolvido.

Alcir disse...

Os ventos estão mudando de direção.
No Canadá, na província de Ontário, candidato Doug Fordum do Partido Progressista Conservador foi eleito. Depois de 15 anos, o Partido Liberal do Ontário foi praticamente varrido do mapa nas eleições do dia 7 de junho. O conservador Doug Fordum, é comparado com Donald Trump Presidente dos Estados Unidos. A imprensa canalha, o chama de populista e de Donald Trump canadiano. Os esquerdinhas levaram fumo em mais um país de primeiro mundo. Os conservadores vão governar em maioria, com 40,5% dos votos e 76 deputados, e os liberais amargaram seu pior resultado da história, com 19,6% e apenas sete deputados.

Vox disse...

O Brasil precisa bem mais "que a verdade seja dita", o Brasil precisa que a LEI seja CUMPRIDA.
É inadmissível que Lula, um condenado por corrupção, com sentença transitada em julgado, isto é, não cabem mais recursos capazes de alterar o mérito da condenação, ainda esteja em pesquisas e muito menos que se permita fazer um Jingle colocando-o mais uma vez como "salvador da pátria", sabendo-se que ele e sua corja são os responsáveis por milhões de desempregados, e falência econômica e moral do Brasil.

"Disputando com a eleição fraudável com o beneplácito do Supremo Tribunal Federal, a candidatura do presodentro Luiz Inácio Lula da Silva – que o PT ameaça inscrever – é a maior canalhice da eleição 2018 no Brasil. A absurda ilegalidade precisa ser imediatamente impedida pelo Tribunal Superior Eleitoral. A pergunta básica é: será que o TSE vai agir depressa ou vai ser conivente com o golpe jurídico da petelândia sem-vergonha?

Preso com privilégios imperdoáveis, Lula pode até contar com a intenção de voto de uma grande parcela do eleitorado ignorante ou cínico-pragmático (muitos têm a percepção, quase uma convicção burra, de que Lula foi muito bom para eles, que se autoclassificam de “pobres”). No entanto, o potencial eleitoral não concede o direito de candidatura a um condenado por corrupção, com sentença transitada em julgado (na qual não cabem recursos capazes de alterar o mérito da condenação).

O TSE não tem o direito de vacilar: assim que o PT cometer a ilegalidade e a imoralidade de registrar a candidatura de Lula, a tal “Justiça Eleitoral” tem a obrigação de negar o pedido de registro, imediatamente. Qualquer dúvida sobre a possibilidade eleitoral de Lula agride o princípio democrático básico. É pura insegurança jurídica e política.

O fato bárbaro, antidemocrático, é que a mídia vendida à petelândia mantém Lula no noticiário como “legítimo candidato”. A ousadia é sem limites. Já lançaram até o jingle do pré-candidato-fora-da-lei, com dois minutos de duração, usando imagens das caravanas de Lula antes de ser preso."
http://www.alertatotal.net/2018/06/tse-permitira-brincadeira-de-lula.html

O TSE permitirá essa afronta???

Sempre Mais do MESMO disse...

A primeira providência que deveria ser tomada seria a de CANCELAR A BOLDA e BANDIDO POLÌTICOS.

Na sequencia deveria ser retomado TODO o dinheiro dado a estes bandidos por FHC e LULA.

Sim, pessoas que compraram suas terras e nelas trabalhavam duro, FORAM EXPROPRIADAS para se restituir a "indios" de Iphone e a "Kilombolas" que desconhecem o que seja uma enchada....

...ENTÃO não pode haver empecilho juridico para RETOMAR aquilo que foi DADO arbitrariamente para BANDIDOS que assaltavam, assassinavam, explodiam patrimônio publico e privado, que sequestravam e TORTURAVAM até INOCENTES e não apenas seus adversários.

Se pessoas honestas perderam suas terras e BENS CONQUISTADOS COM TRABALHO, QUAL razão juridica poderá haver para impedir que um governo RETOME AQUILO que ANTERIR DOOU PARA SEUS BANDIDOS de ESTIMAÇÃO??? ...que sejam desapropriados de seus bens, caso não restituam em dinheiro o que receberam.

Outros governos no passado deram terras e os utimos governos as tomaram, mesmo que passadas várias gerações. Logo, INEXISTE IMPEDIMENTO JURIDICO PARA RETOMAR o que FHC, LULA e DIMA concederam a BANDIDOS e PROPAGANDISTAS da IDEOLOGIA CRIMINOSA.

Anônimo disse...

Agora não adianta mais reclamar sobre o voto impresso das urnas eletrônicas, o supremo já decidiu que isto não será possível nestas eleições. Se queremos eleições auditáveis, a única saída democrática é irmos às ruas para pedir a volta do voto em cédulas. Já existem movimentos neste sentido e só necessitam de adesão. Queira ou não a decisão esdrúxula do STF de barrar o voto impresso tem legitimidade, mas não impede de pedirmos cédulas de votação para as próximas eleições. Eu sempre prefiro o caminho da democracia que, com certeza, é o menos traumático, portanto, vamos às ruas. Sei que neste mês da copa vai ser difícil reunir muita gente para fazer qualquer manifestação que não tenha a ver com este evento, por isso é provável que não se programe nenhuma. As manifestações aparentemente estão programadas para o início de agosto, se Deus quiser. O resultado da copa também vai ser decisivo sobre a realização de manifestações. Se o Brasil ganhar, o povo vai estar tão alegre que vai preferir festejar por um bom tempo, enfraquecendo assim qualquer tentativa de ir às ruas. Se o Brasil não ganhar, aí ganha o Brasil. Da minha parte, eu gostaria de ganhar nas duas situações.

Sebastião

Anônimo disse...

Ao anônimo
Sim Aluízio é um dos poucos, por esta razão precisa ser lido por muitos. Então meu caro(a), junte-se aos que propagam esse Blog, em todos os lugares e para todos que sabem ler. Faça sua parte, diga : procure "Aluízio Amorim" no Google, peça que registre no celular, para que não entre num ouvido e saia no outro.
É preciso dividir o conhecer para somar.
Repasse.

Anônimo disse...

Os ventos podem até mudar lá fora, aqui sinceramente não sei. Em países democráticos um condenado nunca estaria em pesquisas, não é mesmo?


Anônimo disse...

A pergunta que fica é: qual a legitimidade do STF para descumprir uma lei do Congresso Nacional, aprovada pelos "representantes do povo"? Dá náuseas ver o que acontece de cima a baixo no judiciário CHULO do Brasil.Saquinho por favor!

Anônimo disse...

Esse stf de bandidos golpistas escarneiam da Nação , Leis e instituições. Aplicam golpes contra a vontade popular impunimente. Elles precisam ser detidos.

Anônimo disse...

Ninguém até agora explicou porque o canal de Bolsonaro foi retirado do ar?

Anônimo disse...

O Ciro Gomes virou o plano A do PT. Toda a esquerda vai se juntar ao Ciro. Aquela esquerda que roubou e arruinou o Brasil. O Ciro não vai privatizar, vai recriar o imposto sindical, vai abolir a reforma trabalhista, vai levar o PT de volta ao governo, vai indultar o Lula e os companheiros, não vai fazer nenhuma reforma da previdência. O Ciro representa o colonelismo dos mais atrasados. Mas o Ciro é mais vulnerável de todos os candidatos justamente por ser uma espécie de barriga de aluguel para o PT, ter feito e falado muita merda.
O mercado está incomodado não com o Bolsonaro mas com esse ajuntamento de comunistas bandidos representados por Ciro Gomes.
Para cima desses petralhas pessoal!

Danir disse...

Eu por princípio não uso facebook, twitter ou outra rede social. Minha filha colocou meu nome no facebook, e eu simplesmente não uso. Tenho restrições até ao linkedin, que embora seja um meio de nos colocarmos visíveis profissionalmente, tem uma seção de comentários "livres" que é um escarnio à inteligencia. Na minha opinião, o que deveria ser incentivado são os blogs, como este, onde as pessoas possam interagir, sem precisar ser seguidores e que o dono do blog seja mediador, quando os comentários ultrapassarem certos limites. Só isto, com as pessoas interagindo livremente. Um exemplo que deve ser execrado, é o caso do Antagonista, onde pessoas são censuradas por eventualmente usarem palavras chave, automaticamente censuráveis e ao mesmo tempo permitir o sem número de idiotas que a serviço provavelmente das esquerdas colocam comentários simplesmente desrespeitosos ou impróprios. E olhe que eu frequento o espaço, coloco comentários (já fui censurado algumas vezes) e assino a revista. Até onde eu sei, um blog não pode ser bloqueado por algum bilionario californiano servindo á causa gay ou globalista. Aproveitando o espaço, alguem sabe algo do estado de saúde do prof. Olavo de Carvalho. É uma pessoa que merece nossa atenção e orações.

Anônimo disse...

Quando eu disse que o STF tem legitimidade para barrar o voto impresso, estava me referindo a uma prerrogativa constitucional. Eu não estava legitimando aqueles argumentos que eles usaram, os quais, na verdade, são verdadeiros insultos à nossa inteligência. De fato, é duro ver uma lei de interesse popular ser detonada com estes tipos de argumentos. Concordo também que estes ministros precisam ser detidos, pois não é de hoje que vêm legislando contra a vontade da maioria da população. Se não forem detidos logo, corremos o risco de termos aborto legalizado, drogas legalizadas e etc.. Mas como vamos detê-los? Eu defendo as vias democráticas, onde o povo possa fazer pressão ao congresso para começar a bater de frente com o supremo. Espero que não tenhamos uma crise institucional, o que seria muito ruim, mas o supremo está indo longe demais. Já existe uma movimentação na câmara dos deputados na direção de tentar dar freios ao supremo. Trata-se do do projeto de lei do deputado Sóstenes Cavalcante (PL 4754/2016) que torna crime de responsabilidade dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) a usurpação de competência do Poder Legislativo e do Poder Executivo.
Temos agora uma ótima oportunidade de votar em cadidatos à câmara e ao senado que estejam comprometidos, dentre outras coisas, também com esta lei (tem que ser compromisso público). Precisamos encontrar formas para que isto aconteça. No entanto, fica a seguinte pergunta: Será que vamos querer ter este trabalho?

Sebastião

Anônimo disse...

Façam suas minhas palavras. As urnas são utilizadas em Cuba ,Venezuela e Brasil. Bolsonaro será eleito em primeiro turno mas as pesquisas vão validar Ciro como presidente. Assim como fizeram com Lula que a meu ver não ganhou as eleições em 2002. Mas foi eleito pela smartic. A Venezuela e aqui e até o final do ano.

Anônimo disse...

Sebastião
A pergunta também poderia ser: queremos "governos " como Cuba e Venezuela?