TRANSLATE/TRADUTOR

quarta-feira, setembro 16, 2020

A ARMA MAIS BRUTAL E DEMOLIDORA DOS COMUNISTAS: A DESTRUIÇÃO DA FAMÍLIA!

Muita coisa me vem à lembrança lendo há pouco um artigo excelente do grande intelectual e escritor norte-americano Jeffrey Nyquist e que foi publicado em tradução para o português pelo site Mídia Sem Máscara. O título original desse artigo é "A Guerra Contra a Família". Aliás, uma guerra que começou, lá atrás, nos idos do século XIX com o marxismo e ganha a via prática por meio da militância de Betty Friedan nos anos 60 do século passado cuja foto ilustra a postagem do artigo de Jeffrey Nyquist lá no site Mídia Sem Máscara. Nos anos 70 do século passado cheguei a ler a obra seminal do feminismo que Nyquist cita no seu artigo "A Origem da Família, da Propriedade e do Estado", de Friedrich Engels, o amigo ricaço de Karl Marx. Para variar, ambos alemães. A Europa é o berço do nazismo, do comunismo e do fascismo, sem falar que a Alemanha deflagrou duas guerras de impacto global.

Acreditem. Nas décadas dos anos 50 e 60 do século passado a grande mídia já fazia o seu serviço de doutrinação comunista num trabalho conjugado com as universidades, então o locus especial de difusão de toda a sorte de iniquidades. Testemunhei isso quando em 1971 ingressei no curso de Direto da UFSC. 

Enfim, o que desejo com esta postagem é levar aos estimados leitores uma verdade insofismável: o mal do comunismo, sendo que a maior maldade dessa ideologia assassina está na sua forma de ação atual por meio do pensamento dito "politicamente correto", incluindo-se aí a tal 'política de gênero', a campanha pela legalização do aborto, entre outros males terríveis que culminam com a destruição da família, promovendo o esgarçamento social e toda sorte de iniquidades. Transcrevo artigo. Não deixe de ler e compartilhar esta postagem. Leiam:

Talvez você já tenha ouvido que a guerra em curso contra a família tradicional é uma “conspiração comunista”. Não ria. A família tem sido o principal objetivo dos revolucionários socialistas por mais de 160 anos.


De fato, a contínua desintegração da família coincide com o contínuo avanço do socialismo. A esquerda trabalha incansavelmente para normalizar o divórcio, o aborto e a perversão sexual. No entanto, para entender o papel da esquerda na desintegração da família, é necessário primeiro entender o que é a esquerda.


Deixando de lado os diferentes significados de palavras como “socialismo”, “comunismo” e “marxismo”, em todos os três você pode encontrar um conjunto comum de ideias. Essas ideias podem ser resumidas em cinco partes, como segue: 1) a “salvação” do homem pode ser alcançada através de ativismo político ou uma revolução, 2) que estabelece a “paz” convertendo todos os países em um só país (internacionalismo), 3) que é hostil à propriedade privada dos meios de produção (anticapitalismo), 4) que “emancipa” as mulheres da maternidade (feminismo), 5) e que traz uma “prosperidade” universal através da cooperação e harmonia universal.


O que temos, nas ideias de “socialismo”, “comunismo” e “marxismo”, é o surgimento de uma nova fé. É uma fé na qual os marxistas-leninistas (isto é, os comunistas) se veem como a ponta de lança ou a “vanguarda”. Tal era a arrogância do Estado soviético, e permanece, hoje, a arrogância do Partido Comunista Chinês. 


É impossível compreender adequadamente essa nova fé sem compreender o trabalho clandestino dos países comunistas e seus serviços especiais. De acordo com as intensas investigações realizadas pelas comissões do Congresso dos Estados Unidos nos anos 50, a União Soviética foi o centro coordenador de uma “conspiração comunista” mundial que envolveu a infiltração e a subversão de muitas nações, incluindo os Estados Unidos.

Essa subversão não parou nos anos 50; de acordo com várias fontes — como o “Camarada J” de Pete Earley — continua até hoje, apesar da queda da União Soviética.


Ao falar da guerra contra a família, devemos primeiro mostrar que o comunismo, como a vanguarda da fé esquerdista, é muito mais do que uma “conspiração” ou uma “rede de subversão”. Se olharmos de perto, poderemos ver que a civilização gradualmente passou de uma crença na salvação espiritual para uma crença na salvação política (através do ativismo político). Este passo da fé espiritual para a fé política começou durante a Revolução Industrial. Não é novidade que as realizações científicas e tecnológicas levaram muitas pessoas ao materialismo (a crença de que não há nada exceto a matéria). Em 1859, Charles Darwin propôs uma teoria materialista da origem do homem “por meio da seleção natural”. Com a aceitação da teoria da evolução de Darwin, a humanidade sofreu um revés: se o homem é um acidente evolucionário, que significado poderia ter a vida? Como o homem preserva sua dignidade?


É aqui que o marxismo entra em cena. Como pode um acólito aspirante da nova fé estabelecer a fundação para o Céu na Terra? Afinal, o homem deve buscar a salvação por si mesmo. Dos “Cadernos do Cárcere” do comunista italiano Antonio Gramsci, aprendemos que o potencial da “consciência socialista” dependerá em última análise da negação do senso comum e da natureza humana. Gramsci não está sozinho nesta proposta. Em “O Manifesto Comunista”, Karl Marx e Friedrich Engels disseram que “o comunismo anula as verdades eternas, elimina toda religião e toda moralidade, em vez de constituí-las sobre uma nova base”; portanto, ele age em contradição com toda experiência histórica passada”.


Segundo o marxismo, a moralidade sexual é uma arma das classes exploradoras. Portanto, a imoralidade sexual é uma arma da luta de classes. Para quebrar a espinha do capitalismo, o marxismo aprova a doutrina do amor livre. Não surpreende, portanto, que o bloco comunista (com a ajuda de aliados esquerdistas no Ocidente) tenha promovido a ruptura das normas sexuais na década de 1960. Ao rejeitar a moralidade sexual como instrumento de uma sociedade opressiva, dominada por homens e racistas, os comunistas desferiram um golpe contra a cultura tradicional, a ordem social e a religião.


Agentes comunistas influentes solaparam a ideia de que os homens deveriam ser o apoio econômico da família e as mulheres deveriam ser donas de casa. A validade dos papéis distintivos de homens e mulheres foi denunciada como “prejudicial para as mulheres”. Segundo a fundadora do feminismo moderno, Betty Friedan, a dona de casa vive em “um confortável campo de concentração“. Friedan explicou: “As mulheres que se ‘adaptam’ como donas de casa, que crescem querendo ser ‘apenas donas de casa’, correm tanto perigo quanto os milhões que caminharam para a própria morte nos campos de concentração”.


De onde Friedan tirou essa ideia estranha? Ela era secretamente uma comunista que fizera extensos trabalhos de propaganda para o Partido, como David Horowitz explicou em seu artigo de 1999, “O passado comunista secreto de Betty Friedan“.


Nos primórdios do marxismo, Engels escreveu um livro intitulado “A origem da família, da propriedade privada e do Estado”. Neste livro, ele defendeu a abolição da família e promoveu a educação coletiva de crianças. Este tipo de livros, no século XIX, não causou nenhuma impressão entre o público. Foi somente no século XX, depois de menosprezar o papel da dona de casa, que os comunistas minaram decisivamente a família. Isso abriu a porta para o divórcio sem culpa, uma lei que foi tentada pela primeira vez na União Soviética. Ela fez do casamento um contrato não vinculativo. A maternidade foi decisivamente minada. Depois veio a legalização do aborto. Um regime de infanticídio foi estabelecido envolvendo milhões de mulheres.


Depois disso, uma série de eventos surpreendentes se seguiu: 1) uma epidemia de pornografia, 2) a legalização do casamento homossexual e 3) educação sexual para crianças cada vez menores. O que poderia ser mais desmoralizante? Quem ousaria resistir, dado o crescente imperativo hedonista?


De acordo com Marx no Vol. 3 de “Marx-Engels-Gesamtausgabe”, a destruição da família levaria à destruição do cristianismo. “O segredo da Sagrada Família é a família terrena”, disse Marx. “Para fazer desaparecer a primeira, a segunda deve ser destruída, na teoria e na prática.”


A socióloga alemã Gabriele Kuby observou que “todos os revolucionários sexuais do século XX têm suas raízes espirituais no marxismo”, segundo a “Revolução sexual global: a destruição da liberdade em nome da liberdade”.


A noção revolucionária, como explica Kuby, sustenta que “o vício como forma de controle social é praticamente invencível”. Em outras palavras, quando o indivíduo abandona o autocontrole sexual, ele desperta um poder totalitário em ascensão. Para entender como esse poder funciona, Kuby lista aqueles que podem se beneficiar do declínio da família: 1) qualquer um que deseje transformar a humanidade em um despojo desenraizado em prol da ambição global, 2) qualquer um que queira que o Ocidente afunde em um “inverno demográfico” e 3) quem quer eliminar o cristianismo.


Quanto mais examinamos a guerra contra a família, mais descobrimos a mão oculta da vanguarda comunista. Se um poder é capaz de desacreditar a maternidade e deslegitimar a autoridade masculina, como pode haver oposição a esse poder?


A negação das diferenças sexuais, a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo, a mudança de sexo para as crianças, o desprezo pela maternidade, a demonização da masculinidade, são ideias que a nova religião da esquerda favorece. Todos os filósofos, estadistas e santos dos séculos passados — pagãos e cristãos — teriam condenado essas ideias como loucura. Mas aqui estamos nós, no século 21, vendo como essa loucura se desenvolve.


A batalha final na guerra cultural não está longe. Nós não sabemos qual será o resultado. Pode-se dizer com segurança que a vida acabará voltando ao normal. A questão é quanta morte e quanto sofrimento ocorrerão nesse meio tempo.

 

Publicado originalmente no The Epoch Times.

Jeffrey Nyquist, autor de obras como ‘The Origins of The Fourth World War’ e ‘O Tolo e seu Inimigo’, é expert em estratégia e formado em sociologia política pela Universidade da Califórnia.

https://jrnyquist.blog


15 comentários:

Sempre Mais do MESMO disse...

O primeiro sujeito a perceber o quanto famílias são empecilhos para o Poder totalitário estatal foi PLATÃO. Exatamente o sujeito que Nietzsche chamou de "puxa saco" do tirano de Siracusa, algo do tipo.
Platão aventou que o Estado criasse as crianças sem que estas soubessem que eram seus pais. Evidentemente que tal criação permitiria a absoluta doutrinação, ou adestramento, desse rebanho infantil.
É de Platão a idéia de que existiriam pessoas que "têm ouro" em sua constituição e que estes deveriam ser os magistrados, os governantes. Claro que também existiriam os que "têm prata" na sua constituição e que estes seriam os guerreiros. Porém aqueles que "têm bronze" em sua constituição seriam exatamkente os que deveriam trabalhar e produzir para sustentar a "Utopia" de Platão.

O Socialismo precede a Marx e teve origem no moralismo piegas cristão. Aliás Marx chamou o Socialismo cristão de Socialismo utópico. Talvez um pouco influenciado no termo pela concepção de Utopia de Thomas More, santo católico. Thomas More escreveu "Utopia" como descrição de um governo comunista. Admitiu a influencia de Platão no cristianismo e fez uma descrição do que seria SEU ideal. Thomas More foi honesto ao descrever seu comunismo, coisa que Marx não fez. fazendo-o com sinceridade e tentando aproximar-se da idéia de justiça, prevendo a rotatividade das terras para que boas terras não permanecessem nas mesmas mãos.
Thomas More, dito um grande humanista, e é santo católico, também previa a MUTILAÇÃO dos ESCRAVOS para que fossem facilmente reconhecidos caso fugissem.
More também recomendou que ninguém poderia estar em reuniões para falar de política sem a presença de uma autoridade governamental.

É lógico que Santo Thomas More estabeleceu que os governantes habitariam um palácio, mas a patuléia poderia fazer refeições no palácio dos governantes. Talvez assim compensando a desigualdade em seu comunismo.

Enfim, na decadência do Império Romano, que suceseu a República Romana, a corrupção e o inchamento de um Estado poderoso levou não só a decadência econômica, mas sobretudo a decadência moral. Explorar a própria população em vez de saquear outros povos (distribuindo migalhas do saque a população: idéia de César pré Império) tornou-se opção obrigatória e para isso PRECISAVA DE UMA POPULAÇÃO MANSA e SUBMISSA, que nada julgasse e tudo aceitasse resignadamente.

As disputas políticas levaram a alianças expúrias e por fim a prostituição com os Bárbaros, culminando na implantação do FEUDALISMO, onde os "protetores" e governantes, juntamente com o clero doutrinador (midia antiga), se impunham aos SERVOS DE GLEBA, explorando-os/escravizando-os arbitrariamente. A censura ideológica se fez e por fim estabelecida oficialmente e obrigatória pelo Santo Oficio.
Claro que TODAS AS ATROCIDADES COMETIDAS O FORAM EM NOME DO BEM COMUM, para salvar os bons do fogo do inferno. Sempre todas as atrocidades foram perpetradas EM NOME DE UM OBJETIVO REDENTOR.

O ataque à Liberdade e a defesa da SERVIDÃO sempre foram preconizados EM NOME DO BEM e DA SALVAÇÃO.

Anônimo disse...



Não temos lido antes da Revolução Francesa, mas pelas características das revoluções não temos a menor dúvida que ela foi uma das revoluções dos nazistas. E não tenham a menor dúvida que eles são sim os nazistas que mataram seis milhões de judeus. O judaísmo é a religião mais antiga do mundo e todas as outras são baseadas nela, portanto, eles declararam guerra contra os judeus ou o judaísmo e para isso, roubaram suas identidades. A inquisição também tem tudo a ver. Os judeus foram obrigados a se converterem ao cristianismo e os convertidos eram chamados de cristãos novos ou marranos. Os bandeirantes desbravadores do Brasil eram judeus e onde os judeus estavam havia conflitos com os jesuítas com certeza por perseguição, por isso, os jesuítas foram expulsos de Portugal e do Brasil tendo todos os seus bens confiscados.
Hoje ficamos numa dúvida, será que o cristianismo foi criado como um meio de perseguição aos judeus, uma vez que Deus abomina a idolatria e a igreja converte padres, pessoas em imagens de idolatria, em santos e também aconteceu a inquisição. Era sob uma desculpa de blasfêmia, de heresia que os judeus eram sacrificados e por isso foram obrigados a se converterem ao cristianismo. O que é uma contradição muito grande pois, como a igreja que converte pessoas e padres em santos incentivando a idolatria podem condenar religiosos por blasfêmia ou heresia. Hoje temos até o Papa Francisco com a igreja Pachamama.
Esse comentário não faz parte exatamente do assunto, mas está interligado, pois Abraão foi o pai do patriarcado que eles querem destruir.
Estamos falando dessa questão da demolição das famílias tradicionais há um bom tempo.

Anônimo disse...

DECLAREMOS TAMBÉM GUERRA AOS CANDIDATOS E AOS PARTIDOS SOCIALISTAS E COMUNISTAS!
Defrontamo-nos com a guerra que as famílias hoje em dia enfrentam, dos casamentos descartáveis, onde qualquer obstáculo, por menor que seja, já é suficiente para um ou ambos desistirem.
E daí se fizemos votos? E daí se tivemos filhos? Hoje em dia, são tantos filhos de casais divorciados, que isso não surpreende ninguém nem faz diferença de tão ideologizadas no marxismo as massas, onde entram os infernais regimes demoníacos comunistas, caso Brasil, PSDB e depois o mega cafageste PT-Black Lives Matter, versão Brasil.
Na aparição de Fátima, a Irmã Lucia disse que o combate final do demonio ( os comunistas ) seria na destruição dos valores da família, graças a muitas centenas de pastores esquerdistas protestantes e comunistas padres e alguns bispos da martelo e foice TL, inimicíssimos da família.
Nessas próximas eleições, não votemos em nenhum candidato ou em partido socialista ou comunista, pois, se católico, é excomungado automaticamente da Igreja, pois colaborará com a destruição da família!

Anônimo disse...

Nos afastamos e fomos afastados de nossa essência espiritual. Ninguém será o mesmo amanhã, nem como corpo, nem como CONSCIÊNCIA. O corpo humano se modifica a todo momento. Somos quase virtuais. Por onde passamos deixamos algo de nós através de secreções, células mortas, inspiração e expiração, palavras, pensamentos, sentimentos e ações. O corpo humano tem inteligência autônoma, embora recebendo as influências que nós, enquanto CONSCIÊNCIA, lhe oferecemos através da alimentação, hábitos, pensamentos, sentimentos, palavras e ações.

A "salvação" é um termo metafórico usado para dissuadir. Sempre houveram inimigos conscientes da "salvação". Salvação é harmonia, entrar em harmonia com a essência Universal de onde brotam os astros e a vida.

Salvação é se deixar "inspirar", inspiração, ouvir o silêncio como norma e perceber nosso propósito de vida, nos conscientizarmos, tomar consciência de nossa essência, reconhecer nossa pequenez enquanto parte e reconhecer a grandeza da inteligência Universal, gratidão, adquirir inspiração, receber inspiração, adequar a inspiração como conhecimento e materializar avanços para o bem em todas as áreas onde o ser humano atua.

Cristo é o nome grego dado à fagulha divina que todos somos, um átomo vital, núcleo e 1 elétron, dotado de consciência e mente que habita um corpo. Esse corpo tem inteligência própria que é despertada e harmonizada na fecundação.

A diferença entre as ações humanas está, de um lado, no auto domínio e realização (religar-se) conscientemente à inteligencia universal, se inspirar, ser inspirado, processo individual e aqueles que querem controlar e dominar o mundo segundo "o que acham que é melhor" para todos.

Logo, podemos pender para qualquer lado, a decisão é individual.

Anônimo disse...

Na verdade, essa FÉ POLITICA, é muito mais antiga que a Revolução Industrial. Ela pode até encontrar parâmetros de comparações com a Revolução Industrial, mas a discórdia, a dualidade, o embate é muito mais antigo, até onde podemos saber e conhecer. Um dos mitos desse embate é "Caim e Abel".

Outro mito é:

Adharma é o antônimo em sânscrito de dharma, e significa vício ou pecado.

No Bhagavad-Gita, Krishna declara que ele encarna (renasce) em toda a era (yuga) para reprimir os sem-leis e restabelecer a ordem na terra. Os sem-leis criam deméritos (apunya), e carma desvantajoso, que resulta um renascimento desfavorável.

Esta falta de virtudes ou consciência, não pode ser transcendido pelo contentamento. Tornando a pessoa presa ao samsara (a roda do renascimento).

Também personifica o filho de Brahma, que tem o título de "o destruidor de todos os seres."

Sempre Mais do MESMO disse...

Palavras e a linguagem complexa:
Acredito que a evolução humana se deu pela habilidade de desenvolver uma linguagem complexa, capaz de nomear fatos concretos (dar nome aos animais ...rsrs) e também dar nomes a pensamentos e conclusões. Ou seja, o ser humano conseguiu dar nomes não apenas ao que pode ver, tocar, sentir odor, paladar e ouvir, mas também ao que pode pensar, julgar e concluir.

Um computador qse emula algo semelhante. Existem "endereços" de memória que contém informação mais longa. Assim, através do "endereço" de memória se consegue obter conhecimento maior de forma breve (se já exposto e endereçado).
Não são muito diferentes dos endereços residenciais. Se não existissem cidades, bairros, ruas e número de unidade, seria praticamente impossível passar a outra pessoa uma localização.

O mesmo se dá com as palavras nos idiomas. Elas endereçam conhecimentos com descrição longa. Assim facilmente alcançamos o conhecimento ao buscarmos o significado das palavras. Desta forma conseguimos encadear brevemente os conhecimentos que demandariamn longuissimas expalnações.

Por exemplo ao usarmos a palavra HIPÓCRITA numa explanação, não precisamos descrever o significado desta palavra, já que ela "endereça" o significado. Se usarmos esse raciocínio para todas as palavras, perceberemos que seria impossível a comunicação.

É exatamente a comunicação que permite adquirirmos conhecimentos rapidamente. Pois usamos "endereços" de conhecimentos previamente expostos para criarmos novos conhecimentos que serão "endereçados" e referidos como base para outros.

Eis aí o porquê da espécie humana prosperar fantásticamente: uma linguagem eficiente, capaz de transmitir conhecimentos que não precisarão ser descobertos individualmente a cada momento:
- uma vez entendidos podem ser armazenados em um "endereço" e serem sacados a CADA ENCADEAMENTO DE RACIOCÍNIO.

Deturpar o entendimento sobre o que as palavras endereçam na mente é animalizar humanos. Destruir os conhecimentos que as palavras endereçam, é igualar humanos a animais.

Vejamos, animais podem emitir sons, porém os utilizam para transmitir EMOÇÕES e não conhecimentos.
Animais rosnam, mostram os dentes, emitem sons altos ou baixos, graves ou agudos e etc., apenas para comunicarem se aprovam ou desaprovam, se querem ou não querem, se alegres ou charteados e por aí.

Humanos estão regredindo aos animais:
- quando alguém acusa outro de fascista, não endereça o conhecimento sobre o que é um fascista, mas sim exprime sua desaprovação através da ENTONAÇÃO e REPRESENTAÇÃO FÍSICA (gritos e caretas emocionadas) apenas transmitindo desaprovação e não um raciocínio sobre fascismo.

Se EM VEZ de EMITIR A PALAVRA apenas ROSNASSEM e EXPUSESSEM SUAS CARETAS contra o "alvo" em questão, surtiria o mesmo efeito:
- todos apreenderiam a reprovação ao "alvo", como pretenso conceito, mas não a descrição do "alvo".

Enfim, na fábula da TORRE de BABEL expõe-se as consequências da deturpação do idioma (genial criação humana).

PIOR QUE CRIAR INCOMPREENSÃO no IDIOMA é a DETURPAÇÃO sobre o que "endereçam" as palavras. Neste caso já não se trata de NÃO COMPREENDER, mas de COMPREENDER ERRADO, o que é muito pior.

Se temos uma descrição de fatos, JULGAMOS e estabelecemos um CONCEITO: favorável: verdade, bom, desejável e etc., ou nocivo: indesejavél, ruim, falso e etc..

Quando usamos as palavras, EM TESE, não só endereçamos descrições de fatos, mas também sugerimos CONCEITOS sobre estes.

Por isso que CANALHAS USAM PALAVRAS APARTADAS DE SEUS SIGNIFICADOS: visam MANIPULAR CONCEITOS a ESTAS PALAVRAS ASSOCIADOS.

Já dá p/ ter idéia do que aponnto.
Desconheço a perfídia de Antônio Gramsci e não sei se chegou a este ponto de recomendar deformação do idioma, mas não é dificil perceber a eficiência de tal PÉRFIDA ESTRATÉGIA.

Anônimo disse...

"Enfim, na decadência do Império Romano, que sucedeu a República Romana, a corrupção e o inchamento de um Estado poderoso levou não só a decadência econômica, mas sobretudo a decadência moral. Explorar a própria população em vez de saquear outros povos (distribuindo migalhas do saque a população: idéia de César pré Império) tornou-se opção obrigatória e para isso PRECISAVA DE UMA POPULAÇÃO MANSA e SUBMISSA, que nada julgasse e tudo aceitasse resignadamente."

Caro Sempre Mais do MESMO, muito valiosa a sua informação. Aí vai um método MODERNO de se fazer isso atualmente, veja esse pequeno artigo de um site de Química, da Internet:

https://agracadaquimica.com.br/o-fluor-foi-uma-arma-quimica-para-os-nazista/
Home Química da Morte O Flúor: foi uma arma química para os Nazistas

O Flúor: foi uma arma química para os Nazistas

Durante a Segunda Guerra Mundial, milhares de inocentes foram exterminados nos campos de concentração nazistas. Entre as várias técnicas de extermínio, as câmaras de gás envenenavam o ar e o destino dos corpos era os fornos (crematórios de guerra). Para controlar a agitação e rebeliões dos prisioneiros, os cientistas encontraram um método simples: descobriram que repetidas doses de flúor em quantidades muito pequenas afetam o cérebro, envenenando e narcotizando lentamente as pessoas tornando-as submissas. Os comandantes dos campos alemães ordenaram a adição do produto químico na água.

No final da guerra, os Estados Unidos encarregaram Charles Eliot Perkins, um pesquisador especializado em química, patologia e fisiologia, de estudar a técnica de controle da mente. Em sua pesquisa na Alemanha, Perkins obteve várias conclusões assustadoras. Informou que “quando os nazistas, sob as ordens de Hitler, decidiram atacar a Polônia, cientistas e militares alemães e russos trocaram informações. Os russos adotaram o esquema de controle de massa através da medicação, porque se adaptava perfeitamente aos seus planos.”

Opositores da fluoretação têm usado insistentemente a internet, divulgando denúncias como essa e pesquisas que condenam o método. Em Joinville, a Casan aplica o flúor na água como tratamento de saúde pública massificado para a prevenção da cárie dentária. Um dos maiores combatentes, o americano e doutor em química, Paul Connett, tem uma das mais abrangentes pesquisas sobre o tema disponível no sítio www.fluoridealert.org. Nas “50 razões para opor-se à fluoretação”, ele confirma: “O flúor é biologicamente ativo mesmo em baixas concentrações. Ele interfere com os ligamentos de hidrogênio, que é o centro da estrutura e funções das proteínas e ácidos nucléicos. Assim, tem o potencial de provocar distúrbios no processo vital do organismo”.
Fonte: http://geocities.yahoo.com.br/umanovaera

Anônimo disse...

O Partido Comunista Chinês deve estar planejando uma nova epidemia a essa altura, se não for parado pode ser o fim da maioria da humanidade, vejam um excerto de um artigo do site ESTUDOS NACIONAIS:
A CHOCANTE REVELAÇÃO DE PLANOS DE INVASÃO MILITAR CHINESA DAS AMÉRICAS
......
Mas isto ainda não esclareceu a questão: como vai ser o ataque final aos EUA? O camarada Xiaoping, o mesmo mentor da reforma econômica chinesa, sugeriu que ao invés de investir em porta-aviões, a China deveria investir em armas biológicas contra os americanos[6]. E a China tem coletado de bioengenheiros israelenses informações para o desenvolvimento de uma arma biológica que não atinja a raça amarela na ocasião de seu ataque surpresa.

Enquanto esta arma (com a vantagem de proteger a raça amarela) não for
desenvolvida e a China não terminar o seu cerco para criar a sua oportunidade de aniquilação, os comunistas tem que se virar para esconder as suas intenções e suas capacidades. O “camarada Xiaoping enfatizava: 'evite revelar ambições e tire os outros de seu rastro’”. Assim, focando em problemas com Taiwan, é possível esconder os seus problemas com os EUA.

A história mostra que não era possível matar uma população inteira de um país invadido com sabres e rifles. Mas se os chineses não matarem os americanos, estes não vão deixar ninguém se mudar para lá. Além disto, armas biológicas atingem apenas as pessoas e não as infraestruturas que podem ser usadas imediatamente por quem estiver chegando, dispensando a necessidade de maiores investimentos de reconstrução no pós-guerra.
......
Link do artigo no site:
https://www.estudosnacionais.com/17853/a-chocante-relevacao-de-planos-de-invasao-militar-chinesa-das-americas/

Anônimo disse...

Informações de um perfil do Twitter
Monopólios da China

Sabem porque tudo está subindo??? Não tem mais resina plástica, polietileno matéria prima básica para indústria de plástico no mercado. Está tudo na mão dos Chineses.

A China têm o monopólio da resina. Tudo que foi importado é dominado pela braskem da Odebrecht.
Em pouco tempo, uns 40 dias a indústria vai parar.
Só a coca mar tem óleo de soja para vender.
A produção inteira de soja do Brasil está comprada pela China até 2022. Ou seja, quem têm é que vai decidir o preços que vai vender.
ENTRE 60 E 90 DIAS NÃO HAVERÁ MAIS CARGA PARA CARREGAR.

A China vai derrubar o Brasil pela escassez de alimentos.
Não é a toa que aumentam a quarentena. A técnica é vencer pelo cansaço e falta de fôlego econômico.
Arroz, açúcar, óleo...estão subindo absurdamente.

Então: Auxílio acabando e comida aumentando vai acabar com o fôlego econômico do Brasil.
Esta é a estratégia de governadores, China, STF, Congresso...um protege o outro e todos contra o Brasil e contra os brasileiros.
Apostando na ruína econômica.

Faltando emprego e comida o povo tende a se revoltar contra o governo.
Aí ele conseguem derrubar o presidente com impeachment. Aí cai Bolsonaro e Mourão e fica o Maia.
Limpam a ficha do larápio e ele voltaria como Salvador da Pátria.

Se, cruzarmos os braços vamos virar uma Venezuela.
Por isso Dória disse que a popularidade de Bolsonaro vai só até novembro. ATENÇÃO! REPASSEM PELO AMOR DE DEUS.

Anônimo disse...

O STF decidiu que o voto impresso é inconstitucional.
Meu Deus! Assim estamos ferrados!

Veja alguns excertos de uma carta que Fidel Castro deu a Lula para ser entregue a Hugo Chávez, e vejam em que etapa da implantação do comunismo estamos:
PRIMEIRA ETAPA:
......
"Os pobres são maioria e têm pouca memória. Injeta-lhes esperança e acusa o passado, à Democracia de todos os seus males.
Por todos os meios mantém maioria na Assembléia. Mantém a teu lado no mínimo a Procuradoria e o Tribunal.

“Compre todos os militares com comando de tropa e equipamentos. Põe-os onde há bastante dinheiro. Compra banqueiros.
Grandes comerciantes e construtores. Dá-lhes contratos, trabalhos e facilidades para esta PRIMEIRA ETAPA.”

SEGUNDA ETAPA:
......
"Controla a Polícia, destrói-a.
Ponha-na à tua disposição.

TERCEIRA ETAPA:
......
Se tens tudo nesta etapa podes seguir para a terceira.

“NA TERCEIRA ETAPA PODES VIOLAR A CONSTITUIÇÃO PORQUE NINGUÉM VAI TE IMPEDIR. Ordena invasões. Distribui armas, drogas e
dinheiro. Acusa-os de espiões e corruptos. Desprestigia-os.
Prende muitos jornalistas, empresários, líderes trabalhistas. Os demais escaparão do país ou serão punidos.”

Há que fuzilar os opositores que não aprendem. Isso é a única
coisa que os silencia e é mais econômico."
......
E por aí vai.
Para quem quiser ler a carta inteira, o link vai abaixo:
https://7minutos.com.br/noticias/politica/ultimasdepolitica/carta-de-fidel-castro-a-hugo-chavez/

Anônimo disse...

A narrativa, os preparativos do golpe internacional contra o Brasil:

TOA - Relatoria da ONU propõe inquérito internacional contra Brasil

Recomendação é inédita em período democrático brasileiro e tem como base violações ambientais e de direitos humanos

https://www.defesanet.com.br/toa/noticia/38098/TOA---Relatoria-da-ONU-propoe-inquerito-internacional-contra-Brasil/

Anônimo disse...

ONGs boicotean el comercio entre Mercosur y Europa para cuidar sus negocios

Debería considerarse un crimen de lesa humanidad impedir que los hombres y mujeres del mundo puedan comerciar libremente y ejercer actividades económicas licitas para el sustento de sus familias

https://es.panampost.com/emmanuel-rincon/2020/09/16/ongs-boicotean-el-comercio-entre-mercosur-y-europa-para-cuidar-sus-negocios/

Anônimo disse...



Pessoal, como sabemos que eles estão desesperados pela a Amazônia e sempre trabalham com falsa bandeira, não tenham a menor dúvida que os incêndios no Pantanal são criminosos. Pois é, como essa gente é cínica e descarada ao manifestar preocupação com o meio ambiente e serem capazes de incendiar florestas para demonstrar uma falsa preocupação com as mesmas para tentar convencer o mundo que o Presidente Bolsonaro não cuida do meio ambiente. O que está em jogo é o corredor Triplo A que eles querem por que querem roubar do Brasil, e essa é uma das razões que tentaram por tudo derrubar o Presidente Bolsonaro.
Fizeram uma réplica da cabeça do Presidente para ser usada como bola de futebol, e isso não passa de manifestação do ódio que sentem pelo Presidente e tudo pela Amazônia. Ainda bem que os países que esses predadores agiram como por exemplo, nos países Árabes por causa do Petróleo, na Russia na época que eles implantaram o Comunismo lá, na Ucrânia com o Holocausto da fome e outros países que eles, de maneira predadora agiram, não dão mais crédito a eles. Podem ter certeza que onde esses nazistas atuam através de suas marionetes, passam a serem desprezados pelos povos das nações. Eles implantam o Comunismo nos países incentivando as marionetes a viverem nababescamente à custa de massacrar a população para que essas marionetes permitam que eles saqueem as nações. Por isso que eles implantam o Comunismo nos países. E podem ter certeza também que eles estão desesperados para comandar a Otan para curvar o Brasil aos interesses deles que é a Amazônia, como fizeram com o Iraque com a suposta guerra ao terror. Ah, e sabem o que motivou essa guerra ao terror? Foi a falsa bandeira do atentado às torres gêmeas, o onze de setembro. Para quem ainda não sabe, o onze de setembro foi uma farsa, foi um atentado de falsa bandeira.
Infelizmente temos aqui os traidores que se dispõem a receber dinheiro desses nazistas para esculachar com o Presidente e com as pessoas patriotas conscientes que lutam pelo seu país. às vezes, usam até mesmo dinheiro público para isso.


Vejam nesse video do link o porquê do ódio que sentem pelo Presidente Bolsonaro.


https://www.youtube.com/watch?v=D0zYJxYsE44



Ferreira pena disse...

Terrível

Anônimo disse...

DORIA ELOGIA EFETIVAÇÃO DE PAZUELLO NO MINISTÉRIO DA SAÚDE: 'DECISÃO CORRETA'
Marcos Rocha
Publicado 4 horas atrás
em 16.09.2020
Por Marcos Rocha
Marcelo Camargo | Agência Brasil
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), elogiou, nesta quarta-feira (16), a decisão do presidente Jair Bolsonaro de efetivar o general Eduardo Pazuello no cargo de ministro da Saúde.

No Twitter, o tucano afirmou que Pazuello tem apresentado ‘postura republicana e aberta ao diálogo’. Ele também disse esperar que o general continue ‘a ajudar nosso país a superar a pandemia’ da covid-19.

“Cumprimento a decisão do Presidente Jair Bolsonaro de efetivar o General Pazuello como novo Ministro da Saúde do Brasil. Uma decisão correta. Pazuello tem tido uma postura republicana e aberta ao diálogo. Que ele possa continuar a ajudar nosso país a superar a pandemia.”, escreveu João Doria.

......
Estranha essa aprovação do Doriana ao Ministro da Saúde, o militar Pazuello.
Esses militares que rodeiam Bolsonaro nos Ministérios, quase todos são maçons e esses maçons geralmente são melancias engajadas com a Nova Ordem Mundial, ou seja, são COMUNISTAS.

Esse militar quer vacinar a população do Brasil inteiro com a vacina do Bill Gates, de Oxford. Isso vai ser bom?
Vamos tomar pra ver! Quem quer ser a primeira cobaia?
Infelizmente, tem muitos que querem.
Vai morrer nego por tudo quanto é lado.