TRANSLATE/TRADUTOR

terça-feira, julho 16, 2019

ENQUANTO OS CÃES LADRAM A CARAVANA PASSA


Enquanto o então candidato Jair Bolsonaro estava hospitalizado lutando pela vida em razão do atentado à faca que sofrera em Juiz de fora, o povo brasileiro era brindado por sucessivas comédias protagonizadas pelos candidatos presidenciais do establishment.

Encontrei por acaso no Youtube um trecho dessa série hilariante sob o título de "Debate dos Candidatos à Presidência da República 2018".

Constata-se que sem a presença de Jair Bolsonaro o troço descambava para comédia pastelão. É difícil acreditar que cada um desses candidatos presidenciais alimentava realmente a esperança de ser eleito Presidente da República.

Não há qualquer dúvida de que a eleição presidencial de 2018 que elegeu Jair Messias Bolsonaro Presidente da República é um ponto de inflexão ao longo de todos os pleitos presidenciais que se seguiram após o golpe da Proclamação da República. Fato que resta sobejamente comprovado pelo comportamento bizarro, e ao mesmo tempo criminoso, expressado pela grande mídia nacional em relação ao Governo do Presidente Jair Bolsonaro. 

Não foi por falta de aviso. A frase mais repetida durante a campanha presidencial era uma só: "É bom Jair se acostumando".

Entretanto, o establishment, velho de guerra já pressentira o day after. O jeito era ir levando, esticando a corda até que rebentasse, como de fato rebentou revelando uma torrente inaudita de votos que levaram Jair Bolsonaro à Presidência da República.

A gritaria histérica dos jornalistas da grande mídia continuará em relação ao governo do Presidente Jair Bolsonaro, como ocorre nos Estados Unidos contra o Presidente Donald Trump.

Mas um velho ditado é sábio e resume tudo: Enquanto os cães ladram a caravana passa.

Sponholz: O encalhe da Folha.

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada

segunda-feira, julho 15, 2019

O EXEMPLO DOS ESTADOS UNIDOS E AS POSSIBILIDADES DO BRASIL SAIR DO ATOLEIRO DO ATRASO ECONÔMICO


A descoberta do continente norte-americano ocorreu em 1492. Oito anos depois, 1500, foi descoberto o Brasil, portanto, pode-se dizer que ambos ocorreram numa mesma época. Os Estados Unidos se transformaram mais adiante na maior potência bélica e econômica do mundo, enquanto o Brasil continua afogado no lodaçal do atraso. E ao longo da nossa história é a primeira vez que se abre a oportunidade para o Brasil sair do atoleiro da miséria com o Governo do Presidente Jair Bolsonaro.

Aqui no Brasil o esquerdismo fincou raízes e há tantos partidos políticos que ninguém sabe o número exato. Nos Estados Unidos há dois partidos, um conservador, que é o Partido Republicano e outro esquerdista, o Partido Democrata, sendo que até hoje partidos de viés essencialmente comunista não prosperaram. Quem alimenta os esquerdistas é o Partido Democrata e, quanto mais esquerdista se torna, mais eleitores perde. Pelo menos é o que se tem constatado. Principalmente depois da ascensão de Donald Trump à Presidência.

Um fato especial que contribui para a grandeza e a pujança do gigante norte-americano talvez esteja no que concerne aos mecanismos de formação da opinião pública. A dita grande mídia nos Estados Unidos perfila-se também à esquerda, mas tem uma Fox News e mais uma miríade de emissoras de rádio de viés conservador, além de sites noticiosos à direita do espectro político, como o famoso Breitbart que possui sucursais no Reino Unido e Israel, para citar os mais conhecido.

Esse ambiente no que se refere à informação é muito diferente do que existe no Brasil. E isso pode ser expresso pelo vídeo acima que mostra parte do programa de Greg Gutfeld na Fox News. Gutfeld é um apresentador, jornalista, comentarista e analista político de grande popularidade. As legendas em português do vídeo acima são da Embaixada da Resistência

A grandeza dos Estados Unidos em boa medida pode ser creditada, entre outros fatos, ao comportamento midiático e à formação da opinião pública. Há uma Fox News que faz um contraponto importante no âmbito da mainstream media a par de uma rede de rádios com alto índice de audiência e que oferecem programas de conteúdo político importantes. Nesse aspecto deve-se ressaltar que as mudanças políticas ocorridas no Brasil recentemente devem-se à quebra do monopólio da grande mídia pelas redes sociais na internet. Até então as informações essenciais eram praticamente desconhecidas do grande público no Brasil. 

Mesmo assim, os comunistas norte-americanos continuam teimando. Todavia o desastrado governo de Obama parece ter acordado aquela parcela dos incautos que acreditaram na cantilena esquerdista. Os fatos são os fatos. O Presidente Donald Trump fez a economia bombar novamente transformando em realidade seu lema de campanha: Make America Great Again.

Resultado: mais emprego, aumento da renda das famílias e mais segurança. Na sequência um vídeo editado pela Embaixada da Resistência que mostra a força e o otimismo do Presidente Donald Trump.
A AMÉRICA JAMAIS SERÁ SOCIALISTA!

sábado, julho 13, 2019

A SÓRDIDA GUERRA CULTURAL QUE AMEAÇA A CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL É O MAIOR FLAGELO DESTE SÉCULO. RESISTIR É PRECISO!


O nível de boçalidade dos esquerdistas, progressistas, comunistas, socialistas e afins é de tal ordem que se é obrigado a reconhecer que se trata de uma doença mental. Mas isso não significa condescender e/ou fazer vistas grossas, já que essa parcela da população global é assassina. Que o digam os Gulags, os morticínios na ex-URSS, Vietnã e as milhares de vítimas do nazismo, particularmente os judeus cujos cadáveres eram queimados nas fornalhas dos campos de concentração com a condescendência de boa parte dos alemães. Apesar de tudo isso essas ignomínias se repetem, como em Cuba, há mais de 60 anos e, agora mesmo, na Venezuela. 

A novidade no atual estágio da humanidade é que os assassinos comunistas de todos os matizes descobriram uma fórmula incruenta para conseguir o domínio totalitário, desta feita global, sem que seja necessário disparar um tiro e muito menos câmaras de gás e altos fornos crematórios de cadáveres. 

Essa nova versão do totalitarismo é conceituada como "guerra cultural". Utiliza mecanismos de dominação assépticos e incruentos que são aplicados pela imposição de novos valores, sobretudo culturais, morais e estéticos. É o que se poderia denominar de "doutrinação em massa", um espécie de "engenharia social" difundida principalmente por meio da mainstream media, do show business, das instituições de ensino, sem esquecer as ditas "agências de propaganda e marketing" locus por excelência de um bando de rematados idiotas. Toda essa gama de atividades é catalogada como "ação cultural", uma forma solerte de inversão dos valores que deram origem à nossa Civilização Ocidental. E, como não poderia deixar de ser as universidades e escolas também passaram a ser centros difusores de todas essas iniquidades.
Manifestação pró-aborto nos Estados Unidos no ano passado reportada pelo site norte-americano Life Site
CANALHAS E OPORTUNISTAS
Pois bem. Essa guerra cultural é abrangente, uma espécie de máquina infernal que é operada em vários níveis sem parar durante as 24 horas de cada dia. O sucesso dessa empreitada diabólica está no dedicado cuidado de seus agentes de punir severamente os recalcitrantes. Um caso recente que revelei aqui no blog envolveu a centenária empresa alemã Nívea que recusou anúncio formatado por sua agência de publicidade por utilizar a dita politica de gênero que renega os gêneros masculino e feminino. O caso é tão emblemático que virou notícia e a agência rompeu seu contrato de mais de 100 anos com a Nívea. 

O caso é inaudito já que a maioria dos grandes empresários se sujeita à ditadura dessa guerra cultural sórdida e nojenta, bem como seus empertigados "executivos", mormente aqueles responsáveis pela área da comunicação. 

A coisa é de tal gravidade que certas efemérides tradicionais da nossa Civilização Ocidental estão indo para o vinagre. Não existe mais Dias das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados. Quando as empresas fazem alusão a essas datas para movimentar o comércio distorcem as mensagens adaptando-as às regras da ditadura do pensamento politicamente correto. Se a data é consagrada ao "Dia dos Namorados", muitas empresas deixam de anunciar ou então se submetem à ditadura politicamente correta com cartazes estampando casais homossexuais. O "Dia das Mães" aos poucos vai desaparecendo em favor das ditas "uniões afetivas" entre seres do mesmo sexo, embora a humanidade exista em razão da existência dos dois sexos.

De outra parte a guerra cultural também pode ser observada em outras áreas das atividades humanas, como o transporte. Exemplo disso é o aparecimento da bicicleta entre os trânsito de veículos motorizados como o automóvel, caminhões e demais viaturas que são essenciais sobretudo para o transporte dos alimentos e que propiciam às pessoas chegarem aos seus locais de trabalho.
INVERSÃO DE VALORES
No caso do ciclismo trata-se de um modismo idiota  pelo simples fato de que é impossível conciliar o trânsito de veículos motorizados com bicicletas e patinetes. Mas a ditadura do pensamento dito "politicamente correto" impede o raciocínio lógico impondo todos os tipos de barbaridades como o trânsito de patinetes e bicicletas sobre as calçadas destinadas aos pedestres.

Há dezenas de novos costumes sendo introduzidos na vida diária das pessoas que causam incômodos e aborrecimentos, quando não as ameaçam fisicamente como é o fato do transito de bicicletas e patinetes em calçadas de pedestres. No entanto, ninguém tem coragem de protestar contra esse império de todos os tipos de idiotices, até o dia em que os engenheiros sociais da ONU, União Europeia, Mercosul e quejandos decidirão quais os dias e horas que as pessoas poderão sair de casa!, que alimentos poderão comer, que tipo de roupa poderão vestir, se poderão constituir família e quantos filhos poderão gerar!

E o mais incrível é que enquanto os mais comezinhos direitos das pessoas vão sendo proibidos se alarga o direito dos animais, principalmente dos cães aos quais é dado o direito de entrar em shoppings, bares e restaurantes. 

O vídeo que ilustra o início desta postagem dá uma ideia da metamorfose dos costumes e dos valores humanos. As ditas Sociedades de Proteção Animais já perderam boa parte de sua importância. No lugar dessas entidades acabarão surgindo as Sociedades de Proteção dos Seres Humanos!

Todas essas iniquidades e inversão de valores decorrem de um fato: a covardia, o oportunismo e a lamentável e criminosa tibieza da maioria dos seres humanos. Se não fosse assim nunca teriam havido os Gulags, os fornos crematórios de Auschwitz, a ONU, a União Europeia, o Mercosul e toda essa plêiade de vagabundos e oportunistas que pelo seu silêncio e/ou condescendência permitem o reinado de todas as iniquidades, ou seja, o caminho mais curto para o totalitarismo global.

O que se conceitua como "guerra cultural" grosso modo, é tudo isso que declinei nestas linhas. Mas tem mais. Resistir é preciso!
_______________________________
N.B.: O víde- que ilustra acima esta postagem foi editado e traduzido com legendas em português pelos Tradutores de Direita e acabou motivando-me a escrever esta postagem.
Na publicação do vídeo os Tradutores de Direito anotam o seguinte em sua página do Facebook:

Uma das coisas mais engraçadas à esquerda do espectro político é que os argumentos deixam de perder a consistência, e a hipocrisia domina todo o campo da ação. Assim, a mesma pessoa que diz que um assassino deve ser reabilitado e condena as prisões também acha que um homofóbico deve imediatamente ser preso. Não há coerência.
Tal qual é a defesa da vida: abdica-se da defesa da vida como um todo para a defesa de uma parte da vida, e assim a mesma pessoa que dá tudo de seu para defender um filhote é incapaz de entender que um "filhote" humano não deve ser morto.

sexta-feira, julho 12, 2019

"ORDEM EXECUTIVA" DO PRESIDENTE DONALD TRUMP DETERMINARÁ AÇÃO PARA APURAR QUANTOS IMIGRANTES ILEGAIS VIVEM NOS ESTADOS UNIDOS


Neste vídeo do canal internacional de TV da Colômbia, NTN24, o momento em que o Presidente Donald Trump anunciou à Nação a sua decisão de passar a limpo o velho e rumoroso caso dos chamados "indocumentados", ou seja, milhares de imigrantes que entram nos Estados Unidos clandestinamente, sobretudo pela fronteira com o México e ficam por lá.

A preocupação do Presidente Donald Trump é procedente, haja vista que o esquerdista Partido Democrata tem em mira transformar esses "indocumentados" em eleitores aptos a votar no pleito presidencial de 2020, sobretudo nos ditos "Estados santuário", que são governados pelos Democratas e acolhem esses invasores.

Transcrevo em tradução livre do espanhol o texto da TV NTN24 sobre a decisão do Presidente Donald Trump destinada a apurar quantos "indocumentados" vivem nos Estados Unidos. Pelo que consta é a primeira vez que isso será feito nos Estados Unidos. Leiam:

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que apresentará uma ordem executiva para que, por meio de dados de departamentos do governo federal, sejam construídos dados de imigrantes 'indocumentados' que moram nos Estados Unidos.

"Vou apresentar uma ordem executiva hoje para colocar esse plano em prática imediatamente. Estou ordenando que todos os departamentos do Governo Federal forneçam ao Departamento de Comércio todos os registros de cidadãos e não cidadãos indicam que estão em nosso país. Eles devem fornecer todos os registros imediatamente. Usaremos todos os seus dados para completar uma conta total da população 'não cidadã', incluindo registros do Departamento de Segurança Nacional e Seguridade Social ", disse o presidente.

"Os únicos que não se orgulham de ser um são aqueles que lutam e lutam contra nós ao longo do caminho. Estou aqui para lhes dizer que não recuo com a nossa decisão de falar sobre cidadania no recenseamento (...) O meu governo está tomando medidas para garantir que a cidadania seja contada, para saber quantos cidadãos temos nos EUA ", acrescentou.

O presidente da União Americana também ressaltou que "defenderemos o direito do povo norte-americano de conhecer os fatos concretos sobre a população, cidadãos e não cidadãos nos Estados Unidos, é essencial".

Nós temos um número não completo da população total, sabendo que a informação é importante para aplicar políticas públicas. "Trump salientou que as dificuldades na contabilização de não-cidadãos "determinaram que esse número de pessoas, imigrantes ilegais, pode ser maior do que pensamos e é por isso que eles estão lutando tanto. Esta é uma tentativa da esquerda de fracassar o país para fazer o que eles consideram e deixar de lado esse direito de pedir pela cidadania. Do site NT24 - Em tradução livre do espanhol

Sponholz: IntercePTando...

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada.

quarta-feira, julho 10, 2019

TEXTO-BASE DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA É APROVADO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS POR 379 VOTOS A 131.


Em postagem no Twitter o Presidente Jair Bolsonaro registrou a aprovação da Projeto da Reforma da Previdência com escore folgado.
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou em 1º turno, por 379 votos a 131, o texto-base da reforma da Previdência (PEC 6/19). Agora os parlamentares começarão a votar os destaques apresentados à proposta.
Os destaques podem ser de emenda ou de texto. Para aprovar uma emenda, seus apoiadores precisam de 308 votos favoráveis. No caso do texto separado para votação à parte, aqueles que pretendem incluí-lo novamente na redação final da PEC é que precisam garantir esse quórum favorável ao trecho destacado.
A matéria foi aprovada na forma do substitutivo do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), que apresenta novas regras para aposentadoria e pensões.
O texto aumenta o tempo para se aposentar, limita o benefício à média de todos os salários, aumenta as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS e estabelece regras de transição para os atuais assalariados.
Outros pontos
Ficaram de fora da proposta a capitalização (poupança individual) e mudanças na aposentadoria de pequenos produtores e trabalhadores rurais.
Na nova regra geral para servidores e trabalhadores da iniciativa privada que se tornarem segurados após a reforma, fica garantida na Constituição somente a idade mínima. O tempo de contribuição exigido e outras condições serão fixados definitivamente em lei. Até lá, vale uma regra transitória.
Para todos os trabalhadores que ainda não tenham atingido os requisitos para se aposentar, regras definitivas de pensão por morte, de acúmulo de pensões e de cálculo dos benefícios dependerão de lei futura, mas o texto traz normas transitórias até ela ser feita.
Obstrução
A oposição obstruiu os trabalhos por ser contra os termos do substitutivo, argumentando que as regras são rígidas demais, principalmente para os trabalhadores de baixa renda. Do site da Câmara dos Deputados

REFORMA DA PREVIDÊNCIA DEVE SER APROVADA


O Plenário da Câmara dos Deputados concluiu, no início da madrugada desta quarta-feira (10), a discussão do texto da reforma da Previdência (PEC 6/19). A votação foi transferida para a manhã desta quarta-feira. 
O texto precisa ser votado em dois turnos, com voto favorável de 308 deputados, para ser enviado ao Senado. 
A discussão foi encerrada após mais de 3 horas de obstrução. O governo, no entanto, demonstrou força ao arregimentar 331 votos favoráveis ao início da votação da matéria, placar superior ao mínimo necessário para a aprovação. 
Para encerar a discussão, foram 353 votos favoráveis. 
Negociações 
O dia foi de intensas negociações e discussão em Plenário: antes mesmo de entrar na pauta, a Previdência já tinha sido citada mais de 300 vezes em discursos ao longo do dia. 
O líder do Cidadania, deputado Daniel Coelho (PE), destacou que o placar aponta a maioria em favor da proposta. “O Cidadania ressalta o sentimento do Plenário para o Brasil: foram 331 votos no último requerimento. Já está comprovada a formação de maioria”, disse. 
Em termos gerais, a reforma da Previdência estabelece uma idade mínima para a aposentadoria: 65 anos para homens e 62 para mulheres. São impostas também mudanças no cálculo dos benefícios, que vai contabilizar a média de todas as contribuições e exigir mais tempo na ativa para um valor maior na aposentadoria. Serão exigidos 40 anos de contribuição para um benefício igual a 100% da média das contribuições, enquanto o piso será de 60% da média. Há regras de transição para quem já está na ativa. A proposta também aumenta as alíquotas de contribuição previdenciária. Do site da Câmara dos Deputados

Sponholz: Esforço inútil.

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada

terça-feira, julho 09, 2019

EXCLUSIVO! EM ARTICULAÇÃO COM O INTERCEPT DE GLENN GREENWALD O 'FORO DE SÃO PAULO' ATACA O MINISTRO SÉRGIO MORO E O GOVERNO DO PRESIDENTE JAIR BOLSONARO.

O Foro de São Paulo, a organização comunista internacional fundada por Lula e Fidel Castro em 1990, em São Paulo, e por isso o nome "Foro de São Paulo", e que reúne os partidos comunistas de todo o continente latino-americano e o Caribe, graças aos seus comparsas, os jornalistas da grande mídia (salvo raras exceções) que transformaram no assunto num tabu, esse ajuntamento de comunistas continua tão atuante quanto há 29 anos.

Tanto é que possui site na internet atualizado e entre os dias 25 e 28 deste mês de julho de 2019 realizará seu XXV Encontro do Foro de São Paulo em Caracas, na Venezuela.

E, como não poderia deixar de ser, o Foro de São Paulo também está perfeitamente sintonizado com o site Intercept, do jornalista norte-americano Gleen Greenwald que recentemente vazou supostas trocas de mensagens entre os integrantes da Operação Lava Jato com o objetivo de incriminá-los, sobretudo com referência ao ex-Juiz Sergio Moro, atual Ministro da Justiça do Governo do Presidente Jair Bolsonaro.

Como se pode ver no print acima o site do Foro de São Paulo dá especial destaque à matéria do Intercept seguindo-se uma nota assinada pela Secretária Executiva do Foro de São Paulo Mônica Valente.

Trata-se, como se vê, de uma trama articulada em nível internacional tendo como referência a criminosa ação do site Intercept, do jornalista norte-americano Glenn Greenwald que vive maritalmente com o deputado federal do PSOL, David Miranda, que como suplente de Jean Wyllys assumiu a vaga na Câmara dos Deputados, depois que Willys foi viver no exterior.

A entrada em cena do Foro de São Paulo fazendo uma dobradinha com o site Intercept e seu proprietário Gleen Greenwald às vésperas do XXV Encontro do Foro de São Paulo marcado para os dias 25 e 28 deste mês de julho, revela sem qualquer dúvida uma articulação internacional comunista que mira o Brasil e o Governo do Presidente Jair Bolsonaro.  

Nesse imbroglio comunista criminoso contra o Brasil não deixa de ser afrontosa aos brasileiros a decisão do Senado nacional de marcar sessão para ouvir um jornalista/espião estrangeiro aliado ao Foro de São Paulo que conspira impunemente contra o nosso país.

Diz o site de notícias do próprio Senado:

"A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou, nesta quarta-feira (3), requerimento do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) para que o jornalista Glenn Greenwald, do The Intercept Brasil, seja convidado a comparecer a uma audiência pública.

Os senadores querem que o jornalista — editor do site responsável pela divulgação das conversas envolvendo o ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro com procuradores pelo aplicativo Telegram — preste esclarecimentos sobre as mensagens trocadas enquanto ele atuava como juiz da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba. A data da audiência ainda será agendada."
MALDIÇÃO COMUNISTAa
A propósito, e à guisa de conclusão desta matéria, destaco uma série de postagens publicadas pelo Ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, em sua conta do Twitter, chamando a atenção para as ações criminosas do Foro de São Paulo contra o Brasil, sobretudo contra o Governo do Presidente Jair Bolsonaro.
Anota o Chanceler Ernesto Araújo:
"O Foro de São Paulo: uma ameaça à liberdade na América Latina" de Alejandro Peña: "Uma das principais vantagens do Foro de S. Paulo sobre as instituições democráticas iberoamericanas é que ele atua continentalmente, enquanto estas se limitam a um campo de ação nacional.”
O Foro de São Paulo infelizmente está vivo e se reunirá em 25/7, em Caracas, para fortalecer a coligação nefasta que fundamenta esse projeto de poder: socialismo-narcotráfico-corrupção-crime organizado-terrorismo.
De fato, o Foro de São Paulo hoje é isso: marxistas instrumentalizando traficantes e vice-versa, com o apoio de forças que, há 60 anos, tentam submergir a América Latina no totalitarismo e no atraso, destruindo a liberdade de nossos povos.
As forças democráticas das Américas precisam articular-se também numa dimensão continental, para enfrentar essa internacional criminal-socialista que é o Foro de São Paulo.
O ataque insidioso ao Ministro Moro e à Lava-Jato obviamente faz parte dessa estratégia do Foro de São Paulo e de seus aliados para reconquistar o poder na região.
Foro de São Paulo é o estágio terminal da esquerda. Depois do coletivismo econômico, depois do marxismo cultural, o Foro quer construir o socialismo através da bandidagem."

Sponholz: Vigarice internacional.

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada

sábado, julho 06, 2019

"PAVÃO MISTERIOSO" DÁ UMA REVOADA NO TWITTER REVELANDO QUE CELULARES DOS HACKEADORES DA LAVA JATO FORAM HACKEADOS

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada
O Pavão Misterioso, conta anônima no Twitter que tem vazado uma série de informações referentes à invasão dos celulares do pessoal da Operação Lava Jato por grupo comandado pelo jornalista norte-americano Genn Greenwald, retornou no início da madrugada desde dia 06 de julho de 2019.

Em suas postagens o Pavão Misterioso revela que alguém hackeou os telefones da turma de Greenwald e postou diversos prints, como esse dois que reproduzo acima, para comprovar.

Enfim, é mais um capítulo dessa trama. Desta feita em sentido contrário, pois são as contas do Telegram dos celulares de Glenn Greenwald e sua turma alvo de um hacker que está vazando as conversas dos intrusos. Greenwald é o dono do site Intercept que tem vazado supostas conversas do pessoal da Lava Jato.

Agora, segundo o Pavão Misterioso, alguém está de posse das conversas trocadas entre os membros da gang de Glenn Greenwald, conforme se pode aferir nos prints que reproduzo acima.