sábado, outubro 25, 2014

EVENTO SUPRAPARTIDÁRIO REUNIRÁ OS APOIADORES DE AÉCIO NEVES NESTE SÁBADO, DIA 25, DE MANHÃ, NO TRAPICHE DA BEIRA MAR NORTE EM FLORIANÓPOLIS.

Numa ação suprapartidária os apoiadores da campanha de Aécio Neves em Florianópolis, promoverão um mega ato de apoio ao candidato presidencial da oposição neste sábado, dia 25 de outubro, no Trapiche da Beira Mar Norte, com início às 9 horas. 

Utilizando intensamente as redes sociais o evento tem a hashtag #VemPraRuaFloripa e concita os apoiadores de Aécio a participar do evento trazendo a vontade de ver um Brasil melhor.

No local serão distribuídos adesivos, bottons e demais materiais da campanha de Aécio Neves Presidente. Os apoiadores do presidenciável da oposição estão também solicitando que todos oas aecistas compareçam às urnas em massa neste domingo vestindo, de preferência, as cores verde, amarela e azul.

O evento suprapartidário tem por objetivo mobilizar todos os cidadãos que desejam a mudança; Mudar o Brasil para Melhor, com Democracia, Liberdade e Segurança!

#VemPraRuaFloripa #Aecio45

AÉCIO NEVES VENCE O DEBATE FINAL. AGORA OS ELEITORES DECIDEM NA URNA!

Aécio leve e solto; Dilma com a boca seca pelo nervosismo. Fotos do site G1.
Enquanto os brasileiros viam o debate presidencial da TV Globo, um bando terrorista do PT atacava a sede da revista Veja em São Paulo. Quando Dilma falava que o PT fez uma campanha de “amor”, a adminstração do Grupo Abril acionava seu esquema de segurança e avisava a polícia.
Enquanto Dilma arfava, suava e mentia sem pudor frente às câmeras, este blog recebia inúmeras denúncias de leitores de São Paulo, afirmando que Kombis da Prefeitura de São Paulo, cujo prefeito é o petista Haddad, estariam recolhendo exemplares da revista Veja nas bancas e que os jornaleiros se mostravam apreensivos e escondiam os exemplares impedindo que fossem levados pelos bate-paus do PT para serem destruídos. Impossível não se relacionar esses fatos com aqueles que acontecem, por exemplo, na Venezuela, no Equador e na Argentina. 
Esta informação chegou ao blog. Não posso confirmá-la. Mas recebi de forma insistente essas denúncias pelo Twitter e pelo Facebook. Veremos mais adiante se poderão ser confirmadas.
E, enquanto Dilma suava e tropeçava a torto e a direito nas palavras, mostrando total descontrole emocional face a um Aécio Neves firme, claro objetivo e tranquilo, a redação de Veja publicou um editorial no seu site intitulado “Sobre a fala da presidente no horário eleitoral”. Nesse escrito, a direção de Veja reporta-se à referência de Dilma no seu programa político sobre a reportagem-bomba da revista revelando o teor explosivo de depoimento do operador financeiro do petrolão, o doleiro Alberto Youssef. 
Enquanto transcorria o debate, as redes sociais ferviam e o Twitter chegou a ficar saturado em alguns momentos impedindo novas postagens. As pesquisas do Ibope e DataFolha não desmobilizaram a oposição nem a supra-oposição, a maioria dos brasileiros que não quer mais saber do PT. Muito menos da Dilma.
Enquanto Dilma, arfando muito, com a voz embargada pelo visível nervosismo, um leitor do blog de Belo Horizonte me avisava pelo WhatsApp e enviava um vídeo mostrando que a noite da capital mineira fora tomada pelos gritos de milhões de pessoas nas janelas de suas casas e apartamentos: Fora Dilma!, enquanto rolava o debate.
No final das contas, viu-se mais do mesmo. Dilma toda atrapalhada, com os nervos à flor da pele parecendo que iria explodir e de outro lado um Aécio Neves sorridente, leve e solto e às vezes irônico a ponto de despertar gargalhadas dos presentes ao debate no auditório da Globo. Até o Bonner parecia meio, vamos dizer assim, emocionado...
O caso da denúncia contida na delação do doleiro não foi aventada no debate. Também não foi noticiada pelo Jornal da Globo desta sexta-feira, embora a revista Veja tenha sido desovada nas bancas cedo. Pode ser que o jornalismo da Globo estaria esperando a gravação com as palavras de Youssef para colocá-las ao vivo? Pode ser. Nunca se sabe.
Mas se sabe de uma coisa incrível. Embora a reportagem-bomba tenha sido escamoteada no Jornal Nacional desta sexta-feira, o Brasil inteiro já estava sabendo tudo. Mesmo as pessoas que não acessam a internet comentavam o assunto pelas ruas desse imenso Brasil. Além disso, Dilma havia turbinado o tema ao se referir a ele em seu horário político eleitoral. Antes acionara a Justiça eleitoral sem sucesso, pois queria que Veja foi retirada de circulação. Imaginem um novo mandato da Dilma...
Finalmente, o que todos querem saber é quem foi o vencedor do debate. Ora, se Aécio Neves empatasse com a Dilma, não ganharia de mais ninguém. Esta é a minha modesta opinião.
Há no ar um indefectível cheiro de vitória de Aécio Neves. Além disso, a revista Veja disponibilizou em seu site o conteúdo completo da reportagem-bomba. Inteirinha. Basta clicar aqui. E você pode ler, fazer cópias, enviar por email para os seus amigos, enfim, você tem nas mãos uma reportagem importante. Um fato que pode ser o divisor de águas entre o Brasil avermelhado pelo PT e aquele onde se respira a liberdade sob o azul da cor do mar em dia de sol radiante.
Mete fé na urna! Vai de 45, tá bom?

sexta-feira, outubro 24, 2014

SEDE DE VEJA ATACADA POR TERRORISTAS DO PT

Sede da revista Veja sendo atacada pela milícia terrorista do PT nesta noite em São Paulo. Clique sobre a imagem para vê-la ampliada.
Eis agora a comprovação do que tenho afirmado aqui no blog há quase uma década. O PT é um partido comunista radical, violento e que deseja transformar o Brasil numa república bolivariana no estilo da Venezuela.

O ataque à sede do Grupo Abril, que edita a revista Veja na noite desta sexta-feira, por uma milícia bolivariana do PT, é mais uma afronta ao Estado de Direito Democrática, sobretudo à liberdade de imprensa.

Um bando de psicopatas do PT pichou e depredou o prédio que abriga a redação da revista Veja, porque a revista publicou em sua edição que foi às bancas nesta sexta-feira, a reportagem-bomba revelando que Lula e Dilma sabiam tudo sobre a escandalosa roubalheira na Petrobras, segundo delatou o doleiro Alberto Youssef, o operador financeiro do petrolão.

Mais um motivo para nunca mais votar em ninguém do PT. Entretanto, uma pequena parcela de jornalistas, entre os quais este blogueiro, vem alertando há anos sobre realidade dos fatos que muitos não acreditaram e outros fingiram de forma oportunista não acreditar.

Espero que esse assalto ao Grupo Abril e às revista Veja sirva, de uma vez por todas, para que todos os brasileiros saibam que a nossa democracia, a nossa liberdade correm sério risco estando o Brasil nas mãos desses psicopatas do PT.

A informação do ataque à sede da revista Veja foi noticiada pela Folha de S. Paulo, esse jornal que ignorou o furo de reportagem de Veja, sobre o envolvimento de Lula e Dilma com a roubalheira da Petrobras, enquanto outros veículos de comunicação deram a matéria.

A Folha de S. Paulo tornou-se um panfleto do PT. Entretanto, nenhum brasileiro decente e democrata vai atacar a Folha de S. Paulo. 

Particularmente, eu Aluizio Amorim, jornalista e advogado, estarei sempre defendendo a liberdade de imprensa, inclusive a liberdade da Folha de S. Paulo de fazer o que faz. Entretanto, a liberdade de imprensa me faculta o direito constitucional de criticar a Folha como qualquer outro veículo de comunicação.

Quem não quer a liberdade de imprensa é o PT e, estranhamente, a Folha de S. Paulo que defende esse partido. Não só defende, mas divulga e mistifica informações em favor de Lula, Dilma e seus sequazes.

CRESCE A ONDA AZUL! TODOS OS TRACKINGS DÃO A VITÓRIA PARA AÉCIO NEVES.

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada e copie para postar nas redes sociais Facebook e Twitter
Os trackings, pesquisas diárias feitas em série, por telefone, acertaram no primeiro turno. Os institutos erraram feio. As pesquisas forçadas e suspeitas não foram capazes de abalar um milímetro o ânimo dos eleitores. A verdade está nos trackings. E os trackings mandaram avisar: é Aécio Presidente!
Esta postagem devo ao blog do valente Coronel de onde peguei a tabela acima. E aproveito a oportunidade para informar que aqui em Florianópolis a campanha de Aécio Neves está bombando. Muito movimento no Comitê de Aécio na av. Hercílio Luz, área central de Florianópolis.
Militância tucana e suprapartidária nas ruas distribuindo adesivos para automóveis e bottons. Muitas pessoas circulando com adesivos de Aécio Neves pelos shoppings da capital catarinense.
E  mesmo as pessoas mais velhas que não frequentam a internet e as redes sociais já sabiam tudo a respeito da reportagem-bomba de Veja, que revelou com exclusividade o envolvimento direto de Lula e Dilma na escandalosa roubalheira da Petrobras, segundo delação do doleiro Alberto Youssef, o operador financeiro do petrolão.
Notava-se grande indignação das pessoas de todos os níveis sociais e econômicos. No Beiramar Shopping alguns lojistas, inclusive, não se furtaram em ostentar os adesivos da campanha de Aécio Neves. 
Senhoras que frequentam os cafés à tarde, também chegavam em grupo portando os adesivos da campanha tucana.
Neste segundo turno o que se nota é um extraordinário crescimento de Aécio Neves em todas as faixas etárias e em todos os níveis sociais. Pessoas com mais de 70 anos de idade afirmavam que embora já lhes fosse facultativo o voto, estariam presentes nas urnas neste domingo.
Em linhas gerais, esse é o panorama que antecede a eleição deste domingo, o que confirma os trackings do ninho tucano e também aqueles do âmbito do mercado financeiro. Essas sondagens não costumam falhar! 

BRASILEIRO QUE VIVE NA ALEMANHA GRAVA VÍDEO DENUNCIANDO AS MENTIRAS DA DILMA SOBRE AQUELE PAÍS E CONCITA OS BRASILEIROS A VOTAREM EM AÉCIO NEVES


Vejam este vídeo de Cláudio Bonfim, um brasileiro que vive e trabalha na Alemanha que gravou esta mensagem para desmentir a Dilma que andou falando em crise na Alemanha para justificar a esculhambação de seu governo.

Bonfim, claro, declara o voto em Aécio Neves e concita os cidadãos brasileiros a votarem no Aécio para mudar de verdade o Brasil, ao mesmo tempo em que deplora o PT.

Discorre resumidamente sobre como é a vida na Alemanha. Portanto vale a pena ver. As evidências são tantas no que respeita a necessidade de mudança para salvar e libertar o Brasil do jugo do PT, que até um cidadão brasileiro que vive na Alemanha grava um vídeo especialmente para mandar uma mensagem aos irmãos brasileiros, inconformado com as mentiras de Lula, Dilma e seus sequazes.

Vejam o vídeo e compartilhem com seus amigos pelas redes sociais.

NUM VÍDEO DE 20 MINUTOS OLAVO DE CARVALHO FAZ A MELHOR ANÁLISE DESTA ELEIÇÃO E O QUE REPRESENTA A VITÓRIA DE AÉCIO NEVES PARA O FUTURO DO BRASIL


O filósofo, jornalista e escritor Olavo de Carvalho, neste vídeo faz um análise sobre a eleição presidencial no Brasil e o papel desempenhado por Aécio Neves. Explica também o crescimento meteórico do candidato oposicionista para o qual confluem todas as esperanças da maioria dos brasileiros de limpar o Brasil da nódoa da infâmia, da roubalheira e da anarquia geral em que foi transformado o país sob a nefasta ação do PT.

A análise de Olavo de Carvalho está mais do que perfeita. Encareço os leitores que vejam este vídeo. São apenas 20 minutinhos. Mas aposto que depois que vocês verem e ouvirem esta mini palestra de Olavo de Carvalho, começarão a entender por que o Brasil chegou a esta situação caótica e por que esta eleição é um divisor de águas na história da Nação.

Aproveitem e compartilhe com seus amigos este vídeo pelas redes sociais. Olavo de Carvalho em apenas 20 minutos resume tudo. É imperdível! 

PESQUISA ISTOÉ/SENSUS: AÉCIO ABRE NOVE PONTOS DE VANTAGEM À FRENTE DE DILMA A DOIS DIAS DA ELEIÇÃO.

Pesquisa ISTOÉ/Sensus realizada a partir da terça-feira 21 reafirma a liderança de Aécio Neves (PSDB) sobre a petista Dilma Rousseff nos últimos dias da disputa pela sucessão presidencial. Segundo o levantamento que entrevistou 2 mil eleitores de 24 Estados, o tucano soma 54,6% dos votos válidos, contra 45,4% obtidos pela presidenta Dilma Rousseff. Uma diferença de 9,2 pontos percentuais, o que equivale a aproximadamente 12,8 milhões de votos. A pesquisa também constatou que a dois dias das eleições 11,9% do eleitorado ainda não decidiu em quem votar. “Como no primeiro turno, deverá haver uma grande movimentação do eleitor no próprio dia da votação”, afirma Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus. Se for considerado o número total de votos, a pesquisa indica que Aécio conta com o apoio de 48,1% do eleitorado e a candidata do PT 40%.
Aécio Neves seria eleito presidente do Brasil se a eleição fosse hoje, afirma o Instituto Sensus. Pesquisa está na revista IstoÉ que chega às bancas neste sábado.
De acordo com Guedes, a pesquisa realizada em cinco regiões do País e em 136 municípios  revela que o índice de rejeição à candidatura de Dilma Rousseff se mantém bastante elevado para quem disputa. 44,2% dos eleitores afirmaram que não votariam na presidenta de forma alguma. A rejeição contra o tucano Aécio Neves é de 33,7%. Segundo o diretor do Sensus, a taxa de rejeição pode indicar a capacidade de crescimento de cada um dos candidatos. Quanto maior a rejeição, menor a possibilidade de crescimento. Outro indicador apurado pela pesquisa Istoé/Sensus diz respeito á votação espontânea, quando nenhum nome é apresentado para o entrevistado. Nessa situação, Aécio também está à frente de Dilma, embora a petista esteja ocupando a Presidência da República desde janeiro de 2011. O tucano é citado espontaneamente por 47,8% dos eleitores e a petista por 39,4%. 0,2% citaram outros nomes e 12,8% disseram estar indecisos ou dispostos a votar em branco.
Para conquistar os indecisos as duas campanhas apostam as últimas fichas nos principais colégios eleitorais do País: São Paulo, Minas e Rio de Janeiro. O objetivo do PSDB e ampliar a vantagem obtida em São Paulo no primeiro turno e procurar virar o jogo em Minas e no Rio. Em São Paulo, Aécio intensificou a campanha de rua, com a participação constante do governador reeleito, Geraldo Alckmin, e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. De acordo com as pesquisas realizadas pelo comando da campanha de Aécio, em Minas o tucano já estaria na frente de Dilma e a vantagem veio aumentando dia a dia na última semana. Processo semelhante ocorreu em Pernambuco, depois de Aécio receber o apoio explícito da família de Eduardo Campos e do governador eleito, Paulo Câmara. Os mesmos levantamentos indicam que no Rio de Janeiro a candidatura do senador mineiro vem crescendo, mas ainda não ultrapassou a presidenta. Para reverter esse quadro, Aécio aposta no apoio de lideranças locais, basicamente de Romário, senador eleito pelo PSB, que deverá acompanhá-lo nos últimos atos de campanha. Para consolidar a liderança, Aécio tem usado os últimos programas no horário eleitoral gratuito para apresentar-se ao eleitor como o candidato da mudança contra o PT. Isso porque, as pesquisas internas mostram a maior parte do eleitor brasileiro se manifesta com o desejo de tirar o partido do governo.
No comando petista, embora não haja um consenso sobre qual a melhor opção a ser colocada em prática nos dois últimos dias de campanha, a ordem inicial é a de continuar a apostar na estratégia de desconstrução do adversário. Nas duas últimas semanas, o que se constatou é que, ao invés de usar parlamentares eleitos para esse tipo de ação – como costumava fazer o partido em eleições passadas -- os petistas escalaram suas principais lideranças para a missão, inclusive o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a própria candidata. Os petistas apostam no problema da falta d’água para tirar votos de Aécio em São Paulo e numa maior presença de Dilma em Minas para procurar se manter á frente do tucano no Estado. Do site da revista IstoÉ
PESQUISA ISTOÉ/Sensus
Realização – Sensus
Registro na Justiça Eleitoral – BR-01166/2014
Entrevistas – 2.000, em cinco regiões, 24 estados e 136 municípios do País
Metodologia – Cotas para sexo, idade, escolaridade, renda e urbano e rural
Campo – De 21 a 24 de outubro
Margem de erro - +/- 2,2%
Confiança – 95%

quinta-feira, outubro 23, 2014

REPORTAGEM-BOMBA DE 'VEJA' FULMINANTE: LULA E DILMA ROUSSEFF SABIAM DE TUDO SOBRE A ROUBALHEIRA NA PETROBRAS, O FAMIGERADO PETROLÃO. O DOLEIRO ENTREGOU A DUPLA.

Tudo o que os brasileiros de bem já sabiam ou tinham intuído reservadamente finalmente é comprovado a quatro dias do segundo turno da eleição presidencial. Ou: tudo o que você queria saber sobre a roubalheira na Petrobras, Dilma e Lula já sabiam! Afinal, os dois são os figurantes principais do famigerado petrolão. 

Todavia irão morrer dizendo que não sabiam de nada. Mas a reportagem-bomba de Veja desta semana, que chega às bancas nesta sexta-feira é arrasadora, não deixa pedra sobre pedra e com exclusividade revela a verdade dos fatos do escândalo que envergonha os brasileiros de bem. O lodaçal da vergonhosa roubalheira dos cofres públicos bate finalmente no Lula e na Dilma! 

É que, segundo a reportagem-bomba de Veja, o doleiro Alberto Yousseff, caixa do esquema de corrupção na Petrobras, revelou à Polícia Federal e ao Ministério Público, na terça-feira passada - portanto a revelação está quentinha -  que Lula e Dilma Rousseff tinham conhecimento das tenebrosas transações na estatal.

A chamada de capa é estarrecedora, para usar um vocábulo descoberto recentemente pela "presidenta" do Lula: ELES SABIAM DE TUDO!
Como sabem, o doleiro Alberto Yousseff, o operador do petrolão, fez esta revelação dentro do instituto da chamada delação premiada que faculta ao réu obter perdão de parte de sua pena caso colabore com as investigações. Suas afirmações e informações têm de ser verdadeiras, sob pena de amargar pelo menos uns 50 de cadeia. 

Depois de relutar, Yousseff não teve outra alternativa, ou seja, colaborar com a polícia e a Justiça para minimizar parte de sua pena, que é grande, haja vista para o grau de envolvimento e o tamanho da roubalheira realizada nos cofres da Petrobras.

Se alguns eleitores ainda estava indecisos sobre em quem voltar no segundo turno eleitoral, agora foram brindados por uma informação relevante. E se os eleitores quiserem que tudo seja esclarecido e que Lula e Dilma sejam julgados e punidos na forma da lei, sabem, pelo menos, em quem jamais deverão agora ou alhures dar o seu sagrado voto.

E mais não precisa ser dito. Os fatos falam por si só. Mas procurem chegar cedo às bancas nesta sexta-feira, antes que Lula mande comprar todos os exemplares de Veja para destruí-los. Afinal, todos conhecem a figura. Quem não conhecia, agora está conhecendo.

LULA & DILMA
Para se ter ideia do conteúdo da reportagem-bomba de Veja, aqui vai um aperitivo:
Na última terça-feira, o doleiro Alberto Youssef entrou na sala de interrogatórios da Polícia Federal em Curitiba para prestar mais um depoimento em seu processo de delação premiada. Como faz desde o dia 29 de setembro, sentou-se ao lado de seu advogado, pôs os braços sobre a mesa, olhou para a câmera posicionada à sua frente e se colocou à disposição das autoridades para contar tudo o que fez, viu e ouviu enquanto comandou um esquema de lavagem de dinheiro suspeito de movimentar 10 bilhões de reais. A temporada na cadeia produziu mudanças profundas em Youssef. Encarcerado desde março, o doleiro está bem mais magro, tem o rosto pálido, o cabelo raspado e não cultiva mais a barba. O estado de espírito também é outro. Antes afeito às sombras e ao silêncio, Youssef mostra desassombro para denunciar, apontar e distribuir responsabilidades na camarilha que assaltou durante quase uma década os cofres da Petrobras. Com a autoridade de quem atuava como o banco clandestino do esquema, ele adicionou novos personagens à trama criminosa, que agora atinge o topo da República. Perguntado sobre o nível de comprometimento de autoridades no esquema de corrupção na Petrobras, o doleiro foi taxativo:
— O Planalto sabia de tudo!
— Mas quem no Planalto?, perguntou o delegado.
— Lula e Dilma, respondeu o doleiro.

EMPRÉSTIMOS INTERNACIONAIS ILEGAIS DO GOVERNO DO PT É FATO SUFICIENTE PARA O IMPEACHMENT DE DILMA ROUSSEFF



O vídeo acima está publicado no site Mídia Sem Máscara onde também há a transcrição integral em texto que inicia com um comentário de Olavo de Carvalho que transcrevo com link ao final para leitura completa. 
O vídeo é apresentado pelo advogado Ton Martins do VideoDebate, bastante conhecido nas redes sociais. Vale a pena ver. 
Os empréstimos ilegais a Cuba, Angola etc. são DECISÕES DO FORO DE SÃO PAULO. CRIME DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, CRIME ELEITORAL E VIOLAÇÃO OSTENSIVA DA CONSTITUIÇÃO.
Que mais será preciso para alguém entender que a autora desses crimes NÃO PODE ser candidata à presidência?
*
Sob os pretextos mais fúteis e levianos, que nunca passaram de slogans pejorativos e desconversas bobas, os que teriam a obrigação de defender a pátria contra invasores e usurpadores recusaram-se a investigar as ligações PT-Farc, o Foro de São Paulo, os empréstimos ilegais a Cuba, Angola e outros países comunistas, sempre repetindo o chavão: "Não é assim que vamos nos livrar do PT. Temos é de vencê-lo nas eleições." Consagraram assim o princípio de que o sucesso eleitoral torna impuníveis os crimes passados e futuros do candidato. Foram ESSES INDIVÍDUOS E GRUPOS que, com solicitude paternal, consagraram a ditadura petista com o nome de "democracia". São todos tão criminosos quanto Lula, Dilma, et caterva. Podemos esquecer o mal que praticaram, com a condição de que AJAM AGORA, fazendo tardiamente o que não fizeram em tempo. Mas, se preferirem omitir-se novamente, insistindo em chamar de democracia o império do crime e a prepotência da impunidade garantida, será preciso anotar os seus nomes um a um para que não fiquem fora da lista dos criminosos quando se restaurar a justiça neste país.
*
Quando enfim virmos Dona Dilma pelas costas, aí sim será a hora de instaurar uma "Comissão da Verdade" -- não para investigar os crimes hipotéticos de meio século atrás, e sim aqueles, bem provados e comprovados, que foram cometidos agora mesmo, bem diante das nossas barbas.
*
Aceitar criminosos como candidatos à presidência é aceitá-los virtualmente como presidentes, mesmo que percam as eleições. É tornar-se cúmplice de seus crimes.
*
Aceitar @dilmabr como candidata à presidência. É UM CRIME. #‎Eleicoes2014. (Postado no Twitter.)
*
Não há prova maior de subserviência do que aceitar um criminoso como candidato à presidência em vez de enviá-lo à cadeia. Isso não é democracia: é ditadura enfeitada.
*
"Democracia", para os bundões, é desativar o sistema judiciário e, em vez de prender os criminosos, concorrer com eles nas eleições.
*
Não há democracia se um partido têm o direito à prática de crimes e o outro, em vez de denunciá-lo e fechá-lo, tem como única alternativa concorrer com ele nas eleições e nem mesmo poder xingá-lo.
* * *
Do blog de Enio MeneghettiTranscrição da entrevista de Heródoto Barbero (HB)  com a professora da USP Maria Estela Basso (MEB) traduz a ilegalidade dos empréstimos feitos pelo Brasil a diversos países, entre eles para construção do Porto de Mariel em Cuba. Como se poderá ver, com o rito seguido,  tais empréstimos contrariam a Constituição Federal e podem acarretar sanções legais gravíssimas. Do site Mídia Sem Máscara

Sponholz: A mamata imoral da turma do PT!


FOLHA DE S. PAULO TRANSFORMOU EM MANCHETE UMA MENTIRA PARA AJUDAR A DILMA E O LULA A MENTIR E DIFAMAR AÉCIO NEVES E O SEU PARTIDO

A MENTIRA
Se os leitores estão lembrados a petralhada que povoa a redação da Folha de S. Paulo foi com sede ao pote e transformou em manchete uma mentira que acaba de ser desmontada. Refiro-me ao caso da farsa do PT para tentar incriminar o PSDB, na figura de seu ex-Presidente Sérgio Guerra, já falecido. Parece coisa de foca de redação. Entretanto, a Folha de S. Paulo construiu uma imagem - completamente furada de ser o melhor jornal do Brasil. Não é! Virou um panfleto esquerdista, fato que vem sendo comprovado há muito tempo, mas nesta eleição presidencial isto ficou provado de forma cabal.
Agora a Folha tem o dever de publicar nova manchete se retratando publicamente. Se não fizer isso, o jornal, cuja credibilidade vem sendo sistematicamente abalada por derreter-se de amores à bandalha criminosa do PT do mensalão e do petrolão, passará a ser considerado não um jornal, mas um panfleto vagabundo a serviço do PT.
Aqui está o facsímile com a manchete. Abaixo segue matéria postada no site da revista Veja que põe a nu a barriga do pretensioso jornal paulistano: 

A VERDADE
A defesa do doleiro Alberto Youssef, pivô do megaesquema de lavagem de dinheiro desmontado na Operação Lava Jato, afirmou que vai apresentar nesta quarta feira à Justiça Federal em Curitiba (PR) um pedido de impugnação do depoimento de Leonardo Meirelles, o "testa de ferro" do doleiro em negócios. Em depoimento à Justiça na segunda-feira, Meirelles afirmou que Youssef tinha negócios com o PSDB e com o ex-presidente do partido Sérgio Guerra (PE), morto em março deste ano.
O tema foi explorado pela presidente-candidata Dilma Rousseff (PT) para atacar o adversário tucano, Aécio Neves, em debates na televisão.
O advogado Antônio Figueiredo Basto, que defende Youssef, também informou que solicitará uma acareação entre os dois réus. "Meu cliente afirma peremptoriamente que nunca falou com Sérgio Guerra, nunca teve negócios com ele e nunca trabalhou para o PSDB", disse Basto. "Estamos pedindo uma impugnação do depoimento do Leonardo e uma acareação entre eles", completou.
Segundo a Operação Lava Jato da Polícia Federal, Meirelles era o laranja do doleiro no comando do laboratório Labogen, uma fábrica de remédios falida usada por Youssef para obter contratos milionários com o Ministério da Saúde, na gestão do então ministro da Saúde Alexandre Padilha – a pasta diz que o contrato não assinado. O negócio firmado entre o Ministério e o doleiro havia sido intermediado pelo deputado federal André Vargas. Do site da revista Veja

Sponholz: 7 X 1 na urna, o pavor de Lula e Dilma!


quarta-feira, outubro 22, 2014

ROMÁRIO, O CAMPEÃO DE VOTOS NO RIO DE JANEIRO, AGORA APOIA AÉCIO NEVES E SE INCORPORA À CAMPANHA TUCANA NO RIO.

Na reta final do segundo turno a campanha de Aécio Neves se agiganta e recebe um dos apoios mais cobiçados do Rio de Janeiro, ou seja do campeão de votos para o Senado, o ex-astro do futebol brasileiro, o popular Romário. O acordo entre Aécio Neves e Romário foi selado ontem, segundo revela a coluna de Lauro Jardim, do site da revista Veja.
Romário gravou nesta quarta-feira em Brasília, sem alarde, um depoimento que será exibido amanhã à noite (quinta-feira) no programa de TV de Aécio.
O apoio de Romário, eleito senador com 4,6 milhões de votos é considerado estratégico para a campanha de Aécio Neves a quatro dias da eleição. 
O ex-jogador, muito popular no Rio de Janeiro, acrescenta mais força a Aécio no Estado do Rio.

PROGRAMA DE AÉCIO NEVES REPUDIA AS INFÂMIAS, CALÚNIAS E MENTIRAS DO PT E MOSTRA OS APOIOS DE VIVA VOZ DE MARINA SILVA E RENATA CAMPOS AO SEU NOME PARA MUDAR O BRASIL


Vale a pena ver este vídeo do programa eleitoral de Aécio Neves, quando o, visivelmente emocionado,  denúncia o turbilhão de mentiras, infâmias e calúnias que Lula, Dilma e seus sequazes desferem contra o candidato tucano e sua família.

Na sequência, aparece a ex-candidata Marina Silva, que apoia Aécio Neves e pede o voto no número 45, o número do candidato oposicionista. Marina também se refere ao fato de que fora o alvo das infâmias e mentiras.

Depois aparece Renata Campos, a viúva de Eduardo Campos, que também apoia Aécio e Neves, e defende o voto em Aécio afirmando que hoje ele representa não só um partido, mas o desejo de mudança expressado pela maioria dos brasileiros.

Sponholz: Lula, a decadência de um bagaço.


DENÚNCIA IMPLICANDO EX-PRESIDENTE DO PSDB NO PETROLÃO PODE SER MAIS UMA ARMAÇÃO DO PT, REVELA REPORTAGEM DO ESTADÃO.

Dilmentira, com seu nariz pronunciado, poderá estar envolvida em mais esta armação. A verdade é que não há qualquer indício comprovado de que o nome do falecido presidente do PSDB tenha envolvimento com a roubalheira na Petrobras, esta sim provada por depoimento de seus operadores, inclusive com os áudios liberados pela Justiça.
URGENTE! LEIAM MAIS AQUI. A VERDADE APARECEU!

O advogado do doleiro Alberto Youssef, Antônio Figueiredo Basto, disse nesta terça-feira, 21, que vai acionar o Ministério Público Federal (MPF) para investigar “influência estranha” e “interesse eleitoral” no processo da Operação Lava Jato que trata dos supostos desvios de recursos e pagamento de propina a políticos e partidos envolvendo a Petrobrás.
A reação de Basto, veterano criminalista estabelecido em Curitiba (PR), veio após o depoimento nesta segunda-feira, 20, de Leonardo Meirelles, “testa de ferro” do doleiro Alberto Youssef nas fábricas de medicamentos Labogen. Meirelles reforçou as suspeitas de envolvimento com o esquema de propinas do ex-presidente nacional do PSDB, entre os anos de 2009 e 2010, senador Sérgio Guerra (PE) – morto em março deste ano.
“Acho estranho que ele (Meirelles) foi interrogado antes nos autos da Labogen (outro processo da Lava Jato, em fase final), teve oportunidade de falar, não falou e agora quer vincular o PSDB”, argumenta Figueiredo Basto. “É um fato gravíssimo e vou tomar medidas junto ao Ministério Público Federal para investigar o que está acontecendo nesse processo.”
“Eu tenho convicção que tem influência estranha nesse processo, de terceiro, que tem interesse eleitoral em usar essa instrução”, avalia o criminalista. “Estou afirmando isso”, criticou o advogado. “Vou acionar judicialmente (Meirelles) pelas declarações.”
Figueiredo Basto disse que “desafia” Leonardo Meirelles a provar a relação de Youssef com o PSDB. “Se ele não provar, vou responsabiliza-lo criminalmente por esse fato.”
O criminalista destaca que no dia 25 de março – oito dias depois da deflagração da Lava Jato -, Meirelles afirmou à Polícia Federal que conheceu Youssef em 2012.”Ou seja, em 2009, época da CPI da Petrobrás, ele (Meirelles) não conhecia o Beto (Alberto Youssef). Ele disse isso para o delegado da Polícia Federal e assinou embaixo. Afirmou que conheceu o Beto em 2012 e que em 2013 o Beto assumiu o Labogen. As datas não batem. A CPI era em 2009. Ou ele mentiu na polícia ou mentiu no interrogatório na Justiça Federal. Isso sugere uma manipulação política.”
Figueiredo Basto afirmou não ser a primeira vez que Meirelles aponta algo sem provas. “Não é a primeira fez que ele fala um fato e não prova. Alegou que meu cliente tinha assinado um documento e a perícia não provou isso”, afirmou, referindo-se a cadernos de anotações pessoais de Meirelles, os quais foram submetidos a uma perícia que não confirmou registros de autoria do doleiro.
Meirelles prestou depoimento nesta segunda-feira, 20, nos autos do processo sobre superfaturamento nas obras da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.
Meirelles apresentou sua versão sobre o envolvimento de outros partidos políticos, ao ser perguntado por seu advogado. Além de citar o PSDB, ele nominou Sérgio Guerra. Ele apontou, ainda, outro tucano “padrinho antigo, conterrâneo” de Youssef, em Londrina (PR). Do site do Estadão

terça-feira, outubro 21, 2014

LULA TEM COMPORTAMENTO AGRESSIVO FORA DO NORMAL. PARECE QUE ESTÁ BÊBADO OU DROGADO.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) acatou nesta terça-feira (21) um pedido feito pela campanha de Aécio Neves (PSDB) e suspendeu uma propaganda de Dilma Rousseff (PT), retirando-lhe, ainda, 1 minuto e 50 segundos do horário eleitoral que será exibido no período noturno de quarta-feira (22). 
A propaganda suspensa – que não pode mais ser exibida – foi veiculada na segunda-feira (20) e mostrou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, completamente fora de si e com sinais de estar alcoolizado ou drogado, fazendo criticas a Aécio num comício realizado em Belo Horizonte (MG) no último dia 18. Na ocasião, Lula disse que Aécio é o candidato dos banqueiros, que Dilma foi presa aos 20 anos por lutar pela democracia e questionou onde estava o candidato tucano enquanto a presidente era presa, chamando-o de filhinho de papai. Lula nunca soube direito de quem é filho, por isso tem estes ataques contra famílias bem constituídas.
Como ataques não são mais permitidos em propagandas do horário eleitoral, os ministros acataram a representação do PSDB e disseram que as críticas de Lula não contribuem com a campanha e desmerecem o espaço reservado para a apresentação de propostas na TV. Os ministros ainda rechaçaram a declaração de Lula acatando argumento apresentado pelo advogado do PSDB, dando conta que Aécio tinha 10 anos quando Dilma estava na guerrilha assaltando bancos, sequestrando e participando de atentados terroristas contra brasileiros inocentes. Do Blog do Coronel

Sponhoz: Os petralhas endoidaram de vez!

Mestre Sponholz pegou bem outra vez: a campanha do PT, como sempre é um embuste. Mas no primeiro turno os paulistas mostraram que não suportam Lula, Dilma e seus sequazes. Culpar Aécio Neves da falta de chuva é um troço que chega a ser cômico. Vão levar ferro outra vez!

VEREADOR DO PT DE MINAS GERAIS FAZ APELO EM VÍDEO EM DEFESA DO VOTO EM AÉCIO NEVES


Este vídeo com a declaração e recomendação do voto em Aécio Neves é de um vereador do PT de Ribeirão das Neves, em Minas Gerais.

Ele recomenda de forma enfática o voto em Aécio Neves e explica as razões de sua decisão em abrir o seu voto para todos os brasileiros por meio das redes sociais.

O vídeo está bombando no Youtube, Facebook, Twitter e demais redes sociais. Vejam e compartilhem.

PESQUISA DO INSTITUTO VERITÁ MOSTRA AÉCIO NEVES NA FRENTE COM 53,2%. DILMA TEM 46,8%.

Se a eleição fosse hoje, o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, teria 53,2% dos votos válidos no segundo turno, segundo pesquisa do Instituto Veritá divulgada nesta terça-feira. Dilma Rousseff, do PT, aparece com 46,8%. A pesquisa foi encomendada pelo jornal Hoje em Dia, de Belo Horizonte, pertencente ao grupo Record.
A margem de erro da pesquisa é de 1,4 ponto percentual para mais ou para menos. O levantamento do Instituto Veritá foi realizado entre os dias 17 de outubro e 20 de outubro. Foram ouvidos 7.700 eleitores em 213 cidades de todos os Estados brasileiros.
Se for considerada a votação total, com brancos e nulos, Aécio tem 47% das intenções. Dilma aparece com 41,4%. Os indecisos somam 7,8% e outros 3,7% votariam em branco ou nulo.
Ainda segundo essa pesquisa, o índice de rejeição da presidente Dilma é maior que o de Aécio. O levantamento apontou que 46,1% dos eleitores não votariam na petista de jeito nenhum, enquanto 39,1% afirmam o mesmo sobre o tucano.
Na mesma pesquisa em Minas Gerais, Aécio lidera a disputa do segundo turno com 54,7% da preferência do eleitorado, considerando os votos válidos. A presidente Dilma teria 45,3%. Com esse quadro, o tucano ganha terreno no Estado, que é o segundo maior colégio eleitoral do país. Considerando o total de votos, Aécio teria 48,3% das intenções, contra 40% de Dilma. Brancos e nulos somam 3,7%, e 7,9% do eleitorado não respondeu ou não soube responder.