TRANSLATE/TRADUTOR

quarta-feira, abril 18, 2018

"QUANDO O GOVERNO TEME O POVO, ALI HÁ LIBERDADE. QUANDO O POVO TEME O GOVERNO, ALI HÁ TIRANIA".


Mais um vídeo sensacional traduzido e legendado pelos Tradutores de Direita. Trata-se de um breve discurso de Mark Robinson, da tribuna da Câmara Municipal de Greensboro, na Carolina do Norte, Estados Unidos. Sim, um simples cidadão que em poucas palavras detona a tese do desarmamento sempre defendida pelos esquerdistas. Vale a pena ver este vídeo de pouco mais de 4 minutos, o suficiente para demolir a tese do desarmamento sempre defendida com unhas e dentes pela vagabundagem comunista. Leiam:

Mark Robinson é um cidadão comum. Ele cresceu e viveu toda sua vida em Greensboro, na Carolina do Norte (EUA). Ele, talvez, nunca tenha estado no Brasil ou sequer saiba muito a respeito de nosso país. Mark, no entanto, descreve com precisão o drama do povo brasileiro arbitrariamente desarmado, feito refém dos assaltantes, sequestradores, estupradores, assassinos e meliantes de todo tipo.

“Somos os primeiros a ser tributados, os últimos a ser levados em consideração, os primeiros a ser punidos sempre que ocorre um tiroteio” – disse Mark a uma poderosa minoria que, no conforto de seus carros blindados e do alto de suas mansões fortificadas, instrumentaliza a tragédia para expandir seu controle sobre a maioria: milhões de cidadãos de bem, trabalhadores, portadores de armas que nunca cometeram um crime.

Mark se recusa a ser uma vítima, se recusa a entregar o controle de sua vida e seu destino nas mãos da minoria. Na tribuna da Câmara Municipal, ele plantou seus pés como uma âncora e bradou sua voz como um trovão, mostrando-se disposto a defender, com unhas e dentes, este que é um direito natural não concedido por nenhum governo, mas pelo próprio Criador aos homens: o direito à vida e à autodefesa.

Que mais homens e mulheres se levantem nas tribunas do Brasil com o espírito de Mark Robinson. É necessário que a minoria volte a temer a maioria para que, assim, se cumpra a justiça e a vida dos justos floresça.

“Quando o governo teme o povo, ali há liberdade. Quando o povo teme o governo, ali há tirania.” [*]

Tradução: hsilver
Revisão: Yuri Mayal

[*] Autor desconhecido, apesar de a frase ser normalmente atribuída a Thomas Jefferson.

terça-feira, abril 17, 2018

Sponholz: No xadrez!

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada

PT INTRODUZ EX-SEMINARISTA NO STF PARA TENTAR DERRUBAR BOLSONARO. PRESIDENCIÁVEL MANDA VER DETONANDO O ESQUEMA PELAS REDES SOCIAIS.


O pré-candidato presidencial Jair Messias Bolsonaro veiculou na noite desta segunda-feira pelo Facebook e Twitter o vídeo que está aí acima. A revelação do esquema do PT dentro do Supremo Tribunal Federal (STF) foi assunto de um editorial do jornal O Estado de S. Paulo e o alvo, como não poderia deixar de ser, é o presidenciável Jair Bolsonaro. 

Enlouquecido, o establishment, que tem como ponta de lança os jornalistas da grande mídia, decidiu pegar pesado e sem qualquer escrúpulo e autorizou o PT a devassar o STF e costurar um plano para impedir a todo custo a candidatura do presidenciável Bolsonaro.

Resta saber se caso o golpe for consumado o povo brasileiro vai permanecer deitado em berço esplêndido e as Forças Armadas permanecerão ordeiras e serenas em seus quartéis.

Sponholz: No triplex do Lula.

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada

segunda-feira, abril 16, 2018

LULA FICARÁ NA CADEIA POR PELO MENOS 10 ANOS, CALCULAM ESPECIALISTAS EM DIREITO PENAL.


Lula no momento de sua chegada a Curitiba conduzido por agentes federais no dia 7 deste mês de abril de 2018. Foto: Diário do Poder.

A estimativa é de magistrados que não atuam no caso e criminalistas, alguns deles com clientela de investigados na Operação Lava Jato: o ex-presidente Lula permanecerá no sistema carcerário pelo prazo mínimo de dez anos.
Condenado na primeira sentença a 12 anos e 1 mês de prisão, ele teria direito ao regime semiaberto dentro de dois anos, correspondentes a um sexto da pena. Só que não. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
O problema de Lula é que, réu em outros sete casos, cada nova condenação aumentará o tempo mínimo de permanência na prisão.
Condenado a 10 anos no segundo caso (sitio de Atibaia), por exemplo, a pena vai a 22 e um sexto dela corresponderia a 3 anos e 7 meses.
Há estimativas de até um século de prisão, mas se Lula for sentenciado a 60 anos, isso o manterá no presídio por dez anos, um sexto da pena.
Para ganhar regime domiciliar, a defesa pode alegar questão de saúde, mas o próprio Lula tem propalado que está bem e com vigor de garoto. Do site Diário do Poder

sábado, abril 14, 2018

EM VÍDEO, PRESIDENCIÁVEL JAIR BOLSONARO DESMENTE "O GLOBO" QUE NOTICIOU SEU INTERNAMENTO NO HOSPITAL CENTRAL DO EXÉRCITO NO RIO DE JANEIRO.


O pré-candidato presidencial Jair Messias Bolsonaro divulgou por volta das 21 horas desta sexta-feira vídeo em sua página oficial do Facebook desmentindo de viva voz a notícia do site do jornal O Globo, afirmando que o presidenciável fora internado no Hospital Central do Exército do Rio de Janeiro.

Conforme a matéria que pode ser lida AQUI o site do jornal O Globo afirma que o pré-candidato teria se sentido mal ainda no aeroporto de Roraima onde cumpriu agenda de sua pré-campanha e que por isso foi internado no HCE logo após desembarcar no Rio de Janeiro.

Neste caso O Globo foi o autor de mais uma "fake news", as famigeradas notícias falsas e que o próprio 'O Globo' critica, como de resto toda grande mídia, embora seja a denominada mainstream media useira e vezeira na propagação desse deletério estratagema político.
Facsímile da abertura da matéria no site e O Globo postada às 19:38 desta sexta-feira.

CENAS COM BOLSONARO EM RORAIMA
Clique sobre a imagem para vê-la ampliada

Sponholz: Um candidato que tem passado...!

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada

sexta-feira, abril 13, 2018

O PT E AS SEMENTES DO NAZISMO


Por Maria Lucia Victor Barbosa (*)
Nos sistemas totalitários, nazista e comunista, técnicas de manipulação foram levadas à perfeição. No nazismo, Joseph Paul Goebbels, ministro da Propaganda e da Informação de Hitler foi o grande artífice da dominação do psiquismo coletivo. Assim, quando fracassou o boicote de Goebbels às lojas dos judeus porque foi ignorada pelo povo, ele foi às rádios e com sua oratória inflamada proclamou vitória no lugar do fracasso.
O boicote foi apenas o começo da perseguição implacável aos judeus, obsessão de Goebbels, de Hitler e de outros asseclas do Führer que redundou no horror do Holocausto, essa mancha negra incrustada na história da humanidade. Goebbels, justificou o Holocausto persuadindo os alemães que a debacle econômica após o fracasso na segunda guerra mundial era culpa dos judeus.
Seria impossível repetir a experiência do nazismo de forma idêntica. Ela aconteceu a partir de certas circunstâncias, em um dado país, numa determinada época, sob o influxo de uma personalidade carismática sui-generis. Mas, não seria errado dizer que as sementes maléficas do nazismo germinaram sob outras formas.
Vejamos, então, o que vem acontecendo em nosso País com relação ao Partido dos Trabalhadores:
1º) O Partido Nacional Socialista dos trabalhadores da Alemanha, surgido em 1920, era oriundo do Partido dos Trabalhadores da Alemanha fundado em 1904. Entre os fatores que caracterizaram o Nacional-Socialismo cumpre ressaltar a veneração de cunho religioso do Führer.
Lula, apesar de estar anos-luz longe de Hitler, obteve a veneração de seus militantes e adeptos. E, como no nazismo, as atividades do movimento petista se baseiam no líder e os correligionários continuam dependendo dele para suas pretensões eleitorais.
2º) A figura de Adolf Hitler representava o homem comum, de origem humilde, ansioso para compensar seus sentimentos de inferioridade através da militância política.
Qualquer semelhança com Lula nesse aspecto não é mera coincidência.
3º) Hitler e seu partido, além da penetração popular foram encarados pela classe alta como representantes de seus interesses.
Lula ofereceu caridades oficiais aos pobres e enriqueceu como nunca banqueiros, empreiteiros e outros representantes da classe alta.
4º) A pregação nacional-socialista fascinou muitos intelectuais. Tanto é que, em 1926, na Universidade de Göttingen, que chegou a ser o maior centro de pesquisas de matemática do mundo, mais da metade dos alunos era nazista.
A grande chocadeira ideológica do PT foi implantada nas universidades. Desse modo, intelectuais orgânicos do PT obtiveram abundantes convertidos, que se tornaram fanáticos eleitores da seita PT.
5º) Hitler seduziu a nação através de intensa propaganda produzida pelos meios de comunicação dominados por Goebbels. Em exaltados discursos o Führer acentuou a esperança, a autoestima, as boas notícias e prometeu ao povo alemão um futuro brilhante, numa linguagem que podia ser compreendida até pelas pessoas mais simples. A aprovação de Hitler chegou a 80% e ele seguiu à risca a ideia do seu grande inspirador, Mussolini, que dizia: “Em política, 97% do apoio popular vem da propaganda governamental e só 3% das realizações efetivas”.
Duda Mendonça e Santana (de codinome Feira), os homens da propaganda petista, seguiram à risca, talvez, instintivamente, as recomendações de Goebbels e de Mussolini.
6º) Hitler foi preso e na prisão outro detento, o escritor Rudolf Hess, escreveu um livro intitulado, “Minha Luta”, no qual ideias de Hitler se misturaram às suas.
Lula, mesmo antes de ser preso, mandou jornalistas colocar em livro três entrevistas suas.  O título: “A Verdade Vencerá – o povo sabe porque me condenaram”. O título correto deveria ser: “A Mentira Vencerá”. Quanto ao povo, sem dúvida sabe porque o condenaram.
7º) Hitler, uma vez eleito aparelhou o Estado com nazistas. Lula fez isso no seu primeiro mandato auxiliado por José Dirceu.
8º) As milícias de Hitler usavam de todo tipo de violência contra quem não era considerado um deles. As milícias de Lula, os camisas vermelhas, fazem a mesma coisa. Também lideranças petistas ameaçam de morte autoridades e estimulam a truculência de suas hostes.
9º) O Führer dividiu a Alemanha entre nós, os perfeitos, e eles, os inimigos. O PT fez a mesma coisa e foi além. Estimulou o ódio jogando negros contra brancos, homossexuais contra heterossexuais, mulheres (feministas) contra homens. Na verdade, o PT é o partido do ódio, da truculência e da mentira.
10º) Derrotado, mas ainda sonhando até o fim com a vitória, Hitler se refugiou no bunker. Lula, diante da iminência de ser preso foi se homiziar no Sindicato dos Metalúrgicos.
11º) Lula, finalmente foi preso em 07/04/2018, por conta de um de seus inúmeros processos e será julgado em outros mais. Mas não vai acabar como Hitler. No máximo padecerá de abstinência alcoólica.
(*) Maria Lucia Victor Barbosa é socióloga, professora, escritora.
N.B.: A Ilustração é criação do blog Conspiratio 3

Sponholz: Todos os petralhas enfim identificados!

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada

quinta-feira, abril 12, 2018

LAVA JATO EM AÇÃO: DEZ PESSOAS PRESAS INCLUINDO EX-SECRETÁRIO DO PT E EMPRESÁRIOS.


Marcelo Sereno, ex-secretário do PT, Arthur Pinheiro Machado e Milton Lyra estão entre os alvos da Operação Rizoma da Polícia Federal. Foto by Diário do Poder

A Polícia Federal cumpre dez mandados de prisão preventiva em mais um desdobramento da Lava Jato, batizada de Operação Rizoma, que tem como alvos, entre outros, Milton Lyra, citado como operador de políticos, em Brasília; Marcelo Sereno, ex-secretário nacional de comunicação do PT, e figura de destaque no primeiro governo Lula; e Arthur Pinheiro Machado, apontado como operador e criador da Nova Bolsa, que recebeu aportes financeiros dos dois fundos de pensão.
Ao todo, 140 policiais federais atuam no cumprimento desses mandados, que incluem 21 de busca e apreensão no Rio, São Paulo e Distrito Federal. De acordo com o MPF, a empresa de Machado recebia dinheiro dos fundos concomitantemente a um contrato de câmbio com empresas de fachada, pertencente a Edward Penn, operador que trabalha nos Estados Unidos.
Arthur Pinheiro Machado fez um contrato de câmbio para importação de softwares das empresas americanas de Edward Penn, mas, segundo os investigadores, essas importações eram fraudulentas. A compra seria simulada por Machado, que enviava o dinheiro para o exterior.
A partir da delação de um dos envolvidos, os investigadores puderam verificar que o dinheiro das compras era remetido para fora do país, tendo a participação dos doleiros Vinicius Claret, conhecido como Juca Bala, e seu sócio, Cláudio Fernando Barbosa, o Tony, ambos acusados de envolvimento em operações de lavagem de dinheiro do esquema do ex-governador do Rio Sérgio Cabral. Eles repassavam o dinheiro depois para pessoas indicadas por Machado. A Lava-Jato aponta a conexão dos fundos de pensão com os doleiros, Juca Bala e Toni, como sendo o elo entre o esquema de lavagem já usado pelo grupo de Cabral
Juca e Toni usavam o mesmo esquema do ex-governador para pagar os gestores dos fundos, indicados por Machado.
Além de Machado, Penn, Sereno e Lyra, São ainda alvos de mandado de prisão Patrícia Iriarte, apontada como operadora do esquema junto a Machado; Adeilson Ribeiro Telles, que nfoi chefe de gabinete do ex-presidente dos Correios Wagner Pinheiro e Henrique Barbosa, da Postalis; Ricardo Siqueira Rodrigues, operador financeiro; e Carlos Alberto Valadares Pereira da Serpro.
De acordo com as investigações, os suspeitos fazem parte do esquema criminoso chefiado pelo ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral. Do site Diário do Poder