terça-feira, setembro 16, 2014

MADURO E AS FILHAS DO DEFUNTO CAUDILHO HUGO CHÁVEZ GASTAM US$ 3,5 MILHÕES DE DÓLARES POR DIA E SUPERAM GASTOS DA FAMÍLIA REAL INGLESA


Castigada por uma crise social econômica em razão da loucura da ditadura bolivariana, a Venezuela mantém duas famílias, a do tiranete Nicolás Maduro e das filhas do defunto caudilho Hugo Chávez, gastando por dia US$ 3,53 milhões de dólares.

Em uma entrevista recente publicada pelo jornal espanhol ABC, o deputado oposicionista Carlos Berrisbeitía revelou os gastos gerados por ambas as família e descreveu a cifra de “imoral e obscena”, chegando a superar os gastos da Rainha Elizabeth da Inglaterra. Todo esse montante é bancado com recursos públicos. O vídeo acima é de uma reportagem da Voz da América, bem como o texto que segue na íntegra em espanhol. Leiam: 
Filhas de Chávez e seus amigos prontos para embarcar em um jatinho em mais uma viagem de prazeres. Notem a camiseta com a imagem de Che Guevara. Trata-se, como se pode ver, de um bando de psicopatas em ação.
EN ESPAÑOL - Venezuela arrastrada por una crisis social y económica mantiene a dos familias, la del presidente Nicolás Maduro y la de las hijas de Hugo Chávez, gastando $3,53 millones de dólares diarios.

En una entrevista publicada por el periódico español ABC, el diputado opositor Carlos Berrisbeitía reveló al detalle los gastos generados por ambas familias y describió la cifra de “inmoral y obscena”, que incluso llega a superar a los gastos de la reina de Inglaterra, Isabel II, y de los presidentes latinoamericanos.

Según el diputado Berrisbeitía, quien lleva la cuenta de los gastos presidenciales en Venezuela desde hace 15 años, los gastos de Maduro han excedido en 40% a lo que gastaba Hugo Chávez. Además, señaló que el gobierno venezolano tiene doble gasto porque no solo debe mantener a Maduro, quien vive en el Fuerte Tiuna, sino también a las hijas de Chávez, quienes permanecen en la residencia presidencial, a pesar que su padre falleció hace año y medio.

La cifra que asigna Berrisbeitía es de $5.892 millones de bolívares, lo que equivale a $948,58 millones de dólares para el despacho presidencial y el de residencia presidencial es de $2.258 millones de bolívares ($362,45 millones de dólares).

En estos presupuestos están incluidos los pagos a empleados de servicio, seguridad personal, vehículos utilizados, facturas de electricidad, teléfono hasta la utilización del avión presidencial y el mantenimiento de piscina, salas de bolos de la mansión donde viven las hijas de Chávez.

También suman una partida millonaria destinada a Maduro para que pueda solventar gastos personales, invitaciones y hacer regalos por un valor de $12,4 millones de bolívares. 

“Maduro es el único venezolano que no tiene problemas con la inflación porque pide al parlamento créditos para que le ajusten su presupuesto a la tasa de inflación”, declaró Berrisbeitía. Hasta el momento no ha habido una reacción oficial sobre las acusaciones. Do site da Voz da América

EX-ASSESSOR DO GOVERNO DILMA QUE TRABALHAVA COM GLEISI HOFFMANN É CONDENADO POR ESTUPRO DE MENOR DE IDADE

O petista Eduardo Gaievski: condenado a 18 anos de prisão
O ex-assessor da Casa Civil da Presidência da República Eduardo Gaievski foi condenado a 18 anos e um mês de prisão pelos crimes de estupro de vulnerável, estupro presumido e estupro qualificado. A sentença foi dada no Fórum de Realeza, no Paraná. Gaievski trabalhava diretamente com a então ministra Gleisi Hoffmann, que deixou o posto para disputar o governo do Paraná. Ele foi demitido em agosto do ano passado, quando VEJA revelou as acusações de abuso sexual de menores.
Esta foi a primeira sentença dos 17 processos contra Gaievski por crimes sexuais contra menores de idade. Os outros 16 processos também estão na fase final. Gaievski foi levado para a Casa Civil pela própria Gleisi, que diz nunca ter sido informada sobre os crimes do petista. Natalício Farias, advogado de algumas vítimas, espera uma pena total bem maior. “Fizemos as contas e a pena dele poderá chegar a 356 anos de prisão”, diz.
A sentença que condenou Gaievski foi proferida pela juíza Janaína Monique Zellato Albino, do Fórum de Realeza. Com a condenação, o petista deixa o regime de detenção provisória e vai cumprir pena em presídio, em regime fechado.

Gaievski foi prefeito de Realeza pelo PT e, no Palácio do Planalto, cuidava das políticas para saúde e para crianças e adolescentes, como a prevenção do crack. Gaievski também ajudou a criar o programa Mais Médicos, que trouxe médicos de Cuba para trabalhar no Brasil. Sua prisão pode representar mais um baque na candidatura de Gleisi Hoffmann no Paraná, que amarga umterceiro lugar nas pesquisas. Do site da revista Veja

MAIS UM ESCÂNDALO BOLIVARIANO: FILHA DO DEFUNTO CAUDILHO HUGO CHÁVEZ POSSUI CONTA BANCÁRIA NOS ESTADOS UNIDOS COM MAIS DE US$ 700 MILHÕES DE DÓLARES.


Neste vídeo a jornalista Maria Elvira Salazar revela em seu programa da emissora Mira TV, de Miami, que transmite em espanhol, mais um escândalo produzido pela ditadura bolivariana (leia-se comunista) da Venezuela, indicando que lá, como ocorre também no Brasil sob o governo de Lula, Dilma e seus sequazes, há uma roubalheira voraz e contínua. Deve-se salientar que Lula, Dilma e o sucessor de Chávez, o tiranete Nicolás Maduro, são unha e carne. Afinal, todos eles fazem parte do Foro de São Paulo, a organização comunista fundada por Lula e Fidel Castro, que opera em todo o continente latino-americano e que dá as diretrizes políticas com o objetivo de transformar o continente num apêndice de Cuba. 
Desta feita, conforme a reportagem da jornalista Maria Elvira Salazar, acaba de ser descoberta nos Estados Unidos, que Maria Gabriela Chávez, a filha preferida do defunto caudilho Hugo Chávez, possui uma conta bancária fabulosa em banco norte-americano, conforme documento mostrado no vídeo: US$ 736.992.001 milhões de dólares. 
Entretanto, para se ter idéia da fabulosa pilhagem dos cofres estatais venezuelanos, a herança deixada pelo caudilho Hugo Chávez, é calculada em US$ 2 bilhões de dólares.
Ao mesmo tempo, há outras informações ventiladas neste vídeo sobre as relações da ditadura venezuelana com o terror islâmico. Segundo consta, o apoio do tiranete Nicolás Maduro e seus asseclas à invasão do terror islâmico no Ocidente tem facilitado aos terroristas a obtenção de passaporte venezuelano, o que lhes dá condições de entrar nos Estados Unidos.
A vida nababesca da família do finado caudilho Hugo Chávez, já revelei aqui no blog. Todavia o site que vazou centenas de fotos flagrando as filhas de chávez e seus namorados em viagens internacionais, curtindo as delícias do capitalismo, parece que foi hackeado pelos comunistas bolivarianos e retirado do ar.
Lula, Dilma e Nicolás Maduro quando firmaram o pacto diabólico ante o olhar de seus asseclas.
Enquanto as filhas de Chávez vivem uma vida nababesca os venezuelanos continuam enfrentando violenta repressão e têm de se submeter à escassez de alimentos. As compras de quaisquer produtos, incluindo até medicamentos, são totalmente controladas pelo governo de Maduro.
Por isso mesmo, os protestos nesse país continuam sem parar e o principal líder oposicionista, o economista Leopoldo Lopez, continua preso num calabouço da polícia política pelo simples fato de fazer oposição.
Finalmente, conforme se pode notar na foto acima, em recente reunião na Venezuela, Lula e Dilma firmaram um pacto com Nicolás Maduro que implica o apoio recíproco e total entre os governo brasileiros e venezuelano. Esse pacto diabólico foi firmando bem antes da campanha eleitoral presidencial no Brasil.
É que para o Foro de São Paulo, os cofres públicos dos dois países têm de se manter nas mãos desse projeto comunista. O aparecimento de Marina Silva na corrida eleitoral no Brasil representa uma alternativa, caso Dilma não consiga se reeleger. Estes fatos, por si só, mostram que o único candidato realmente de oposição ao PT é Aécio Neves e os sucessivos fatos e escândalos só confirmam isso.

segunda-feira, setembro 15, 2014

AÉCIO NEVES CONTINUA LIDERANDO COM FOLGA PESQUISA ELEITORAL PELA INTERNET "VOTE HOJE!"

O site Vote Hoje, a pesquisa eleitoral online para presidente da República, já foi reformulada em decorrência da morte de Eduardo Campos, que aparecia na primeira fase da campanha. Nota-se que Aécio Neves continua na liderança por uma margem folgada com mais de 70% das preferências dos eleitores.

 clique Aqui para votar e ver o percentual de cada um dos candidatos.

HOMEM-BOMBA DA PETROBRAS E SEUS COMPARSAS SE REFERIAM A LULA COMO 'GERENTÃO"

Paulo Roberto Costa continua a indicar que possuia grande intimidade com Lula que o chama de 'Paulinho'
Além de entregar, um a um, os políticos que receberam dinheiro sujo do esquema de corrupção, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa ofereceu aos investigadores, em seus depoimentos, indícios e até provas dos pagamentos de propina. São anotações detalhadas de datas, locais, quantias e até números de contas bancárias no exterior, onde os destinatários preferiam receber a grana roubada da estatal.
Paulo Roberto Campos foi diretor de Abastecimento da Petrobras entre 2004 (governo Lula) e 2012 (governo Dilma), e agia com “autonomia”.
Chamado de “Paulinho” por Lula, Paulo Roberto Costa conta que ele e seus comparsas se referiam ao ex-presidente como “Gerentão”.
O ex-diretor temia virar um Marcos Valério, que estava longe de chefiar o mensalão, era só um “office boy de luxo”, mas pegou a maior pena. Do site Diário do Poder/Cláudio Humberto

Sponholz: Lula, o cínico repugnante!


VOTE NO SEU PRÓPRIO BOLSO! E PARA NÃO CORRER RISCOS, DETONE A DILMA JÁ NO PRIMEIRO TURNO.

O texto que segue é o site da empresa Empiricus, que ficou famosa com aquele vídeo intitulado O Fim do Brasil. E as dicas dadas por Empiricus continuam de pé. Entretanto, agora que se aproxima a eleição, o Empiricus volta à carga avisando que todos os candidatos estão no páreo, inclusive Aécio Neves. A idéia é descartar a Dilma já no primeiro turno, fato que turbinaria da economia brasileira e ajudaria muito a afastar o perigo de algo parecido como a Venezuela ocorrer no Brasil com mais um governo petistas. Leiam:
Em que se pesem pequenas oscilações típicas das pesquisas, os três principais candidatos possuem chances significativas de assumir a presidência em 2015.
Aécio, Dilma e Marina estão todos no páreo; perde quem ainda não percebeu isso.
O presente descarta em absoluto a antiga consideração, vigente até o fim de 2013, de que se tratava de um caso trivial de reeleição.
As últimas apurações sugerem, inclusive, maior probabilidade de vitória da oposição no 2º turno.
Portanto, devemos estar preparados tanto para o continuísmo quanto para uma transformação importante da macro brasileira – com efeitos diretos sobre sua renda, seus gastos e seus investimentos.
Se Aécio ou Marina vencerem o pleito, as semelhanças econômicas serão muito maiores do que as diferenças. Correção das contas públicas, controle da inflação e gestão transparente constituem três do pilares fundamentais desta eventual nova administração.
Além das medidas concretas, Aécio e Marina devem ser agraciados, logo de cara, com um voto de confiança do setor privado, doméstico e internacional. Por si só, essa confiança ajudará na redução dos prêmios de risco e atrairá dinheiro para o Brasil. Trata-se de um panorama particularmente favorável ao investimento em Bolsa.
Por outro lado, o caráter inercial da reeleição de Dilma implicaria quatro anos de mais do mesmo. O Governo atual não parece interessado em reconhecer erros, quanto menos em aprender com os erros. Logo, seria demasiado utópico supor de antemão um novo mandato de Dilma menos oneroso economicamente do que o mandato anterior.
Nesse sentido, a reeleição catalisaria as premissas da tese do Fim do Brasil, publicada pela consultoria Empiricus como um alerta para a necessidade de proteção financeira.
Felipe Miranda, autor da tese, argumenta sobre o possível falecimento da matriz econômica criada junto ao Plano Real e sustentada pela equipe de Lula. Tal falência culminaria em forte valorização do dólar contra o real, queda da Bolsa e disparada das taxas de juros.
Se o cenário animador da oposição estimula aplicações mais cíclicas, a hipótese de reeleição demanda cuidados com sua carteira de investimentos.
Não se deve, entretanto, assumir uma postura maniqueísta, pois o investidor pessoa física é capaz de lucrar em ambos os contextos. Basta se posicionar desde já nos ativos financeiros mais adequados a cada objetivo.
Marina, Aécio e Dilma estão todos no páreo, não há como adivinhar o resultado eleitoral. Felizmente, sua saúde financeira – na crise ou na recuperação – não depende de adivinhações.
A Empiricus preparou um relatório especial trazendo recomendações exclusivas de como posicionar seus investimentos diante do resultado eleitoral
Digite seu email para receber o relatório “Como as Eleições podem influenciar seus investimentos” já! Clique AQUI
MEU COMENTÁRIO: E para ter absoluta segurança no sentido de evitar a guinada bolivariana, aconselho Aécio Neves e todos os candidatos de sua aliança em todos os níveis. Então, já no primeiro turno a ordem é concentrar os votos no Aécio Neves. Notem que todos os grandes jornais e a Rede Globo são contra o Aécio Neves. Por que será?
OLHE PARA O SEU BOLSO. NINGUÉM PODE VIVER SEM DINHEIRO. ALIÁS, O DINHEIRO É UM BEM NECESSÁRIO, NUNCA UM MAL! 
SÓ UMA ECONOMIA BOMBANDO BENEFICIA A TODOS SEM DISTINÇÃO. PROCURE SABER SOBRE O PLANO ECONÔMICO DE AÉCIO NEVES. SE ELE NÃO É BOM PARA OS BANQUEIROS E GRANDES EMPRESÁRIOS QUE APOSTAM NO PT E NA MARINA, ENTÃO ÁECIO NEVES É BOM PARA A ESMAGADORA MAIORIA DOS BRASILEIROS. PENSEM NISSO! FIQUEM LIGADOS! 
DEPOIS NÃO RECLAMEM E NÃO DIGAM QUE "NÃO SABIAM"! 

domingo, setembro 14, 2014

SPONHOLZ: Homem-bomba pode explodir!

HOMEM-BOMBA DA PETROBRAS PODE GANHAR A LIBERDADE ESTA SEMANA E FICA O DITO PELO NÃO DITO

Paulo Roberto Costa, nos 'bons tempos', despachando com Lula e Dilma no Palácio do Planalto
O ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, acusado de participar de esquema de lavagem de dinheiro comandado pelo doleiro Alberto Youssef e preso desde junho, pode ser solto nos próximos dias. Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, a soltura de Costa decorreria do acordo de delação premiada firmado com o Ministério Público Federal do Paraná. Ele teria se comprometido a devolver cerca de 23 milhões de dólares desviados e mantidos em cinco contas na Suiça em troca de uma pena menor. Cabe ao ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki promulgar a decisão .
Segundo o jornal, Costa já deveria ter saído da carceragem da Polícia Federal em Curitiba (PR) na última sexta-feira, mas devido à grande massa de informações fornecida por ele nos depoimentos, a ordem foi adiada.
Costa ainda responderá às acusações de lavagem de dinheiro, corrupção ativa, evasão de divisas, peculato e destruição de provas. Sem o acordo, sua pena poderia ser de até 50 anos. Com a delação homologada, deverá ser no máximo de cinco anos de prisão. A pena começaria a ser cumprida no regime semiaberto. Fora da cadeia, Costa teria de usar uma tornozeleira eletrônica. 
Revelação - Conforme revelado pela edição de VEJA da semana passada, Costa afirmou à Justiça e ao Ministério Público que três governadores, seis senadores, um ministro de Estado e pelo menos 25 deputados federais embolsaram ou tiraram proveito de parte do dinheiro roubado dos cofres da estatal. De acordo com depoimento de Costa, o esquema funcionou nos dois mandatos do ex-presidente Lula, mas também adentrou a atual gestão da presidente Dilma Rousseff. 
Entre os nomes dos principais beneficiários do esquema, ele citou os ex-governadores Sergio Cabral (PMDB-RJ),  Eduardo Campos (PSB-PE) – morto em acidente aéreo no mês passado – Roseana Sarney (PMDB-MA), o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, além do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Do site da revista Veja

ESTADO LAICO E ESTADO LÉSBICO: O RUMOROSO CASO DO INCÊNDIO DO CTG GAY NO INTERIOR DO RIO GRANDE DO SUL.

O texto que segue é do médico gaúcho Milton Simon Pires, que conjuga o exercício da medicina em Porto Alegre com as tarefas de atuar de forma permanente nas redes sociais, manter um blog e ainda colaborar com artigos em diversos sites da internet. Neste escrito, ele faz uma ácida crítica sobre os recentes acontecimentos políticos-policiais que incendeiam os Pampas! Leiam que vale a pena:
Depois da saída do Grêmio da Copa do Brasil por causa da torcedora que chamou o goleiro do Santos de “macaco”, o Rio Grande do Sul volta hoje às manchetes – incendiaram o CTG (Centro de Tradições Gaúchas) em que duas lésbicas se casariam: conseguimos! Novamente vamos ser, para todo Brasil, o teatrinho da correção política...do ativismo judiciário e do pensamento “engajado”.
A notícia está na capa do principal jornal: “Homofobia!” “Incendiaram o CTG do Casamento Gay!.” Que nojo, meus amigos, que coisa asquerosa conviver com uma imprensa assim..com uma ralé de imbecis que deveria estar, 25 horas por dia, divulgando o genocídio no Brasil, os mortos nessas imundícies que são os hospitais brasileiros e as tentativas de golpe de estado pelo Partido-Religião marionete do Foro de São Paulo.
Quem agora está lendo deve estar se perguntando: “não entendi..ele é contra ou a favor do casamento gay?” “Ele defende que sejam ou não incendiados os CTG's ??” Ora, por favor! Tenham (para não escrever aqui outra coisa) a santa paciência! Não tenho (e nem vocês deveriam ter) tempo para escrever sobre isso. Deixo o tema para os “colunistas” de Zero Hora...
O GALPÃO GAY E 
E AS TORRES GÊMEAS
Alguns tiveram inclusive a audácia de, considerando que hoje é dia 11 de setembro, comparar as motivações dos incendiários do galpãozinho com a dos terroristas que atacaram as Torres Gêmeas. Em certo sentido esse tipo de colunista tem razão: a histeria, a necessidade de ser politicamente correto da parte dele e do seu jornaleco é tanta que as ideologias se tornam parecidas e só faltou terem escrito: “do incêndio do CTG ao ataque de 11 de setembro é só uma questão de proporções”...Uma figurinha carimbada da New Left do jornalismo dos pampas disparou - “é impossível ignorar o simbolismo da data. Os tolos incendiários de Santana do Livramento, fundamentalistas a seu modo, talvez acreditassem que estavam defendendo alguma coisa - uma tradição histórica em boa parte inventada ou aquela vaga sensação de pertencimento que parece justificar uma existência vazia de outros significados -, mas estavam apenas manifestando o próprio desespero diante de um mundo complexo em que parecem não encontrar lugar ou sentido” e eu, Milton Pires, quase precisei de uma caixa de lenços de papel inteira de tanto que chorei (de rir) ao ler uma asneira dessas...
Deixo a questão do casamento gay de lado e afasto também discorrer sobre o crime de incendiar coisas, mas uma “coisa” não vou deixar a passar: a manifestação da Doutora (juíza de Direito) Carine Labres na imprensa pedindo “ajuda da população” para reconstruir o CTG em tempo record afim de que, nesse sábado, seja realizado como estava previsto o casamento gay naquele local.
"SININHO DO JUDICIÁRIO" 
E O DIREITO ALTERNATIVO
Vou direto ao ponto: um juiz que, fazendo uso da sua condição profissional, invoca por meio da imprensa a mobilização da sociedade em nome de uma causa polêmica (tão polêmica que terminou em crime) deveria deixar de exercer a magistratura ! Sua vocação é a Política; não o Direito. Pouco importa o tema em questão – não pode fazê-lo por que deve (ou deveria) colocar-se acima e não como parte daquilo sobre o que pretende arbitrar. Pergunto eu o seguinte: se não é verdade o que acabei de escrever, por que não poderia o juiz ou juíza que, após ter condenado através de sentença a torcedora do Grêmio, iniciar campanha pela imprensa para que eles se encontrem e se abracem na televisão? Ninguém percebe a diferença entre aplicar justiça e fazer ativismo judicial? Ninguém vê o perigo de se substituir, aos poucos, toda Ordem Constitucional pelo número de curtidas no Facebook ou pelo número de jornais vendidos com essa atitude de “Sininho do Judiciário” que a tal magistrada adotou?
Meus amigos, dia após dia, ano após ano...tudo que é formal, tudo que está escrito e que pode ser previsto está em declínio. Ninguém acredita em verdade alguma..só no eventual “consenso democrático dentro da sociedade” (seja lá o que uma besteira dessas signifique) e é esse tipo de coisa, esse tipo de relativismo, o terreno fértil para o Decreto 8243. Gostaria de saber, caso pensem que sou mais um “teórico da conspiração”, se a Dra. Carine Labres convocaria júri popular em Santana do Livramento para decidir a sentença dos incendiários com a mesma presteza que convocou a sociedade para reconstruir o CTGay – o CTG do casamento gay. Enquanto fico esperando resposta não posso deixar de perceber a gigantesca diferença entre minha opinião e a dela sobre isso que chamamos de “Estado” - Eu sou a favor do Estado Laico. Ela; do Estado Lésbico. Do blog Ataque Aberto 

AÉCIO NEVES ANUNCIA PLANO DE SEGURANÇA PÚBLICA PARA LIVRAR OS BRASILEIROS DA SANHA ASSASSINA DOS DELINQUENTES AGASALHADOS PELO ESQUERDISMO DA DILMA E DA MARINA.


Este é o programa de TV de Aécio Neves que foi ao ar na noite deste sábado. E só por essa proposta no âmbito da segurança pública o programa vale ouro!

Aliás, esse é um ponto que a Dilma e a Marina Silva passam ao longe, porque como candidatas do Foro de São Paulo, a organização comunista que reúne todos os vigaristas, psicopatas e histéricos, tem de obedecer ao plano de cubanização da América Latina e o Brasil é a bola da vez. E como é sabido, esses comunistas transviados consideram os vagabundos e assassinos como "excluídos sociais".

Para por um fim a toda essa barbaridade e evitar que o Brasil já figure entre os países mais violentos do mundo, já que contabiliza anualmente cerca de 60 mil homicídios, somente hipócritas e idiotas podem conceder mandato para Dilma ou Marina Silva.

Em boa hora, Aécio Neves anunciou que já tem pronto um projeto para diminuir a maioridade penal, de forma a coibir que menores de idade, que os comunistas qualificam como "adolescentes", sejam presos - não apreendidos, como pregam os politicamente corretos - e processados na forma da lei.

Chega dessa violência, dessa matança infernal! CHEGA DE INSEGURANÇA!

Exterminar a criminalidade é um dever do Estado. E Aécio Neves afirma de forma muito clara que a Segurança Pública em seu governo será uma responsabilidade do Presidente da República.

Só isso já vale o nosso voto em Aecio Neves!

sábado, setembro 13, 2014

AÉCIO NEVES DETONA DURANTE AGITADA CARREATA EM BELO HOROZINTE: "A MARCA DO PT É UM ESCÂNDALO POR SEMANA".

Aécio Neves em carreata neste sábado em Belo Horizonte
O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, fez um grande carreata na manhã deste sábado em seu berço político, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Em sua segunda visita a capital mineira em menos de três dias, o tucano comentou a denúncia feita por VEJA na edição desta semana que aponta que o PT teria pago propina a um grupo de criminosos para evitar que o nome do ex-presidente Lula e de outras lideranças do partido fossem associados ao megaesquema de corrupção na Petrobras. "É mais uma denúncia extremamente grave que tem de ser investigada em profundidade. A marca do governo do PT é essa, uma denúncia por semana. Cada uma mais grave do que a outra. O Brasil não merece viver com sustos como esse", afirmou o tucano.
O candidato repetiu o ataque duplo feito às adversárias Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT) na noite de sexta-feira, em sabatina na Rede TV!: "O governo não é local para aprendizado". E continuou: "O Brasil não pode correr o risco de viver daqui a quatro anos a mesma frustração que está vivendo hoje com uma presidente da República que resolveu aprender no exercício do cargo." Marina nunca exerceu mandato à frente do Executivo. Dilma nunca havia enfrentado uma eleição até ser eleita presidente. "Governar é muito mais do que ter boas intenções, até porque todos nós as temos", disse Aécio.
Aécio fez um aceno enfático ao eleitorado mineiro, que o elegeu duas vezes governador e uma vez senador, mas, segundo pesquisas, nestas eleições não alavancou sua candidatura – ele está em terceiro lugar nas pesquisas no Estado, e seu candidato ao governo, Pimenta da Veiga (PSDB), em segundo, atrás do petista Fernando Pimentel. "Estou iniciando hoje essa caminhada na reta final da campanha extremamente otimista de que chegou a hora da grande virada, chegou a hora da onda da razão", afirmou.
Durante mais de uma hora o presidenciável percorreu as ruas do centro de Belo Horizonte em carreata que contou com três carros de som e um gigantesco aparato de campanha. Esperando convencer o segundo maior colégio eleitoral do país, que equivale a 10,7% dos votos nacionais, o PSDB tem como questão de honra vencer no estado. "Vamos até o final buscando inspiração aqui, percorrendo Belo Horizonte. Temos certeza de que a virada começa em Minas Gerais", afirmou o tucano.
Acompanhado por Antônio Anastasia, que concorre ao Senado, e por Pimenta da Veiga, Aécio cumprimentou eleitores e tirou centenas de selfies. No fim, na principal avenida da capital mineira, desceu do carro aberto e percorreu as ruas a pé, empunhando uma bandeira do Brasil.

Pela manhã, em um encontro reservado com a juventude do partido, prometeu, caso eleito, criar um fundo de promoção da igualdade racial e assinou um pacto pela juventude e pela igualdade racial. "Estamos lançando um conjunto de compromissos que visam permitir o combate sem tréguas a qualquer tipo de discriminação ou de racismo. Descriminação, qualquer tipo de descriminação e racismo é crime e deve ser punido como tal", disse. Do site da revista Veja

MAIS UM ESCÂNDALO DENTRO DE UM ESCÂNDALO: PT PAGOU PARA QUE LULA NÃO FOSSE ARRASTADO PARA O CENTRO DA ROUBALHEIRA DA PETROBRAS.

O PODER E O CRIME - Enivaldo Quadrado (à direita), o chantagista, é pago pelo PT para manter em segredo o golpe que resultou no desvio de 6 milhões de reais da Petrobras, em outro caso de chantagem que envolve o ministro Gilberto Carvalho, o mensaleiro José Dirceu e o ex-presidente Lula.
Desde que estourou o escândalo da Petrobras, o PT é vítima de uma chantagem. De posse de um documento e informações que comprovam a participação dos principais líderes petistas num desfalque milionário nos cofres da estatal, chantagistas procuraram a direção do PT e ameaçaram contar o que sabiam sobre o golpe caso não fossem devidamente remunerados. Às vésperas da corrida presidencial, essas revelações levariam nomes importantes do partido para o epicentro do escândalo, entre eles o ex-presidente Lula e o ministro Gilberto Carvalho, um dos coordenadores da campanha de Dilma Rousseff, e ressuscitariam velhos fantasmas do mensalão. No cenário menos otimista, os segredos dos criminosos, se revelados, prenunciariam uma tragédia eleitoral. Tudo o que o PT quer evitar. Dirigentes do partido avaliaram os riscos e decidiram que o melhor era ceder aos chantagistas — e assim foi feito, com uma pilha de dólares.
O PT conhece como poucos o que o dinheiro sujo é capaz de comprar. Com ele, subornou parlamentares no primeiro mandato de Lula e, quando descoberto o mensalão, tentou comprar o silêncio do operador do esquema, Marcos Valério. Ao pressentir a sua condenação à prisão, o próprio Valério deu mais detalhes dessa relação de fidelidade entre o partido e os recursos surrupiados dos contribuintes. Em depoimento ao Ministério Público, ele afirmou que o PT usou a Petrobras para levantar 6 milhões de reais e pagar um empresário que ameaçava envolver Lula, Gilberto Carvalho e o mensaleiro preso José Dirceu na teia criminosa que resultou no assassinato, em 2001, do petista Celso Daniel, então prefeito de Santo André. A denúncia de Valério não prosperou. Faltavam provas a ela. Não faltam mais. Os dólares serviram para silenciar o chantagista Enivaldo Quadrado, ele próprio participante da engenharia financeira do golpe contra os cofres da maior estatal brasileira — e agora o personagem principal de mais uma trama que envolve poder e dinheiro.
Quadrado deu um ultimato ao tesoureiro do PT, João Vacari Neto: ou era devidamente remunerado ou daria à polícia os detalhes de documento apreendido no escritório do doleiro Alberto Youssef. O documento era um contrato de empréstimo entre a 2 S Participações, de Marcos Valério, e a Expresso Nova Santo André, de Ronan Maria Pinto. O valor desse contrato é de 6 milhões de reais, exatamente a quantia que Valério dissera ao MP que o PT levantara na Petrobras para abafar o escândalo em Santo André. É esse o contrato que prova a denúncia de Valério. É esse o contrato que, em posse de Quadrado, permitia ao chantagista deitar e rolar sobre os petistas. Do site da revista Veja

Sponholz: Rosemary deixa Lula nervoso...


ASSESSOR DE CANDITADO DO PT AO GOVERNO DO PAUÍ É DETIDO QUANDO LEVAVA ESCONDIDO R$ 180 MIL SOB O BANCO TRASEIRO DE SEU VEÍCULO

O dinheiro estava escondido no banco traseiro do veículo do assessor do gabinete do senador Wellington Dias, do PT do Piauí e candidato ao governo do Estado. Na foto acima o Senador com o assessor barbudo que carregava o dinheiro em foto do site do Diário do Povo do Piauí.
Um funcionário do gabinete do senador Wellington Dias (PT), candidato ao governo do Piauí, foi detido nesta quinta (11) na Bahia com R$ 180 mil em notas de cem.
Motorista do gabinete do petista em Brasília, José Martinho Ferreira de Araújo afirmou ser o dono do dinheiro e negou qualquer ligação da quantia com o senador, segundo o delegado Francisco de Sá, de Barreiras (BA).
Araújo é primo de terceiro grau do político, segundo a assessoria de Dias no Piauí. "O pai de Araújo é irmão do avô do senador", disse o assessor Álvaro Carneiro.
Lotado no gabinete do senador desde 2011, ele recebeu em agosto salário de R$ 4.469, além de auxílios, segundo dados do Senado.
Em nota, Dias, que governou o Piauí de 2003 a 2010, afirmou que "não tem qualquer relação com o fato" e que o motorista estava em férias, em viagem pessoal.
Araújo foi parado numa blitz de rotina da Polícia Rodoviária Federal na BR-242, em Barreiras, por volta das 11h30. O dinheiro estava escondido sob o banco traseiro do Palio do assessor.
Ele disse à polícia que estava indo à cidade de São Miguel do Fidalgo (PI), onde compraria "uma propriedade rural, bodes e cabras".
Em sua declaração de bens, Wellington Dias afirma possuir terras no mesmo município no valor de R$ 19 mil.
O motorista não soube explicar a origem do dinheiro, segundo o delegado. Por isso, a quantia ficou retida na polícia e será encaminhada à Justiça Federal.
Araújo foi liberado "porque levar dinheiro não é crime", de acordo com o delegado. O automóvel estava em situação regular.
Também foram detidos na mesma ocasião Paulo Fernandes de Sousa, que dirigia o veículo, e o pai de Araújo, Leonel Dias de Araújo. Os três tinham saído de Brasília.
Paulo Fernando de Sousa foi o único a ficar preso porque portava uma carteira de habilitação falsa, que afirmou ter comprado por R$ 1.000 em Águas Lindas (GO), segundo o delegado. Ele deve ser indiciado sob suspeita de portar documento falso.
No prazo de até dez dias, o inquérito será encaminhado à Justiça para que a Polícia Federal possa dar continuidade às investigações.
Nesta sexta-feira (12), a informação teve grande repercussão no Piauí e foi reproduzida no horário eleitoral do candidato do PMDB, Zé Filho, que tenta a reeleição e é o principal rival do petista.
Segundo pesquisa Ibope divulgada nesta semana, Dias tem 49% de intenções de voto, contra 22% de Zé Filho. Da folha de S. Paulo deste sábado

sexta-feira, setembro 12, 2014

REPORTAGEM-BOMBA DE 'VEJA' REVELA: PT PAGA A CHANTAGISTAS PARA ESCAPAR DO ESCÂNDALO DA PETROBRAS.

CLIQUE AQUI PARA LER: MAIS UM ESCÂNDALO DENTRO DE UM ESCÂNDALO: PT PAGOU PARA QUE LULA NÃO FOSSE ARRASTADO PARA O CENTRO DA ROUBALHEIRA DA PETROBRAS.

Embora a capa de Veja desta semana se ocupe em enfocar as sacanagens do PT disparadas contra a Marina Silva, na verdade a reportagem-bomba, que realmente interessa, aparece no cantinho acima na capa da revista, conforme se pode conferir na montagem que ilustra este post. 

A chamada é quente. As baixarias do PT, aliás nunca foram novidade. Esse partido operador do Foro de São Paulo no Brasil nasceu no esgoto e dele não sairá nunca, como todos os partidos comunistas. E tem um detalhe que ninguém, nenhum jornalista, nem mesmo a revista Veja, assinalou: o PT é um partido que nasceu combatendo inclusive o velho partidão, o PCB, pois ali já se verificava que o movimento comunista internacional já havia definido uma nova estratégia. O PT é, portanto, um partido mais comunista que os velhos partidos comunistas. E bota comunista nisso! Tanto é que é um dos criadores do Foro de São Paulo, a organização comunista fundada por Lula e Fidel Castro destinada a cubanizar a América Latina de ponta a ponta.

A reportagem-bomba de Veja, no entanto, pinça um detalhe importante ao revelar que o PT está pagando a chantagistas para fugir do escândalo da Petrobras que, nessas alturas, envolve uma roubalheira tão grande, mas tão grande, que ninguém é capaz de fazer ideia.

Aliás, a única frase verdadeira dita pela Dilma alguns meses antes da campanha iniciar de verdade, é que "na eleição a gente faz o diabo".

Se o PT, que é o partido do governo paga de fato a chantagistas como afirma Veja, para evitar que a verdade da roubalheira venha à tona, tem-se aí mais um crime de Estado cuja consequência, num pais sério, seria o impeachment da Dilma. E, posteriormente, a proscrição do PT e seus satélites comunistas. Um país sério, significa um país de maioria de cidadãos sérios. E o Brasil não é e nunca foi um país sério. Afinal um país se constitui como Nação não pelo seu território, mas por aqueles que nele habitam. 

Para começo de conversa, todos sabem que desde o momento em que o FHC passou a faixa presidencial ao Lula, iniciou-se a pilhagem dos cofres estatais. O que se sabe de concreto ao longo desses 12 anos de PT no poder é coisa miúda. O grosso da roubalheira tem o carimbo de "secreto". Um dos drenos dos cofres públicos que apascenta a voragem desses psicopatas ditos bolivarianos, é por exemplo, o BNDES. Ninguém sabe quanto saiu dos cofres dessa instituição para a manter a ditadura cubana no poder. O PT alega "sigilo bancário", uma piada cínica, já que os recursos do BNDES constituem dinheiro do Tesouro Nacional e cuja movimentação e aplicação têm de passar às claras sob o crivo do Congresso Nacional! E as máquinas da Casa da Moeda nessas alturas devem operar durante as 24 horas do dia. Por aí se pode antever o que virá.

Na Venezuela, por exemplo, a inflação já é galopante e passa de 60% ao ano. Lá a execução do plano do Foro de São Paulo está mais avançada. A bola da vez é a Argentina, que, segundo o noticiário desta sexta-feira, já está bem adiantado o projeto para regular preços e lucros! O país vizinho está falido e acabou de dar mais um calote internacional. Assim decidiu cubanizar a economia. Vencendo Dilma ou Marina Silva, os brasileiros experimentarão o que é viver sob o relho dos comunistas e amargando uma inflação galopante!

E o rombo na Petrobras, quanto é mesmo? Na verdade ninguém pode fazer ideia. Tudo é secreto e sigiloso, como convém a todos os governo totalitários.

Como já comentei aqui no blog, o noticiário sobre a campanha eleitoral é apenas a espuma que bóia sobre um lodaçal de mentiras, roubalheiras de toda ordem, marquetagem barata, encenações, brigas fictícias entre Dilma e Marina Silva, que são verso e anverso da mesma medalha. Não perco meu tempo lendo esse amontado de bobagens para entreter os idiotas.

De tudo que saiu na grande imprensa nacional desde sábado passado, quando a revista Veja revelou parte da delação premiada do homem-bomba da Petrobras, nada de novo surgiu durante toda a semana. Inclusive, uma operação abafa deflagrada pelo PT silenciou praticamente todos os veículos de comunicação. Não há um mísera reportagem investigativa.

O que pode jogar alguma luz nessa tenebrosa penumbra em que o Brasil foi mergulhado pelo Foro de São Paulo, é justamente mais esta reportagem de Veja que chega às bancas neste sábado, revelando com exclusividade que o PT está pagando a chantagistas para que permaneçam de bico fechado.

Ainda assim, provavelmente, esse povo alegre, carnavalesco, 'bondoso' e sério, também fará de conta que não tem nada com isso e o que interessa é o fato de que com a Dilma ou Marina Silva, possa, de alguma maneira, continuar catando caraminguás no terreiro estatal.

O problema é que o dinheiro dos outros está acabando...

OPERAÇÃO ABAFA: O PT, MARINA SILVA, OS BANQUEIROS, OS EMPRESÁRIOS EM GERAL, TODOS SE JUNTAM PARA CALAR O HOMEM-BOMBA DA PETROBRAS.

Paulo Roberto Costa, o delator do petrolão, vai sendo envolto nas brumas da operação abafa.
Ninguém desconhece que empreiteiros de obras públicas sempre viveram de catar caraminguás no terreiro de qualquer governo. Mas em se tratando do governo de Lula, Dilma e seus sequazes o repasto parece que se tornou apetitoso como nunca antes neste país. E não só para os empreiteiros como Odebrecht et caterva, mas também para empresários de todos os gêneros, desde banqueiros até fabricantes de estopa, de ferradura ou guarda-chuva. A rigor, a indústria brasileira - tirante as multinacionais - já não existe mais. Eu os conheço muito bem e eles sabem disso. Se não fossem as multinacionais e os fornecedores de sementes e adubos provenientes dos países civilizados e geradores de novas tecnologias, estaríamos nós brasileiros da mesma forma que no tempo do boi e do arado.
Pois bem, feito esse necessário intróito, vou ao tema específico deste post, louvando-me numa informação do jornalista Lauro Jardim, em sua coluna da revista Veja. Diz o seguinte:
A expectativa de Alberto Youssef, o famigerado doleiro amigo de petistas, ceder à uma proposta de delação premiada é só um dos pavores das empreiteiras (Leia mais aqui).
Corre entre o empresariado, revela o colunista, que as informações passadas por Paulo Roberto Costa já seriam suficientes para a Polícia Federal voltar à rua em busca dos elos que faltam para concluir o enredo das maracutaias nos contratos da Petrobras.
A sexta-feira será tensa entre a turma que fez negócios com a companhia por meio de Paulo Roberto Costa, o homem-bomba da Petrobras, que delatou um punhado de figurões da política brasileira e que continua assombrando as campanhas da Dilma e de Marina Silva. Pelo menos é que relata Lauro Jardim.
UMA USINA DE DESINFORMAÇÃO
Todavia, no mais o que se lê e vê por aí é pura desinformação. Tanto é que nenhum veículo da grande mídia dá alguma pista sobre como andam as investigações a respeito do fatídico acidente que matou Eduardo Campos, também citado pelo delator do petrolão por ter metido a mão nos “barris” da petroleira. Coincidentemente, o acidente aéreo que matou o pequeno coronel pernambucano abriu o caminho do paraíso para Marina Silva. Jornalismo investigativo que é bom neca.
A grande imprensa brasileira continua dando curso apenas à perfumaria que decora a campanha eleitoral presidencial. Segue comendo pela borda. Com exceção da revista Veja que deu com exclusividade a delação premiada do homem-bomba, todo o resto que está a circular pelos grande veículos de mídia é espuma. 
Evidentemente, Dilma e Marina Silva gozam do irrestrito apoio de jornalões e grandes redes de rádio e TV, sem falar que há muito tempo cultivam simpatia absoluta da maioria dos jornalistas. As exceções confirmam a regra.
Notem que o balanço das doações às campanhas eleitorais em curso demonstram que o empresariado, sobretudo os banqueiros, continuam, desde a campanha de Lula, contribuindo com a maioria das doações para a o PT. Em segundo lugar já desponta a Rede de Marina Silva. Em terceiro lugar, como não poderia ser diferente, está Aécio Neves. Qualquer projeto, ainda que timidamente seja anunciado para cortar o vazamento de grana estatal para os bolsos desse empresariado dependente das burras do Estado brasileiro, é fatal. Que o diga Aécio Neves. 
OS 'BOLIBURGUESES' BRASILEIROS
Se o Brasil se encontra sob o jugo desses comunistas lazarentos, isso se deve de forma primordial ao grande empresariado nacional. Até porque, um áulico de primeira hora de Lula e ex-presidente da CUT, preside uma das maiores entidades da CNI, que é o SESI. Menegueli, o petralha de primeira hora, foi colocado lá por Lula e assimilado festivamente pela Direção da CNI, a Confederação Nacional da Indústria que eu conheço muito bem.
Na Venezuela foi a mesma coisa. Lá inclusive apelidaram esses empresários ‘bolviarianos’, de “boliburgueses”. Os vagabundos descobriram que é muito mais fácil tungar o erário com comunistas no poder, já que o nível de transparência dos negócios governamentais sob o domínio comunista é zero. Como em Cuba, na Venezuela, Argentina, Coréia do Norte e na China. E isso faz o deleite dos boliburgueses latino-americanos.
Que o diga Marcelo Odebrecht, o boliburguês que constrói porto em Cuba e recupera engenhos de açúcar avariados pelo abandono de Fidel Castro et caterva. 
SOMANDO TUDO, O RESULTADO É 13.
Com gente dessa estirpe o Brasil está lascado. A desindustrialização demoliu o pouco que havia. É uma dura realidade. Esses capitalistas brasileiros não servem nem como matéria prima para fazer sabão. É lixo puro. O Bradesco, por exemplo, anuncia no site petista 247. Somando-se 2+4+7 o resultado é 13! No meu estoque de impropérios não há termo a altura que possa definir esses vermes.

O PT e a turma da Marina Silva ainda vão dar um jeito de calar o homem-bomba. Bem se nota. Já se sente no ar o odor típico da tradicional operação abafa. Empresários de um modo geral, e  empreiteiras especialmente, estão em franca agitação. Quando se fala em política, em qualquer circunstância, não se pode elidir um componente crucial: o dinheiro.
E Marina Silva surgiu como uma boa possibilidade para esses catadores de caraminguás estatais posarem de oposicionistas ao PT. Eles arreganham suas bocas podres para afirmar vaidosos: "Temos que tirar o PT do poder. Voto na Marina Silva", arrotam com empáfia. Enganam os idiotas ou oportunistas. Menos eu. Afinal, Marina Silva é o plano B do Foro de São Paulo. 

COLÉGIO DO RIO DE JANEIRO EXPULSA PROFESSOR ANTISSEMITA QUE DOUTRINAVA OS ALUNOS ESTIMULANDO O ÓDIO A ISRAEL E AO POVO JUDEU. AGORA EU QUERO A FOTOGRAFIA DESSE CRIMINOSO!

A força indestrutível de Israel e do povo judeu: símbolos da liberdade; pilar que dá sustentação à civilização ocidental e que nestes tempos de obscurantismo sofre o ataque sistemático de seus algozes!
Prezados leitores. Transcrevo como segue após este prólogo post do blog do jornalista Reinaldo Azevedo. Noticia um fato e dá detalhes, inclusive com a ilustração abaixo como podem ver, da expulsão de professor antissemita de colégio no Rio de Janeiro, por promover a lavagem cerebral dos jovens estudantes, destilando, como se pode ver, toda a sua idiotia antissemita. Pelo que se apresenta, o dito cujo cometeu um crime de racismo. Ou não? Mas se é com judeus não tem problema, né? 

Este blog tem milhares de leitores em todo o Brasil e um contingente expressivo de cariocas que me honram com a sua leitura, que me seguem no Facebook e no Twitter. 

De repente alguém, por alguma razão, pode ter a foto desse semovente vestido de professor, desse criminoso vagabundo, desse desgraçado lazarento que provavelmente exulta os carrascos de dois jornalistas recentemente degolados pelo terror islâmico, esse mesmo terror que atenta contra o povo judeu desde os tempos bíblicos.

Quem tiver a foto desse psicopata, por favor, me envie pelo Twitter ou Facebook. O Reinaldo não publicou a foto, como deixou claro, porque não a tinha no momento, mas que possui todos os meios de obtê-la. Em parte tem razão de assim proceder.

Todavia eu quero a foto desse desgraçado para execrá-la publicamente. Sim, porque não é só este semovente a exercitar o antissemitismo em sala de aula. Sabe-se que as escolas e universidades estão dominadas por esbirros do PT, do PSB e da Rede de Marina Silva e seus sequazes, enfim, por esquerdistas de todos o matizes ideológicos que vão do verde ecochato ao vermelhão do PT e seus satélites. Sabe-se também que o PSOL, um antro de psicoptas e histéricos, já protagonizou, por meio de um de seus asseclas, a queima da bandeira de Israel, está muito presente no Rio de Janeiro. 

Eu quero as fotos desses vagabundos para mostrar, principalmente, para os pais dos alunos das escolas e universidades brasileiras, locus por excelência do ativismo político esquerdista. E todo esquerdista é antissemita.

Ainda bem que um Colégio dos mais tradicionais não se acovardou ante a patrulha de psicoptas e histéricos que normalmente tem acolhida generosa por seus pares infiltrados dentro das redações da grande mídia brasileira, com exceção da Grupo Abril, que edita entre outros títulos, a revista Veja. O resto está coalhado dessa gentalha depravada, viciada em entorpecentes, vadia, mentirosa que baba a baba rançosa e pútrida do anti-semtismo e que tenta em vão se esconder por meio de matérias e artigos que pretendem ouvir o tal "outro lado". Entretanto, este blog aqui tem lado e jamais ouvirá o outro lado quando este tal outro lado ser o lado dos psicopatas, como também jamais publicará textos de criminosos, como faz a Folha de São Paulo, que abre espaço para um invasor de propriedade privada. São todos criminosos. O leitor incauto podem enganar, menos a mim, velho de guerra com mais de 40 anos de jornalismo. Eles não me enganam e os execrarei sem a menor cerimônia aqui no blog. 

Vale a pena ler o post de Reinaldo Azevedo sobre o ocorrido nesse colégio do Rio de janeiro. Felizmente temos o Reinaldo que honra a nossa profissão e mais alguns poucos colegas que em várias oportunidades tenho destacado. E, quando se chega nessa situação de destacar alguns poucos jornalistas brasileiros tem-se a prova de algo vai mal, muito mal. Os psicopatas liderados pelo PT estão sendo bem sucedidos na nefasta de guerra de posição, estratégia ditada pela cartilha de uma peste comunista italiana; e avançam nas escolas, universidades, jornais, revistas, rádios e televisões. 

Transcrevo o post de Reinaldo Azevedo:

O colégio Andrews é um dos mais tradicionais — no melhor sentido da palavra (existirá um ruim?) do Rio de Janeiro. Está com a família Flexa Ribeiro há 100 anos, desde a sua fundação. Nesta quarta, o inacreditável aconteceu. Um professor de geografia (!) do oitavo ano — a antiga sétima série, e isso quer dizer que estamos falando de alunos de 13 anos! — aplicou uma prova em que se podia ler esta questão:
Clique sobre a imagem para vê-la ampliada
Vemos, como vocês podem notar, o desenho de um soldado nazista humilhando um judeu. Ao lado, um soldado israelense humilha um palestino. Bastava a imagem para constatar que, para o professor, as duas situações são equivalentes — o que já é de uma notável delinquência intelectual. Observem: isso não é matéria de opinião, mas matéria de fato. Comparar os territórios palestinos a campos de concentração é coisa de vagabundos morais. Não consta, para ser raso, que os judeus tivessem mísseis à sua disposição em Auschwitz ou em Treblinka.
O “mestre”, no entanto, achou que o desenho não era suficiente e, para não deixar a menor dúvida sobre o que pretendia, escreveu em letras garrafais: “Chegaram invadindo, tomando terras, assassinando… Quem será pior? Nazistas ou judeus”. Destaque-se que o senhor professor não tomou nem mesmo cuidado de escrever “israelenses”, que é uma nacionalidade. Ele escolheu a palavra “judeus”, que é uma etnia, equiparando-os a nazistas — que é uma escolha política —, que tinham como pressuposto o extermínio de… judeus.
Trata-se de uma assertiva obviamente criminosa, do mais escancarado antissemitismo. Talvez ele próprio não se dê conta do crime porque o ataque ao Estado de Israel é apenas uma das expressões do esquerdismo mais rasteiro. Boa parte dos idiotas que repetem ladainhas contra o país nem sabe do que fala.
O professor não quer, é evidente, que o aluno expresse “uma” opinião, mas que dê a “sua” — do professor! — opinião. Vejam a questão: “Conforme é sabido, os judeus foram perseguidos por Hitler. Atualmente, um determinado povo é tido como vítima dos israelenses, tendo de viver em assentamentos controlados por Israel.
a) explique o que é sionismo e a diáspora;
b) que povo mais sofre os impactos da ação de Israel?
c) qual a importância do território no conflito entre judeus e esse povo que mais sofre os impactos acima?”
Imagino o que esse sujeito andou a dizer a estudantes de 13 anos! Pra começo de conversa, os “assentamentos” não são controlados por Israel. Isso é só mais uma mentira escandalosa. Os judeus não foram apenas “perseguidos” — empreendeu-se uma ação de extermínio de um povo. O estúpido deve ignorar que a organização que mais matou palestinos até hoje foi o Exército da… Jordânia, que é árabe, no chamado “Setembro Negro”. Yasser Arafat chegou a falar em 20 mil mortos. Dá-se de barato que foram pelo menos 10 mil.
Os parabéns
Falei há pouco com Pedro Flexa Ribeiro, diretor-geral do Andrews. Ele me informa que o professor foi demitido nesta manhã. E eu parabenizo a escola não porque tenha demitido um professor favorável aos palestinos e crítico de Israel, mas porque ele não ministrava aulas. Fazia é proselitismo mixuruca, criminoso.
Pedro Flexa Ribeiro é inequívoco: “Trata-se de um episódio lamentável! A gente não se reconhece nisso. É indefensável, insustentável! A questão, de saída, foi anulada, e estamos estudando a possibilidade de anular toda a prova”. No site da escola há um pedido formal de desculpas.
É assim que se faz! Escola não é partido político. Escola não é grupo de militância. Escola não é lugar para proselitismo ideológico. Escola não é seita.
Não sei o nome do professor e, confesso, nem procurei saber para ficar mais à vontade para escrever. Não seria difícil chegar a esse gigante. O que me interessa não é personalizar o debate e tentar provar que ele está errado. O ponto é outro.
Chegou a hora de dar um basta a essa partidarização das chamadas disciplinas da área de “humanas”. Livros didáticos, não raro, são mais boçais do que panfletos de partidos. Não duvido que, fôssemos chegar ao fundo das vinculações ideológicas desses monstros intelectuais, chegaríamos àqueles que acham que uma boa forma de manifestar o seu ponto de vista é sair quebrando tudo por aí.
Há uma enorme diferença entre formar alunos críticos, preparados para entender a complexidade do mundo, e querer transformá-los em militantes políticos. Muitos jovens leem este blog — eles comparecem às muitas dezenas aos lançamentos dos meus livros. Deixo aqui um recado, quase uma convocação: não aceitem passivamente a partidarização das aulas. Professor que se confunde com pregador é, de fato, um vigarista.
A prova, reitero, foi aplicada a alunos de 13 anos. Um deles fotografou a indignidade e, felizmente, o debate saiu dos muros do colégio. Ele é de interesse geral. Que as direções das outras escolas tenham a clareza e a coragem demonstrada pelo comando do Andrews nesse caso. E noto, para arremate dos males, que esses emissários da extrema esquerda — é o que são — disfarçados de professores de história e geografia quase nunca escolhem dar aula em escolas públicas. Buscam os melhores colégios particulares para que possam pregar luta de classes ou antissemitismo, mas com o salário de um bom burguês.
Pedro Flexa Ribeiro dignificou a sua função. O lugar desse professor é a rua. E o lugar de sua questão é a lata de lixo moral. Do blog de Reinaldo Azevedo

quinta-feira, setembro 11, 2014

VÍDEO: AÉCIO NEVES GARANTE AOS BRASILEIROS A MUDANÇA COM PAZ E SEGURANÇA.


Está aí o programa do Aécio Neves. Só os ingênuos e oportunistas de primeira hora pode ignorar que a alternativa para salvar o Brasil é Aécio Neves Presidente. É o único candidato de oposição que nunca foi do PT e cujo partido, o PSDB, não faz parte do Foro de São Paulo, a organização esquerdista fundada por Lula e Fidel Castro, que deseja transformar o Brasil numa grande Cuba!

Dilma é do PT do mensalão e do petrolão. Marina Silva, sempre foi do PT e hoje concorre pelo PSB, partido este que faz parte do Foro de São Paulo.

Portanto, há alternativa para o Brasil mudar com segurança! E isto é fundamental! É até mesmo uma questão de vida ou morte, já que tanto Dilma como Marina Silva são esquerdistas radicais e governarão de acordo com o Foro de São Paulo. 

Votar nessas duas é votar pela desgraça. Portanto, não poderão dizer depois, imitando o Lula, a Dilma e a Marina Silva, que não sabiam!

PALESTRA COM BENE BARBOSA, PRESIDENTE DO MOVIMENTO VIVA BRASIL, SOBRE 'CONTROLE DE ARMAS', NESTA QUINTA-FEIRA ÀS 19H30MIN NO AUDITÓRIO DA OAB EM FLORIANÓPOLIS.

Na tarde de hoje estive com Bene Barbosa logo após a entrevista ele concedeu à Rádio CBN aqui em Florianópolis. Recomendo muito que participem da palestra que Bene profere daqui a pouco, às 19h30 desta quinta-feira no auditório da sede da OAB.
Daqui a pouco, às 19h30m, no auditório da sede da OAB, aqui em Florianópolis, o presidente do Movimento Viva Brasil, Bene Barbosa, profere palestra especial sobre “Controle de Armas - Como o desarmamento vem sendo usado no Brasil para controle social: visão dda legislação passada, atual e futura”.
Bene Barbosa é o maior especialista no assunto se encabeça um grande movimento nacional em favor do direito dos cidadãos ao porte de arma legalizada. Esse direito, na verdade, foi consagrado pelo referendo de 2005, quando 63,94% dos eleitores votou contra a proibição da comercialização de armas no Brasil, derrotando a ampla campanha levada a efeito pelo governo do PT e seus sequazes.
Agora há um projeto de lei do deputado catarinente Peninha, do PMDB, que disciplina a matéria e está em tramitação no Congresso Nacional.
Durante a pelestra que profere às 19h30min no auditório da OAB aqui em Florianópolis, o professor Bene Barbosa, fará um ampla explanação sobre esse assunto que tem a ver diretamente com o direito individual dos cidadãos. 
Bene Barbosa vem a Florianópolis desta feita a convite do Partido Novo, o novo partido político que se organiza em todo o Brasil, sob a liderança, principalmente de jovens e que não têm qualquer ligação com os tradicionais partidos. O Partido Novo já está praticamente com todo o processo de constituição finalizado e dentro em breve dará entrada na Justiça Eleitoral para sua oficialização.
Portanto, a palestra de Bene Barbosa é imperdível sob todos os aspectos. Recomendo a todos que participem.