TRANSLATE/TRADUTOR

sábado, outubro 01, 2011

GISELE, VÍTIMA DO PRECONCEITO E DA INVEJA DAS BARANGAS POLITICAMENTE CORRETAS DO PT

A minha homenagem à Gisele querida e super-linda!
A tentativa de retirar da TV a campanha comercial da marca de lingeries Hope, que tem a modelo Gisele Bündchen como estrela, é a mais recente manifestação do desejo do governo assumir o papel de bedel da sociedade, ditando o que é certo e errado. A peça publicitária, que se vale da beleza e das formas de Gisele, usa de humor para mostrar como as mulheres devem dar más notícias aos maridos. Nas peças, Gisele aparece de calcinha e sutiã relatando que bateu o carro ou estourou o limite do cartão de crédito.

Para a Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), órgão da Presidência da República comandado pela ministra Iriny Lopes, a campanha, no ar desde o dia 20, “promove o reforço
do estereótipo equivocado da mulher como objeto sexual de seu marido e ignora os grandes avanços que temos alcançado para desconstruir práticas e pensamentos sexistas”. O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) abriu processo para investigar o caso depois de vinte reclamações na ouvidoria da SPM.

Massacre –
Já seria ruim se fosse um caso isolado. Mas, para usar o horrendo português da nota oficial, a intervenção da SPM "promove o reforço" de uma tendência. O sociólogo Demétrio Magnoli (referindo-se às reiteradas tentativas de passar legislação que proiba o uso de armas de fogo) assim a descreve:  “Políticos defendem que o estado deve tutelar a sociedade, subtraindo direitos dos cidadãos para protegê-los deles mesmos.”

Em fevereiro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão do Ministério da Saúde, tentou banir do mercado os anorexígenos, ignorando os argumentos dos médicos, para os quais ao menos alguns desses remédios, como a sibutramina, são importantes para o tratamento da obesidade.
Submissão – No caso Hope-Gisele, em artigo divulgado nesta quinta, a coordenadora nacional do Comitê Latino-Americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da Mulher, Carmen Hein de Campos, argumenta que a retirada do ar seria “uma demonstração de respeito às mulheres”. Curioso. A mesma Gisele Bündchen há alguns meses protagoniza uma hilária campanha para a TV paga Sky, onde aparece esfregando chão e limpando janelas, linda e submissa a um marido que não larga o controle remoto. Em uma das peças, ele a manda pegar cerveja. Em vez de um “por favor”, ele a chama de “gostosa”. Ninguém reclamou. Leia MAIS

MEU COMENTÁRIO: No dia em que acabar o desejo sexual que as mulheres despertam nos homens a humanidade desaparecerá. Mulheres bonitas e atraentes jamais admitem que são apenas objeto sexual. A beleza das mulheres é que faz a humanidade existir. É claro que podem haver mulheres bonitas repetindo essas bobagens. Mas se investigarmos bem veremos que são exceções e que provavelmente as militantes do feminismo sofrem de alguma desordem mental. 
Objeto sexual é um conceito completamente furado, uma mentira, uma bobagem politicamente correta propalada através da mídia como uma verdade pelas feiosas e ressentidas que infestam as redações dos veículos de comunicação.
As mulheres verdadeiramente femininas estão se realizando sexualmente de forma plena. Estão fazendo amor! O resto é conversa fiada politicamente correta. Depois que o comunismo foi derrubado os esquerdistas abraçaram o pensamento politicamente correto como tábua de salvação. Sempre foram idiotas. Hoje, mais do que nunca, são super-idiotas e ridículos. Mas nunca desistem de controlar a vida privada das pessoas. Estão sempre de mau humor, de cara feia, gritando palavras de ordem. Normalmente são feios e sujos. Afinal, o que se passa num cérebro obtuso se exterioriza no aspecto geral da criatura.
O CONAR não tem nada que tirar do ar o comercial. 
Se derem mole, o PT põe em ação os seus "conselhos comunais" (vide a Venezuela), que decidirão o que as pessoas poderão ver e fazer. E mais do que isso: se poderão continuar a ser os donos de suas propriedades, de suas casas, apartamentos, terrenos e veículos.
Viva a Gisele lindona, gostosa, feminina e ainda por cima bem sucedida profissionalmente. Um exemplo a ser seguido pelas mulheres femininas brasileiras.

CLIQUE E SIGA ---> BLOG DO ALUÍZIO AMORIM NO TWITTER

17 comentários:

Anônimo disse...

Ellas são invejosas e recalcadas. Além da aparência, são muiiiiito feias por dentro.

Elles não têm limites:

"O vereador de São Paulo, Juscelino Gadelha (foto), do PSB, propôs a concessão de título de Cidadão Paulistano ao criminoso acoitado no Brasil, Cesare Battisti."
http://o-mascate.blogspot.com/

Aqui não, jacaré!!! disse...

Para os socialistas do pt, uma empresa privada veicular uma propaganda que explora a beleza de Gisele Bündchen é uma abuso em relação à mulher - Já os mesmos socialistas, com toda a dinheirama de impostos à disposição, não moverem uma palha pelas milhares de garotas que vendem seu corpo por 10 reais nas "esquinasdessepaís", aí tudo bem!!!

Anônimo disse...

irini, ideli, maria do rosário... e outras barangas, não se conformam...
Nem o mais novo assumido cachaceiro, do pcdoB, que prega a liberação da bebida por interesse da fifa!, ao atropelo da lei!
Que país é este??? Aonde iremos cair, se não houver resistência?
ATÉ QUANDO???
Eduardo.45

Anônimo disse...

Caro Aluízio, buenas.

Já reparaste no "tesão" de mulher que é a Iriny ?
Barbaridade, tchê! Aquilo deveria ficar muda nomás, sentadita na cadeira da Secretaria que comanda - acho que é o único lugar em que ela consegue sentar.
A corja PeTralha vai avançando o sinal e ocupando espaço sem resistência.
Iriny, vá tirar essa verruga da ponta do teu nariz. Nem carrapato gruda em ti, porquera!
Fora Iriny!
Viva a Giselle!

PILINCHO

Anônimo disse...

Sr Aluízio Amorim:

Vocês de Sta Catarinas tem uma sorte,roubaram de São Paulo a maior TRIBUFU DO BRASIL IDELI SALVATTI.
Vou protestar na rua se tentarem devolver.
O Brasil chegou a um ponto de escracho que somente rindo afastaremos esse cálice.
Saudações

Atha disse...

Logo quem! Marta Supliicio entra na polêmica de mulher de calcinha e seoutião.

Artigo: Marta Suplicy entra na ‘polêmica’ sobre Gisele.

Marta Suplicy (PT) utilizou seu artigo de sábado, na Folha, para enfiar a colher de especialista na polêmica da semana.

Discorreu sobre os comerciais de calcinhas e sutiãs estrelados por Gisele Bündchen.

Endossou a visão da ministra petista Iriny Lopes, que enxergou nas peças preconceito e discriminação contra as mulheres.

Ao longo do texto, Marta escora-se em argumentos que exibem o oco do vazio em que se meteram as inimigas dos comerciais.

A senadora reconhece: a polêmica fez “a propaganda ser mais vista e falada”. Prova-o seu próprio artigo, impresso em espaço nobre.

Noutro trecho, Marta anota que “Gisele pode pagar seu cartão de crédito e de quantos maridos tiver.”

Para ela, os autores dos comerciais “poderiam vender até mais calcinhas e sutiãs” se explorassem a imagem dessa Gisele independente e bem sucedida.

Rica e bem nascida, Marta foi criada para viver num mundo de donzelas burguesas, matriarcas austeras e machos opressivos.

Traçaram-lhe um destino de horizontes acanhados: estudaria em colégio de freiras, entregaria seus olhos azuis a um bom marido, teria filhos e administraria o lar.

Aproveitando-se das brechas de sua época, Marta saltou da armadilha. Estudou nos EUA numa fase em que jovens como ela se faziam notar queimando sutiãs em praças.

De volta ao Brasil ganhou fama na TV Globo. Em plena década de 80, invadia os lares no matinal "TV Mulher", falando de masturbação, orgasmo e homossexualismo.

Trechos do texto da Marta na Folha:

Por que ela não utilizaria, do jeito que as coisas são e enquanto durarem, uma das mil qualidades e possibilidades que tem? Quão bom seria se, em vez de propagandas que põem uma âncora no nosso pé, não utilizassem a imagem de Gisele, que é uma mulher independente, para mostrar o mundo novo e engraçado que essas mulheres estão criando.

Gisele pode pagar seu cartão de crédito e de quantos maridos tiver. Com a criatividade do quilate da peça em debate e sem estereótipos machistas, poderiam vender até mais calcinhas e sutiãs. O que certamente ajudaria a reforçar, cada vez mais, de forma positiva, esse gigantesco mercado feminino de consumo.

Falta um olhar para essa nova mulher, falta ousadia, falta ajudar a chegar no século 21.

Anônimo disse...

dona Iriny está ganhando muito pra não fazer naaada!
devolvam nossos impostos petralhas!

Morena Flor disse...

Olha,

Independente do q querem fazer as "comunas" do PT, a propaganda é de péssimo gosto.

FIzessem uma propaganda q preste, pq essa aí é uma porcaria.

Inveja de quem, de Gisele? Aquela sem sal? Bem q poderiam escolher melhor ALGUÉM de quem ter inveja, hehehe

Tanta mulher bonita por aí... GIsele Bündchem não é exatamente uma referência de beleza. A menos q passe no teste da ausência de maquilagem. Pq de maquilagem até a Ideli fica "lindinha"(embora a coisa não melhore muito, mesmo com uma maquilagem bem feita xD)

Atha disse...

O que ocorre agora com Gisele, é apenas mais um ponto de muitos que o governo esquerdista vem tentando impor na marra. Há pocos dias, Jair Bolsonaro reagiu a esse modo do esquerdismo dominar dizendo: "não posso aceitar que o Estado dcorrupto venha dizer o que eu devo ou não fazer para educar meu filho". É isso que o petismo comunismo faz, porém, os mesmos que formam o governo, são corrompidos e praticam assalto desde muito, agora no poder, são esc}ândalos que se sucedem e ninguém é punido, os cófres públicos são esvaziados por bandos insaciáveis.

Cito o episódio do governo assumir o poder autoridade de pais e mães em ensinar seus filhos o que é acham que é certo e errado, mas só aparece quando acontece um dezastre ne seio da família, mas para condenar os pais em vez de se condenar por haver assumido os mandos mas é um poder corrompido que só vai conduzir a pior.

Para a Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), órgão da Presidência da República comandado pela ministra Iriny Lopes, a campanha no ar desde o dia 20, “promove o reforço do estereótipo equivocado da mulher como objeto sexual de seu marido e ignora os grandes avanços que temos alcançado para desconstruir práticas e pensamentos sexistas”.

Massacre – Já seria ruim se fosse um caso isolado. Mas, para usar o horrendo português da nota oficial, a intervenção da SPM "promove o reforço" de uma tendência. O sociólogo Demétrio Magnoli (referindo-se às reiteradas tentativas de passar legislação que proiba o uso de armas de fogo) assim a descreve: “Políticos defendem que o estado deve tutelar a sociedade, subtraindo direitos dos cidadãos para protegê-los deles mesmos.”

Em fevereiro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão do Ministério da Saúde, tentou banir do mercado os anorexígenos, ignorando os argumentos dos médicos, para os quais ao menos alguns desses remédios, como a sibutramina, são importantes para o tratamento da obesidade.

Submissão – No caso Hope-Gisele, em artigo divulgado nesta quinta, a coordenadora nacional do Comitê Latino-Americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da Mulher, Carmen Hein de Campos, argumenta que a retirada do ar seria “uma demonstração de respeito às mulheres”. Curioso.

A mesma Gisele Bündchen há alguns meses protagoniza uma hilária campanha para a TV paga Sky, onde aparece esfregando chão e limpando janelas, linda e submissa a um marido que não larga o controle remoto. Em uma das peças, ele a manda pegar cerveja. Em vez de um “por favor”, ele a chama de “gostosa”. Ninguém reclamou.

Anônimo disse...

Bando de mulheres feias e invejosas q tem maridos q nem por obrigação as comem mais!! Vão procurar o q fazer, eu tenho uma dica quem sabe um martelinho de ouro não da uma melhorada nas suas latarias enferrujadas...huuum eu acho q martelinho de ouro nenhum dará jeito nem com uma lanternagem completa!!!
AMADEU

Anônimo disse...

Já dizia Rui Barbosa (o águia de Haia), que o socialismo é a inversão de tudo que é natural inclusive espiritual. Não é nenhum exagero dizer, como era mencionado nos anos da ditabranda e por várias autoridades clericais, que o comunismo é do diabo.
E é mesmo!!!

Que viva as femiNINAS!!!

Anônimo disse...

IMPERDÍVEL E HILÁRIO :

http://ferramula.blogspot.com/2011/09/dona-romaamoroso-valentim-miguel-magno.html

Anônimo disse...

Não deixem as barangas esquerdopatas verem as fotos da deslumbrante modelo israelense Bar Refaeli, pois vão surtar de vez!

Gio disse...

Sr.Amorim, não existe mais limite para a loucura politicamente correta:

Banco Central Europeu emitirá dinheiro "homossexual"
"O Banco Central Europeu (BCE) emitirá no próximo julho notas somando um total de 15.3 bilhões de euros. Estas notas não serão iguais às já existentes em circulação mas serão “do tipo homossexual”. No momento se sabe pouco sobre a nova moeda e muitos economistas questionam a idoneidade de sua aparição."

http://www.elmundotoday.com/2011/06/el-banco-central-europeo-emitira-dinero-homosexual/

Anônimo disse...

Tu o dissestes :"Viva a Gisele lindona, gostosa, feminina e ainda por cima bem sucedida profissionalmente." E acrescento eu: - Gisele jamais se envolveu em escândalos, é uma pessoa de alma leve e simples, bem-humorada, e que vive com e para sua FAMÍLIA. Esse é o "GRANDE PECADO" da mina. Não se droga, não se prostitui, não se vende à idiotia politicamente correta, e não precisa do Governo petista para nada. Ah...e ainda é amada, respeitada e admirada por homens e mulheres, velhos e crianças no mundo todo.

Zé Pobrema

Anônimo disse...

É isso aí Atha.
A Gisele lavar janela, esfregar o chão e o maridão ordenar que ela lhe traga cerveja, na propaganda da Sky, pode. Com isso a secretária e o Conar não se indignaram.
Agora eu só fico pensando o que é que a Iriny (famosa quem?) e o Conar vão fazer quando o Carnaval chegar e aquela mulherada toda aparecer na televisão.

Gilberto disse...

Ótimo comentário Aluizio. Recebi o mesmo parcialmente, procurei e cheguei aqui. Repassei no meu blog e fiz outro comentário que repasso em parte (com o link se permite):


Bem, se a mulher sente-se como objeto:
-OU se deixou usar;
-OU é mal amada;
-OU não conseguiu segurar seu homem;
-OU anda com a auto-estima baixa e faz qualquer coisa prá tentar agradar qualquer um que não está nem aí e depois reclama pelo que ela fez. Vulgo "tiro que saiu pela culatra";
-OU está se dando um valor (eu diria preço) bem alto para si mesma e se aparecer alguém que ainda por cima paga o tal preço, acha-se usada. Ué, mas se está cobrando o que é?
-OU a concorrência está melhor;
-OU tem nojo de homem; (note que existem lésbicas objeto também).
-OU quer mandar nos outros (pensamento sádico-dominante);
-OU não tem argumentos, excepto falar mal dos outros. Caso típico das fofoqueiras mal amadas;
-OU é ruim de cama e acha que o parceiro é quem tem que fazer tudo por ela: Complexo do "já tirei a roupa e fiz até demais";
-OU tem algum cargo qualquer que lhe dá um poder qualquer sobre alguns. Sente-se a senhora da vida dos outros. Aí ninguém pode ser feliz porque ela também não é.
-OU recebeu uma revelação divina de algum mestre ascencionado que ninguém nunca ouviu falar, mas que lhe disse que ela é a salvação dos bons costumes;
-OU é mal amada;
-OU é mal amada e tem uma amiga feia que pega todos homens antes dela;
-OU não tem argumento então diz que está na TPM.

Em tempo:

Homens tem sido tratados como objeto.
Cadê os direitos iguais para os homens?

http://gilbertostrapazon.blogspot.com/2011/10/mulher-objeto.html