domingo, maio 26, 2013

REPORTAGEM-BOMBA DA REVISTA VEJA REVELA PARCERIA DE ZÉ DIRCEU E ERENICE GUERRA

Condenado no julgamento do mensalão, José Dirceu movimenta-se com desenvoltura em Brasília e diversifica as parcerias
A reportagem-bomba da revista Veja deste final de semana revela os dois maiores lobbistas do Brasil: o mensaleiro José Dirceu e a ex-ministra da Dilma, a “poderosa” Erenice Guerra, que agora atuam numa espécie de “parceria” em Brasília. Eis aí mais uma reportagem exclusiva da revista Veja enfocando um assunto proavelmente vetado pela chefia do marketing eleitoral da Dilma, conduzido pelo João Santana, o ministro sem pasta.
Pelo que consta, os chefetes de reportagem dos jornais são obrigados submeter as pautas ao marketeiro baiano e só é publicado o que é de interesse da campanha eleitoral da Dilma. Isso pode ser comprovado pelo noticiário anódino e trivial dos jornalões e das grandes redes de televisão recheado de abobrinhas.
No site da Veja há um aperitivo da reportagem-bomba desta semana:
Até junho de 2005, quando chefiava a Casa Civil da Presidência da República, o então ministro José Dirceu centralizava praticamente todas as ações do governo. Poderoso, nada acontecia em Brasília sem antes passar pelo seu gabinete.
Flagrado no comando do mensalão, o maior esquema de corrupção política da história, ele deixou o governo, abriu um escritório de advocacia, arregimentou clientes na iniciativa privada e ganhou muito dinheiro vendendo uma mercadoria das mais valorizadas na praça: a influência no poder.
A ex-ministra Erenice Guerra chefiou a mesma Casa Civil até setembro de 2010. Pilhada no comando de um esquema familiar que assessorava clandestinamente empresas privadas interessadas em fazer negócios com o governo, ela foi demitida. Assim como Dirceu, montou um escritório de advocacia, reuniu uma carteira de clientes na iniciativa privada e também lucra oferecendo acesso ao poder.
A novidade é que os dois ex-ministros agora estão operando juntos. Montaram em Brasília uma joint venture do lobby - uma parceria que atende empresas e empresários interessados nos mais variados negócios com o governo. Do site da revista Veja

6 comentários:

Anônimo disse...

Tânia SP
Estes empresários deve ter no mínimo o mesmo caráter destes dois bandidos, prq empresário Decente não se associa a bandidos, não é?

Adilson Minossi disse...

Aluízio, e a escumalha que se trucida pra receber uma bôlsa-família, por acaso lê a VEJA?
Não olham nem a capa nas bancas ou nos caixas de supermercados. Aliás, conheço muito carinha classe média-alta que também não tá nem aí...
E esses lôrpas e pascácios (como diria Nelson Rodrigues) votam e fazem filhos e o Brasíl, ó ! Sífu "com "nóis" junto...

Anônimo disse...

impressionante como uma ze ninguem como essa Erenice consegue tanto poder...

como pode????

o zeca-mensleiro, va la, ja foi politico, ja passou pelo crivo das urnas, dirigente partidario e tal...

mas essa mulé nunca teve um voto na vida para andar pendurada nas tetas do governo!

Berto pernambuco disse...

QUE O SR. ILUMINE AS FORCAS ARMADAS PARA AGIR E LOGO,,,,ESSES CANALHAS COMUNISTAS ESTAO DESTRUINDO ESSE PAI'S.

Anônimo disse...

E, os canalhas não desistem, protegidos que são pelos petralhossauros (também canalhas)encastelados no poder.
Até quando??? Patriotas, FFAA, homens de bem ATÉ QUANDO???
Eduardo.45

Anônimo disse...

Já destruíram o país e nossa frágil democracia.