TRANSLATE/TRADUTOR

quarta-feira, março 04, 2015

AS DEZ PESSOAS MAIS INTELIGENTES DA HISTÓRIA. CAMPEÃO DE QI É UM NORTE-AMERICANO.

William Sidis foi uma criança prodígio americana. Aos 2 anos de idade, Sidis já lia o New York Times e escrevia (em inglês e francês) na máquina de escrever. Aos 9 anos, foi aceito na Universidade de Harvard — mas, sem capacidade emocional para frequentar as aulas, só pode ingressar aos 11 anos. Sidis faleceu com 46 anos em 1944 devido a uma hemorragia cerebral. A estimativa de seu QI varia de 200 de 300. Entre os 10 mais inteligentes William Sidis é o campeão em nível de QI.
O engenheiro eletroquímico americano Libb Thims, que estuda a genialidade humana, listou as 40 pessoas mais inteligentes da história. O escritor alemão Johann Goethe lidera o ranking. Nas 20 primeiras posições aparecem nomes como Leonardo da Vinci, Nicolau Copérnico, Isaac Newton, Galileo Galilei, Nikola Tesla, William Shakespeare, Voltaire e Marie Curie.
Para criar o ranking, Thims não usou somente o QI (quociente de inteligência) das personalidades - embora os testes de QI sejam uma medida altamente imprecisa e controversa, o método ainda é tido como uma das principais formas de avaliar as capacidades intelectuais. Ele optou por considerar também a capacidade de realização de cada personalidade, antes de lhe conferir o título de gênio.
Para não excluir personalidades que nasceram antes da invenção dos testes de QI, Thims usou como referência a metodologia Cox, que estima o QI dos trezentos maiores gênios que viveram entre 1450 e 1850. A metodologia foi historicamente determinada através de 1.500 biografias, realizações de vida de cada indivíduo e habilidades reconhecidas na infância. Além disso, o material foi revisado de acordo com a Escala Stanford-Binet, primeiro indicador para medir a inteligência humana.
Os primeiros colocados na lista elaborada por Thims têm QI estimado em torno de 200. A título de comparação, cerca de 50% da população mundial possui QI de 90 a 105, que é considerada inteligência média. Estima-se que apenas 2% da população mundial possua QI acima de 150. Do site da revista Veja onde há as fotos e informações de cada um dos 10 mais inteligentes da história.

7 comentários:

Anônimo disse...

Psst!

Existe QI negativo? Acho que eu sei de um pessoal que se encaixa... eles moram lá em Brasólia.. he..he..

Anônimo disse...

Vejam como o PT "queima o filme" do Brasil para o mundo!

O Brasileiro Evaldo Renato de Miami Beach, vai à uma exposição de direitos humanos em Winnipeg - Canadá, e grava esse vídeo:

https://www.facebook.com/video.php?v=1565113870425077

"O Brasil tá cada vez pior - VERGONHA"

Anônimo disse...

E por falar em QI, o premio anual mais importante que e' o NOBEL, realizado na Suecia e' liderado pelos americanos em torno de 50% ! Mais um motivo pelo qual os EUA sao odiados pelos `vermelhos` que disseminaram o antiamericanismo desde MARX, O INVEJOSO !
Quando tiver o ''NOBEL de `corrupcao`,'' certamente sera' o 1* do brasil, QI de 87, BEM abaixo da media!

TERMINATOR disse...

Com certeza os mais BURROS, IDIOTAS, IGNORANTES, IMPRESTÁVEIS devem estar todos aqui no Brasil e são fáceis de se identificar: Vivem na pobreza extrema mas mesmo assim colocam uma dúzia de filhos no mundo e porcamente os criam, trocam seu voto e sua honra por bolsas-fracassados, não pensam duas vezes antes de cair na bandidagem se esta parecer que dá algum tipo de renda, se preocupam o ano inteiro só com putaria, carnaval, futebol e outras besteiras, querem que tudo caia do céu sem nenhum esforço, não estudam ou se estudam é somente o básico para passar em algum concurso e depois é só novela, só pensam em se dar bem com o famoso jeitinho brasileiro e a lei de Gérson, acham que são muito patriotas porque cantam à capela o hino nacional em jogos de futebol, só se mobilizam e ficam indignadíssimos com a corrupção quando ficam sem dinheiro ou dói no próprio bolso, não respeitam os idosos, aposentados, deficientes mas valorizam e protegem gays e outras aberrações, tem como ¨heróis¨ nacionais jogadores de futebol (a maioria burra e sem valor moral nenhum), se tiveram a sorte de serem ricos se alinham à bandidos para ficarem mais ricos ainda, que ficaram ricos roubando enquanto estavam no exercício de cargos políticos (tem dinheiro sim mas é burro por achar que deu uma de esperto), etc, etc, etc.

Anônimo disse...

Curioso é que o destaque dado aos 10 primeiros por esse "especialista" não inclui religiosos. Bem, ao menos o artigo não possibilitou acesso à pesquisa onde menciona personalidades dos anos 1450 a 1850, mas será que há algum Padre ou mesmo um monástico? A história registra homens do meio clerical, que deram contribuições fantásticas às ciências, aliás, foram eles os propulsores da análise científica moderna que se deu a partir do século XVIII. Motivados e doutrinados pelo secularismo é crível desvalorizar a contribuição da Igreja Católica na nossa formação e o resultado disso é o desmoronamento da nossa civilização, que assistimos melancolicamente.

Eduardo

Anônimo disse...

Cadê o Gênio da Raça brazuca, o bodão do Agreste, o inefável criador da História do Brasil?

Anônimo disse...

Se no lugar de inteligência fosse corrupção, Lula e Dilma liderariam a lista folgadamente.