TRANSLATE/TRADUTOR

sexta-feira, agosto 14, 2015

DIRCEU RECEBERÁ LULA EM PRESÍDIO DE CURITIBA

O silêncio de Lula, contumaz falastrão, que terceirizou a tarefa de ameaçar o povo brasileiro com ataque armado por meio de seu cupincha, o presidente da CUT, indica que dentro em breve o "Brahma" fará uma "visita" a Curitiba. 
Nota de O Antagonista (da Folha de S. Paulo é que não poderia ser, né?) verdadeira mensagem cifrada, por enquanto, dá uma ideia do trabalho da Força Tarefa da Lava Jato.

Com absoluta discrição os Procuradores Federais e os investigadores da Polícia Federal de Curitiba estão em campo sem parar colhendo provas irrefutáveis para engaiolar o Apedeuta, como as que mantêm o ex-todo-poderoso Marcelo Odebrecht e o número 2 da quadrilha petista, Zé Dirceu no xilindró.

O Antagonista, um jornal feito por três jornalistas via web que vale mais que todas as demais redações da grande mídia juntas, deu numa palhinha sobre a "caça ao tesouro" enterrado no volume morto do petrolão empreendida pela Lava Jato. A coisa está adiantada. Leiam:

Lula, o lobista da Odebrecht, foi grampeado pela PF enquanto conversava com Alexandrino Alencar, o executivo da empreiteira que pagava suas viagens, suas palestras e suas despesas.

Ele disse que estava preocupado com "assuntos do BNDES".

Isso ocorreu em 15 de junho, quatro dias antes da prisão de Alexandrino Alencar.

O telefonema se deu, segundo o relatório policial, às 20:06, porque o lobista da Odebrecht trabalha em tempo integral para a empresa.

9 comentários:

Anônimo disse...

Resposta do povo (o de verdade) às ameaças do chefão-cagão comunista da CUT:
.
http://letras.mus.br/os-farrapos/1160298/

Jurandir disse...

Esse TERRORISTA deveria ser preso para explicar QUE ARMAS SÃO ESSAS E ONDE ESTÃO SENDO GUARDADAS; já que a grande maioria da população não possui armamentos...

NÃO E TEORIA DA CONSPIRAÇÃO. Há muito estou falando que seria muita inocência acreditar que toda essa roubalheira, todo esse BILHÕES estão sendo usados somente para campanhas política e enricar a cumpanheirada. Esses ditos movimentos sociais PTralha já devem estar armados ate os dentes...
CADÊ as FFAA???

Anônimo disse...

Terroristas, sigam o exemplo de Getúlio enquanto é tempo...

Anônimo disse...

Esse canalha presidente da cut junto com o "líder" canalha do mtst deveriam ter sido recolhidos a uma penitenciária de segurança máxima, junto com o cachaceiro-mór, pois vagabundos fazem protesto em dias úteis enquanto nós, pagadores de escorchantes impostos nos manifestamos nos domingos.
Paredão nelles!!!
Eduardo.45

Anônimo disse...

O Brahma agora é ITAIPAVA...
http://www.istoe.com.br/reportagens/432063_O+PETROLAO+O+SR+ITAIPAVA+E+A+CAMPANHA+DE+DILMA?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage

Cada enxadada um ladrão, eita bando de corruPTos.

Anônimo disse...

lulla fez ameaças a vida inteira.nas gdes greves bancarias onde se misturavam bancarios e petistas bancarios, o estilo pitbull era altamente perigoso.bancarios se assustavam com petistas bancarios.

Rodrigo Alves Lemes disse...

Eu respeito "o antagonista", mas a birra deles com Reinaldo Azevedo para defender Rodrigo Janot foi infantil e não serviu à guerra política que estamos enfrentando.

Anônimo disse...

Com os vômitos do Wagner da CUT tentando assustar os brasileiros, com apoio de dilma, deu mais gás ainda na raiva contra a peste chamada PT, como se fôssemos reféns dessa quadrilha, partido dos "trabalhadores", PT!
Partido, só se for das Trevas, dos Trambiqueiros, dos Trapaceiros, dos Tributos, das Tramoias , das Tretas etc.

Anônimo disse...

Que esse sujeito precisa ser investigado e preso para o bem do Brasil é verdade. Mas ainda não somos a Venezuela, e para prender alguém por aqui é preciso mais do que uma suposição ou acusação. São necessárias PROVAS. E não há nenhuma até agora. A conversa pelo telefone foi interceptada por que ODEBRECHT estava grampeado, não Lula. E a conversa parecia referir-se a um artigo publicado no jornal O Globo em 16/6. Lula não era mais presidente, poderia conversar o que quisesse com quem quisesse.
.
É bom lembrar que cada acusação infundada lançada contra esse sujeito é uma arma que se coloca nas mãos dele.