TRANSLATE/TRADUTOR

segunda-feira, julho 11, 2016

BOLSA EMPRESÁRIO: MEGA EMPRESÁRIOS E BANQUEIROS JUNTOS COM LULA E SEUS SEQUAZES DO PT DETONARAM OS COFRES PÚBLICOS.

Sem o apoio daquilo que denomino de ‘núcleo duro da economia”, integrado por mega empresários e banqueiros o PT jamais teria ascendido ao poder. O que leva a crer que houve sim o nefasto contubérnio entre a comunistada petista com esses empresários ‘patrimonialistas” desde de criancinhas. 
Juntou-se a fome com a vontade de comer, ou seja, uma mega vigarice que, além do mais, viabilizou as campanhas petistas e a ascensão de Lula e seus sequazes ao poder. Enquanto o BNDES cuidava com carinho dos empresários grandalhões, de outro lado, desde o mensalão, o PT estruturou uma ‘engenharia financeira’ por meio de propinas que abasteceram os cofres petistas com uma enxurrada de dinheiro que fluía da Petrobras e de outras empresas estatais como tem demonstrado a Operação Lava Jato. 
Agora, com essa descoberta do esquema doméstico do BNDES, haja vista que tem ainda o esquema internacional bolivariano que presenteou as republiquetas latino-americanas que fazem parte do Foro de São Paulo, dá para ter uma ideia da criminosa ação de Lula e seus sequazes.
Os mega empresários e banqueiros vão bem, obrigado. Quanto ao povo brasileiro cabe a penosa tarefa de pagar a conta pelo recolhimento de impostos absurdos sem contar a inflação que corrói o poder de compra dos assalariados.
Em suma, o PT faliu o Brasil com o apoio do dito “núcleo duro da economia”. É o esplendor do “capitalismo de estado”, que atende pelo nome de comunismo. Entretanto, os alegres rapazes e raparigas da grande mídia jamais dirão isto que acabei de dizer. Eles fazem parte, evidentemente, do criminoso ataque aos cofres públicos. A fórmula é simples: PT + mega empresários e banqueiros + grande mídia = roubalheira dos cofres públicos sem limite.
Transcrevo como segue, com link para leitura completa, matéria do Estadão. Como podem notar é uma matéria que parece que revela tudo. Todavia escamoteia o principal que é o fato de que toda essa roubalheira atendeu a um propósito: a eterna permanência dos comunistas no poder associados com os empresários, ou seja os mega patrimonialistas. As empresas brasileiras não passam de ferrarias e fábricas de estopa e os bancos são casas de agiotagem. Em suma: um bando de traidores do povo brasileiro por sua associação com a bandalha comunista. Leiam: 
OS RATOS DA NAÇÃO
Os bancos comerciais concentraram os lucros do maior programa de crédito público subsidiado já feito no País, o Programa de Sustentação do Investimento, conhecido como PSI. A instituição que liderava o programa, o BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, teve papel marginal na concessão do crédito.
Os bancos comerciais repassaram R$ 327 bilhões de recursos do Tesouro Nacional e ficaram com mais de R$ 8 bilhões do total de R$ 10 bilhões em spreads que foram gerados pelas operações. O BNDES, enquanto isso, ficou com menos de R$ 2 bilhões.
O PSI foi um programa público de financiamento para máquinas e equipamentos que vigorou de 2009 a 2015. Foi lançado para reduzir o impacto da crise financeira internacional e mantido com o argumento de que impulsionaria os investimentos e o crescimento do País. Os empréstimos ficaram a cargo do BNDES. Como foi utilizado principalmente por grandes e médias empresas, os economistas o apelidaram de “bolsa empresário”, numa paródia ao Bolsa Família.
Um novo levantamento mostra que o PSI beneficiou também o setor financeiro. Do total de R$ 359 bilhões desembolsados no PSI, apenas 9% ocorreram em operações diretas, feitas pelo próprio BNDES. Os demais 91% dos desembolsos foram por meio do que se chama de operações indiretas, feitas pela rede de bancos credenciados ao BNDES. Em nota, a assessoria de imprensa do BNDES confirmou o resultado do levantamento, ressaltando que os dados, inclusive, são públicos.
Fazem parte da rede credenciada cerca de 70 bancos de médio e grande portes, instituições como Banco do Brasil, Bradesco, Itaú Unibanco, Caixa Econômica Federal, Banco Pine, Banco ABC, BTG Pactual, Banco Volkswagen, Mercedes Benz – apenas para citar algumas delas. “De certa forma, o PSI também foi um bolsa banqueiro”, diz o autor do levantamento o economista José Roberto Afonso, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas FGV/IBRE.
Pelo lado dos desembolsos, o PSI, segundo Afonso, causou triplo prejuízo ao BNDES. Ele perdeu não apenas por ter intermediado um volume menor de recursos. Individualmente, também ganhou menos. A taxa de juro definida para o BNDES era de 1% (na linha voltada à inovação chegou a ser zero), enquanto a taxa dos bancos credenciados oscilou entre 1,5% e 3%.
Assim, Afonso estima que dos mais de R$ 10 bilhões gerados pela intermediação dos financiamentos, a rede credenciada ficou com mais de R$ 8 bilhões. Como a taxa do PSI era extremamente atraente, o programa ainda “roubou” clientes de linhas tradicionais do BNDES. Em nota, a assessoria do BNDES confirmou que linhas do Finame, atreladas à TJLP e concorrentes do PSI, “apresentaram queda no número e valor total financiado” na vigência do PSI, mas sem detalhar quanto.
Clique sobre a imagem para vê-la ampliada
Preocupados. Entre os economistas que acompanham contas públicas, a avaliação geral é que o PSI merecia outro tratamento porque custou caro sob vários aspectos. O Tesouro Nacional emitiu títulos públicos em favor do BNDES, o que elevou a dívida do Brasil. Repassou mais de R$ 520 bilhões ao banco. Para que não houvesse perdas com a taxa fixa, menor que a TJLP usada normalmente nas linhas do BNDES, o Tesouro assumiu uma conta de R$ 270 bilhões em subsídios, que vai pagar até 2060.
O programa já era criticado por não ter gerado o crescimento prometido e privilegiado grandes empresas. “Agora, fica claro que as distorções foram além do que se havia imaginado”, diz o economista e assessor parlamentar Felipe Salto. Para a economista Mônica de Bolle, pesquisadora do Instituto Peterson de Economia Internacional, o peso dos bancos comerciais foi tão alto que já não é possível chamar o PSI de programa público – o que teria ocorrido foi mero repasse de dinheiro. “Não foi programa de investimento: foi banco privado negociando empréstimo com seu cliente privado”, diz Mônica. Leia MAIS

12 comentários:

TERMINATOR disse...

¨A formula é simples: PT + mega empresários e banqueiros + grande mídia = roubalheira dos cofres públicos sem limite.¨ ¨E suma o PT faliu o Brasil...¨ Pois é, a sorte destes vagabundos todos é que os brasileiros pentacampeões são tão perigosos como porquinhos da Índia, tão guerreiros quanto galinhas e tão espertos quanto amebas e são muito machos mesmo só pare torcer para times de futebol ou bater na esposa. E os poucos leões, tigres e onças daqui são ... muito poucos mesmo para fazer qualquer coisa! Então vai ficar tudo por isso mesmo porque lotar as ruas ¨pacificamente¨ de três em três meses parece que não esta dando muito certo. Bandidos vc anula dando tiros no focinho não dando doces ou fazendo cara feia.

Anônimo disse...

O COMUNISMO É O CAPITALISMO E BURGUESIA DE ESTADO!
A DIFERENÇA É QUE O ESTADO COMUNISTA NÃO ACEITA CAPITALISTAS FORA DESSE GRUPO MAFIOSO, APENAS ISSO!
A CHINA FUNCIONA 100% NESSE ESQUEMA!
É uma mafia perfeita, caso do golpista PT: os mega empresarios-banqueiros colaborando com ele, um Estado OPRESSOR E ESCRAVAGISTA, e esse mantendo o povo como serviçais baratos para enriquecerem a ambos, e o povo eternamente no mesmo, no cocho, comendo capim!
A China é o retrato perfeito: todos os cidadãos reduzidos a mercadorias, idiotas-uteis, para uso estatal de forma escrava, reduzidos a lacaios do Estado - que faz desses o que quiser, inclusive todo esse povo sob regime de animais de carga!
E ai de quem discordar do sistema, já sabe...
Só 12 H de trabalho por 6 dias e salario de domésticas mal pagas por aqui!
Interessante notar que o Islã funciona mais ou menos desse jeito; desde as crianças são educadas para obedecerem cegamente os governantes, quase o mesmo esquema!
Aliás, até hoje os países árabes são atrasados, como no tempo do Faraó, o mesmo sucedendo onde se instalou o comunismo, a não ser quem adotou o capitalismo na economia, caso da China!
As senzalas Cuba e Coreia do Norte são o exemplo dos que se fecharam no comunismo ortodoxo, e não passam de países-fantasmas, assim como a Venezuela, onde as mulheres estão invadindo a Colombia para se abastecerem...
Comunismo e desgraça total são sinônimos!

Anônimo disse...

Até o Jornal Nacional que é esquerdista mostrou as invasões na Colombia para buscar alimentos e remedios!
ESSE É O REGIME MARAVILHOSO QUE OS CARRASCOS DO PT QUERIAM PARA O BRASIL!!!
Quanto mais a gente vê países sob o comunismo se entusiasma: que regime ma-ra-vi-lho-so para os donos do poder!
DEMOCRACIA DE SOBRA, DIZIA O LULA ZUMBI, E COMO!

O MESMO de SEMPRE disse...

Aluizio,

a ideia do Socialismo precede o marxismo e seu "Comunismo" à lá Tomas More platônico republiqueiro.

O Socialismo foi uma remodelação da idéia romana de o governo (Império) "subsidiar os pobres". Essa ideia de DIVIDIR pobres e ricos para JOGAR uns CONTRA os OUTROS foi a aplicação da "ARTE da GUERRA" e SUN TZU.

A decadência do Império Romano fez os políticos do Império vislumbrar até uma união com os BARBAROS para tentar manterem o Poder. Assim foi feito e os inventores do Cristianismo não hesitaram em unirem-se aos BARBAROS tal como atualmente os DONOS do PODER vislumbram uma UNIÃO COM os ISLAMICOS (novos barbaros) para tentar reimplantar o FEUDALISMO. Não por acaso o ISLÃ é uma "religião do amor".

PLUS ÇA CHANGE PLUS C'EST LA MÊME CHOSE!!!

O Nacional Socialismo é dito de "direita" sob alegação de que grandes empresários se enrabichavam com o PARTIDO NACIONAL SOCIALISTA do TRABALHADOR ALEMÃO. Assim, diziam que Hitler era anti socialista. Ora, a própria ideia de Socialismo decorreu da "ARTE da GUERRA" para dividir as populações e jogar uns contra os outros para benefício do ESTADO HIERARQUIZADO com IDEOLOGIA de SUPORTE. Com o desprestigio das ideias socialista, DITAS UTÓPICAS por MARX, a aristocracia viu no nomeado "Socialismo Científico" de Marx, que prometia levar a um fantasioso Comunismo nunca explicado por Marx (Tomas More explicou e não fez sucesso, tal a duvidosa aberração que propunha).

Essa estratégia de manter uma CLASSE HIERARQUIZADA para ESCRAVIZAR POPULAÇÕES, através da CIZÂNIA disseminada em seu meio, é que concebeu a IDEOLOGIA MORAL como arma. Manipulando mesmo a VAIDADE HUMANA ao atribuir a seus SECTÁRIOS um VALOR MORAL SUPERIOR.

Cada vez mais esta estratégia dos ESTAMENTOS ESTATAIS se faz mais clara.
O PT escancarou sua parceria com a ARISTOCRACIA de forma não diferente do NACIONAL SOCIALISMO (NSDAP).

Mais a frente a propaganda via jornalismo e artistas (pulhas) vai disseminar que o PT era "de DIREITA" e anti-socialista por estar enrabichado com a ARISTOCRACIA "capitalista". Tal qual ENGELS e muitos aristocratas "burgueses" se enrabicharam e FINANCIARAM a PROPAGANDA MARXISTA.

O Socialismo e o Marxismo foram REAÇÕES a ideias ANTI-FEUDAIS ou LIBERAIS.

Anônimo disse...

Aluizio, acabei de ver video com milhares de venezuelanos ''invadindo'' a colombia, parceira dos ''imperialistas'' americanos, para comprar alimentos e medicamentos. E' o comunismo dando uma 'forcinha' ao capitalismo! SERA' QUE VAI DAR NA "GROBO"?!

Anônimo disse...

E qual a surpresa?

"Desde que Guido Mantega deixou a presidência do BNDES, em 2006, e se tornou Ministro da Fazenda, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social tornou-se peça chave no modelo de desenvolvimento proposto pelo governo. Desde então, o total de empréstimos do Tesouro ao BNDES saltou de R$ 9,9 bilhões — 0,4% do PIB — para R$ 414 bilhões — 8,4% do PIB”
Outra questão polêmica são os juros abaixo do mercado que o banco (BNDES) concede às empresas. Ao subsidiar os empréstimos, o BNDES funciona como uma Bolsa Família invertida, um motor de desigualdade: tira dos pobres para dar aos ricos. Explicando, capta dinheiro emitindo títulos públicos, com base na taxa Selic (11% ao ano), e empresta a 6%. Isso significa que ele arca com 5% de todo o dinheiro emprestado. Dos R$ 414 bilhões emprestados no ano de 2014, R$ 20,7 bilhões são pagos pelo banco. É um valor similar aos R$ 25 bilhões gastos pelo governo no programa Bolsa Família que atinge 36 milhões de brasileiros.”
-
Seguem exemplos de investimentos que o banco considerou estarem aptos a receberem investimentos financiados por recursos brasileiros:
Porto de Mariel (Cuba): Valor da obra – US$ 957 milhões (US$ 682 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
-
Hidrelétrica de San Francisco (Equador): Valor da obra – US$ 243 milhões. Empresa responsável – Odebrecht. Após a conclusão da obra, o governo equatoriano questionou a empresa brasileira sobre defeitos apresentados pela planta. A Odebrecht foi expulsa do Equador e o presidente equatoriano ameaçou dar calote no BNDES.
-
Hidelétrica Manduruacu (Equador): Valor da obra – US$ 124,8 milhões (US$ 90 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht. Após 3 anos, os dois países ‘reatam relações’, e apesar da ameaça de calote, o Brasil concede novo empréstimo ao Equador.
-
Hidrelétrica de Cheglla (Peru): Valor da obra – US$ 1,2 bilhões (US$ 320 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
-
Metrô Cidade do Panamá (Panamá): Valor da obra – US$ 1 bilhão. Empresa responsável – Odebrecht.
Autopista Madden-Colón (Panamá): Valor da obra – US$ 152,8 milhões. Empresa responsável – Odebrecht.
-
Aqueduto de Chaco (Argentina): Valor da obra – US$ 180 milhões do BNDES. Empresa responsável – OAS
-
Soterramento do Ferrocarril Sarmiento (Argentina): Valor – US$ 1,5 bilhões do BNDES. Empresa responsável – Odebrecht.
-
Linhas 3 e 4 do Metrô de Caracas (Venezuela): Valor da obra – US$ 732 milhões. Empresa responsável – Odebrecht.
-
Segunda ponte sobre o Rio Orinoco (Venezuela): Valor da obra – US$ 1,2 bilhões (US$ 300 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
-
Barragem de Moamba Major (Mocambique): Valor da obra – US$ 460 milhões (US$ 350 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Andrade Gutierrez.
-
Aeroporto de Nacala (Moçambique): Valor da obra – US$ 200 milhões ($125 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
-
BRT da capita Maputo (Moçambique): Valor da obra – US$ 220 milhões (US$ 180 milhões por parte do BNDES). Empresa responsável – Odebrecht.
-
Hidrelétrica Tumarím (Nicarágua): Valor da obra – US$ 1,1 bilhão (US$ 343 milhões). Empresa responsável – Queiroz Galvão.
-
Projeto Hacia El Norte – Rurrenabaque-El-Chorro (Bolívia): Valor da obra – US$ 199 milhões. Empresa responsável – Queiroz Galvão
-.
Abastecimento de água da capital peruana – Projeto Bayovar (Peru): Valor não conhecido. Empresa responsável – Andrade Gutierrez.
-
Renovação da rede de gasoduto em Montevideo (Uruguai): Valor não informado. Empresa responsável – OAS.
-
Existem mais 3000 (três mil) empréstimos concedidos via BNDES apenas no período entre 2009 e 2014, porém nem o BNDES nem e o Governo Federal fornecem valores."
-
Integra :
http://leonardosarmento.jusbrasil.com.br/artigos/171125726/bndes-patrocina-ideologia-partidaria-do-governo-enriquece-protagonistas-do-sistema-e-empobrece-o-brasil-descortinando-seu-veu-protetor

Anônimo disse...

Prezado Aluizio
Desculpe estar usando este espaço para te repassar um artigo que considero de excepcional conteúdo:

https://criticanacional.wordpress.com/2016/07/10/o-feminismo-como-arma-de-guerra-politica/

Abraço

Cavalaria Ligeira

Mariangela Hauschild da Silveira disse...

Este esquema de TERCEIRA VIA não é bolivariano, mas do SOCIALISMO INTERNACINAL, nasceu na URSS, com LÊNIN: https://youtu.be/Ttyz0XWq82Q

Anônimo disse...

Durante e após o governo militar ou ditadura, conforme o ponto de vista do cidadão, dizia-se que Golbery do Couto e Silva, o general intelectual da turma, era um grande estrategista. Atribui-se a ele a transformação de Lula de líder metalúrgico, simples agitador de porta de fábrica, em interlocutor do operariado junto ao empresariado, passando por agentes políticos e policiais (ler em Tuma JR). A intenção do general era esvaziar as tais greves de 1978 do ABC (que fizeram a alegria, em publicações, dos professores e pesquisadores de esquerda da PUC/USP), criando uma zona amortecedora de impactos, tendo Lula (e certamente outros menos midiados) na função de almofada. O que o militar não levou em conta – o que é vezo das classes dirigentes – subestimando-as, foram a ambição e a ganância destes representantes do proletariado, o que, aliás, é próprio de todo ser humano, mas intelectual acha que pobre é só ignorante e não pensa. Deu no que deu, o feitiço se tornou incontrolável nos últimos 13 anos, e vai demorar ainda para acabar, porque o Estado brasileiro foi quase totalmente aparelhado por essa gente analfabeta, grosseira, pé-duro, mas muito, muito esperta. Exemplos? Que país, senão as republiquetas, têm ministros como Jaques Wagner, Benedita da Silva, Edinho da Silva, aquele da tapioca (Esportes), Ideli Salvati (Oh, my God!), um Legislativo e um Judiciário abaixo da crítica e pior, muito pior, um Lulladrão e uma anta mulher-sapiens como presidentes da República? (lídia)







Anônimo disse...

Onde estão os operadores do Direito Brasileiro?

Vão deixar o Direito Brasileiro virar bolivariano?

Direito Brasileiro: Evolução ou Involução?

Processos sigilosos: Kafka (O Processo?). Loryel Rocha não explorou este ponto, o aspecto kafkiano, o absurdo...

O AUTORITÁRIO LEWANDOVSKY PROCESSA O POVO BRASILEIRO

https://www.youtube.com/watch?v=TfaiI_inbK8

Anônimo disse...

“Ah, Reinaldo, Lula é tão burro que nem deve conhecer a Constituição!” Errado! Ele é inculto, mas é dos políticos mais inteligentes do Brasil, ainda que seja uma inteligência talhada pelo mal.


Isso é o que o socialista fabiano Reinaldo Azevedo disse hoje sobre o Lula, Pode, uma sandice dessa? O cara pirou de vez!

Anônimo disse...

Hoje uma rádio, a Jovem Pan falava em crime financeiro tentando aliviar os crimes cometidos. Como disse o Dallagnol, são "serial killers". DEixaram milhões de brasileiros abaixo da linha da pobreza sem nenhum futuro, causaram milhões de mortes por causa de doenças e falta de atendimento médico, condenaram gerações inteiras por causa de uma educação deficiente dominada pelo PT, o maior ladrão da história do Brasil.
São "serial killers", no mínimo é cadeia perpétua!