TRANSLATE/TRADUTOR

segunda-feira, setembro 26, 2016

A EMPULHAÇÃO DO JORNALISMO ESQUERDISTA

Os observadores mais argutos e bem informados e que têm noção da guerra cultural que se trava principalmente por meio da grande mídia não conseguem mais engolir esses programas - principalmente de emissoras de TV como a Globo News, para citar a mais vista sem dúvida - que reúnem especialistas em política para debater determinado tema.

Normalmente são convidados os tais "cientistas sociais" uma designação completamente deformada porque não existem cientistas sociais, no máximo sociólogos. Ciência se faz, se ensina e se estuda nas áreas científicas. Esse tais cientistas sociais são no máximo palpiteiros.

Portanto, não dá mais para concordar que para debater determinado tema político como o impeachment da governanta se convide para debater o "outro lado", que significa aqueles que lutam para restaurar o poder do PT. Normalmente são psicopatas ditos professores universitários autointitulados "intelectuais".

A desculpa sempre é que precisa ouvir o "outro lado". Neste caso convida-se um desses famigerados comunistas de terno e gravata, aparentemente educados. 

Se se deve ouvir o outro lado comunista a mesma regra seria aplicada também aos fascistas e nazistas. Sim, porque não existe nenhuma diferença entre os três: todos são estatistas e totalitários. Todos os governos comunistas, nazistas e/ou fascistas têm o mesmo viés. Todos são ditatoriais, assassinos, mentirosos, corruptos e ladrões.

E mesmo alguns poucos jornalistas que não são esquerdistas também convidam para debater esses rematados comunistas de academia. Fazem a sua média com medo do passaralho. Explica-se: as redações são dominadas por esquerdistas e até mesmo os donos dos veículos de comunicação desejam que se ouça o "outro lado". Esses andróides querem ficar de bem com todo mundo, nem que esse "todo mundo' faça o que acabou de fazer com o Brasil, lançando a Nação no precipício econômico, social e político. Simplesmente detonaram o país.

Não fosse a Operação Lava Jato ter descoberto tudo, já estaríamos completamente mergulhados no fundo poço como está a população da Venezuela. Sem falar nos cubanos há 57 anos vivendo todas as privações, sendo que a maior delas é a privação da liberdade!

Os veículos de comunicação têm de acabar com essa funesta regra de convidar para debater e emitir opiniões esses comunistas vagabundos mentirosos e ladravazes. Afinal, se a regra fosse seguida ao pé da letra teriam de ser ouvidos e entrevistados, como frisei, os nazistas e os fascistas. 

Ah, não pode? Me provem então qual a diferença que existe entre esses semoventes metidos a intelectuais com seus congêneres nazistas e fascistas?

20 comentários:

Anônimo disse...

Sábado, dia17/09, Renata Loprete entrevistou dois desses vagabundos. Ela é muito fraca nas entrevistas, dois monstros comunistas, falaram o que quiseram. Foi repugnante. Willian Waack, Sardenberg e Alexandre Garcia são os que se salvam nessa emissora. O resto é lixo não reciclável, a pressão tem de continuar, senão seremos engolidos pelos esquerdopatas. Estúdio I, outro lixo, um comentarista pior q o outro. Não dá para passar perto. Avante, há muito o que lutar.



Maria Cristina SP

Anônimo disse...

Em São Paulo, o SPTV da Globo favorece abertamente o comuno-petista Fernando Haddad, o poste eleito por Lula, rejeitado pela população. O poste do Lula não vai passar para o segundo turno. Detonou com o trânsito da cidade com seus corredores de ónibus, redução de velocidades e ciclofaixas que ninguém usa. Encheu a cidade de radares para multar os trabalhadores.
Está na hora de um "Fora, Globo"

Anônimo disse...

De fato, a situação na imprensa brasileira está tão intolerável que cancelei minha assinatura de TV a cabo.

Anônimo disse...

sem duvida...

os ordinarios ditos especialistas da area da educação ja apareceram para tocar fogo na reforma do ensino medio sugerida pelo MEC...

só lamento nao terem extirpado de vez cursos como filosofia e sociologia...

no Brasil, essas duas disciplinas se transformaram em meras armadilhas para capturar adolescentes ingenuos e desavisados, tarefa essa que antes cabia somente as universidades...

nao satisfeitos em lobotomizar 90% dos alunos da dita area de ciencias humanas nas universidades, os safados expandiram seus tentaculos para o ensino medio...

TERMINATOR disse...

¨Não fosse a Operação Lava Jato ter descoberto tudo...¨ Exatamente, e isto e principalmente ao Juiz Moro (que hoje a moçada conhece tanto quanto o Neymar) foi o que salvou o país, pelo menos por enquanto. Mas olha lá que se não prender o Lula as chances dele voltar para presidente em 2018 são sim grandes ainda mais pela falta de candidatos da oposição e pelo fogo de palha do eleitor bananeiro ¨que vai com a onda¨. PS.: A Embraer aos poucos esta indo embora do país por causa do histórico custo Brasil que ferra com nossas empresas e espanta os estrangeiros, em breve ela vai se chamar EmUSAer, e assim continua a vida aqui no terceiro mundo.

TERMINATOR disse...

Infelizmente o povão brasileiro (eu disse o povão não alguns poucos milhares!) nunca vai aceitar que nazismo, fascismo e comunismo são no fundo a mesma coisa. Primeiro porque foram ¨ensinados¨ que ¨nazistas fizérão u olocáustu i érão rassistás qui num gostávão di prêtu¨ e o comunismo ¨é bunitu i bom purquê us artistas dá grobu fálão qui é¨. Décadas escutando isto vai dar no quê? Lembrar que no regime militar um dos maiores erros dos militares foi ter deixado a Rede Globo existir e ter recolhido/amparado/contratado vários escritores, atores, intelectuais, etc militantes do partido comunista e já durante o regime trabalhavam insinuando as belezas do socialismo e do progressismo (imagina então depois da abertura democrática o show que foi) em matérias jornalísticas e principalmente nas telenovelas uma das paixões dos bananeiros junto com o futebol e o carnaval, pois estudo e trabalho vem bem depois...

O MESMO de SEMPRE disse...


GRAAANDE ALUIZIO!!!

"Os veículos de comunicação têm de acabar com essa funesta regra de convidar para debater e emitir opiniões esses comunistas vagabundos mentirosos e ladravazes. Afinal, se a regra fosse seguida ao pé da letra teriam de ser ouvidos e entrevistados, como frisei, os nazistas e os fascistas."

"Me provem então qual a diferença que existe entre esses semoventes metidos a intelectuais com seus congêneres nazistas e fascistas?"

Basta saber que BENITO MUSSOLINI recebeu o nome de um revolucionário marxista mexicano, BENITO. O pai de Mussolini era um MANÍACO marxista e o filho Benito também militou no partido "comunista" italiano. Era JORNALISTA e usava essa função para desinformar a população.

Já pelo fim da guerra Mussolini reuniu uns maníacos como tropa e tentou fundar uma REPÚBLICA SOCIALISTA ITALIANA no norte da Itália.

A CLT que a esquerda tanto defende foi uma reprodução da CARTA DEL LAVORO, que o facínora Getulio Vargas copiou do fascismo italiano. Aliás o Fascismo preconizava o SINDICALISMO absoluto: os sindicatos seriam a "voz da população" e É EXATAMENTE ISSO QUE O PT DEFENDE como os neo soviets como "representantes" da população.

A economia fascista era controlada pelo Estado fascista que arbitrava sobre o mercado, controlava preços, desapropriava, expropriava e estatizava "em nome do social", além do discurso ANTI LIBERAL: "TUDO PARA O ESTADO, TUDO PELO ESTADO e NADA SEM O ESTADO.

São MANÍACOS adoradores de um novo deus místico e onipotente de onde emana a sabedoria e sua vontade é a justiça: o ESTADO.

Perceba-se que socialistas e conservadores adoram o Estado como entidade mística cujo Poder é um direito e a obediência da população um dever. ...Sim, ROUSSEAU foi o criador do novo principe que não é um indivíduo, mas uma organização: o Estado. Unindo-se a Hobbes que preconizava o Poder do príncipe para evitar a luta de todos contra todos parafraseando que sem deus castigador haveria crime generalizado.

Hobbes e Rousseau são as bases do Estado moderno que ainda se apoia na lunático Thomas More em sua Utopia (que defendia a escravidão, o "estado de sitio" e a mutilação como política "comunista". Muitos elogiam a Utopia sem tê-la lido.

Quanto ao Nazismo (Nacional Socialismo), basta ler o ESTATUTO DO Partido Nacional Socialista do Trabalhador alemão (NSDAP) ou o amoso "MINHA LUTA" de Hitler para saber que:

A briga era entre partidos e não de ideologia.

Católicos e Protestantes também se perseguiram e trucidaram em guerras, mas NEM POR ISSO UM LADO ERA ATEU.

O Comando Vermelho e o Terceiro Comando também matam uns aos outros em sua DISPUTA pelo trafico de drogas no Rio de Janeiro, MAS NEM POR ISSO UM LADO É A POLÍCIA.

Afiram que Fascismo e Nazismo eram contra o Socialismo porque havia disputa com o Partido Comunista.

Comunismo segundo os evangelhos marxistas SÓ SE IMPLANTARIA DEPOIS que o SOCIALISMO "CIENTÍFICO" ou DITADURA do PROLETARIADO instaurasse a ABUNDÂNCIA ABSOLUTA, inclusive o Estado se faria desnecessário e o NOVO HOMEM seria ALTRUÍSTA como se todos fossem novos São Franciscos.

Comunismo é UM EMBUSTE!!! Além de impossível é injusto (Marx o prometeu somente para DEPOIS do Socialismo e com o fim natural do Estado. Ou seja UMa EMPULHAÇÃO, um PARAÍSO prometido para futuro SEM DATA e INCERTO ...daí ser uma ideologia. POIS SE FUNDAMENTA NOS FINS PROMETIDOS como justificativa dos meios que opera em nome de um alegado "bem maior".

É errado falar que URSS, RDA (republica democratica da alemanha), Vietnan e etc. eram comunistas ou que Cuba, China e etc. são comunistas ...SÃO SOCIALISTAS ou ditaduras do proletariado SEGUNDO o PROPRIO MARX.

Anônimo disse...

OMERTA na praça!! Palocci PRESO!! Chegaram no BNDES!! Agora vai!!!

Luiz Oliveira disse...

Muito bem Aluizio!

Anônimo disse...

APRESENTO-LHES O TRIO DESGRAÇA-PELADA, O TRIO PORRA-LOUCA!
NAZISMO, FASCISMO E COMUNISMO - OS 3 IRMÃOS GÊMEOS, FILHOS DO MESMO PAI E MÃE!
O trio maldito é:
Totalitarista
Fortemente Opressor
Material Ateísta
Estatizante.
PROVAS DISSO?
Na 2ª Guerra Mundial Stálin e Hitler eram aliados, mas POR TRAIÇÃO de Hitler, SEPARARAM-SE!
Quando os comunistas do defunto PT(gemeos também do PCC-CV-FARC) te chamarem de FASCISTA, chame eles de NAZISTAS OU COMUNISTAS, ou devolva a eles o "FASCISTAS" - TODOS A MESMA DESGRAÇA PELADA!
TODOS 3 O MESMO BAGULHO, A MESMA CARNIÇA!

Ferreira Pena disse...

A matriz de pensamento de toda essa canalha é a mesma Aluízio, o comunismo marxista.

Cactus disse...

.
É exatamente como "cientista político", não passa de analista político, quando bom, senão, palpiteiro político.
.

Cactus disse...


A idiotia continua a todo vapor:
.
O Temer está forçando todo mundo a aprender inglês, enfiando goela abaixo nos alunos em todos os anos. Perceba que tudo está mudando para o inglês. Cursos da Fatec (S. P.), por exemplo, todos os semestres enviam vários alunos para os Estados Unidos com o nosso dinheiro, eu por exemplo nem tenho dinheiro para ir, mas pago para alunos irem, obrigam-me a pagar. É a cachorrada da Nova Ordem Mundial. Só otários que não enxergam, e o que é pior, apoiam.
.
Quer que as escolas funcionem em horário integral. Isto força a educação se transformar em responsabilidade do estado (embora já esteja praticamente assim). Deste modo a mãe, que cuida do filho, sendo dona de casa, não vai ter o que fazer, obrigando-a trabalhar fora, onde o governo incentiva com inúmeras vantagens sobre o homem, contrariando o que diz as escrituras, na qual o provedor da família é o homem. Vejam que as mulheres estão dominando todo o comando das tevês, tirando fora os homens aos poucos, isto eu já havia mencionado há muito tempo, citando o telejornalismo que hoje é visível. Não é por competência, como querem crer, e sim por picaretagem, são pessoas contra a Bíblia. Observem que o homem nas propagandas de tevê e rádio são tratados como idiotas e as mulheres as inteligentes - existe uma porcentagem muito pequena contrariando essa tese só para disfarçar e o povo não perceber – Não é a toa que as mulheres sofrem muito com depressão (algumas tendem ao suicídio), porque fazem tudo ao contrário a sua natureza. Eu, homem, tenho que dizer o que elas gostam – claro, a maioria - : de se casarem, de cuidar dos filhos e da casa, a tevê inverteu essa situação, vejam que há programas imbecis onde o homem vai para cozinha. Se eu continuar a citar são inúmeros fatos não vou acabar mais. Comecem a observar.
.
O Reinaldo Azevedo disse hoje na rádio Jovem Pan que o Faustão deveria pedir desculpas para milhões de pessoas por ter dito algo errado sobre esse assunto, mas não diz que ele inventou que é uma reivindicação dos alunos estudar em período integral (na sexta-feira). De onde ele tirou isso? Da sua cabeça maluca. Todo mundo sabe que aluno foge da escola como o diabo da cruz (chutando por volta de 90% ou mais). Cadê as suas desculpas?
.
O governo não resolve os problemas atuais de falta de escolas e de bons professores, ou mesmo de tirar as ideologias das aulas, então como passe de mágica, inventa uma lei para colocar a responsabilidade da situação nos adolescentes, mais tarde tudo vai ser estendido para as crianças também, assim como ensina o imbecil e comunista (redundante mesmo para reforçar) Paulo Freire, ou seja, as crianças tem que desenvolver a sua criatividade de decisão.

.

Veja se o governo vai construir mais escolas, vai contratar bons professores com bons salários?
.
Nada disso, esses canalhas gozam da nossa cara, sentados nas poltronas ficam mudando as leis e regras, para dar a impressão que estão fazendo algo importante, entretanto estão brincando de deuses e otários (nós).
.
Veja se o Temer vai dar liberdade de escolha para adultos, como por exemplo, deixar de pagar imposto sindical? Nada.
.
.
Outra coisa que consta na grade: Ciência da natureza.
Ciências são: física, química e biologia.
Toda ciência pertence à natureza. Diga alguma ciência que não pertence à natureza?
.
Ciência é ciência, dizer que é da natureza é redundância, é idiotia.
.

Anônimo disse...

Se não fosse pela imprensa paralela,nada disso estaria acontecendo.Nunca os bitolados imaginaram que a internet poderia criar uma conciencia tão esclarecedora através de reportagens que o jornalismo venal esconde .Podemos dizer que os jornalistas que não são embuçalados deram em pouco tempo, lições que nem em universidades se aprende.Foram os mestres do jornalismo independente que assumiram a resposabilidade de virar o jogo.E viraram.E sei que não vão parar por aí.Enquanto"cientistas" puderem mentir,vão mentir,mas sabem desde já que seus dias estão contados,porque quando acabar o dinheiro,acaba a fidelidade.Destruir estas ideologias criminosas é o mínimo que desejamos,e vamos conseguir.

Anônimo disse...

TERMINATOR já li muito a respeito que os Militares além de usar o Lula também aceitaram a ajuda do Dr.Roberto Marinho para criar uma TV de controle social.
Se é verdade daí não sei pois "boatos e fakes" é o que mais tem nesse país!
Só que até hoje é estranho os militares que combatiam tanto o comunismo não ter se livrado dessa turma toda (talvez não fuzilando mas sim proibindo de não pisar nunca mais por aqui) como fez o Chile e ainda criaram a lei da anistia... É uma coisa muito estranha....

Anônimo disse...

Ótimo texto, simples e direto.

Anônimo disse...

Ao comentarista acima que achou um tanto estranho. Segundo relatos, parece que os militares brasileiros desconheciam o método gramsciano .


" A História oficial de 1964"

"Por uma coincidência das mais irônicas, foi a própria brandura do governo militar que permitiu a entronização da mentira esquerdista como história oficial...
O governo, influenciado pela teoria golberiniana da "panela de pressão", que afirmava a necessidade de uma válvula de escape para o ressentimento esquerdista, jamais fez o mínimo esforço para desafiar a hegemonia da esquerda nos meios intelectuais, considerados militarmente inofensivos numa época em que o governo ainda não tomara conhecimento da estratégia gramsciana e não imaginava ações esquerdistas senão de natureza inssurrecional, leninista. Deixados à vontade no seu feudo intelectual, os derrotados de 1964 obtiveram assim uma vingança literária, monopolizando a indústria das interpretações do fato consumado. E, quando a ditadura se desfez por mero cansaço, a esquerda, intoxicada de Gramsci, já tinha tomado consciência das vantagens políticas da hegemonia cultural, e apegou-se com redobrada sanha ao seu monopólio do passado histórico. É por isso que a literatura sobre o regime militar, em vez de se tornar mais serena e objetiva com a passagem dos anos, tanto mais assume o tom de polêmica e denúncia quanto mais os fatos se tornam distantes e os personagens desaparecem nas brumas do tempo.
Mais irônico ainda é que o ódio não se atenue nem mesmo hoje em dia, quando a esquerda, levada pelas mudanças do cenário mundial, já vem se transformando rapidamente naquilo mesmo que os militares brasileiros desejavam que ela fosse: uma esquerda socialdemocrática parlamentar, à européia, desprovida de ambições revolucionárias de estilo cubano. O discurso da esquerda atual coincide, em gênero, número e grau, com o tipo de oposição que, na época, era não somente consentido como incentivado pelos militares, que viam na militância socialdemocrática uma alternativa saudável para a violência revolucionária.
Durante toda a história da esquerda mundial, os comunistas votaram a seus concorrentes, os socialdemocratas, um ódio muito mais profundo do que aos liberais e capitalistas. Mas o tempo deu ao "renegado Kautsky" a vitória sobre a truculência leninista. E, se os nossos militares tudo fizeram justamente para apressar essa vitória, por que continuar a considerá-los fantasmas de um passado tenebroso, em vez de reconhecer neles os precursores de um tempo que é melhor para todos, inclusive para as esquerdas?
Para completar, muita gente na própria esquerda já admitiu não apenas o caráter maligno e suicidário da reação guerrilheira, mas a contribuição positiva do regime militar à consolidação de uma economia voltada predominantemente para o mercado interno – uma condição básica da soberania nacional. Tendo em vista o preço modesto que esta nação pagou, em vidas humanas, para a eliminação daquele mal e a conquista deste bem, não estaria na hora de repensar a Revolução de 1964 e remover a pesada crosta de slogans pejorativos que ainda encobre a sua realidade histórica?"(Olavo de Carvalho, O Globo, 19 de janeiro de 1999)"

Integra
http://www.olavodecarvalho.org/semana/1964.htm 

Anônimo disse...

Diria que nem tão igual assim.
Há uma diferença gritante entre o número de mortos pelo Genocídio Nazista ou Holocausto Nazista sempre bem divulgado e o chamado Genocídio Comunista, hoje também conhecido como Holocausto Comunista pouco divulgado e até defendido por esquerdopatas.
Sem com isso diminuir a gravidade dos atos nazistas, mas colocar apenas Hitler como fascista e chamar de LIDERES ditadores sanguinários como Fidel Castro, com seu Paredon de fucilamento:
O Dr. Ives Gandra, que viveu 64, fala sobre os atos desse ditador

https://www.youtube.com/watch?v=PgLFBpaLsBU

ou Stalin e Lenin, que mataram de 100 milhões de russos conforme o depoimento do parlamentar russo:

https://www.youtube.com/watch?v=fYLStidwXWA

Sem falar do massacre do povo ucraniano por esses genocidas, mais de 14 milhões por fome.

http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1046

E a morte de mais de 300 milhões de pessoas, que pode chegar a mais de 500 milhões ao redor do mundo, segundo relatos de historiadores por essa desgraça socialista/comunista das valas rasas

http://www.youtube.com/watch?v=UqSmVJEIL0Q

Até quando seremos chamar de idiotas ?

Anônimo disse...

Retificando: leia-se fuzilamento e chamados. Desculpem

Diria que nem tão igual assim.
Há uma diferença gritante entre o número de mortos pelo Genocídio Nazista ou Holocausto Nazista sempre bem divulgado e o chamado Genocídio Comunista, hoje também conhecido como Holocausto Comunista pouco divulgado e até defendido por esquerdopatas.
Sem com isso diminuir a gravidade dos atos nazistas, mas colocar apenas Hitler como fascista e chamar de LIDERES ditadores sanguinários como Fidel Castro, com seu Paredon de fuzilamento:
O Dr. Ives Gandra, que viveu 64, fala sobre os atos desse ditador

https://www.youtube.com/watch?v=PgLFBpaLsBU

ou Stalin e Lenin, que mataram de 100 milhões de russos conforme o depoimento do parlamentar russo:

https://www.youtube.com/watch?v=fYLStidwXWA

Sem falar do massacre do povo ucraniano por esses genocidas, mais de 14 milhões por fome.

http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1046

E a morte de mais de 300 milhões de pessoas, que pode chegar a mais de 500 milhões ao redor do mundo, segundo relatos de historiadores por essa desgraça socialista/comunista das valas rasas

http://www.youtube.com/watch?v=UqSmVJEIL0Q

Até quando seremos chamados de idiotas ?

livrexpress disse...

Acho que o problema não é "ouvir o outro lado". O problema é que, frequentemente, a mídia, infestada de esquerdopatas, só apresenta "um lado": o deles.

É claro que, em alguns casos, eles tentam disfarçar (?), levando três ou quatro elementos esquerdistas para forjar uma falsa "diversidade" de opiniões, mas que só serve para reforçar a lorota que eles tentam impor.

Infelizmente, chegamos a tal ponto de hegemonia esquerdista nos meios de comunicação e culturais que são esses esquerdopatas os que consideram inadmissível apresentar e ouvir o "outro lado" (o nosso). Até mesmo porque se convenceram - e tentam convencer a sociedade - de que não se pode dar voz aos "fascistas conservadores", isto é, a qualquer um que não cante em coro com a esquerdopatia.