TRANSLATE/TRADUTOR

sábado, março 31, 2018

31 DE MARÇO DE 1964: A REVOLUÇÃO QUE LIVROU O BRASIL DO TOTALITARISMO COMUNISTA.


Neste sábado de Aleluia, 31 de março de 2018, o Brasil decente constituído por cidadãos honestos, trabalhadores, democratas e que repudiam todas as formas de totalitarismo e exultam a liberdade comemoram os 54 anos da Revolução de 31 de março de 1964, que livrou a Nação brasileira das garras do comunismo.
O movimento vitorioso liderado pelas Forças Armadas brasileiras que seus detratores qualificam de "golpe", teve um gigantesco respaldo da sociedade civil brasileira. E numa época em que não havia a as facilidades da comunicação como a internet e as redes sociais os brasileiros decentes realizaram no dia 19 de março de 1964 a grande Marcha da Família Com Deus pela Liberdade, reunindo na capital paulista 500 mil pessoas que se manifestaram pela lei e pela ordem e contra a transformação do Brasil numa república comunista do viés cubano, conforme mostra de forma detalhada o vídeo acima.
Portanto, ainda que tentem reescrever a história há documentos abundantes que comprovam este fato inelutável da conspiração comunista então em curso.
Os que acusam hoje as Forças Armadas de golpistas e criam comissão dita da verdade são os mesmos daquela época e seus caudatários deste século. Como em 1964 eles continuam conspirando contra a democracia e a liberdade e, portanto, continuam a merecer a repúdio de todos os brasileiros de bem.
Todos os anos, nesta época, quando os brasileiros do bem, do respeito à lei, à ordem e à paz, comemoram o histórico movimento que salvou o Brasil do comunismo, as vivandeiras vermelhas se alvoroçam para lançar a infâmia justamente contra os heróis da Pátria, contando para isso com o acolhimento da grande imprensa brasileira que se tornou o valhacouto dos esbirros do movimento comunista internacional especializados em distorcer informações e mentir de forma absurda na tentativa de reescrever a história e, sobretudo, de macular as Forças Armadas, as polícias e todo o aparato de segurança que nos países democráticos e civilizados têm normalmente o apoio irrestrito de seus cidadãos.
Não existe democracia sem respeito à lei e à ordem; a liberdade não sobrevive num ambiente de anarquia, ainda que maquiado com base nos cânones do pensamento politicamente correto, verdadeira máquina de triturar a verdade pelo transformismo dos conceitos.
Há meio século do episódio glorioso de março de 1964 e relebrando os confins desse tempo se pode analisar com mais frieza e objetividade aquele acontecimento e compreender que não poderia ter sido diferente face à cruel investida dos inimigos da liberdade. Ou a Nação reagia ou sucumbia ao golpe comunista.
A opção por reagir foi acertada em todos os sentidos. E não há um só argumento que derrube esta interpretação dos fatos. Portanto, quem possui a mínima inteligência jamais poderá discordar dessa verdade: a Revolução de Março de 1964 salvou o Brasil da desgraça comunista. Os subversivos em armas não almejavam outra coisa que não fosse a implantação de uma ditadura comunista. A sociedade brasileira pressentiu que o mal se agigantava e, na célebre Marcha da Família com Deus pela Liberdade, encarregou as Forças Armadas de agir em defesa da democracia e da liberdade.
A despeito de todas as teorias conspiratórias com as quais os esquerdismo delirante continua doutrinando de forma criminosa as novas gerações, a intervenção militar em 1964 mudou para sempre a história do Brasil promovendo a emergência do desenvolvimento social e econômico que permite na atualidade o protagonismo internacional brasileiro. Até então o Brasil era apenas um país de viés econômico agro-pastoril dos mais atrasados do mundo e, por isso, sujeito às investidas dos aventureiros da desgraça totalitária.
___________________________
NB.: Artigo que escrevi e postei aqui no blog em 31 de março de 2013. Há anos venho alertando dia após dia nas minhas postagens de análises políticas para o perigo que o Brasil ficou exposto desde a famigerada Nova República. Com a Operação Lava Jato tudo o que previ ficou provado indo muito além das minhas intuições. Leitores que me honram com a suas leituras diárias deste blog são testemunhas do que estou afirmando. Agradeço a todos vocês que, afinal, são os destinatários de tudo que tenho escrito ao longo de mais e uma década neste blog. 

18 comentários:

Anônimo disse...

Mas a ANISTIA geral e irrestrita acabou com tudo. Veja o estado em que se encontra o país!!!

Anônimo disse...

Muito histórico esse vídeo, mostra bem como foi a coisa nessa época. Agora, a situação é meio diferente, com algumas vantagens como a Internet, mas o povo ainda parece que não acordou, embora alguns já estão acordando como no Sul do Brasil, mas acho que ainda falta muito para o povo sair em massa pedindo Intervenção Militar como antigamente. Hoje vemos o Alto Comando batendo continência para o inimigo, onde já se viu isso? PQP!!! Bater continência para comunistas, inimigos mortais da população brasileira!!! Traidores da pátria, já que nem pátria eles tem!!! Nem acreditam na existência de Deus, são demônios encarnados!!! Um governo militar que anistia todos esses CRIMINOSOS, e permite-lhes a criação de partidos COMUNISTAS abertamente numa falsa ABERTURA DEMOCRÁTICA!!! Um criminoso condenado já em 2a. Instância, o Lula fazendo comícios e caravanas para PRESIDENTE DA REPÚBLICA, meu Deus, onde esse pessoal está com a cabeça, comeram cocô?
Ou o povo acorda AGORA, ou vai levar... você sabe onde!!!

Anônimo disse...

A doutrinação foi tão poderosa que, no vídeo em destaque, a narradora cita "golpe de 1964" a partir de 2:50 minutos. Veja se tem outro vídeo para colocar no lugar.

Anônimo disse...

Excelente artigo. Tomemos como base as melhores democracias do mundo moderno e, a cada ponto plantado pela esquerda, façamos um contraponto, oferendo à civilização alternativas melhores de vida. O avanço cultural das esquerdas foi gigantesco. Busquemos as mudanças na cultura e nas reformas legais. Façamos da cultura das esquerdas o esterco de um novo plantio perene e altivo.

Anônimo disse...

E não foi golpe coisa nenhuma. É mentira de quem fala que foi golpe. O General Castelo Branco foi eleito pelos deputados. Foi a época que o povo mais teve liberdade. Naquela época político bandido não perseguia o povo. Hoje se não apoia esses bandidos do poder as pessoas são perseguidas. Para mim que vivi na época que os militares governaram foi a melhor época do Brasil. A saúde, a educação tudo era melhor na época dos militares.

Ferreira Pena disse...

Você Aluízio, é um verdadeiro patriota, um homem que ama essa pátria tão infelicitada pela canalha vermelha, e por jornalistas que perderam a vergonha e o discernimento. Servi o Exército em 1963, numa unidade de artilharia, e jamais presenciei qualquer comportamento desrespeitoso, de oficiais ou comandante, contra quem quer que fosse. As greves intermináveis, em todos os setores, eram insuportáveis. Todas comandadas por sindicatos vermelhos (como ainda hoje), comandados por pilantras que viviam do sangue dos operários. Parabéns!, siga em frente.

Anônimo disse...

A estoria que escreveram para eclipsar a história será jogada no lixo. Grande artigo. Parabéns

Anônimo disse...

A população decente não pode compactuar com um STF "Suprema Corte"do país que se transformou em um balcão de negócios partidários.

Anônimo disse...

Esquerdista. Preparem_se. Fujam pra Cuba, pois o messias vai lhe pegar.

Serjaum disse...

Eu não sou fã do período militar, no entanto é absolutamente correto afirmar que os militares nos salvaram da união soviética. Somente por isso, já devemos muito às forças armadas.

Danir disse...

Olá Aluizio Amorim. Embora eu pense que os militares têm a mão pesada, e não conseguem enxergar certas sutilezas políticas, eu acredito que se não fosse a contrarevolução chamada de golpe pelo bando de comunistas que assola o pais, nós estaríamos em situação muito pior. Os militares cometeram o erro de deixar tomarem os espaços universitários dando margem à revolução Gramsciana ora em curso. Lavagem cerebral em todo mundo a partir do curso primário, até não existir mais resistência. Sorte nossa que a mente humana tem certos meandros não compreendidos, que mantém a sanidade de uma parcela da população, mesmo sob fogo cerrado deste bando de imbecis, podendo então se manifestar e iniciar uma defesa de conceitos tão estranhos ao comunistas como decência, respeito, liberdade de opinião, honestidade, moral etc.... Mas chegamos num ponto que começa a parecer que mesmo com a mão pesada é necessário que os militares tomem posição e defendam nossa pátria contra não só os corruptos aboletados na vida politica e nas empresas, mas também contra os juízes, que deveriam estar prontos para defender as leis e não prevaricar. Não é necessário ser um grande jurista, ou mesmo um pequeno para perceber que o juiz quando em sua função, deve sempre ter em mente o espírito da lei. Se existe um ponto de dúvida ou incerteza, deve ser feita a pergunta: Qual a ação que devo tomar para que a lei seja respeitada e o crime e o criminoso não prevaleçam? É isto que nossos juízes no STF não estão fazendo quando de forma indecente "fatiam' a Constituição para proteger uma terrorista com sérios problemas nerurológicos e cognitivos. É isto que estão fazendo quando se manifestam em favor de um reu condenado em segunda instância, permitindo que de forma indireta um sem número de criminosos tambem se beneficiem e tornem as instituições e o arcabouço júridico sem qualquer serventia. Eles não estão nem aí para as consequências, desde que não percam os privilégios que ostentam como se fossem direitos adquiridos. Em determinadas circunstâncias, quando polêmicas surgem o juiz tem que levar em conta o "espírito da lei", este incompreendido que grita nas entrelinhas dos textos legais que os culpados devem ser punîdos com a severidade correspondente aos seus crimes. Os subterfúgios retóricos não devem ser admissíveis para subverter este espírito. Quanto aos legisladores, devem ser os agentes da evolução da sociedade atravez da proposição de regras de convívio que contemplem o espírito das leis com a clareza do texto, sem artifícios, sem armadilhas nem viezes ideológicos. Para mim, um cidadão indignado com o que está vendo nestes últimos anos, estas pessoas que deveriam usar de suas prerrogativas e poder para nos defender, são na verdade indecentes agentes do mal e da cizânia, e nunca deveriam ter recebido as blindagens e facilidades que ostentam para exercer sua insanidade. Que as pessoas decentes se manifestem, no dia 3/04/2018 contra este bando de abutres que estão destruindo o Brasi. Eu estarei lá.

Sempre Mais do MESMO disse...

.
Os militares começaram a perder o rspeito e se tornarem assemelhados aos politicos com a chegada de Geisel à presidência. Com Geisel a vergonha na cara começou a delinar aceleradamente no meio militar.

Até o honrado e digno Emilio Garrastazu Medici os militares foram brilhantes e admiráveis em competência e dignidade. O Brasil era LIVRE até a entrada do pústula Geisel e seu Nacional-Socialismo idiota e corrupto.

Geisel proibiu importações e não mais tivemos direito a carros ou motos importados. Geisel também deu origem a proliferação de estatais onde seus corruptos penduravam parentes e amigos, bem como amigos dos parentes e parentes dos amigos. Geisel passou a entoar discursos populistas e fez uma revoada de promoções para seus generais amigos (corrupção).

Com Geisel a inflação iniciou sua ascenção e o desemprego mostrou seu sorriso.
Geisel foi o presidente militar que impôs sua mera vontade de ditador e curiosamente é o único bajulado pelos jornalistas e mesmo políticos.
Geisel implantou o populismo e com Golbery criou Lula e a fomentou a corja sindicalista (o FASCISMO baseia-se no SINDICALISMO e no ESTATISMO da esquerda).

Geisel então escolhei um bufão para sucede-lo e assim continuar mandando no paspalho Figueiredo que enveredou pelo mais pustulento populismo, com declarações imbecis, congelamento e tabelamento de preços e mais empreguismo no Estado, produzindo corrupção e INFLAÇÃO que explodiu alcançando os TRES DIGITOS ANUAIS. Esse foi o paspalho de Geisel. O general silvio FROTA se opunha as canalhices de Geisel e foi punido.

O petismo é cria de Geisel e Figueiredo.
...mas até o decente general Medici os militares foram supremos em competência e dignidade. Durante o governo militar a população foi IMENSAMENTE MAIS LIVRE do QUE NESSA DEMOCRACIA de TARTUFOS, GIGOLÔS das misérias humanas e BANDIDOS de todos os fedores.

Anônimo disse...

A História nos mostra fatos reais que aconteceram com russos, ucranianos, poloneses enfim os povos que ficaram sob a Foice e Martelo. Felizmente aqui, as nossas Forças Armadas em 64 impediram o extermínio incontestável do povo brasileiro. Não é possível que alguém possa aceitar em pleno século XXI a volta de um regime que deixou um rastro de milhões e milhões de mortos e que chamais quis a igualdade social.
Que as pessoas olhem o que aconteceu nesses países.

https://www.youtube.com/watch?v=UqSmVJEIL0Q&list...

Anônimo disse...

Excelente artigo Aluízio, bem oportuno! Dois comentários me chamaram a atenção para as suas grandes veracidades! O comentário do Sempre Mais do MESMO e o do Danir, muito bons e corretos pelo que eu já sei sobre esses fatos! O link do YouTube do Anônimo acima também é muito bom e verídico! O que o Sempre Mais do MESMO disse é a verdadeira causa da situação em que nos encontramos atualmente! Para quem tiver paciência de ler uma bocadinho eu estou enviando um resumo da história citada por ele, o link vai abaixo:
http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=8917&cat=Ensaios
Mais um texto interessante do mesmo site que eu acabei agora mesmo de descobrir, o link vai também abaixo:
http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=60705&cat=Artigos

Anônimo disse...

As Forças Armadas em 64 impediram a ˜Ditadura do Proletariado" e impediram o Genocidio Comunista no Brasil. Já outros países não tiveram esta sorte, Cuba, Russia, Ucrânia, Polônia e outros sentiram o que é a igualdade na miséria. Impossível esquecer, impossível não se solidarizar, impossível não se indignar.
Que a morte de milhões seja um alerta constante em nossas vidas.

A Verdadeira História do Comunismo Soviético:
https://www.youtube.com/watch?v=UqSmVJEIL0Q

Alexandre Sampaio disse...

Uma pena os militares não terem terminado o serviço que propuseram-se a fazer. Mandaram para o inferno, vagabundos assassinos como Lamarca, Marighella, entre outros, mas o grosso dessa putada, mantiveram intocáveis, para nos ferrar com a "abertura" de 1.979. Sem falar que cometeram a cagada de criar esse monstro nefasto, o cachaceiro de Garanhuns, Luis Inácio da Silva, como forma de "dividir" a esquerda. Faltou aqui um Pinochet, que mandou muitos mais comunistas para a vala, do que os cinco generais militares em 21 anos de contra-revolução.

Anônimo disse...

Alexandre Sampaio, parabéns pelo excelente comentário, é isso aí cara!!! Grande verdade o seu comentário!!!
Abaixo vai o link de um vídeo do YouTube onde o General Pinochet aparece falando do comunismo e de seu governo:
https://youtu.be/HcIVqzHE1MA
Esse vídeo já foi publicado aqui pelo Aluízio, mas é sempre bom revê-lo!!!

ERALDO FRANCISCO DE ARAÚJO FILHO Eraldo disse...

Também não entendo