TRANSLATE/TRADUTOR

quarta-feira, fevereiro 14, 2018

PETROBRAS TORRA MEIO BILHÃO DE REAIS COM PROPAGANDA ENQUANTO EXPLORA OS CONSUMIDORES BRASILEIROS COBRANDO PELA GASOLINA O MAIOR PREÇO DO MUNDO.


Apesar do monopólio na produção de petróleo e seus derivados, principalmente gasolina, e de controlar o mercado, a Petrobras presidida por Pedro Parente acha relevante gastar mais de meio bilhão de reais (exatos R$550 milhões) durante 30 meses em propaganda.
Para ter tanto dinheiro em caixa, a Petrobras mantém margens de lucro elevadas com a política de preços que explora o consumidor brasileiro. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
A Petrobras justifica a exploração com “preços internacionais”, mas não se conhece qualquer país com gasolina tão cara quanto a brasileira.
Pedro Parente convenceu o presidente Michel Temer e reproduzir a sua lorota dos “preços internacionais”, na qual poucos acreditam.Até o Paraguai, que não produz petróleo, vende gasolina da Petrobras, nos postos da petroleira, a R$2,45 o litro (R$2,62 a gasolina aditivada).
A estatal Petrobras gastou quantia superior a R$3,71 bilhões com publicidade e propaganda, nos últimos quinze anos. Do site Diário do Poder.

19 comentários:

Anônimo disse...

PRIVATIZA JÁ!

Anônimo disse...

o governo é a madrasta má dos brasileiros...

sempre tão bonzinhos, rápidos e humanitários com os estrangeiros, mas verdadeiros demônios com os próprios brasileiros...

Marcio Machado disse...

A espoliação diária a que os brasileiros estão bem acostumados na forma de impostos e preços abusivos só tem explicação no roubo praticado pelas "autoridades constituídas". Como se não bastasse, somam incompetência no tratamento com a coisa pública.

Anônimo disse...

A Petrobras poderia se inspirar na propaganda feita em Manaus por ocasião do julgamento do maior ladrão do Brasil.
"Venha assistir ao julgamento do ano aqui no Detroit Steakhouse e ganhe 1% de desconto para cada ano de condenação que for sentenciado ao LULA🦑 até o fechamento da casa, caso ele seja absolvido nada de desconto😲
AMANHÃ apartir das 11hrs🕛
E se for condenado pode pegar até 48 anos, ou seja, amanhã você pode ganhar até 48% de desconto aqui no Detroit Steakhouse"
Foto:
https://www.facebook.com/detroitsteakhousemanaus/photos/a.231388127242190.1073741828.231385113909158/548444752203191/?type=3
Uma propaganda simples e retorno imediato
Da Petrobras poderia ser:
A cada 12 ações ganhe uma como brinde, em homenagem a condenação de Lula. Quem sabe alavanque um pouco do muito que essa corja levou e nunca vão devolver

Anônimo disse...

Além de quebrar o Brasil a petralhada encheu a bolsa de muitos e esvaziou os bolsos

"Sob Dilma, estatais federais aumentam gastos de publicidade em 25%... -

Durante o dilmismo, empresas consumiram R$ 1,387 bilhão por ano com propaganda Caixa, Petrobras e Banco do Brasil puxaram o crescimento das despesas.
Nos anos Lula, média foi de R$ 1,107 bi; sob o tucano FHC, valor foi de R$ 879 milh... - https://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2014/12/17/sob-dilma-estatais-federais-aumentam-gastos-de-publicidade-em-25/?cmpid=copiaecola


Em 2013, governo federal torrou R$ 5,139 bi em publicidade e patrocínio... -
Tudo considerado, os R$ 5,139 bilhões gastos em 2013 fazem do governo federal, de longe, o maior anunciante do Brasil. E um dos maiores do planeta.... -
https://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2014/12/17/em-2013-governo-federal-torrou-r-5139-bi-em-publicidade-e-patrocinio/?cmpid=copiaecola

"...site “Conversa Afiada”, do jornalista Paulo Henrique Amorim. Sua audiência foi de 236 mil visitantes únicos em dezembro de 2013, ano em que recebeu R$ 618,2 mil em verbas do Banco do Brasil e da Caixa Econômica F...

https://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2014/12/17/petrobras-bb-e-caixa-lideram-gastos-de-publicidade-para-midia-alternativa/?cmpid=copiaecola

E a propaganda do Banco do Brasil?
Quanto levou o ator Paulo Gustavo interpretando "Dona Hermínia"?
Até quando teremos que bancar estas besteiras ridículas feitas para debiloides?



Anônimo disse...

Tem que ver se o Claudio Humberto fez pesquisa aprofundada sobre o assunto. A meu ver parece que não fez, ou se fez, poderia ter detalhado um pouco mais.
A Petrobrás não detém o monopólio da exploração de petróleo e nem da distribuição dos derivados. Talvez tenha monopólio no refino. Tem que ver o custo deste refino, ou seja, o quanto o litro da gasolina, por exemplo, sai da refinaria. Depois avaliar os impostos embutidos, os lucros das distribuidoras e etc., na composição do preço final.
Tem que ver também o quanto destes R$550 milhões foram gastos com a Petrobrás distribuidora, que compete com outras empresas de distribuição e, neste caso, é necessário a propaganda. Alguém já se perguntou o quanto a Ipiranga gasta em propaganda naqueles horários nobres? Eu é que não vou perguntar lá no posto Ipiranga, mas sei que devem ser vultosas quantias.

Sebastião

Anônimo disse...

Em todos os aspectos, só o boicote salva; reduz preços de qualquer mercadoria, juros, propaganda enganosa, sites fake news, juros de cartão de crédito, muda a política, etc. Todo dia recebo quase uma dezena de ligações de financeiras oferecendo empréstimo e isso é um sinal bastante positivo para a economia, tem dinheiro sobrando e, se a demanda for pouca, os juros cairão mais.

No governo Dilma, a queda de vendas de veículos foi de 20%. As montadoras aumentaram os preços em 20%. O brasileiro correu para comprar. Resultado: lá no Chile um veículo custa a metade do preço.

Anônimo disse...

Na verdade, nem é gasolina pura. Talvez se fosse, o preço seria menor. Há o acréscimo do álcool para beneficiar o "ambientalismo", grandes usineiros, energia "renovável". O mesmo no diesel, com os óleos vegetais.

Povo não faz lobby, povo engole o lobby.

Mario disse...

Muito lúcidos os comentários do leitor Sebastião. Parabéns, colega!

Prezado Aluízio,

Sou seu leitor assíduo e creio que o jornalista Cláudio Humberto (que também leio com frequência) está mal informado. O assunto é mais complexo do que parece e posso adiantar que existem vários "culpados" pelo preço abusivo da gasolina, sendo que a MENOR responsabilidade cabe à Petrobras.

É incrível mas, se nossa gasolina fosse composta e tributada como nos EUA, pagaríamos quase o mesmo valor por litro que eles. Eis os motivos dos altos preços que pagamos:

1) As alíquotas dos impostos incidentes: na média nacional, 45% do preço final na bomba são impostos. No Rio chega a 51% (só o ICMS é 32%). Aqui o litro da comum está em torno de R$ 4,699, sendo que os impostos totalizam cerca de R$ 2,396 (51%);

2) A forma de cálculo dos impostos incidentes: no Brasil o imposto é calculado aplicando-se a alíquota sobre o valor final da nota fiscal, e não sobre o fato gerador (que é a parcela correspondente ao produto ou serviço adquirido, sem os impostos). Dessa forma, o imposto é artificialmente aumentado pois paga-se imposto sobre o imposto. No exemplo numérico acima: R$ 2,396 (51% de Imposto) dividido por R$ 2,303 (o fato gerador, a parcela sem impostos: R$ 4,699 - R$ 2,396) resulta em 104,04%, que é a real proporção de impostos aplicados sobre o preço do produto. Nos EUA os impostos incidentes são calculados dessa forma (sobre o fato gerador e não sobre o valor final da nota fiscal) e totalizam cerca de 21,5%, ou seja quase cinco vezes menor!;

3) Composição da gasolina: nossa gasolina não é pura. Hoje 25% do litro de gasolina na bomba é álcool anidro (que é mais caro que o álcool hidratado) e acaba puxando o preço da gasolina para cima, especialmente na entresafra. Alguns países também utilizam álcool na gasolina, mas em proporção muito menor (5 a 10%);

4) O "Custo Brasil": o chamado custo Brasil que encarece qualquer atividade produtiva feita no país. No caso se destacam os custos de energia elétrica (presentes em todas as etapas do processo produtivo com impostos extorsivos que chegam a 84% do fato gerador!) e os custos de transporte, geralmente feitos em longas distâncias por caminhões (no mundo desenvolvido usam trens), agravado por estradas ruins ou com pedágios caros;

E a parcela da Petrobras? lembrar que é ela quem prospecta o petróleo, perfura poços, extrai o petróleo em alto mar, transporta para o continente por navios, transporta por dutos para as refinarias e refina o petróleo para extrair a gasolina. Por todo esse trabalho, de alta tecnologia e com muitos riscos associados, ela recebe - em média - a fatia de 28% do preço na bomba. No Rio, corresponderia a R$ 1,316/litro.

Lembre-se que os governos estadual e federal ficaram com R$ 2,396/litro...

Para evitar os equívocos sobre a responsabilidade dos preços, a Petrobras vai começar a divulgar os preços cobrados pelos combustíveis nas refinarias após o carnaval. A verdade aparecerá.

---------------------------------------------

Os valores são aproximados. É difícil determinar os valores exatos, apesar de extensa procura na internet.

Este link dá uma ideia do problema, apesar dos valores desatualizados:
http://www.fecombustiveis.org.br/clipping/gasolina-sobe-200-da-refinaria-ao-posto/

Aluízio, eu tenho os links para as páginas na internet de onde tirei estas informações e posso enviá-las, se você quiser.

Grande abraço e parabéns pelo seu blog, um dos melhores da internet!

Anônimo disse...

Quem gastou quase 4 bilhões de dólares com a compra da Refinaria como Pasadena, a Ruivinha, e a refinaria de Nansei Sekiyu, a Japonesinha localizada na ilha de Okinawa , Japão precisa de algo mais que propaganda..
.
“...A Petrobras comprou em 2006 uma participação de 50% em Pasadena por US$ 360 milhões. O valor foi muito superior ao pago um ano antes pela belga Astra Oil por toda refinaria que tinha sido comprada por US$ 42,5 milhões. Em delação premiada, o ex-diretor da área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, informou que ocorreu pagamento de propina na compra da refinaria.
os anos seguintes, a Petrobras se desentendeu com a sua sócia nesse negócio, a Astra Oil, e devido a uma decisão judicial a estatal foi obrigada a comprar os outros 50% da participação da empresa belga. A compra de Pasadena acabou custando US$ 1,18 bilhão à Petrobras, um valor muito superior ao que a sua sócia pagou. O caso ganhou repercussão nacional porque a compra foi realizada quando a ex-presidente Dilma Rousseff era presidente do Conselho de Administração da Petrobras. Na delação, Cerveró disse que Dilma Rousseff sabia de todos os detalhes da compra da refinaria.

https://oglobo.globo.com/economia/entenda-polemica-da-refinaria-de-pasadena-22372074

"...mais um um triste legado deixado à Petrobras pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa,participante confesso do esquema de esquema de corrupção que existiu durante anos na estatal e que foi descoberto pela Operação lava-Jato da Polícia Federal. Essa refinaria é considerada a “Pasadena japonesa”, uma referência refinaria do Texas, nos Estados Unidos que também causou elevados prejuízos à Petrobras. A refinaria estava fechada desde o início do ano passado.
A refinaria de Oknawa que agora a Petrobras conseguiu vender, foi comprada (um total de 87,5% do capital) em 2008 e a parcela restante em 2010, por cerca de US$ 76 milhões. De acordo com fontes fontes do setor, se estima que a Petrobras já teria gasto cerca de US$ 1,9 bilhão com despesas de manutenção em melhorias operacionais e principalmente para atender a inúmeras exigências dos órgãos ambientais do país."

https://oglobo.globo.com/economia/entenda-polemica-da-refinaria-de-pasadena-22372074#ixzz577OMU0DF

http://www.gazetadopovo.com.br/economia/petrobras-vende-a-pasadena-japonesa-por-us-165-mi-apos-perdas-de-us-19-bi-7hxsz35e4mw42wgn7vpbp0ds0

Juntas a Ruivinha e Japonesinha quase uns 4 bulhões de dólares viram fumaça. Onde estão os culpados??

Anônimo disse...

Caro Aluizio,
Off topic
Leia/Ouça com atenção:
http://portaldisparada.com.br/politica-e-poder/um-samurai-nas-forcas-armadas/amp/

Flor Lilás

Anônimo disse...

Pedro Parente quando fala em preços internacionais, na verdade, baseia-se em PREÇO MÉDIO INTERNACIONAL. Para um pais pobre e grande produtor como o Brasil é uma VERGONHA o preço praticado aqui. Coloco o site no final. Por mim pode PRIVATIZAR E ABRIR O MERCADO PARA A VENEZUELA EXPLORAR.


"Preços da gasolina, 12-Fevereiro-2018: O preço médio da gasolina pelo mundo fora é de 1.16 (U.S. Dollar) por litro, mas existem grandes diferenças entre os países. Os países mais ricos têm preços mais altos e os mais pobres e os países produtores e exportadores de petróleo têm preços consideravelmente mais baixos. Os Estados Unidos representam uma excepção pois são um país economicamente desenvolvido mas ao mesmo tempo têm preços da gasolina baixos. As diferenças entre os preços da gasolina nos diferentes países devem-se a vários tipos de impostos e subsídios para a gasolina. Todos os países compram o petróleo nos mercados internacionais pelos mesmos preços mas impõem diferentes impostos. É por isso que o preço da gasolina a retalho resulta diferente."



http://pt.globalpetrolprices.com/gasoline_prices/

Anônimo disse...

A poupança pública ajuda a reduzir juros. Quanto mais dinheiro poupado maior é a possibilidade de comprar à vista com desconto.

Por mim, por exemplo, podem acabar com a previdência pública para os futuros inseridos no mercado de trabalho, acabar com todos os regimes previdenciários públicos e privados. Cada um que faça a aposentadoria privada em títulos públicos e ou ações com bons dividendos, um seguro saúde com garantias de salário em "auxilio doença" e um seguro de vida.

Com o fim de regimes previdenciários públicos cada um se aposentará quando quiser e como puder e poderá RESGATAR tudo o que contribuiu ao longo dos anos.

Acabará o ROMBO fiscal, as maracutaias previdenciárias, fraudes, roubo e desvio de dinheiro público nesse setor. Todo mundo será igual perante a lei, Manter-se-ia o regime publico apenas para os que já estão inseridos no sistema, pois quem depositou tem dinheiro a resgatar, com uma redução ao TETO previdenciário, principalmente dos servidores públicos.

Anônimo disse...

Uma das formas de repassar a $$$$$ à empresas como rede globo ,propagandista da desinformação ,sempre a favor dos governos.É através da empresa - o único monopólio (que diz que patrocina) com estes valores estratosféricos.

Anônimo disse...

Sr Aluizio Amorim, seu blog é realmente muito importante, sempre atento e com excelentes postagens. Pediria que o Sr comentasse , se possível sobre estes dois textos

https://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2018/02/14/pertence-pede-para-lula-o-que-negava-no-stf/

e este outro texto

Narcoterror comunista: presença de venezuelanos no ELN é diretriz do chavismo

http://midiasemmascara.org/artigos/narcoterror-comunista-presenca-de-venezuelanos-no-eln-e-diretriz-do-chavismo/

forte abraço e muito obrigado! avante grande jornalista! bolsonaro 2018!

Marcelo Rodrigues Cunha disse...

Nada mudou. Os mesmos esquemas criminosos de apropriação indevida do dinheiro público dos impostos. Por isso falta pra saude, moradia, educação e segurança. Acha que algum corrupto do PSDB PMDB PT, ou apoiado por eles, vai dar fim nessa bandalheira? Claro que não. Só um politico verdadeiramente honesto e patriota como Jair Bolsonaro poderá botar essa Nação novamente no caminho da Ordem e do Progresso.

Alexandre Sampaio disse...

Economizar para quê? Os bolsos e a paciência da população são infinitos.

Anônimo disse...

Onde estao os culpados? Essa é fácil responder: andado Brasil afora difamando o MPF, a Justiça e tramando formas de iludir o povo com mentiras e migalhas populistas para que possam continuar roubando a nação através das estatais e acordos com empresários tão logo este povo ignóbil lhes deem mandatos eletivos.

Anônimo disse...

Meio bilhão foi quanto gastou Maluf para criar uma Empresa Petrolifera, Paulipetro se dessem continuidade hoje seria concorrente da Petrobras explorando Pré Sal na Bacia de Santos em São Paulo.O Governo Lula , Marcio Thomaz Bastos, gastou mais de meio bilhão com o referendo sobre o desarmamento, perdeu e não cumpriu, traidores do povo brasileiro, jogaram 600 milhões no lixo.