TRANSLATE/TRADUTOR

terça-feira, março 20, 2018

TELESPECTADORES NORTE-AMERICANOS ESTÃO CORTANDO TV A CABO. NÃO SUPORTAM MAIS "FAKE NEWS" ESQUERDISTAS E DEMAIS MANIPULAÇÕES.


A TV a cabo está com seus dias contados. Segundo matéria do site norte-Americano Breitbart, assinada pelo jornalista John Nolte, os consumidores americanos estão trocando as TVs a cabo pelos serviços de streaming. E não é apenas pelo motivo econômico, já que uma assinatura de TV a cabo nos EUA custa US$ 100 dólares por mês. O que tem levado os assinantes a cortar o cabo é o fato de que as emissoras de televisão transformaram-se em centrais de propaganda da agenda comunista. O nível de lixo ideológico veiculado no noticiário e programas bundalelês de política de gênero e demais barbaridades chegaram a um estágio insuportável. Daí a decisão das famílias de romper seus contratos com essas emissoras, como por exemplo a CNN ESPN, MTV e correlatas.
O mesmo deverá acontecer aqui no Brasil dentro em breve, haja vista que muitos telespectadores não suportam mais os jornais das grandes redes e/ou programas como o Fantástico, da Rede Globo e seus homólogos nas demais emissoras. Igualmente não têm mais estômago para ver a manipulação de reportagens que atendem aos interesses dos comunistas do PSDB, PMDB e PT. 
O mesmo vale para a cambaleante mídia impressa que, a exemplo da revista Veja, prosseguem enviando exemplares semanais do lixo que editam a ex-assinantes da publicação. Aliás, insistência ilegal e passível de ação judicial.
É o efeito corrosivo e implacável da internet, sobretudo das redes sociais, blogs e sites independentes. Mas o fenômeno não se restringe aos Estados Unidos, porém o gigante americano sempre foi um termômetro pata medir as tendências que mais adiante chegarão à periferia.
Para terem uma ideia da reação dos telespectadores americanos, que não aguentam mais propaganda esquerdista em todos os programas de televisão, transcrevo a reportagem do site Breitbart em tradução livre do inglês valendo-me do tradutor on-line e dos meus modestos conhecimentos do idioma. Leiam que vale a pena. E façam como os americanos estão fazendo: cortem o cabo e cancelem todas as suas assinaturas desses lixos da grande mídia:
DETONANDO A VIGARICE COMUNISTA
De acordo com um novo estudo, as assinaturas de serviços de TV por streaming explodiram em 450% em menos de uma década. Isso resultou em surtos de corte de cabos, aqueles que cancelaram seus pacotes de cabo ou satélite (TV paga). O resultado é que o consumo das famílias de TV por assinatura desmoronou de 75% para apenas 63% em 2017.
Em 2009, apenas 10% dos lares assinaram um serviço de streaming de TV (Amazon, Netflix, Hulu, etc.). Em 2017, esse número subiu para 55%, ou um aumento de 450%.
Com a opção muito mais barata (e sem comerciais) de streaming, isso está tendo um efeito devastador no serviço de TV paga. E isso é uma ótima notícia.
Grande parte do poder e da influência da indústria de mídia e entretenimento de extrema esquerda vem da TV paga e não tem nada a ver com mérito, popularidade ou valor.
A razão pela qual sua conta de cabo é de US $ 100 por mês é porque os canais de esquerda, como ESPN, CNN, MTV e similares, ganham dinheiro com sua conta de TV mesmo que você nunca assista a toda programação tóxica que cada um produz para destruir tudo o que você acredita Se a CNN está no seu pacote de cabo, você está financiando a CNN. Mesmo com um monte de outras pessoas.
É assim que a CNN se mantém à tona. Se a CNN fosse forçada a sobreviver apenas por mérito (ou seja, receita de publicidade com base em espectadores), o canal anti-Trump estaria fora do mercado em um ano.
Assim, o sistema de TV a cabo e por satélite foi manipulado para garantir que as classificações e a audiência não importam. O que significa que cada pacote de TV paga cancelado é um corte de papel para o ganso de ouro da esquerda.
Minha esposa e eu cortamos nosso cabo de US $ 140 por mês quase exatamente dois anos atrás. É a melhor decisão que já fizemos. Nós não estamos mais financiando nossa própria destruição, que as lamas tóxicas não são permitidas em nossa casa, e esses 20 minutos de comerciais a cada hora não são perdidos. Não há nada que sentimos falta na TV a cabo. Pelo contrário. Todas as notícias que queremos são on-line, todo o entretenimento que queremos é muito mais barato (e sem comerciais) através de um serviço de streaming.
Por US $ 25 por mês, temos acesso a mais programas de TV do que poderíamos assistir via Netflix, Amazon e um serviço britânico. O nosso leitor Roku é o nosso novo decodificador de TV a cabo e oferece centenas de opções totalmente gratuitas para assistir TV e filmes com comerciais limitados.
Também instalamos uma antena simples para acessar as redes pelo ar. Se você mora em uma cidade, ficará surpreso com o que está disponível gratuitamente com a simples instalação de uma antena digital de US $ 30.
Claro, a esquerda ganha dinheiro com canais de streaming como o Netflix, mas pelo menos esse é um sistema baseado em mérito.
O que você precisa prestar atenção é que os vigaristas, como a Sling TV, mudaram o conceito de TV por assinatura para streaming - que mais uma vez você tem que financiar a sua própria destruição sob a propaganda falsa a la carte.
Se você quer matar a CNN e a ESPN, você tem que cortar o cabo. Do site Breitbart - Click here to read in English

17 comentários:

Anônimo disse...

sem duvida, ninguem aguenta mais essa lavagem cerebral desavergonhada...

todas as mascaras cairam...

de jornalistas, de atores, atrizes, cantores, supostos intelectuais e por ai vai...

hoje todo mundo sabe em que time essa gente joga...

o que nao é fake news é materia feita na medida para lobotomizar com vitimizações exageradas, informações pela metade, outras sonegadas na cara dura e segue o circo de sandices da tal midia...

como disse num comentario anterior, como quem partido insignificante como o PSOL consegue espalhar suas ideias com tamanha facilidade?

a resposta esta nas redações dos jornais...

tudo ficou obvio demais e eles nào perceberam que envelheceram...

o Fantastico do ultimo domingo foi exatamente como eu imaginava que seria, com aquele bombardeio de noticias por conta da morte da tal vereadora e com todos aqueles quadros tipicos que eles costumam produzir sob medida para dirigir a opiniao do telespectador...

apresentador com cara de indignado, musiquinha chorosa de fundo, cenas sentimentais, etc, etc, etc...

essa cartilha nao funciona mais...

ainda bem...

Já saí...e, estou prá-lá de satisfeito !!! disse...

Boa noite, GrandeAluízio,
----
Já faz 6 anos que mandei desligar o Multicanal (hoje, Net), com sua programação dirigida para a "CAU$A"...
----
Economizei, aproximadamente, uns R$ 21.000,00 !!! (R$ 280/mes x 72 meses,
aumentando, assim, minha qualidade de vida e patrimônio...
-----
----
ABC

Anônimo disse...

Do Estadão: "Entenda por que o Facebook está na mira da regulação nos EUA e na Europa
Crise. Após revelações de que dados de até 50 milhões de usuários foram usados para favorecer eleição de Trump, agência reguladora de comércio dos EUA abriu investigação e Zuckerberg foi convocado a prestar esclarecimentos na Europa; empresa perdeu US$ 49 bi na Bolsa"

Entendí. a coitada da Hillary nunca utilizou o facebook ou wahtasapp ou as redes sociais para tentar derrubar o Trump.
Agora quem elegeu o Trump foi o FAcebook. Os americanos são todos uns idiotas que foram manipulados pelo FAcebook.
Quando o esquerdista não consegue aceitar que o povo não gosta deles o problema é psiquiátrico.

Anônimo disse...

E Hoje a Globo chamou o crime da vereadora de crime político. Segundo a Globo algum pólitico, partido políttico, corrente política ou candidato deve ter mandado assassinar a vereadora. A "direita" contratou bandidos da favela para executar a Marielle por ser negra, favelada, defensora dos pobres, etc.
Com esse fecho de ouro a Globo pretende encerrar as discussões sobre o execução da vereadora porque não interessa para a Globo, o PSOL ou p PT saber quem matou e mandou matar a Marielle.
Podem ter certeza que em menos de uma semana a Marielle vai sumir do noticiário e ninguém mais vai cobrar o esclarecimento do crime.

Anônimo disse...

o Facebook (que eu acho um saco) esta sob ataque porque a midia esquerdinha tradicional, junto com seus institutos de supostas pesquisas, acha que so eles é que tem a prerrogativa de influenciar eleições e eleitores...

o que esta rolando é uma especie de luta pela "reserva de mercado"...

eles estao apavorados com essa coisa de cidadão influenciar cidadão atraves de grupos de Facebook, Zap-Zap e por ai vai...

só a midia caquetica tradicional pode dizer em que voce deve votar...

é uma gente sem a menor vergonha na cara mesmo...

Antipetista disse...

Nos EUA, as TV's dependem do consumidor para lucrar. Aqui, na Banânia, elas dependem do governo. Aí está a diferença. Portanto, é necessário cortar a verba que nós, contribuintes otários, damos indiretamente às TV's via governo. Isso só será possível trocando governantes e políticos.
Bolsonaro neles!

Marat Silva disse...

Ao anônimo ai acima: todo o esquerdismo é esquerdopatia, ou seja, doença psiquiátrica, Lyle Rositer que o diga.
Aqui no BR, a SKY além de jogar na tela toda programação dos USA, tem entre seus programas muita propaganda, dentro de em breve, estarão como o SBT era, não sei se ainda é, mas ali era 4 minutos de programa com intervalos de 6 minutos de propaganda.

Anônimo disse...

STF não pode se curvar ao poder de Lula

http://www.alertatotal.net/
Como é que o Supremo Tribunal Federal se deixou cair na armadilha de ficar dividido em função da prisão ou não do ilustríssimo condenado Luiz Inácio Lula da Silva? Como seus 11 ministros não são ingênuos, a única resposta possível para o fenômeno é o poder oculto de pressão exercido por Lula – sempre reconhecido por aliados e inimigos como um dos homens mais informados do Brasil. Resumindo: Lula tem capacidade ofensiva de exterminar, moralmente, a maioria dos poderosos que lhe representam ameaças.

A visível tensão dos ministros do nosso STF em relação a Lula só confirma que estamos em gravíssima anormalidade democrática e institucional. Por que isso não acontece na França? Lá o Judiciário autorizou, sem frescuras ou guerras de bastidores, que o ex-presidente Nicolas Sarkozi fosse conduzido coercitivamente para prestar esclarecimentos em uma investigação sobre suspeitas de recebimento ilegal de 50 milhões de Euros enviados pelo falecido ditador da Líbia, Muammar Kadhafi, na eleição de 2007.

A comparação entre a normalidade institucional francesa e a grotesca novela brasileira apenas confirma que nosso modelo está falido e precisa ser urgentemente reformulado. Aqui, Lula canta de galo porque foi dele ou do seu partido, o PT, a indicação da quase totalidade dos membros que integram o Supremo Tribunal Federal. No Brasil, apenas de maneira figurativa, sem grandes questionamentos, o indicado é referendado pelo Senado.

Em buzundanga, o emprego no STF é quase vitalício. O ministro só se aposenta quando completa 75 anos de idade ou se “pedir para sair”. Afastar algum “deus” do STF, por impeachment, é missão institucional quase impossível. Além disso, temos uma distorção: o STF daqui, que deveria ser uma Corte predominantemente Constitucional, acaba sendo a “quarta instância do Judiciário”. Julga qualquer coisa: de briga de vizinho, polêmica em campeonato de futebol, até casos de políticos corruptos que usam e abusam do absurdo “foro privilegiado” para qualquer crime que cometam.

Mais aqui:
http://www.alertatotal.net/

Tataum disse...

A demissão de Andrew McCabe do FBI

https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/03/governo-trump-demite-numero-dois-do-fbi-horas-antes-de-sua-aposentadoria.shtml

e o suicídio do príncipe saudita, ligado ao 911, Bandar bin Khalid no dia 12 de março de 2018

https://baaghi.tv/saudi-prince-bandar-bin-khalid-commits-suicide/

são mais duas peças do intricado quebra-cabeça do poder internacional da máfia khazariana, cuja exposição completa está em vias de se manifestar em breve:

https://twitter.com/hashtag/sealedindictments?f=tweets&vertical=default&src=hash

Cactus disse...

.
Em casa já faz anos que não tenho tevê, dá náuseas, só tenho Internet, onde encontro quase tudo o que preciso.
.

Anônimo disse...

É de embrulhar o estômago todas essas manifestações coletivas e individuais sobre o assassinato da vereadora do PSOL, entre centenas de mortos nessa guerra no RJ. E tem cineasta já embarcando na onda pra faturar. Até o papa Francisco, o pop star do Vaticano entrou na vibe global e telefonou para a mãe da vítima. Santidade, telefonou para a família do motorista que morreu sem saber por que? Telefonou para a mulher do empresário assassinado diante do filho de 5 anos? Para os parentes do favelado que ontem morreu de bala perdida? Ou para algum familiar de todos esses mais de 5.000 assassinados todo mês no Brasil? Não, não é mesmo? Porque o lance é aparecer na mídia como humano, solidário, defensor dos descamisados, dos “frascos e comprimidos”... Ai, como essa sua atitude é comovente e emocionante! Aliás, comme il faut!...

Anônimo disse...

É o futuro da internet também. Empresas como o Google, Microsoft e outras que vivem de espionar os usuários terão o desgosto de perder espaço, como o Orkut que morreu de uma hora para outra. As pessoas descobrirão coisas mais interessantes do que ser monitoradas todos os dias.

Anônimo disse...

Isso é tão real como a queda nas vendas de computadores. Só esses caras não acordam para isso, como aquelas ligações que vc faz e recebe da VIVO, OI, Claro, BRADESCO, etc, em que um robot fala com vc ou ficam monitorando teus passos. São uns animais em marketing. Vai ser só derrota e falência.

Éderson disse...

Ainda bem, pq ela não merecia um segundo a mais de atenção, do que os muitos Josés e Marias mortos diariamente no Brasil a fora..

CAÇADOR DE DEBILOIDE disse...

Ei, Cactus!!
Mas usar a internet para ficar procurando idiotices tipo ¨Terra Plana¨ é tão bobo quanto assistir novelas da Globo, não acha?
E usar a internet para chamar de ¨adoradores de Baphomet¨ quem não acredita nas asneiras infantis que tu acredita também é outra idiotice, não é!?

Anônimo disse...

Não se iluda, muitas séries do Netflix têm mensagens subliminares.

A vantagem é que o serviço pode aderir quantas vezes os capítulos são assistidos e logo tira a série do ar.

Lanterna

Anônimo disse...

Eu já não vejo TV há 20 anos. Escolho as informações na internet. Estou a frente ate mesmo desses norteamericanos das TVs a cabo.